forever_gatito Kauan da

A terceira história que posto, talvez a minha pior mas foi feita com carinho. Espero que gostem.


Kısa Hikaye Tüm halka açık.

#horror #terror #oceano #Pesca
Kısa Hikaye
0
852 GÖRÜNTÜLEME
Tamamlandı
okuma zamanı
AA Paylaş

Pescador

Durante muito tempo vivi da pesca, ela sempre me foi muito rentável pelo fato de ser algo barato e por eu ser uma pessoa com muito tempo livre pra passar horas a fio no mar sem sentir necessidade de voltar a terra, comecei a pescar em barcos pequenos ainda na adolescência e com o tempo fui expandindo meu pequeno negócio, além de pescaria comecei a trabalhar com expedições marinhas e coisas do tipo, não demorou muito para que eu tivesse um barco para uma grande tripulação. Foi num dia como qualquer outro onde parei o barco para uma pausa e decidi mergulhar na água e encontrei um objeto que chamou minha atenção, uma bela pedra onde no centro dela estava encravado um belo rubi, peguei a pedra e retornei ao barco e fui mostrá-la para a tripulação.

No mesmo dia após ter encontrado a pedra eu estava me preparando para ir dormir e deixei a pedra em cima de minha escrivaninha e logo após isso adormeci, sonhei comigo mesmo nadando em águas claras e calmas e encontrando um navio cheio de jóias e outras coisas caras naufragado, após tudo isso acordei e fomos procurar uma área para pescar, após muito tempo procurando e não achando um lugar bom decidimos parar pra podermos descansar, decidi ir nadar e enquanto estava submerso encontrei um barco naufragado que continha jóias e outras coisas dentro dele, voltei a superfície para chamar a tripulação pra me ajudar a pegar as coisas que havia encontrado.

A partir daquele momento eu já estava impressionado sobre como aquela jóia havia me dito o que eu encontraria durante aquela pausa e decidi seguir aquilo que ela me mostrasse, alguns membros da tripulação achavam isso estranho e de vez em quando me diziam para tomar cuidado, mas eu nem ligava, a cada dia que se passava eu ficava cada vez mais rico.

Após algumas semanas de pesca bem sucedida um dos membros da tripulação veio me mandar jogar a pedra fora, disse que sabia que já havia visto algo igual em algum lugar e até tentou tirar a pedra de minhas mãos, eu joguei a mão que estava segurando a pedra pra trás e com a outra dei um soco em seu rosto. Fui direto para o meu quarto após isso, pensei que talvez eu estivesse ficando realmente obcecado pela pedra, tranquei a num cofre que estava guardado no meu quarto e fui dormir, naquela noite não sonhei com nada, ao acordar fui pescar e o dia se resumiu a isso. No caminho de volta para meu quarto eu procurei a pedra e não a encontrei guardada, fui nos quartos de todos os membros da tripulação, e o mesmo membro que havia tentado pegar a pedra de mim no outro dia estava com ela novamente, arranquei a pedra de suas mãos e nem perguntei o que eles estava fazendo, fui direto para o meu quarto dormir.

Meu sonho essa noite foi um pouco diferente, sonhei que o navio havia sido invadido por criaturas estranhas, similares a peixes humanoides, no sonho eles haviam matado toda a tripulação e eu teria que mata-los.

Ao acordar eu já sabia o que havia acontecido, mas não queria aceitar, peguei uma faca que ficava na gaveta de minha escrivaninha e saí, as criaturas não me atacaram de imediato, pareciam estar esperando meu primeiro ataque, como eu não queria perder tempo dando chance pra eles atacarem primeiro, saltei para frente e comecei a distribuir facadas em cada canto de seus corpos que eu conseguia atingir, alguns fugiram alguns revidaram, mas mesmo assim não conseguiram impedir que eu matasse todos, no fim só havia restado a mim mesmo no navio, e pensei se valia a pena continuar tendo aquela pedra, pois talvez se não fosse ela eu poderia ter ajudado minha tripulação a lutar com as criaturas.

Sai da cabine do barco indo para sua proa e comecei a observar o oceano que por muito tempo me foi um lugar calmo e que agora apenas me traria memórias de como deixei minha amada tripulação morrer por uma pedra, logo após isso atirei a pedra pra longe o mais forte que pude, voltando para dentro do barco eu já não conseguia mais encontrar as criaturas que eu havia matado a alguns minutos atrás, fui reunindo as coisas de todos os membros da tripulação para dar para seus familiares quando voltasse pra terra, faltava apenas ir no quarto do membro da tripulação que havia tentado roubar a pedra de mim, chegando em seu quarto vi coisas jogadas por todo o chão e no meio delas estava um livro sem título com uma capa de couro, lá estava falando de um parasita que conseguia entrar na mente de seu hospedeiro e de seres próximos fazendo eles terem alucinações enquanto se alimenta lentamente de sua sanidade, conforme sua sanidade vai diminuindo as alucinações vão ficando cada vez mais exageradas e por mais estranhas que sejam você não consegue identificar.

No momento em que li aquele livro, entendi o que realmente havia acontecido, se aquela pedra se é que aquilo era uma pedra, estava jogada em algum canto aleatório do mar, quantas outras vezes ela não já fez isso? Quantas vidas ela não já arruinou? Eu não quero saber, é demais pra mim, não pretendo mais voltar para a terra, tenho uma corda guardada ela vai ser muito útil.

19 Haziran 2021 15:38:35 0 Rapor Yerleştirmek Hikayeyi takip edin
0
Son

Yazarla tanışın

Yorum yap

İleti!
Henüz yorum yok. Bir şeyler söyleyen ilk kişi ol!
~