Sonuç bulunamadı

Tekrar aramak

12 meses

360 días. Con el pasar del tiempo se quedan cortos para algunas personas. Pero para ella fueron 360 días en donde aprendió más del crecimiento personal y, un día se presentó un ángel que puso en du... OKUMAYA BAŞLA

(2017) Hinata era cega

O que Kiba não sabia É que Hinata fingia Fingia que não via OKUMAYA BAŞLA

(2018) Afaste de mim...

Era uma vez.. e não é mais porque empurrei para longe. OKUMAYA BAŞLA

20 Poemas y ninguna canción desesperada

Creare poemas cada día espero que les guste OKUMAYA BAŞLA

9000 metros de altura

Mientras estamos sobre las nubes, las ideas se pasan volando. OKUMAYA BAŞLA

ABRÁZAME TE PIDO

ABRÁZAME TE PIDO es una poesía corta de corte romántico, escrita con elementos evocadores y representativos de la romanza y la épica. OKUMAYA BAŞLA

ABRÁZATE

El poético momento de mirar atrás. Aprender de los colores grises, enseñar colores mágicos, capaces de enseñar que la vida tiene libertad, héroes y felicidad. Los héroes se esconden entre la paleta... OKUMAYA BAŞLA

A Carta e a Vela

Um garoto escreve uma carta em uma noite chuvosa, até ser visitado por uma figura misteriosa. OKUMAYA BAŞLA

A declaração de amor

Eis o velho clichê daqueles dois colegas de classe que trocam olhares tímidos durante as aulas (e nos intervalos também), mas nunca reúnem coragem suficiente para estreitarem os laços. Os colegas n... OKUMAYA BAŞLA

A desordem de Hiro

Como um livro de capa áspera e palavras difíceis de se compreender preenche-se aos poucos até tornar-se o ultimo estágio da pureza presente em seu caos torna-se poema e poesia Tornou-se magia. OKUMAYA BAŞLA

Adeus, prodígio!

Para todos os prodígios que nunca se tornaram gênios. OKUMAYA BAŞLA

ADMIRADOR SECRETO

Deixe-me ser o teu admirador secreto Te observar e te analisar por completo Avaliar e medir os teus gestos Poder te descrever e te ter sempre perto OKUMAYA BAŞLA

Afefobia

Descrição da sensação que uma pessoa que tem aversão a toque físico tem ao tocada. Quero mostrar que não é só nojo ou frescura da pessoa. Lembrando que cada pessoa é diferente e tem reações diferen... OKUMAYA BAŞLA

A gravidade do mundo

Sobre a gravidade do mundo e a ordem que a rege. OKUMAYA BAŞLA

Águas que balançam

Já não sou mais emotivo com o tempo, parei de buscar a emoção de cada dia… a emoção é uma lembrança de criança OKUMAYA BAŞLA

Ahora me voy

El límite al que todos alguna vez hemos llegado. OKUMAYA BAŞLA

Ainda estamos aqui

Poemas criados na madruga inquietante. OKUMAYA BAŞLA

Alaska

Lhes apresento uma nova fase dos meus escritos. Hoje deixei de ser um poeta estimado e tornei-me Alaska. São diversos textos sobre o que sinto ou senti nos últimos tempos. OKUMAYA BAŞLA

Alaska

Lhes apresento uma nova fase dos meus escritos. Hoje deixei de ser um poeta estimado e tornei-me Alaska. São diversos textos sobre o que sinto ou senti nos últimos tempos. OKUMAYA BAŞLA

Alaska

Lhes apresento uma nova fase dos meus escritos. Hoje deixei de ser um poeta estimado e tornei-me Alaska. São diversos textos sobre o que sinto ou senti nos últimos tempos. OKUMAYA BAŞLA

Alaska

Lhes apresento uma nova fase dos meus escritos. Hoje deixei de ser um poeta estimado e tornei-me Alaska. São diversos textos sobre o que sinto ou senti nos últimos tempos. OKUMAYA BAŞLA

Al borde del acantilado

Admirando la vista, el sol y el mar, con esperanza OKUMAYA BAŞLA

Além dos Meus Ossos

Poesia é tudo aquilo que ficou impresso em seus ossos e é tudo aquilo que era grandioso demais para se prender apenas no coração. Neste livro/blog, publico todas as produções poéticas que se manif... OKUMAYA BAŞLA

Alérgica a armários

Quer me comer? Coma! Não quer contar que comeu? Não conte, é um direito seu, eu não ligo. Mas limpe a porra da boca antes de difamar o meu nome, porque uma hora isso cansa. E, quando eu cansar, ... OKUMAYA BAŞLA

ALEXITIMIA

LA REVOLUCIÓN DE LA CUCHARA OKUMAYA BAŞLA

Algum drama você já sentiu?

Se puder não leia, esteja preparado pelo conteúdo que encontrará o teu coração. Agora eu lhe pergunto, algum drama você já sentiu? Alguma tristeza penetra na sua mente mesmo que seja por algum minu... OKUMAYA BAŞLA

Alma de Versos

Devo alertar que, ao ler as prosas aqui contidas, você mergulhará na essência de uma alma feita de versos que habita o corpo de um espírito livre de coração selvagem. •~*~• Uma coletânea de texto... OKUMAYA BAŞLA

A LOS 30

Nueva York. Dos personas en sus 30. Darah Petterson en pleno replanteo de lo que quiere y no ha logrado, Alexander Payne atrapado en una vida que no desea pero sin motivos para salir de ella. Todo ... OKUMAYA BAŞLA

A los ojos de la inocencia

La verdadera pérdida ante las guerras no es territorial ni económica. #PoesíaDeFotografía OKUMAYA BAŞLA

Alto Lá! Poemas de Alto Conhecimento

"Em qualquer lugar no tempo, estarei". Você já sentiu como se fosse o único a mercê em um mar de gente? Como se não encaixasse em tal lugar a ponto de não ser você mesmo? Então te convido a ler Alt... OKUMAYA BAŞLA

Alugo-me

please tell me i'm your one and only or lie, and say at least to night drama ※ poetry ※ poem ※ lirism ※ droubble ※ lyric ※ yours cover: @Broken_isnt_bad (instagram) © prettybaozi, 2018 OKUMAYA BAŞLA

(a)mar

"Não escondo de ninguém o quanto amo o mar, posso me perder no quebrar de ondas desse infinito azul e recobrar as forças quando quem pede silêncio é Minh'alma, todavia mergulhar é uma atitude que d... OKUMAYA BAŞLA

(A) (mar)esia

Eu não escolhi me afogar, mas, ancorado nas tuas profundezas, eu passei a gostar (de)sse (te)u fundo do (a)mar. OKUMAYA BAŞLA

A Mente Mente

Passeio pela mente, menti. OKUMAYA BAŞLA

A minha história da chegada do meu filho

Uma descriação sincera e inusitada da chegada do Pedro na vida de um jovem casal. OKUMAYA BAŞLA

A mis lectores

Poesía cruda y de verso libre. 👉 Puedes aportar al arte aquí: https://www.patreon.com/tipthewriter OKUMAYA BAŞLA

Amitayus

Por mais que pensamos ser, não houve um passo dado até aqui que tenha sido em vão. Tudo agrega ao que podemos de melhor, fazer e ser, tornar enfim, também estar como naturalmente a vida pode manife... OKUMAYA BAŞLA

Amor, a doença dos tolos

Sinto o cheiro doce de podridão... OKUMAYA BAŞLA

A morte

Um dia ela chega ... OKUMAYA BAŞLA

A Música & Eu.

Toda vez que escuto aquela música, minha mente voa. Pego então os aprendizados da viagem e transformo em poemas. OKUMAYA BAŞLA

Angel Oscuro Del Pecado

Corto poema de una serie sobre un ángel melancólico OKUMAYA BAŞLA

ANIMA: a poesia do profundo

A poesia é a alma do mundo em palavras. Neste livro, onde ela se manifesta, o vulgar se desfaz na riqueza e infinitude do viver. OKUMAYA BAŞLA

A noz dourada

Será que você conhece a real origem do universo? Ou o que lhe contaram não passa de um pó dourado para ocultar a sujeira debaixo do tapete? Há muitos mistérios, segredos e enigmas nesse mundo. Qua... OKUMAYA BAŞLA

"Ansiedade Social"

"de 10 a 0, ninguém nunca entendeu." OKUMAYA BAŞLA

Antes da Nossa Primavera

Quando há perdas, o dia há de raiar sem flores. OKUMAYA BAŞLA

A Peça

A vida é uma peça, mas não peça nada além do que ela te dá. OKUMAYA BAŞLA

Apelo aos Leitores

Um sonho, um público que o acompanha. O reconhecimento? Não estou tendo. E sim, isso me traz sofrimento! OKUMAYA BAŞLA

Apenas grito...

Será que podes me ouvir? OKUMAYA BAŞLA

Apenas mais uma madrugada solitária

Sobre as dores de crescer De existir Quando o mundo era muito maior Do que eu poderia entender. Apenas Mais Uma Madrugada Solitária e outras lágrimas que eu não queria ter chorado. PODE CONTER GA... OKUMAYA BAŞLA

Apenas Palavras

Poesias sobre amor e a vida OKUMAYA BAŞLA

Apenas Poemas

Alguns poemas que escrevi aleatoriamente, que podem ou não, estar interligados. OKUMAYA BAŞLA

Aqueles que vinham do mar

" Aqueles que vinham do mar " Fala não só sobre a escravidão, mas também aborda temas como romance, e o amor de um pai em busca do filho. A história de Nabu, um indígena africano que tem a tribo i... OKUMAYA BAŞLA

AQUELLO QUE GUARDA TU ALMA

Poesía en un arranque de sentimiento. OKUMAYA BAŞLA

As estações do amor

O amor é verão, primavera e outono. Já é desamor quando o frio chegar... Será? Ah... mas o amor é realmente tão complexo! Ele se confunde nos aromas, cores, sabores e emoções. Será que sabemos quan... OKUMAYA BAŞLA

As faces de mim

Este é o personagem bipolar, ele pode ter muitos planetas com reações atmosféricas diferentes dentro de si. Todos os dias o mesmo tenta não reagir, se conservar para que a sua face continue intacta... OKUMAYA BAŞLA

ASÍ COMO SOS

POEMAS Y POESÍAS DE MI AUTORiA ESPERO LOS DISFRUTEN. OKUMAYA BAŞLA

as minhas maneiras de amar

as minhas maneiras de amar são profundamente poéticas e, por vezes, completamente tristes. OKUMAYA BAŞLA

As Palavras & Eu.

Se você ler, espero que algo brilhe dentro de você no momento. OKUMAYA BAŞLA

As poesias dela

Poesias de uma garota apaixonada Uma garota sofrida Uma garota vivida Seria apenas uma poesia? Ou um desabafo que a muito ela não fazia? Poesias de uma garota apaixonada Machucada ou amada? Re... OKUMAYA BAŞLA

Até a última nota (2017)

Havia uma razão... que deixou de existir. OKUMAYA BAŞLA

A través de los ojos de James

#PoesiaDeFotografia A través de los ojos y el lente de James Nachtwey me sumergí y dejé que los versos hicieran su trabajo, que recorrieran esos ríos de emociones y miradas en blanco y negro. OKUMAYA BAŞLA

A tua parte de mim

Se você mora em alguém a tanto tempo, como distinguir o que é você e o que é ela? Como saber se não estar levando ela em teu eu, ou o teu eu em parte dela? Será que ainda é você? Ou ao permanecer t... OKUMAYA BAŞLA

Augurio de un Corazón

¡Bienvenido a vuestro segundo reparto de poemas! Perteneciente a la serie Cánticos de un Verso, al igual que Cantos para el Alma esta secuela de poemas es inspirada en sentimientos, experiencias de... OKUMAYA BAŞLA

Augurio de un Corazón

¡Bienvenido a vuestro segundo reparto de poemas! Perteneciente a la serie Cánticos de un Verso, al igual que Cantos para el Alma esta secuela de poemas es inspirada en sentimientos, experiencias de... OKUMAYA BAŞLA

Augusto dos Anjos - Eu

"Eu" é o único livro de poesia de Augusto dos Anjos. OKUMAYA BAŞLA

AUTO ANÁLISE

Não acredito no acaso Também na insignificância de uma vida Toda vida no universo não importando qual seja Tem uma meta e uma finalidade OKUMAYA BAŞLA

A vida é uma poesia

Apenas a expressão de um ser por meio de palavras✨☄️ (Poesia autoral) OKUMAYA BAŞLA

A voz do silêncio

Sobre aquilo que o silêncio sussurra aos ventos OKUMAYA BAŞLA

Bem-vindo, temos versos para o café.

Meu acervo pessoal e impessoal de poesias Sente-se, pegue um café e aprecie a leitura Agradeço desde já aos que tiraram alguns minutos para lê-lo OKUMAYA BAŞLA

Blog Bater de Asas

Blog sobre a obra Bater de Asas. Onde falo minha linha de criatividade, oque as músicas que coloco significam no capítulo e oque penso por trás dos personagens e seus pensamentos e problemas. OKUMAYA BAŞLA

Borbulha: textos e poemas

Por que as pessoas leriam este, este texto, se é só mais um? E deveria eu explicar, por chís e ipsilon, o porquê. Não quero. Publicá-lo-ei, ah, quem liga! É só um conjunto de textos, poemas, essas ... OKUMAYA BAŞLA

Brumas de Vinho

Antologia Poética. Até a ultima palavra; OKUMAYA BAŞLA

BYTHOS

Canto al creador, al misterio, a la trascendencia, a lo incognoscible e indeterminable, que se revela o manifiesta en nosotros como Dios sacratísimo. OKUMAYA BAŞLA

Cada detalhe do caos

Eu sou cada detalhe de meu próprio caos. [Também postado no blog Anjo Sonhador] OKUMAYA BAŞLA

Café requentado

Um papel de pão amassado, um café quente, uma tagarelice deram vontade e inspiração para escrever. Qual a narrativa da embalagem de pão percorrendo a rua em um dia qualquer? Qual foi o seu caminho?... OKUMAYA BAŞLA

Cais dos Lamentos

Muitas coisas aconteceram na minha vida nos últimos nove meses. A arte sempre foi minha forma de demonstrar meus sentimentos e decidi expor alguns "poemas" e textos sobre esse período de minh... OKUMAYA BAŞLA

Cais dos Lamentos

Muitas coisas aconteceram na minha vida nos últimos nove meses. A arte sempre foi minha forma de demonstrar meus sentimentos e decidi expor alguns "poemas" e textos sobre esse período de minh... OKUMAYA BAŞLA

Caminhos

Sobre as incertezas da vida. Caminhos que se abrem e os aprendizados que levamos. OKUMAYA BAŞLA

Canción para los ojos.

No es mía, la leí y me gustó. OKUMAYA BAŞLA

Canta, Marilina

Os corpos no salão sempre voltavam para assistir Marilina e seu canto, pois sua voz acariciava o coração dos tolos e coitados que buscavam nela liberdade do mundo real. E ela? Ah.. Ela sorria e fi... OKUMAYA BAŞLA

Cante-a no tom

Composições a uma cantoria interna, caso se sinta a vontade, cante as poesias com os refrãos. OKUMAYA BAŞLA

Cantos para el Alma

Bienvenidos a este pequeño libro de poemas el objetivo a lograr es transmitir sentimientos, contar recuerdos u otras cosas aquí les dejo una muestra: "Cuando dos almas solitarias se encuentran en ... OKUMAYA BAŞLA

Caos Particular;

Você é meu caos particular, virando meu mundo de cabeça para baixo, fazendo um furacão, deixando tudo aqui dentro de ponta cabeça. [Poesias|Drabble|Fluffy] OKUMAYA BAŞLA

CAÓTICO

Caótico: situação sem contorno, e sem controle, sem volta, caótica. Poemas que me salvaram do caos harmônico que é a minha mente. "Metade das coisas que escrevo é lixo, mas se não as coloco no p... OKUMAYA BAŞLA

Caro Universo

Simples cartas - emaranhadas de poesia, talvez até com um pouco de magia - escritas por uma insignificante Estrela Cadente que, com palavras e suas nuances, quis descrever o que via e sentia enquan... OKUMAYA BAŞLA

Carpintaria de Jesus

De um pai que o ensinou sobre a madeira a um Pai que o lançou sobre a madeira. OKUMAYA BAŞLA

Carta ao Tempo

Tempo, nem todas as vezes que você seguiu foi fácil te acompanhar. OKUMAYA BAŞLA

Cartas para el invierno.

Escribo estas cartas porque pronto llegará el invierno, y junto con el vendrá la soledad de mis palabras. Escribo, porque quiero almacenar versos que sean tan absurdos para poder resplandecer de nu... OKUMAYA BAŞLA

Cartas para el invierno.

Escribo estas cartas porque pronto llegará el invierno, y junto con el vendrá la soledad de mis palabras. Escribo, porque quiero almacenar versos que sean tan absurdos para poder resplandecer de nu... OKUMAYA BAŞLA

Casimiro de Abreu - As Primaveras

As Primaveras é uma obra de poesia de Casimiro de Abreu OKUMAYA BAŞLA

Chama

Me chama para mais uma vez jogar OKUMAYA BAŞLA

Ciclos

A vida é feita de ciclos. Leva um tempo até aceitarmos isso. Entender que mesmo a "eternidade" e o "para sempre" terminarão em algum momento. O que não dizem é que ao terminar, os ciclos podem dei... OKUMAYA BAŞLA

Cifra inadecuada

Poema basado en el disparador del concurso "El poético momento de volver atrás". #poesiadefotografia #PoesiaDeFotografia OKUMAYA BAŞLA

Cifra inadecuada

Poema basado en el disparador del concurso "El poético momento de volver atrás". #poesiadefotografia #PoesiaDeFotografia OKUMAYA BAŞLA

Circus Of Horror • Composições 1

Como num circo, na vida há inúmeros atos diferentes, que vão se intensificando ao passar do tempo. O problema dos circos é que, na maioria das vezes, eles escondem muitos horrores que as vezes é di... OKUMAYA BAŞLA

Coisas de Amor

O amor é algo complicado, existe tanto sobre si ao mesmo tempo que não há... Entre tantas contradições, as coisas soltas, nascem. (Sinopse Provisória) OKUMAYA BAŞLA

Cólera Oculta

Essa poesia surgiu da necessidade de expressar e retirar o ódio acumulado que estava me prejudicando. Fala sobre quando você odeia uma pessoa, mas não pode expressar e então finge, oculta ou é cov... OKUMAYA BAŞLA

Collection Agony [Collection Poetry, volumen 4]

Poemario de la agonía del tiempo. Vivir no es sencillo. OKUMAYA BAŞLA

Collection Inside [Collection Poetry, volumen 1]

La poesía siempre ha sido para mí un mundo que recibe impresiones del exterior, por ello escribo también el otro lado de la vida en este volumen titulado “Collection inside”, porque en él encontrar... OKUMAYA BAŞLA

Collection Void [Collection Poetry, volumen 6]

En el limbo de la vida, el deseo se deshace entre las páginas. OKUMAYA BAŞLA

Colosos

Descubriendo la realidad de la guerra, tras mirar una simple fotografía antigua. Viendo como al final las ciudades también se convierten en cicatrices. #PoesiaDeFotografia OKUMAYA BAŞLA

Comienzo de la cima y caída de la misma

Este libro es la continuación de ''Poemas y la vida de un poeta'' (el cual borre por error y no me arrepiento tanto) desde hace tiempo comencé a cambiar mi estilo de narración y decidí crear este l... OKUMAYA BAŞLA

Comienzo del Final

¿Seguiremos siendo los mismos? OKUMAYA BAŞLA

Como No Fim da Primeira Neve Ao Cair... (poema)

Um poema feito do amor que lhe restou em seu coração. A Primeira Neve significa algo especial e precioso quando está com quem se ama. No entanto, e quando este resolve ir embora no momento em que o... OKUMAYA BAŞLA

Compilado de poemas.

Poemas de mi autoría que escribí hace muchos años y que hoy deseo presentarlos a ustedes porque me los topé en mi computadora y desean ver la luz. OKUMAYA BAŞLA

Confusão Em Letras

Não uso mais Minha voz com tanta frequência. E quando abro a boca para falar, A minha voz não sai. Como se fosse um esforço Monstruoso. Eles não vão me ouvir, E eu vou escrever Tudo no meu cadern... OKUMAYA BAŞLA

Congelar la guerra

"Una guerra solo debiese lamentarse, mas siempre habrán a quienes se les ocurra dedicarse a admirar." ___ * Poema participante en el concurso #PoesiaDeFotografia de Inkspired. * Poema inspirado en... OKUMAYA BAŞLA

Consumação

Alguns achados do bloco de notas, quase consumados pelo tempo. Enfim, os trago ao mundo, mesmo não sabendo se serão tragáveis. Capa: The Course of Empire: The Consummation of the Empire. Thomas Col... OKUMAYA BAŞLA

Contar até três

Um rapaz cuja mãe e irmãos morreram aprende a contar até três devido a um segredo que o pai mantém. OKUMAYA BAŞLA

Contemplo

Um olhar dramático sobre alguns aspectos da vida. OKUMAYA BAŞLA

Conto rápido: Enquanto ele dormia (Reflexão)

Enquanto ele dormia, o mundo não parava. A cidade se remexia. Sua esposa o encarava, inquieta, pensativa. OKUMAYA BAŞLA

CORAÇÃO DE POETA

Meu coração está com medo De por um instante repetir o mesmo erro De se entregar, de gostar, de amar De se apaixonar e não poder conquistar OKUMAYA BAŞLA

Corazon con ojos

Poema basado en el disparador del concurso "El poético momento de volver atrás". #poesiadefotografia #PoesiaDeFotografia OKUMAYA BAŞLA

Corazon con ojos

Poema basado en el disparador del concurso "El poético momento de volver atrás". #poesiadefotografia #PoesiaDeFotografia OKUMAYA BAŞLA

Corazón Roto

Porque llevas rotos los pantalones, pero más roto llevas el corazón... OKUMAYA BAŞLA

Cores Fluídas

Assim como as cores em um degradê, devemos fluir por nossa palheta até nos tornamos algo único. Baseado na personagem Alex Fierro de Rick Riordan. OKUMAYA BAŞLA

Cores Sentimentais

A vida tem suas tonalidades! Cada emoção Cada sentimento... Somos um quadro sendo pintados por nós mesmo. As cores são as emoções vívidas e o autor da obra é você e suas vivências. Entre nesta ... OKUMAYA BAŞLA

Crime (poesia)

Um texto sobre um crime brutal, definitivamente não carnal. Ainda somos condenados quando prejudicamos a nós mesmos? OKUMAYA BAŞLA

Cristais de Areia

Poucas escolhas fizera na vida, é verdade. A flexibilidade tomava de assalto o seu coração, um coração plácido, submisso, apático... Mas às vezes, quando a peça e a plateia já não apreciam o espetá... OKUMAYA BAŞLA

Crônicas de um caderno engavetado

Escreva, escreva, escreva. Você não pode correr do seu destino, viver implica esse risco. O de os planos não darem certo. O de uma recaída fazer com aqueles dez passos para frente que você tinha da... OKUMAYA BAŞLA

Cualquiera que me venga a visitar

Leandro Sanjuan ha conocido tiempos mejores. Desahuciado y solo, se compadece de su miseria encerrado en su habitación. OKUMAYA BAŞLA

Cuando pienso en ti

“Cuando pienso en ti, recuerdo tu nombre, tú esencia, lo que fuiste y como nuestras almas se unieron en una conexión más allá de lo terrenal.” Describir lo que fuimos es algo que, si no f... OKUMAYA BAŞLA

CUARENTA Y TRES

Poemas, poesías, historias, micro relatos. todos los derechos reservados. OKUMAYA BAŞLA

Cuentacuentos

En memoria de mi arquitecto, quien siempre construyó mi mundo con sus planos de fantasía. OKUMAYA BAŞLA

Cuerpo celeste

Poesía ajena a lo romántico, que trata sobre un astronauta, su viaje espacial y su experiencia en un planeta encantador. OKUMAYA BAŞLA

Cuidado, lagartos na pista

Aparentemente um despretencioso passeio em família no parque, mas com alguns lagartos no meio. Uma história baseada em fatos reais, de como uma família normal e estranha vence os desafios e perigos... OKUMAYA BAŞLA

Da janela do meu quarto

Um poema sobre vida e caminhos OKUMAYA BAŞLA

Dama de la Noche

La historia de la Dama de la Noche, una mujer hermosa y letal. OKUMAYA BAŞLA

De insomnios y otras condenas I -Poesía-

Colección de poesías y pensamientos creados durante 2020 en los insomnios de pandemia. Primera parte: Poesía. OKUMAYA BAŞLA

Delante de tus ojos, detrás de tu mirada

La guerra, la destrucción, y la lucha de poder, acaba con todo aquel que se encuentre debajo, arrasa con todo aquello que no es del interés. Al final, el que menos debe, es el que más paga. Como p... OKUMAYA BAŞLA

Demonios Sentimentales

¿Demonios? existen. ¿Sentimientos? para desgracia o fortuna, también. Pero esta no es una obra de apología al inframundo ni a lo oscuro, por supuesto que no. "Demonios Sentimentales" es una obra de... OKUMAYA BAŞLA

Depois de amanhã

Lalinha transforma lágrimas em poesia. O consentimento roubado é o grito mudo de tantas outras Lalinhas por aí, Lalinhas que se acanham, que suportam todo tipo de abuso físico, sexual e moral porqu... OKUMAYA BAŞLA

Depuração em Versos

Estes versos não foram escritos, foram sentidos. OKUMAYA BAŞLA

Desde el vacío, los diez mil seres

Movimientos, búsqueda y metamorfosis. Esta recopilación de escritos forman un camino desde lo oscuro al vacío del que emergen cosas nuevas. OKUMAYA BAŞLA

Despedida

Não me pergunte o que eu irei fazer se nos encontrarmos algum dia desses Posso me perder inconsequentemente E me despedir novamente OKUMAYA BAŞLA

Despedidas

En el primer aniversario del luto en mi corazón, hago el recuento... De los colores que perdí... De que el mundo me quedó grande... De que mi alma naufragó. OKUMAYA BAŞLA

Despojismo Ilustrado

Soy un puto despojo. Tengo derecho a serlo... Soy un puto despojo. Tengo derecho a serlo... Soy un puto despojo. Tengo derecho a serlo... OKUMAYA BAŞLA

DETRÁS DE BAMBALINAS

Cada persona tiene una historia que contar, un pasado del cuál se quiere desprender pero también enseñanzas que no se olvidarán. #PoesiaDeFotografia OKUMAYA BAŞLA

De uma flor que morre e renasce

Senti pela primeira vez aquilo que penso se chamar paixão. Já se passaram semanas, e a paixão não evanece, não me deixa de arder o coração e pô-lo numa luta quase constante entre o que simplismente... OKUMAYA BAŞLA

Devaneios

Não há propósito para isso, tudo o que há aqui pode ou não ter existido, pode ou não ser uma releitura de algo real, tudo que há aqui não está para nada específico, não existe porque não existe raz... OKUMAYA BAŞLA

Dez dias com ela

Após passar dez dias, um amor é visto de duas maneiras. Em retrospectivo, temos a lembrança de algo vivido. Ao ler a poesia de trás para frente, no dia corrido, vemos a realidade aparecendo. OKUMAYA BAŞLA

Dez dias com ela

Após passar dez dias, um amor é visto de duas maneiras. Em retrospectivo, temos a lembrança de algo vivido. Ao ler a poesia de trás para frente, no dia corrido, vemos a realidade aparecendo. OKUMAYA BAŞLA

Dez dias com ela

Após passar dez dias, um amor é visto de duas maneiras. Em retrospectivo, temos a lembrança de algo vivido. Ao ler a poesia de trás para frente, no dia corrido, vemos a realidade aparecendo. OKUMAYA BAŞLA

Diablo

El diablo, con unos ojos de miel y fuego, viste un conjunto negro. Bebe un martini seco entre una sonrisa que delata mi mirada perdida, y a pesar de ello, me deja tiempo para pensar si debo hacerl... OKUMAYA BAŞLA

Diário de Amenidades

Conjunto de pensamentos, lançados ao acaso da existência, pelas palavras. OKUMAYA BAŞLA

Diário de Poesias

Um pouco de mim em cada letra. OKUMAYA BAŞLA

Diga 'X'

"Por que quando tiram uma foto sua parece que colocaram uma arma na sua cabeça e te mandaram sorrir?" OKUMAYA BAŞLA

Disparo

Poetas Ao leito da marginalidade Poesia épica. Ao berço sujo da cidade OKUMAYA BAŞLA

Dissonante

Livro originalmente publicado em meio físico, em duas edições. Compilação de textos em diversos formatos do autor, da aurora de sua adolescência. OKUMAYA BAŞLA

Divagaciones de un vagabundo

¿Que pensara un vagabundo cuando esta tumbado, relajado en el fresco césped de un parque, mirando el cielo? 👉 Puedes aportar al arte aquí: https://www.patreon.com/tipthewriter OKUMAYA BAŞLA

Dor e escolhas na Terra dos Sonhos

Poesia escrita após uma semana de sofrimento indescritível, uma grande alegoria. OKUMAYA BAŞLA

Dor Inevitável

Este "Homem" busca a verdade sobre sua existência, busca saber o que te impede de morrer neste mundo corrompido pelo caos absoluto, este navega e observa, assim sendo torturado por sua alma ate sua... OKUMAYA BAŞLA

Dragomir, O Príncipe da Rússia

Até onde pode ir uma alma torturada? Dragomir é princípe do maior império do mundo, mas de que isso vale se não há amor em seu coração? OKUMAYA BAŞLA

Eclipse Solstício Presságio Ruim

Oculta-me. Ó! Meu lindo Amor Oculta-me dos olhos alheios, pôs hoje só a ti pertenço Esfria em mim esse calor de ego intenso Pelo menos neste curto e sagrado momento Em que fria e escura vem me beijar OKUMAYA BAŞLA

Ecos do Despertar

Disseram-me que meu despertar traria poder. Eu não almejo aquilo que os deuses me prometeram, meu espírito clama por liberdade. -- Esta é uma história que tenho desenvolvido há muito, muito, muito ... OKUMAYA BAŞLA

E Desabafo Assim...

Voltei com mais desabafos, e sim, ainda desejo que algo brilhe dentro de ti se der uma chance à lê-los🌻. Grata imensamente por todo o carinho. Cada apoio aqui significa muito🌻. OKUMAYA BAŞLA

E do nada surgiram palavras

Em meio a rotina do dia surgiram palavras, aqui estão elas, sem muito reboliço as descrevo com o pensar, esse papel digital que possibilita mundos diversos, oh que o dizer chegue até você e o faça ... OKUMAYA BAŞLA

El arte de escribir llorando

Penas, alegrías, desamores, todos tenemos algo por el qué avergonzarnos y curiosamente es más fácil aceptarlos cuando un se siente triste, vulnerable y patético. Lloro, mas no lloro cuando escribo,... OKUMAYA BAŞLA

Ele era...

Porque a única coisa que posso afirmar sobre ele é que ele é único. De um modo incomparável, imensurável e incrível. Apenas único. Exatamente como todos deveriam ser. [Poesia] OKUMAYA BAŞLA

Ele é uma boa criança

Para pessoas com pensamentos decrépitos, suas mãos estão sujas de sangue. [Itachi!centric] [angst de leve] OKUMAYA BAŞLA

El grito de las codornices

• Ganador del segundo lugar en el concurso de poesía 2019 convocado por 'Juntos Somos Poesía ' categoría: versos al humano. Poemas a una mujer sin labios, ni ojos. A una noche, o quizás mil días ... OKUMAYA BAŞLA

El hijo más lascivo e insondable que alguna vez existió.

El hijo más lascivo e insondable que alguna vez existió. OKUMAYA BAŞLA

El monstruo

Un momento se puede quedar impregnado en el alma, en la mente. Así esta breve poesía de un hombre que vivió un tiempo desesperado en la guerra. OKUMAYA BAŞLA

El perfume

-" Eres alguien, siempre serás alguien para mí, para nosotros...Deberías grabártelo, eres todo para nosotros" -le repetía, constantemente, cada vez que tenía oportunidad. Pero el ya no estaba de ac... OKUMAYA BAŞLA

El Poemario de Beta

Una colección de poemas para el deleite y el consumo de aquellos apasionados por lo abstracto, y demás. OKUMAYA BAŞLA

El poeta loco

Recopilacion escritos de amor de distinto tipo OKUMAYA BAŞLA

El secreto de la inmortalidad.

¿Te has preguntado el secreto de la inmortalidad? Puede que exista la piedra filosofal o elixires de vida eterna, tal vez la magia negra, blanca o de cualquier otro color ayude. Todo el mundo se ... OKUMAYA BAŞLA

El secreto de la inmortalidad.

¿Te has preguntado el secreto de la inmortalidad? Puede que exista la piedra filosofal o elixires de vida eterna, tal vez la magia negra, blanca o de cualquier otro color ayude. Todo el mundo se ... OKUMAYA BAŞLA

El secreto de la inmortalidad.

¿Te has preguntado el secreto de la inmortalidad? Puede que exista la piedra filosofal o elixires de vida eterna, tal vez la magia negra, blanca o de cualquier otro color ayude. Todo el mundo se ... OKUMAYA BAŞLA

El Síndrome Del Poeta

Un poeta perdido y ahogado en sus textos de barro lucha contra la desilusión de las decepciones de la vida. Ana, su amiga, tratará de hacerle recordar aquellas noches que transcurrieron bajo las lu... OKUMAYA BAŞLA

El Spleen de París

"Esta obra es una experiencia estética: un muestrario de la conducta humana en donde se ha seleccionado con sutileza cada palabra; en donde la metáfora y la ironía no son simples figuras literarias... OKUMAYA BAŞLA

El turpial que no voló

Atrapado en el dolor, como el turpial que no vuela. OKUMAYA BAŞLA

Em homenagem a nós!

Escrever é minha arte Sou muitas vezes incompreendida Mas faz parte O que importa é que estamos todos juntos nessa estrada Dando o nosso melhor A cada linha traçada Merecemos o dia do escritor Porq... OKUMAYA BAŞLA

Em meio às Várzeas

Uma breve história de aquecer o coração... "Em meio às várzeas, eu encontro o meu lugar" OKUMAYA BAŞLA

Em mim

Em mim e em ti, pode haver uma aproximação, um sentimento, mas não deixe que ele te capture, tenha as rédeas de cada sensação, o teu manto é a tua paixão pela vida, é a sabedoria ao lidar com a sit... OKUMAYA BAŞLA

Em Tempos de Solidão, Leia uma Poesia...

Poesias: Leia-me. Divirta-se. Explore-me. Desvenda-se... Este livro trás um novo jeito para os dias de tristeza e solidão, partilhando assim, diversos sentimentos embutidos e entrelaçados para... OKUMAYA BAŞLA

Em uma linha

Fomos em uma linha e seguimos em direção opostas OKUMAYA BAŞLA

En el mundo de las maravillas (Colección Wonderland, edición Poesía)

En el mundo de fantasía, alguien llama a tu puerta: Es el destino que ha te elegido a través del tiempo y las realidades infinitas. Primer libro de la Colección Wonderland. Edición poesía. OKUMAYA BAŞLA

Enero Color Azabache

Breves ensayos tristes sobre meditaciones, pensamientos y observaciones de cada día. Me siento un cretino cuando escribo cosas tan pretenciosas. Todo nos lleva a pensar que tenemos que existir por ... OKUMAYA BAŞLA

Enero Color Azabache

Breves ensayos tristes sobre meditaciones, pensamientos y observaciones de cada día. Me siento un cretino cuando escribo cosas tan pretenciosas. Todo nos lleva a pensar que tenemos que existir por ... OKUMAYA BAŞLA

É noite no canavial

Nada mais do que apenas uma noite no canavial... OKUMAYA BAŞLA

Enquanto você dormia

Enquanto ele dormia um sono profundo, um sono ao qual ele não queria dormir, ela esperava o seu despertar escrevendo poemas de amor e saudade. OKUMAYA BAŞLA

Então, Deixou-se Afogar.

E quando tudo acabou, Jimin se pôs a bater palmas firmes, ignorando as lágrimas quentes que ainda escorriam sobre seu rosto, recusando-se a nadar em direção à superfície de sua triste realidade, qu... OKUMAYA BAŞLA

Entre crônicas e poemas

A escrita é minha terapia, por isso vou por aqui todos os meus pensamentos entre crônicas e poemas OKUMAYA BAŞLA

Entre lagrimas vino, whisky y un poco de vodka

Vengo hablarte de versos en reversos Entre poesía sin poesía Entre mis lágrimas Y botellas de vino Entre mis palabras Entre mis escritos Con el corazón en la mano Con el sabor de la amargura Col... OKUMAYA BAŞLA

Entre o Ver e o Ser

"E talvez fosse exatamente isso que mais assustava aquele rapaz: o não fazer, mas a possibilidade de que faça; o mistério, a ansiedade e o terrorismo contido na espera, do que não é, porém, é a ame... OKUMAYA BAŞLA

Entre o Ver e o Ser

"E talvez fosse exatamente isso que mais assustava aquele rapaz: o não fazer, mas a possibilidade de que faça; o mistério, a ansiedade e o terrorismo contido na espera, do que não é, porém, é a ame... OKUMAYA BAŞLA

Escrever

Assim passo os meus dias, escrevendo sobre nós e você OKUMAYA BAŞLA

Escrito com o sangue de uma camponesa

Poesias românticas de uma mera camponesa OKUMAYA BAŞLA

Escrituras

Por muitas vezes que cri No mundo das falas, Dos gestos E das hesitações; Faço valer a tinta da pena, Escrevo. OKUMAYA BAŞLA

Escucha

Poesía basada en la fotografía de James Natchwey OKUMAYA BAŞLA

ESPÉRAME SIN FALTA

ESPÉRAME SIN FALTA Es un poema que varía entre el octeto, cuartetos y sexteto, de versos que narran nostalgia y determinación vigorizada en el cumplimiento de una promesa de regreso al ser amado. OKUMAYA BAŞLA

Esperpento | kooktae (edicion)

Entre el mar llamado pecado, y el abismo que se pronuncia como libertad estamos nosotros, alabando nuestros labios Descubrirse a uno mismo es un camino de ida; sin embargo, no hay retroceso, pero ... OKUMAYA BAŞLA

Esquecimento

''Se eu morrer nesse inverno, será que o próximo deixará de ser frio? Os ursos deixarão de hibernar? Famílias deixarão de se reunir em volta de suas lareiras para se aquecerem com uma xícara de ch... OKUMAYA BAŞLA

Essa toca que chamo de quarto

O que acontece, se tiro os sentimentos do meu peito e os transformo em poesia? OKUMAYA BAŞLA

Está É Minha Outra Face

“ A cada palavra um pedaço da minha mascara cai. Então, vamos destruí-la.” » Poesias de minha autoria » Plágio é crime ⚠️ OKUMAYA BAŞLA

Este nosso amor

"Amo-te de tantas formas que não sei o que dizer. O sentimento sentido por mim, é a fonte do meu viver. É a demonstração que o nosso laço é forte e que ira durar até o nosso fim." OKUMAYA BAŞLA

Estou Aprendendo a Viver Sem Você

O dia em que eu percebi que havia te perdido. OKUMAYA BAŞLA

E todas essas coisas que a vida tem

Detalhes. Lembranças que nos pega em plena quarta feira. Saudade do que ainda não viveu e vontade de viver de novo tudo o que aconteceu. Essa é a vida, e todas as coisas que ela tem. OKUMAYA BAŞLA

Eucalipto

Uma alma perdida, observando o mundo. OKUMAYA BAŞLA

Eu era Pedra

Eu me dobro, eu me curvo e eu me estico Eu sou muito flexível. *Todos os poemas foram escritos por mim (Bê Azevedo). A foto da capa foi tirada por Christian Wiediger (@christianchr1s), e eu a monte... OKUMAYA BAŞLA

Eu era Pedra

Eu me dobro, eu me curvo e eu me estico Eu sou muito flexível. *Todos os poemas foram escritos por mim (Bê Azevedo). A foto da capa foi tirada por Christian Wiediger (@christianchr1s), e eu a monte... OKUMAYA BAŞLA

Eu Lembro

É um vício vívido, lúcido e colorido Em branco e preto .. OKUMAYA BAŞLA

Eu queria ser

E se eu fosse aquela que você não mandasse embora? OKUMAYA BAŞLA

Eu te amo por completo como pessoa e inteiramente como arte.

Você é tudo que tento explicar em poemas desengoçados e não consigo pôr em palavras, incapaz de expressar algo tão complexo e delicado sem desmanchar a beleza de seu significado. Você está present... OKUMAYA BAŞLA

Eu te amo por completo como pessoa e inteiramente como arte.

Você é tudo que tento explicar em poemas desengoçados e não consigo pôr em palavras, incapaz de expressar algo tão complexo e delicado sem desmanchar a beleza de seu significado. Você está present... OKUMAYA BAŞLA

Evoluir

Um verso para ler E outros para sentir OKUMAYA BAŞLA

Ex-poetisa (Carta para a inspiração)

"A vaidade foi o pecado que condenou toda a pureza. Eu não soube me contentar, queria mais do que merecia e agora que não tenho nem o básico, nem mesmo o sustento para a escuridão, sei o quanto err... OKUMAYA BAŞLA

Expresión Poética

¡[email protected] a mi poemario, disfruta tu lectura! Pd: Dios es quien inspira y le da vida a Expresión Poética, El dirige la creatividad de mis versos y me anima a usar mi dicción con libertad✨ ... OKUMAYA BAŞLA

Falatórios

Os falatórios da vida (Poesia autoral) OKUMAYA BAŞLA

Feel Me

~Mi poesía no rima~ Relatos cortos, poesía, textos, no sé cómo llamar a los que hago y para ser sincera no sé si quiero ponerle un título, me hace bien escribir y eso es lo único que necesito sa... OKUMAYA BAŞLA

Feuer

Esse fogo queima além da carne, penetra fundo nos ossos e derrete o coração como se ele não fosse nada. OKUMAYA BAŞLA

Fim

Nem tudo tem um final feliz, mas para ter um final tem que ter um começo. Infelizmente o nosso começo foi o fim de tudo que um dia planejamos ter juntos. Mas fazer o que? Essa é a vida tendo altos ... OKUMAYA BAŞLA

Flatline

É como um sangramento no meu coração, saber que você não precisa de mim na sua vida. Como você pode puxar a tomada e me deixar morto? OKUMAYA BAŞLA

Flores de Cemitério

Quando o meu fim chegar Eu não quero tanto rodeio: Só fim, fade out e sobe o letreiro Quem fica lê, chora e aprende Só que a lágrima uma hora seca A lembrança é que se estende *Arte da capa: "... OKUMAYA BAŞLA

Flores de Cemitério

Quando o meu fim chegar Eu não quero tanto rodeio: Só fim, fade out e sobe o letreiro Quem fica lê, chora e aprende Só que a lágrima uma hora seca A lembrança é que se estende *Arte da capa: "... OKUMAYA BAŞLA

Flor e Ser

No cieiro, eu nasci. Como e de onde vim, não sei dizer. Apenas existo. Apenas sou. OKUMAYA BAŞLA

Flores Mortas (2022)

Conte comigo todas essas flores mortas que um dia perfumaram o meu belo jardim. Data de publicação: 27/07/2022. PLÁGIO É CRIME! TODOS OS DIREITOS RESERVADOS À © 2022 Igor Azevedo. OKUMAYA BAŞLA

Fuego Fatuo

Un instante breve, y al mismo tiempo, eterno. OKUMAYA BAŞLA

Futuro Prometido

"Com sabedoria parece estranho de aprender. Com a dor você aprende para nunca se esquecer." A ironia triste do título nada tem a ver com o spin-off do futuro de uma adolescente que sonhava em conq... OKUMAYA BAŞLA

Galaxia de Poesías

¡¡Este libro trae una galaxia de poesías por descubrir!! Soledad, Amor, Miedos, ¡¡Todo puede ser representado en una serie de rimas para formar una poesía increíble!! "Las estrellas son infinitas a... OKUMAYA BAŞLA

Galáxia romântica

Coletânea de poemas romantícos Um amor que acontece em todo o cosmos e mais além OKUMAYA BAŞLA

Galaxy In Your Eyes

O problema é que tens toda uma galáxia em teus olhos, e eu sempre fui apaixonado por estrelas. [Poesias] OKUMAYA BAŞLA

Gira o mundo

Conforme o mundo gira ,o mundo muda e com ele nós também.. OKUMAYA BAŞLA

Gotas

Me diga como contarei as gotas de um mar rebelde. Como contarei os fios do teu cabelo? E em teu olhar hesitante Como contarei tuas lágrimas? OKUMAYA BAŞLA

Half Moon

Pop poetry poem ※ poetry ※ sentimental ※ love ※ hurt ※ drama ※ tragedy ※ romance © prettybaozzi, 2018 OKUMAYA BAŞLA

Hoje eu desisto de você, Helena

Nem todo amor é romântico. Nem todo romance é amor. OKUMAYA BAŞLA

Horizonte

Todos os dias eu olho para ele OKUMAYA BAŞLA

Houston, temos um problema

Não era o nascer de uma estrela, mas apenas o começo do fim. Não era o nascer de uma estrela Era o nascer de um buraco negro. [poesia] OKUMAYA BAŞLA

Humano e pecador!

Reflexão da alma. É sobre quem somos, aprisionados em nossa própria natureza, sempre errante. OKUMAYA BAŞLA

Humano e pecador!

Reflexão da alma. É sobre quem somos, aprisionados em nossa própria natureza, sempre errante. OKUMAYA BAŞLA

Ideas sacadas del cubo de la basura

Prosa poética basada en un desastre de ideas y sentimientos absurdos sacados de la mente de una adolescente de 17 años. OKUMAYA BAŞLA

I: Diario de Klaus

Decidi compartilhar páginas escritas a mao em diversos diários que tive, neste aplicativo (espero ser bem recebido). Nessas escritas expresso as batalhas comigo mesmo, os encantamentos das mulhere... OKUMAYA BAŞLA

Iludida

Cansei de ser enganada. OKUMAYA BAŞLA

Iludida

Cansei de ser enganada. OKUMAYA BAŞLA

Ilusionistas Engañados

Poesía sin ton ni son, historias cortas en prosa y uno que otro ensayo. Obra de mi personaje original Dekkino Kajoki. Más información en avenida12personajes.home.blog También disponible en Wattpad. OKUMAYA BAŞLA

Incertezas

São só nossas próprias incertezas, que ficam alheias e perturbam nossa mente, fazendo nós se sentirmos como poeira. -LIBERATORI, GABRIEL -2022- OKUMAYA BAŞLA

Índice de Histórias

Um índice com atalhos para as obras de Kaline Bogard, organizadas por fandom em ordem alfabética , para facilitar o acesso pelos leitores. Divirtam-se! OKUMAYA BAŞLA

Injusticia

Tan gris como suene o como parezca así la injusticia tiñe todo país, toda ilusión... #PoesiaDeFotografia OKUMAYA BAŞLA

Insegurança

Insegurança... Uma menina de 15 anos, apenas em 5 versos expressa o que pensa sobre “insegurança” OKUMAYA BAŞLA

Insomnio al alma.

Fragmentos de poemas salidos del alma. Letras que comprenden y alarman, cegadas de tristeza y llenas de calma. OKUMAYA BAŞLA

Inspiración de atardeceres

Mis poemas, hechos con ayuda de mi subconsciente, mis pensamientos y sentimientos. La poesía está en todo momento, en todo lugar. Está en cada cosa que hacemos, en lo que nosotros creemos. Más allá... OKUMAYA BAŞLA

Inverno

Eu sou o inverno. Deixo às copas das árvores brancas e as ruas também. Minha nevoa é densa e você fica em casa como minha refém. OKUMAYA BAŞLA

is was shot, we tried.

tens voz de poesia, meu abalo em som. [para as duas pessoas que abandonei] OKUMAYA BAŞLA

Juego de Mariposas

Acaricie su paraíso mientras la besaba. OKUMAYA BAŞLA

Kished Nazz.

Juro solemnemente que lo que pondré acá es apto para niños, niñas y adolescentes... O quizá no. Entra con toda confianza y si quieres te quedas. Eres bienvenido a este mundo perdido. Bienvenid... OKUMAYA BAŞLA

La Belleza Fúnebre de una Esperanza Pasada

Honestamente y a propósito, digo que nunca en la vida van a hablarte de sueños, de anhelos o felicidad en tiempos oscuros en donde sombras, guerras y muerte se apoderan del alma de un ser humano. U... OKUMAYA BAŞLA

La Luna em Beleza e Graça

E como a luz da lua cheia em que sua aureola prateada a envolve de encanto místico sagrado… a canção emerge do mais profundo do ser, espiralando no corpo uma aura de graça e áurea de benção OKUMAYA BAŞLA

LA MIRADA DEL INOCENTE

#PoesiaDeFotografia Este poema va dedicado a todos esos niños que son victimas de las guerras. La ambición de unos pocos y la indiferencia de muchos es lo que lleva a estos inocentes a tener que ... OKUMAYA BAŞLA

La Mujer Que Busca La Dimensión Desconocida

La historia de Álvaro contada desde la perspectiva de María. OKUMAYA BAŞLA

La musa andaluza de un esquizofrénico

Cuando la soledad tiene tintes de locura, y la esperanza inventa a la musa. OKUMAYA BAŞLA

La perpetuidad de las guerras

En esta #PoesiaDeFotografia se transmiten los sentimientos de un niño en situación de guerra. OKUMAYA BAŞLA

Lara e Raquel e o Sapo Gigante

Lara e Raque, duas grandes heroínas salvam o mundo do Sapo Gigante. OKUMAYA BAŞLA

Last Summer [Hiatus Temporário]

Mais do que uma história de amor, nossa história é uma obra de verdades, segredos e receios. Nossos olhares, sempre falantes, talvez tenham deixado passar dessa vez, as coisas que escondemos. E as ... OKUMAYA BAŞLA

Leito da (In)justiça

A intolerância de uma maioria, fez um seleto grupo queimar. Nestes versos o leitor encontrará a angústia de não ser compreendido, a dor da injustiça e as cinzas de um engano. OKUMAYA BAŞLA

Lembranças De Um Verão

Coleção de poemas inspirados num amor juvenil que, entre muitas idas e vindas, teve seu final escolhido pelo destino. [Coletânea de poemas] [Minha autoria] [Plágio é crime] OKUMAYA BAŞLA

Liagrafia

o sol se põe e se levanta com o seu sorriso. OKUMAYA BAŞLA

Literatura Inexperta

No es prosa ni poesía. La mezcla de ambas que hacen que sea más fácil expresar los sentimientos que llevamos cada uno dentro. Os invito a descubrir los míos. Mis secretos más profundos por medio d... OKUMAYA BAŞLA

...lo absurdo que no es tan absurdo...

No piensen mucho, la poesía siempre termina siendo sobre ella misma y su incapacidad de concretar su significado. OKUMAYA BAŞLA

Loop

Poesia sobre alzheimer OKUMAYA BAŞLA

Los caballos piafan

Poema onírico-apocalíptico; visión recurrente de un mundo diezmado y sometido. Revelación distópica de los sucesos del futuro y presentimiento de que los mismos ya han ocurrido: eterno retorno, o l... OKUMAYA BAŞLA

Lua de Meu Existir

Quando regressei a mim… já tinhas desaparecido, restando apenas a lembrança do teu beijo, teu calor, tua sensação purificadora e teu carinhoso amor, e teu céu noturno no vazio estrelado. OKUMAYA BAŞLA

Lua Escura

Sinto seu amor… Meu Amor… pleno de força plena Sua atmosfera mágica me envolve no frescor de seu sereno carinhoso pelo qual solitário me condena OKUMAYA BAŞLA

LUNA NEGRA

Comparto mi nuevo libro de poemas y poesías.(jorge G) OKUMAYA BAŞLA

Luz, Sombra e Escuridão

A origem da Luz, da Sombra e da Escuridão em uma história que perdeu sua tradição. OKUMAYA BAŞLA

Macrofilia

E se você encolhesse diante da pessoa por quem mais sente atração? Você se apaixonaria por uma mulher gigante? OKUMAYA BAŞLA

Madrugada

Você não cansa de estar em minha mente? OKUMAYA BAŞLA

Mãe do Sertão (poesia)

A declaração mais singela para a terra... O sentimento mais puro. Autor: Daiane Silva Revisado por: Dae Heon Soon (Kclass) ____________________________ Capa feita por Daiane Silva (eu) Copyright... OKUMAYA BAŞLA

Mãe do Sertão (poesia)

A declaração mais singela para a terra... O sentimento mais puro. Autor: Daiane Silva Revisado por: Dae Heon Soon (Kclass) ____________________________ Capa feita por Daiane Silva (eu) Copyright... OKUMAYA BAŞLA

Malfoy

A maldição morreu em seus lábios, ergueu os olhos e se deparou com o olhar severo, sempre severo, de Snape. As lágrimas morreram em seus olhos, os soluços entalaram em sua garganta, a menção de tal... OKUMAYA BAŞLA

Manequim [DEGUSTAÇÃO]

Poemas caóticos sobre dramas românticos. *Livro publicado em formato eBook na Amazon. Link: https://www.amazon.com.br/dp/B08Y842J3J OKUMAYA BAŞLA

Manequim [DEGUSTAÇÃO]

Poemas caóticos sobre dramas românticos. *Livro publicado em formato eBook na Amazon. Link: https://www.amazon.com.br/dp/B08Y842J3J OKUMAYA BAŞLA

Maria

Uma Maria fugindo de sua realidade em busca de uma melhor. OKUMAYA BAŞLA

Maria

Uma Maria fugindo de sua realidade em busca de uma melhor. OKUMAYA BAŞLA

Mariposa

Charles Darwin inspirou-me. Biston betularia. OKUMAYA BAŞLA

Maybe.

why? drama | drabble | sentimental | lirism | poetry © prettybaozi, 2018 OKUMAYA BAŞLA

Me alejé de tí

El destino nos junto. Yo me encargué de separarnos. Desaproveche la oportunidad. De tenerte a mi lado. Me arrepiento de dejarte allí. De alejarme de tí. ⚠Obra registrada en SafeCreative. Todos l... OKUMAYA BAŞLA

Me despi sob a bela

Me despi sob a bela é um livro de poesias LGBT+ com uma leve pitada de goticismo, cada capitulo é outra poesia, lugar, situação e pessoas diferentes, contadas de uma maneira atual, estimulando a me... OKUMAYA BAŞLA

Meio

"Que as palavras que eu falo Não sejam ouvidas como prece E nem repetidas com fervor" OKUMAYA BAŞLA

Memo

Tenha em mente todas as suas memórias passadas para que possa escrever uma nova a partir de agora. OKUMAYA BAŞLA

Memórias póstumas de alguém que permanece vivo

Saiba que esse pequeno desabafo através de um simples livro contém vários gatilhos, antes de tudo fique ciente que ao abordar esses assuntos delicados, eu espero que o público entre em um diálogo, ... OKUMAYA BAŞLA

Memorias Sagicornianas

Este libro es una suerte de colección de historias cortas, pensamientos, reflexiones y poemas que no logro encajar en algún otro libro. En fin, un contenedor de cosas ramdom relacionadas a lo que m... OKUMAYA BAŞLA

Métrica

O que importa não é a palavra, é conexão por trás dela. Poesias OKUMAYA BAŞLA

Meu amor

"Você é meu grande amor Impossível de negar os nossos sentimentos Viver contigo é o paraíso e pode ter certeza, Hoseok. Não ha arrependimento algum, de ter entregado o meu para você" OKUMAYA BAŞLA

Meu caro amor

Minha donzela com cabelos cor-de-café OKUMAYA BAŞLA

Meu coração livre

Poemas e textos sobre liberdade, amor, prisão, relacionamento abusivo, amores ñ correspondidos, autoestima e amor próprio. ♡ OKUMAYA BAŞLA

Meus pensamentos viram poesia.

Poesias relacionadas com minha vida pessoal, aproveitem. OKUMAYA BAŞLA

meXg I

Es una recopilación de varios escritos desde el año 2014 hasta el 2016. Ahora publicando en el 2017 me doy cuenta de lo inmadura que soy en algunos sentidos así que recordar que estas palabras no s... OKUMAYA BAŞLA

Mikrocosmos

A liquidez da alma transformada em poemas. OKUMAYA BAŞLA

Mil Sóis

Dentre mil Sóis, um não te queima. OKUMAYA BAŞLA

Minha parte

Um recado de uma mulher para um homem que ser se envolver com ela. OKUMAYA BAŞLA

Minha saudade

Uma pequena história... OKUMAYA BAŞLA

Minhas razões para amar você

Em suma: Eu amo cada detalhe seu. Até mesmo as partes que odeio e me fazem ter vontade de sair cinco minutos no soco contigo. É uma deliciosa contradição, um eterno paradoxo. Mas essas nuances faze... OKUMAYA BAŞLA

Minhas razões para amar você

Em suma: Eu amo cada detalhe seu. Até mesmo as partes que odeio e me fazem ter vontade de sair cinco minutos no soco contigo. É uma deliciosa contradição, um eterno paradoxo. Mas essas nuances faze... OKUMAYA BAŞLA

Minhas Simples Poesias de Bolso

Apenas algumas poesias encontradas em alguns caderninhos perdidos no tempo e na gaveta do guarda roupa, onde cada sentimento é registrado como uma canção. OKUMAYA BAŞLA

Mochileira solitária

Não há pétalas de margarida formando rastros para que eu me lembre do caminho. Não há sequer um bem-me-quer. Nunca houve amor. As pessoas tão bem fingem que não lhes custa nada dissimular preocupaç... OKUMAYA BAŞLA

Momentos de Tempestade

Palavras escritas em momentos instáveis. As emoções aqui expostas estão em estado natural e melancólico... Há uma mistura de tudo Há uma raiva, Uma alegria, Um desespero, Uma agonia... Tudo junt... OKUMAYA BAŞLA

Mundo tranquilo

Em minha primeira poesia trago o sonho de encontrar uma utopia, um lugar que poderíamos esquecer nossos problemas para viver um dia de cada vez. OKUMAYA BAŞLA

Muy triste

Escrito basado en la fotografía de James Nachtwey, para el concurso: "El momento poético de volver atrás". ¡Gracias a todos! #PoesiaDeFotografia OKUMAYA BAŞLA

Não há nada para ler aqui

Poesias escritas em momentos de crise. OKUMAYA BAŞLA

Não olhe para trás

Já não estou mais no mesmo lugar Não tente agora, pois não quero mais Não olhe para trás OKUMAYA BAŞLA

Não volta a ser meu, part. 2

E voltamos para o começo Será que teremos um recomeço? Não sei quantas vezes teremos que nos perdoar se sem se magoar O ego e as mágoas nos travam, eu sei Mas quem não tem experiências ruins, tal... OKUMAYA BAŞLA

Negra

Negra é amor Negra é grandeza OKUMAYA BAŞLA

Neologismos

No fim de tudo sobraram apenas pedaços. Pedaços teus em mim. Pedaços de algo que um dia – quase – foi. ♡. original + neologismos estranhos OKUMAYA BAŞLA

no cróceo amanhecer.

tu dormias no silêncio repleto de poesia recitada. [yoongi!centric, taegi] OKUMAYA BAŞLA

Norte

Preciso de um norte Me sinto perdida sem você OKUMAYA BAŞLA

Nossa noite preferida

Espero que você me tenha em seus pensamentos como algo bom que aconteceu, assim como está nos meus Esse reencontro já está tarde para ir cedo Mas acredito que tudo irá se resolver Se quiser volt... OKUMAYA BAŞLA

Nosso mundo

Para todos e cada um dos meus leitores. OKUMAYA BAŞLA

O.

Uma poesia sobre o abraço, o pescoço e a troca. OKUMAYA BAŞLA

O.

Uma poesia sobre o abraço, o pescoço e a troca. OKUMAYA BAŞLA

O Adeus ao Miserável

Um curto conto poético baseado em um pesadelo profundo e realista OKUMAYA BAŞLA

O álgido oblívio

Fala comigo novamente, sinto tua falta. OKUMAYA BAŞLA

O andarilho

A história daquele que de tanto andar, nunca chegou a lugar algum. OKUMAYA BAŞLA

O conto de Sophia

Ah, Sophia, ah, Sophia, Naquela época, duvido que sabia Que a história da sua pilharia Até nossos dias se contaria. OKUMAYA BAŞLA

O dia em que me apaixonei pela Lua

A Lua aparecia, porém ainda era muito cedo. Sua formosidade redonda ainda parecia refletir. OKUMAYA BAŞLA

O dia que o amor de Anúbis morreu

O coração de Anúbis parou, O pecado daquela mulher era maior que sua inocência, A justiça assim foi feita, A besta voraz começou a devorar, E que horas aquilo tudo iria acabar? OKUMAYA BAŞLA

O Estranho

Prosa poética e poesia para corações inteiros. Uma narração pouco convencional da história de um coração expansivo, atribulado e intenso, que foi cativado pela introversão. Todos os versos são en... OKUMAYA BAŞLA

O foragido de si

Não pense que está sozinho quando se fala em problemas de socialização, eu ou você podemos fazer parte de um mesmo contexto mental. Nessas poesias você encontra um personagem que busca a sua autoco... OKUMAYA BAŞLA

O grito dos legítimos oprimidos

Dor, sofrimento, angústia, revolta e tudo aquilo que é comum ao ser humano sentir ou fugir. OKUMAYA BAŞLA

O homem

Teria o homem consciência? O que é consciência para o homem? Seria o homem realmente um ser racional? Ou apenas um amante da sua própria destruição? OKUMAYA BAŞLA

O Homem que me Tornei

Essa é uma poesia que aborda a transexualidade e o suicídio. Um tema que deve ser falado, afinal entre os transexuais mortos todos os dias grande parte deles é por suicídio. Algo que é pouco divulg... OKUMAYA BAŞLA

O INFERNO É AZUL

"Fiquei assim por muito tempo… naufragando nas sombras do quarto. O chão, de tanto eu chorar, tornava-se oceano. E minha cama, um barquinho de papel prestes a desmanchar." — O inferno é azul. OKUMAYA BAŞLA

Olhos de Ressaca

Morar em seus olhos me ensinou a não ter medo do mar. drabble | sentimental | poetry | drama | romance | lirism | sadness | sea | your eyes © prettybaozi, 2018 OKUMAYA BAŞLA

Ontem à noite

Ontem à noite, eu decidi de vez que, por mais que me amargue a boca ao dizer, não há futuro para nós. E, se um dia você voltar, tudo que eu poderei dizer é: Me perdoe por não poder te perdoar. OKUMAYA BAŞLA

O que sinto...

Aqui você verá poemas sobre o que sinto e penso acerca das fraquezas e problemáticas condições humanas internas: Ansiedade, Raiva, Pessimismo, Pressão Psicológica, Pensamentos Indesejáveis e Incont... OKUMAYA BAŞLA

Orquídea de plata

Describir la esencia de estos poemas sería despojarlos de aquello que todos buscamos; la vida. OKUMAYA BAŞLA

O ser a qual o tempo persegue

Não seria intrigante o tempo se apaixonar por um ser? OKUMAYA BAŞLA

O sonho de Crissânea Laetícia

Certa noite, após retornar de uma missão no centro da cidade, Crissânea Laetícia, a Lady Maga do Sol, da Tríade Imperial de Les Marcheé teve um sonho. OKUMAYA BAŞLA

Os Sentimentos da Coruja-zumbi - coleção de poemas 2021

Alguns poemas que tomei a coragem de compartilhar. Sobre as inseguranças, os sonhos, e os sentimentos de uma jovem em meio ao segundo ano de Pandemia. OKUMAYA BAŞLA

O Universo entre Linhas

"Meus versos são esboços vomitados de uma alma imunda de cores" - Don Silva. Poesias de amor e reflexão, exposição de sentimentos para os amantes da poesia. OKUMAYA BAŞLA

O Universo entre Linhas

"Meus versos são esboços vomitados de uma alma imunda de cores" - Don Silva. Poesias de amor e reflexão, exposição de sentimentos para os amantes da poesia. OKUMAYA BAŞLA

O Universo entre Linhas

"Meus versos são esboços vomitados de uma alma imunda de cores" - Don Silva. Poesias de amor e reflexão, exposição de sentimentos para os amantes da poesia. OKUMAYA BAŞLA

O Universo entre Linhas

"Meus versos são esboços vomitados de uma alma imunda de cores" - Don Silva. Poesias de amor e reflexão, exposição de sentimentos para os amantes da poesia. OKUMAYA BAŞLA

O Velho & O Tempo

Você morreu, e não sabe como e tampouco onde está! Os devaneios sobre o real são constantes, que pode um senhor do campo sobre o imaginário e sonial? Vivenciar tudo quanto é do mais íntimo mistério... OKUMAYA BAŞLA

O Vento e a Rosa

Poemas sobre ser corno, ser filosófico e ser corno novamente. OKUMAYA BAŞLA

Páginas Robadas

"Te das cuenta de todo cuando lo ves desde otra perspectiva" OKUMAYA BAŞLA

Pajé

Trata-se da visão dos indígenas sobre o primeiro contato com o " homem branco " OKUMAYA BAŞLA

Palabras menos

Los ojos son el reflejo de lo que somos, la vida es un misterio que no es justo y el mundo se cae mientras lo ignoramos. No hay palabras que describan tal dolor. OKUMAYA BAŞLA

PALABRAS PARA HACER EL AMOR

La poesía es una manera de abrir la mente, y sacar todo aquello del interior a través de hermosos versos, pero la poesía erótica es la manera más sutil de hacerle el amor con palabras a aquellos qu... OKUMAYA BAŞLA

Palavras enclausuradas

Palavras que ao invés de passarem pela garganta, foram para os dedos e se transformaram em versos melancólicos e cheios de verdade. Do fundo do meu ser e da minha dor eu coloco os meus versos em ex... OKUMAYA BAŞLA

Palavras Soltas ao Vento

Apenas alguns textinhos que eu escrevo em alguma madrugada. OKUMAYA BAŞLA

Pandora

Poesias escritas com paixão ;) OKUMAYA BAŞLA

Papel Higiênico

Poesias que eu escrevi para limpar a minha alma. Pessoas menos letradas usariam as folhas do meu livro pra limpar a bunda. OKUMAYA BAŞLA

Para las madres

Es una pequeña carta que escribí para el día de las madres de hace muchos años OKUMAYA BAŞLA

para todos os lobos que nunca morrem (poesia, poema)

Por muito tempo, estive receosa quanto expor minhas marcas como em um museu-de-minha-própria-história, mas é pensando em quem, tal como eu, foi devorada por uma matilha, que trago "para todos os lo... OKUMAYA BAŞLA

Patchu

Poesias feitas com o coração :) OKUMAYA BAŞLA

Pecados

Una serie de nueve poemas que relatan en versos poéticos los pecados de la gente y la maldad del alma humana, así también expresa como muchas personas se ven incapaces de escoger un camino y son ob... OKUMAYA BAŞLA

Pecados

Una serie de nueve poemas que relatan en versos poéticos los pecados de la gente y la maldad del alma humana, así también expresa como muchas personas se ven incapaces de escoger un camino y son ob... OKUMAYA BAŞLA

Pedazos de una vida desahuciada

Hoy la vida se acaba y es difícil decir adiós cuando aquí ya queda nada y mi alma ya partió. OKUMAYA BAŞLA

Pela floresta, na casa de Baco volume I

Neste primeiro volume, Baco abre sua morada àlguns convidados e passantes. É certo que todos que chegam até sua casa o fazem não por acaso - pois não há acaso, apenas encontros e desencontros - mas... OKUMAYA BAŞLA

Pela floresta, na casa de Baco volume I

Neste primeiro volume, Baco abre sua morada àlguns convidados e passantes. É certo que todos que chegam até sua casa o fazem não por acaso - pois não há acaso, apenas encontros e desencontros - mas... OKUMAYA BAŞLA

Pela floresta, na casa de Baco volume I

Neste primeiro volume, Baco abre sua morada àlguns convidados e passantes. É certo que todos que chegam até sua casa o fazem não por acaso - pois não há acaso, apenas encontros e desencontros - mas... OKUMAYA BAŞLA

Pelas palavras do escaldo | Yoonmin

Jimin é um notável escaldo. Suas poesias encantam a todos que as escutam — as histórias de amor conquistam os corações até mesmo dos mais bravos guerreiros. E o Park, por sua vez, tem o próprio cor... OKUMAYA BAŞLA

Pela Sutileza e Intensidade das Palavras (DEGUSTAÇÃO)

Pela sutileza e intensidade das palavras é uma pequena coleção de poemas que escrevi ao longo dos anos. Seja Bem-Vindo(a) você que aprecia poemas!!! Quero compartilhar um pedacinho de mim com vo... OKUMAYA BAŞLA

Pensamentos e Desejos da Alma [CONCLUÍDO]

Aos pensamentos turbulentos e aos desejos insanos, dos mais loucos e variados até os que ninguém entendem. Essa mistura de emoções caótica que sufocam até a alma. ... OKUMAYA BAŞLA

Pensamiento en tono menor

Algunos poemas que al pasar de los días voy escribiendo, en la mayoría de los casos no tienen ninguna unión entre ellos. Se agradecen todos las criticas constructivas en los comentarios. OKUMAYA BAŞLA

Pensamientos claros y corazones abiertos

La vida es efímera como el fuego, las palabras son un recuerdo del ayer y un regalo del mañana. Pensamientos coloridos, versos un poquito atrevidos pero sinceros. Los sentimientos no límites, pero... OKUMAYA BAŞLA

Pensamientos claros y corazones abiertos

La vida es efímera como el fuego, las palabras son un recuerdo del ayer y un regalo del mañana. Pensamientos coloridos, versos un poquito atrevidos pero sinceros. Los sentimientos no límites, pero... OKUMAYA BAŞLA

"PENSAMIENTOS DEL CORAZÓN"

Aquí se expondrán en vivo y directo cada uno de los pensamientos de un corazón que tiene tantas cosas por contar… Que sería demasiado “egoísta” de mi parte guardarme todo lo que desea compartir lib... OKUMAYA BAŞLA

Penumbra

''Meu bosque exala veneno nocivo, levado pelo vento do norte que te corta a alma.'' OKUMAYA BAŞLA

Pequenos Fragmentos

E se você pudesse ler o que se passa na mente de uma pessoa durante momentos de crises? Pequenos Fragmentos é mais uma tentativa de sistematizar meus pensamentos, que vai dos mais profundos e obscu... OKUMAYA BAŞLA

Pequenos Versos

Pequenos versos e poesias escritas em meu dia a dia. Algumas sobre sentimentos, outras sem sentido, outras abstratas e ate mesmo fantasiosas. OKUMAYA BAŞLA

Pertencido

Sou de alguém e de um lugar antes mesmo de chegar OKUMAYA BAŞLA

Pêssegos e Creme

E eu sei, eu sei, meu amor. Que apesar de toda sua história de dor, você nunca me deixaria. Mas que boa amante seria eu se te obrigasse a ficar? OKUMAYA BAŞLA

Poeira

As poeiras da vida OKUMAYA BAŞLA

Poemas aleatórios de alguém que não é poeta

Uma bagunça organizada onde só há uma regra: poesia. OKUMAYA BAŞLA

Poemas de amor que lees en menos de 30 segundos

Poemas cortos que, como el titulo menciona, te tomará menos de 30 segundos en leer. OKUMAYA BAŞLA

Poemas de Eu-lírico

Faço do meu sentir Arte Que transborda por meus poros E aqui os entrego Para que sirvam de Conforto ao coração de alguém. Escute a voz do teu Eu-lírico! Todo e qualquer sentir é arte 🤍 ✨ T... OKUMAYA BAŞLA

Poemas de quem não conheceu o amarelo

De minha alma que grita socorro, para almas tão perdidas quanto OKUMAYA BAŞLA

Poemas de quem não conheceu o amarelo

De minha alma que grita socorro, para almas tão perdidas quanto OKUMAYA BAŞLA

Poemas de todo y para todos

El mundo en el cual vivimos, muestra una cantidad de situaciones, que nos permiten discernir sobre la diversidad de cosas buenas, y cosas desagradables que vemos a diario. Desde casos de familias c... OKUMAYA BAŞLA

Poemas de un alma triste

Poemas, escritos, frases y letras de mis canciones que salieron cuando mi ama estaba triste. OKUMAYA BAŞLA

Poemas Empoeirados

Apenas alguns dos meus poemas. OKUMAYA BAŞLA

Poemas Escritos Por la Noche Y el Vino

recopilacion de poesia libre dedicada a distintas situaciones y momentos con temas romanticos, tragicos, dulces y amargos entre muchas cosas que se puede leer en el transcurso del libro... OKUMAYA BAŞLA

Poemas — Moods and Woods

Alguns poemas que me sinto a vontade em expor OKUMAYA BAŞLA

Poemas para ler durante uma tarde chuvosa

Poemas de temas variados que escrevi durante meu tempo livre. OKUMAYA BAŞLA

POEMAS, POETAS, POESIAS

Poetas, poetas, poetas... Homens e Mulheres revolucionários, evolucionários e nacionalistas por natureza OKUMAYA BAŞLA

POEMAS SIN VERSOS

"Poemas sin versos" Libro de poemas escrito por el cantautor Peruano "Jaime Antonio" Este libro más que poesía contiene reflexiones de la vida misma. Cada una de sus historias escriben y respiran e... OKUMAYA BAŞLA

Poemas Vergonhosos

Apenas eu ,então não espere muito. Estes são poemas que escrevi em meus momentos criativos, talvez dolorosos seja a melhor definição, mas prefiro criativos. Devo lembrar, não leia se não quiser ve... OKUMAYA BAŞLA

Poemas Vergonhosos

Apenas eu ,então não espere muito. Estes são poemas que escrevi em meus momentos criativos, talvez dolorosos seja a melhor definição, mas prefiro criativos. Devo lembrar, não leia se não quiser ve... OKUMAYA BAŞLA

POEMAS Y POESÍAS

POEMAS Y POESÍAS.( TODOS LOS DERECHOS RESERVADOS) OKUMAYA BAŞLA

POEMS OF DUSK

IF YOU WANT TO READ THE POEMS YOU MAY PAY 10€ TO READ IT. This poetry book is my first collection of poems in English. Divided in three parts, each part contains between 5 and 30 poems that would b... OKUMAYA BAŞLA

Poesia

Uma mente agitada se transforma em palavras. OKUMAYA BAŞLA

Poesia cabe na palma da mão

Algo imperfeito e etéreo. Um desabafo que sussurro para ninguém escutar aonde tampo com minhas mãos para abafa-lo. OKUMAYA BAŞLA

Poesia crua

Neste livro reúno meus sentimentos e inseguranças. Um compilado de poesias sinceras, pessoais e por muitas vezes depressivas. OKUMAYA BAŞLA

poesia das cores

Às amizades Duradouras ou não De humanos ou de animais Ou da natureza De pai ou mãe amorosos Ou de um ser superior, de Deus Pintadas em várias cores Virtuais ou conhecidas em pessoa De gente que ne... OKUMAYA BAŞLA

poesia das cores

Às amizades Duradouras ou não De humanos ou de animais Ou da natureza De pai ou mãe amorosos Ou de um ser superior, de Deus Pintadas em várias cores Virtuais ou conhecidas em pessoa De gente que ne... OKUMAYA BAŞLA

Poesia de boteco

Algumas poesias sem pretensões grandiosas. OKUMAYA BAŞLA

Poesia em versos

É um livro de poesia e poemas OKUMAYA BAŞLA

Poesía en negación

Poemas y monólogos escritos por un tipo aburrido OKUMAYA BAŞLA

Poesia I

Espero que gostem de minhas singelas palavras De meus humildes versos Que sem querer se tornaram parte de mim Ficando cravadas em meu ser Sou uma dependende de poemas Eu ja postei no spirit, n... OKUMAYA BAŞLA

Poesía Muerta

¿Qué pasaría si la poesía perdiese su rima? ¿Qué pasaría si en algunas ocasiones su remate sea sin sentido? ¿Acaso la poesía no puede saltarse algunas reglas? ¿O acaso podríamos denominarla poesía ... OKUMAYA BAŞLA

Poesias

Coletânea de poesias românticas, alegres e sombrias! Adentrem nesse fundo romanticamente sombrio e perturbado tendo uma leitura agradável! OKUMAYA BAŞLA

Poesias Das Águas Internas

Obra de poemas voltada às águas quentes que, por vezes, caem sem nossa permissão. Essas águas são capazes de alterar muitos de nossos momentos. OKUMAYA BAŞLA

Poesias Das Águas Internas

Obra de poemas voltada às águas quentes que, por vezes, caem sem nossa permissão. Essas águas são capazes de alterar muitos de nossos momentos. OKUMAYA BAŞLA

Poesias (não) tão efêmeras

Escritos de uma virginiana que sente tudo à flor da pele. OKUMAYA BAŞLA

Poesias que me fizeram esperar

Qualia, quando ninguém mais te entende, quando viver é quase um segredo indomável, e para piorar o amor que não passa de um vicio. Mas mesmo na calada da noite, quando quase não á barulho lá fora p... OKUMAYA BAŞLA

Poeta anônimo

Shoto nem sabia que gostava de poemas, até começar a receber vários post-its que alegram seu dia. Em meio aos problemas familiares e vida de herói, são essas que lhe trazem conforto sempre que est... OKUMAYA BAŞLA

Poeta estimado

Todos os poemas que estão aqui são autorais! Escrevo constantemente e juntam-se muitos textos. Divulgo aqui somente os que agradam a mim e podem agradar você. Poetry um possível livro que um dia ... OKUMAYA BAŞLA

Poeta estimado

Todos os poemas que estão aqui são autorais! Escrevo constantemente e juntam-se muitos textos. Divulgo aqui somente os que agradam a mim e podem agradar você. Poetry um possível livro que um dia ... OKUMAYA BAŞLA

Poeta estimado

Todos os poemas que estão aqui são autorais! Escrevo constantemente e juntam-se muitos textos. Divulgo aqui somente os que agradam a mim e podem agradar você. Poetry um possível livro que um dia ... OKUMAYA BAŞLA

Poeta Obcecado

A veces y solo a veces, lo que sientes, lo que padeces, lo que dejas fluir sin miedo a fracasar, sin miedo a naufragar en un mar inestable de emociones, es como ese rayo de luz que consigue hacers... OKUMAYA BAŞLA

Poeta Obcecado

A veces y solo a veces, lo que sientes, lo que padeces, lo que dejas fluir sin miedo a fracasar, sin miedo a naufragar en un mar inestable de emociones, es como ese rayo de luz que consigue hacers... OKUMAYA BAŞLA

Poetas Mortos

Olívia Ramos é apaixonada por literatura. No dia do velório de sua avó, Olívia abre o misterioso baú que a avó guarda, a avó deu a chave do baú para ela. Dentro do baú a manuscritos, escritos de ... OKUMAYA BAŞLA

Poética Piegas

Os céus me trouxeram você. Em uma multidão de almas, seu amor foi o binóculo que me encontrou, completamente miúda e deprimida. Não sei que bem ao mundo fiz para merecer ser tão profundamente amada... OKUMAYA BAŞLA

Poetry of Ash

Às vezes, eu olhava as pontas dos meus dedos, observava as longas linhas verdes de artérias embaixo da minha pele, e me perguntava se era o único que me sentia daquele jeito. Vivo demais. [ textos ... OKUMAYA BAŞLA

POLÍTICA

LA POLÍTICA NOS AFECTA A TODOS OKUMAYA BAŞLA

Ponderações do amanhecer

Deixo aqui todas as frases ou trechos que surgem em minha cabeça nas madrugadas solitárias e longas, nas quais não consigo pregar os olhos devido aos pensamentos que não para um segundo sequer. Ta... OKUMAYA BAŞLA

Porque o amor é o anticorpo do poeta

Palavras gritadas numa interminável noite. Sentimentos que o cotidiano disfarça. O refúgio da poesia de amor. OKUMAYA BAŞLA

Preciso Que Sobreviva! (Poema)

•É preciso que você esteja vivo hoje, amanhã e depois... O sentimento de estar sufocado, te leva a pensamentos atordoados. Pare. É preciso que você sobreviva hoje. Eu preciso que viva, preciso que ... OKUMAYA BAŞLA

Presença

Não sou ponto Só uma vírgula Na confluência OKUMAYA BAŞLA

Promesas incumplidas

De la paz a la guerra en nuestra gran tierra. Violento acaba el destino, del dialogo interrumpido. ¿De qué sirve hablar, si nadie va a escuchar? ¿De qué sirve llorar, si nadie va a reclamar? Aca... OKUMAYA BAŞLA

Promesas incumplidas

De la paz a la guerra en nuestra gran tierra. Violento acaba el destino, del dialogo interrumpido. ¿De qué sirve hablar, si nadie va a escuchar? ¿De qué sirve llorar, si nadie va a reclamar? Aca... OKUMAYA BAŞLA

Pseudópodes e outros poemas

Eu disse que era assexual, Ele me perguntou se eu era uma ameba. [Coletânea de poemas sobre a assexualidade] OKUMAYA BAŞLA

Quadrilha

João amava Teresa que amava Raimundo que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili que não amava ninguém. João foi para os Estados Unidos, Teresa para o convento, Raimundo morreu de desastre, Ma... OKUMAYA BAŞLA

Quadro Rubro

Versos brancos sobre um crime passional movido por uma paixão brasil e possessiva. OKUMAYA BAŞLA

Quando na ponte eu te vejo

Quando um homem desesperançado, sentindo-se abandonado, vê uma ponte e seu parapeito, o que faz ele, senão pular? OKUMAYA BAŞLA

Quando o vento me encontrou

Usando roupas confortáveis, ele adentrou o belo campo outonal que se estendia à frente. Durante horas imaginou ser um pequeno cão, despreocupado e feliz com a vida de afagos e contemplação, com os ... OKUMAYA BAŞLA

Quando o vento me encontrou

Usando roupas confortáveis, ele adentrou o belo campo outonal que se estendia à frente. Durante horas imaginou ser um pequeno cão, despreocupado e feliz com a vida de afagos e contemplação, com os ... OKUMAYA BAŞLA

QUE ASSIM SEJA

Que o Sol venha brilhar sobre o florido jardim Trazendo consigo um canto de um pássaro Que misteriosamente me passa um recado Num tilintar assobiado Que não pude entender o seu significado OKUMAYA BAŞLA

Queima de arquivo

Três já foram, quem será o próximo sorteado? Sabe de quem falo? Consegue imaginar, assimilar tal fato? Acho que não, poucos entendem a gravidade dessa maldade que se mostra cada vez mais presente n... OKUMAYA BAŞLA

Querida, Eu Sou Sua Margarida!

Um poema sobre conceitos perdidos ao longo do tempo, os muitos jeitos de amar e os desencantos dessa vida. OKUMAYA BAŞLA

raios que me partem

Palavras são como raios, algumas me quebram e dividem meus pedaços. •~*~• Prosas e poemas, talvez desabafos ou notas de repúdio; sobre mágoas passadas, mas presentes. OKUMAYA BAŞLA

Redamancy

... faça-me única e inteiramente tua, é tudo o que peço. O calor de teu toque me faz sentir viva, como se eu tivesse algum propósito nessa tortuosa passagem pela terra. OKUMAYA BAŞLA

Red dream

Poemas inspirados em histórias e biografias dos atores da antiga Hollywood. "Hollywood é o lugar onde eles te pagam mil dólares por um beijo e cinquenta centavos por seu talento." Marilyn Monroe OKUMAYA BAŞLA

Reflexo

Eles dizem que você é quem você nasce pra ser, depois tratam isso como um erro. OKUMAYA BAŞLA

Reflexões sobre o vazio

Quando o que mais te faz falta é algo que não pode ser implorado... OKUMAYA BAŞLA

Relatos/Reflexiones

Historias cortas, relatos y reflexiones de temas varios. Amor, desamor, amistad, autosuperación.... OKUMAYA BAŞLA

Reseñando : Novelas de inkspired que valen la pena leer

Reseñas de novelas y cuentos de Inkspired. Si quieres ver tu obra aquí, sólo sígueme y deja el nombre de tu obra en los comentarios. OKUMAYA BAŞLA

Resident Evil 2: O Poema

Narração do enredo do game Resident Evil 2 na forma de poema. Os versos acompanham Leon e Claire em seu heroico esforço para sobreviver a Raccoon City. OKUMAYA BAŞLA

RETOMADA POÉTICA

Coletânea de poesia...✒️ . Um pouco do amor que ainda tenho guardado e que nos fins de semana sempre me encontra e convida-me para uma xícara de café.... . ⚠️Plágio é crime Respeite a autoria... OKUMAYA BAŞLA

Rimas Ramen

Rimas Rápidas que Representam o Ridiculo caos da minha mente ^-^ OKUMAYA BAŞLA

Rímel

Como uma espécie de complemento, é difícil de desvencilhar o pessimismo da rotina de quem sofre de ansiedade. Pois quando temores e preocupações assumem o controle, a tendência é que a pessoa ideal... OKUMAYA BAŞLA

Ríos de Amor 1

Poemas breves, inspirados por el amor y el desamor, incluyendo las glorias y las desgracias de estas emociones. OKUMAYA BAŞLA

Rob(ô)erta

O tempo todo vemos pessoas entrarem no automático e se comportarem cada vez mais feito máquinas. Tornando-se frias e incapazes de distinguir um comando real de um comando automático produzido em no... OKUMAYA BAŞLA

Romancero gitano

Por este motivo, el Romancero Gitano es una de las obras más representativas de la época porque funde a la perfección tradición y vanguardia. Fue escrita entre 1924 y 1927 y publicada en 1928 en la... OKUMAYA BAŞLA

Rougeâtre; ou sobre cada vez que me apaixono

Um dia vou aprender a partir: vou partir como quem fica. Um dia vou aprender a ficar: vou ficar como quem parte. OKUMAYA BAŞLA

Rugidos poéticos

"Eu quero liberdade!", esse era meu convicto grito de guerra aos nove anos de idade para que meus pais me dessem um voto de confiança para ir à aula sozinha. Infelizmente, falhei, mas não sem tenta... OKUMAYA BAŞLA

Salvar o mundo

"O amor é a chave que abre a porta da gaiola. Se você aprisiona ou é aprisionado, jamais saberá o que é amar e ser amado". OKUMAYA BAŞLA

Saudade

Em mim tem um pouco de você OKUMAYA BAŞLA

Segredo...

Todo mundo possui um segredo... OKUMAYA BAŞLA

Segredo...

Todo mundo possui um segredo... OKUMAYA BAŞLA

Segredos de uma Não-Pertencente

Os pensamentos fluem da minha cabeça em forma de tinta direto para o papel. Aqui eles estão documentados. OKUMAYA BAŞLA

Sei Não

Muito prazer eu sou o Scio N. Essa é a minha coletânea de contos, poemas e o que mais der na telha de escrever, com a única constância sendo eu estar escrevendo alguma coisa toda sexta-feira como u... OKUMAYA BAŞLA

SEMENTE

Mas se a semente fugir da mudança? Ela não se tornará flor. OKUMAYA BAŞLA

Sentido

Um poema sobre a minha relação com a minha deficiência e a relação das pessoas comigo. OKUMAYA BAŞLA

Sentimentos

Uma breve expressão de nossos sentimentos OKUMAYA BAŞLA

Sentimentos Fragmentados

Desenhei em meu peito Toda forma de amor,dor e desapontamento. Fiz do meu bloco de notas O melhor amigo para os meus momentos. Faço do lápis A minha forma de escrever com autenticidade. E finalm... OKUMAYA BAŞLA

Sentir Las Letras: Poemas

Todos tenemos derecho a seguir nuestros sueños. Nunca perder la esperanza y lograrlos. Una vez escuche a un escritor, el cual, le preguntaron para qué servía la utopía. Él dudó unos instantes y lu... OKUMAYA BAŞLA

Sentir y pensar

A pesar del tiempo, siempre vuelvo a un sentimiento que me rodea, a veces, por las noches y me hace querer hablar, pero nunca he sido bueno hablando. Todo lo que sé hacer es escribir y de esta mane... OKUMAYA BAŞLA

Será que ainda volta a ser meu?

Depois desses meses em torno da mesma situação, volto com a continuação dessa poesia que foi um momento significativo para mim. A resposta como na própria poesia, era óbvia, mas eu ainda esperava ... OKUMAYA BAŞLA

Serendipia de Nos

Poemas basura que significan algo más. OKUMAYA BAŞLA

Sertão

Um conto sobre um personagem que habita o sertão nordestino, de forma detalhada e poética. OKUMAYA BAŞLA

Ser um artista

O “talvez” cria uma barreira entre o possível e o impossível, e talvez, apenas talvez, eu não seja nada do que um dia sonhei que seria. — Alguém me diga, qual o problema em querer ser artista? OKUMAYA BAŞLA

Shoft El Ayam

Sem dúvida... Estes foram os melhores dias. Eu os vi passarem rápidos, mas eternos enquanto duraram. O doce paradoxo, o eterno segundo no tabuleiro do amor de dias e noites... OKUMAYA BAŞLA

Sinfonías de oscuridad

El silencio es la peor tormenta en la vida. El dolor de no ser correspondida. Poemario oficial de Sound for Land, de Alice Lovecraft. OKUMAYA BAŞLA

Nunca pensei no ser humano como um só, mas sim como um amontoado que forma alguém. Milhares de ideias, amores, cantigas, culturas, tudo misturado em um, formando o mundo com ele é hoje. As vezes p... OKUMAYA BAŞLA

Nunca pensei no ser humano como um só, mas sim como um amontoado que forma alguém. Milhares de ideias, amores, cantigas, culturas, tudo misturado em um, formando o mundo com ele é hoje. As vezes p... OKUMAYA BAŞLA

Coletânea de textos curtos que retratam melancolia, tempo, esperança, vida e outros coisas. *Capa feita por @AMFeitosa OKUMAYA BAŞLA

Sobre a falta que você ainda me faz

Não apago memórias, nem me desfaço. OKUMAYA BAŞLA

Sobre Flores

Uma poesia sobre flores que, na verdade, não fala exatamente sobre flores. OKUMAYA BAŞLA

Sobre o que for e outras coisas

Hoje já não dou tantas risadas. Prefiro comprar guarda-chuvas! Um para cada tipo de chuva. Elas são como as verdades. Nunca se repetem da mesma forma. OKUMAYA BAŞLA

Sobre ouvir Molejo_Cilada.Mp3

Não era amor, ôh, ôh Não era Não era amor, era Cilada cilada cilada cilada...será? OKUMAYA BAŞLA

Sol de Agosto

Este sol de agosto acende a nostalgia, um desejo de percorrer o mundo para sentir de novo aquela alegria genuína por simplesmente fazer parte desse brilhante espetáculo que é o “existir”. Olho para... OKUMAYA BAŞLA

Solitário Amor Lunar

Fecho meus olhos… levo minhas abertas mãos ao peito sangrado do meu coração retirado… e no silêncio visionário do meu ser… seres encantados se aproximam ao me retirar em passos para trás, do oco da... OKUMAYA BAŞLA

Somos um time

Essa poesia é sobre ser unidos na pandemia ou quando ela não mais existir. Independente do momento o importante não é ser uma nação unida apenas quando passamos por momentos ruins ,mas também nos m... OKUMAYA BAŞLA

Soneto da Boa Poesia

Um singelo soneto do que esse poeta idiota acha que é uma boa poesia OKUMAYA BAŞLA

Sonhos na imaginação

Minha primeira poesia. Escrita quando eu tinha apenas 13 anos. OKUMAYA BAŞLA

Sorte

Um verso para ler e outros para sentir OKUMAYA BAŞLA

Suas camadas

"No início, difícil de lidar, circunspecta e brinca de se esconder, no entanto, as vezes gosta de ser encontrada, gosta de quando te descobrem e te tocam, e assim se entrega sem perceber." OKUMAYA BAŞLA

Sueño en verano

Buscando respuestas, tratando de olvidar, tratando de ser... más como yo. OKUMAYA BAŞLA

SUPRESIÓN DEL PSIQUE

Una vida creciendo en guerra, una humanidad deshumanizada, una fotografía de James Nachtwey y un niño con un futuro incierto. -Poesía trágica de estructura libre, mezclando rima asonante y consonan... OKUMAYA BAŞLA

Sussuros de Uma Flor Desbotada

Sussurrando as falas que o coração quer gritar, abraçando e aceitando o mais profundo caos, descobrindo e escondendo... Pequenos poemas de uma flor desbotada pelo tempo. ⚠️ Aviso de Gatilho: Al... OKUMAYA BAŞLA

Susurros de una foto

#PoesiaDeFotografia. Pequeño poema que expresa mis sentimientos hacía la hermosa foto de James Nachtwey, junto con mis sentimientos propios, como alguien que sufre personalmente por un conflicto a... OKUMAYA BAŞLA

Susurros de una foto

#PoesiaDeFotografia. Pequeño poema que expresa mis sentimientos hacía la hermosa foto de James Nachtwey, junto con mis sentimientos propios, como alguien que sufre personalmente por un conflicto a... OKUMAYA BAŞLA

Tanto Tempo

Um verso para ler e outro para sentir OKUMAYA BAŞLA

Te faço um chá de camomila

Mas eu sou louca demais pra ficar presa nesse cais... OKUMAYA BAŞLA

Tem Café?

Sentimentos e reflexões sobre uma vida como muitas outras, uma vida de mulher cuja tristeza torna-se poesia e a caneta o acalento. OKUMAYA BAŞLA

Tempestade

um verso para ler e outro para sentir OKUMAYA BAŞLA

Tem tempo

Tem tempo que preencho as horas com mais ocupações do que posso suportar. OKUMAYA BAŞLA

Testigos de Guerra

Sin culpa cargan todo el dolor ''Testigos de Guerra''. Poema basado en la fotografía de James Nachtwey para el concurso "El poético momento de volver atrás" #PoesiaDeFotografia OKUMAYA BAŞLA

Texto ruim

Até a descrição é ruim, me desculpe fico te devendo essa também. OKUMAYA BAŞLA

Textos que escrevi depois que você partiu

Um livro de poesias sobre saudade, amor e algumas taças de vinho a mais. OKUMAYA BAŞLA

Tierra de los sueños

un poema dedicado a los sueños OKUMAYA BAŞLA

Todas As Formas

Nesta obra todas as formas de amor (e decepções amorosas) vivenciadas por mim foram traduzidas em poemas, com toda a liberdade poética que pude dispensar. Nele guardo a expressão bruta dos meus sen... OKUMAYA BAŞLA

Todas as que fiz pra você

Somente uma breve coletânea de todas as poesias que fiz para uma certa pessoa. OKUMAYA BAŞLA

Todo lo que no te dije.

Se trata de textos mediante los cuales le muestro al mundo mis sentimientos. Espero, de corazón, que os guste! OKUMAYA BAŞLA

Tormenta

la tormenta interna OKUMAYA BAŞLA

Tormentas de cristal [Reflejos abstractos, volumen 1]

El universo contiene misterios de la expresión mental; desencadena la inspiración de fantasías envueltas de ilusiones oníricas, de paisajes extra planetarios que los ojos despiertos conocen. Sin e... OKUMAYA BAŞLA

Tributo às ondas

Uma cortesia ao gigante azul. OKUMAYA BAŞLA

Tributo Divino

Uma tentativa de poesia a respeito dos dois lados do ser chamado Deus, descrito no livro da bíblia. Como um ser é capaz de criar vida com amor e ao mesmo tempo é capaz de massacrar cruelmente? Na... OKUMAYA BAŞLA

Trilogia Poeta Estimado

Três SLAMS que narram uma história. A minha história, mas muitos podem ter a mesma história. Todos podem ser um poeta estimado... OKUMAYA BAŞLA

Belleza y sentimientos en la vida de la poesía OKUMAYA BAŞLA

Túmulo de flores

Acordar em um túmulo cheio de flores, ao se levantar lembrar que não é nada é, e o que te fazia viver não esta mais com você, a que fim isto o levou? Obs: Imagem ilustrativa utilizada na capa de ... OKUMAYA BAŞLA

Tus ojos al mirarme

Historia de amor que trata de la importancia de las relaciones y de la contemplación. OKUMAYA BAŞLA

Tu sombra azul

Poesía seleccionada. Forma parte de la Antología Escrito en el Viento de Editorial Dunken. OKUMAYA BAŞLA

Uma casa de pele

Depois de descobrir o meu endereço, tudo ganhou sentido, morada e abraço. OKUMAYA BAŞLA

Uma escrita ansiosa

Algumas escritas ansiosas e seus breves sentimentos em um dia, e como a poesia de um ser que vive em plena inquietação mental refutam a sua euforia dos dias, é inconstante, mas suas palavras tentam... OKUMAYA BAŞLA

Uma Poeta

Poemas e textos escritos com carinho por uma humilde escritora- Iara Pereira OKUMAYA BAŞLA

Um café para cada poesia

Sabe aquele café? Quentinho, acompanhado de pão de queijo, de bolinho, de bolacha, ou de biscoito. Então te apresento essa formosura delineada em palavras. Vou te contar um segredo, é um antídoto, ... OKUMAYA BAŞLA

Um passado

Um verso para ler E outros para sentir OKUMAYA BAŞLA

Um pedaço meu, para reconstruir um pedaço seu.

Para todos aqueles que possuem milhares de marcas em seus corações recreativos, me permita ser uma das marcas bonitas. Deixe com que minha arte, minhas combinações de letras, forme uma belíssima m... OKUMAYA BAŞLA

Um só

Um diálogo entre casal. Um fala, o outro responde, ninguém se escuta. OKUMAYA BAŞLA

Um só

Um diálogo entre casal. Um fala, o outro responde, ninguém se escuta. OKUMAYA BAŞLA

Un Amante Marchito

Un tramo de poesía que narra el alma de un amante marchito. ~ A d v e r t e n c i a s ~ »5 estrofas, 4 líneas cada una. (corto) »Es un intento de poseía, nada profesional. »Contenido homo... OKUMAYA BAŞLA

UNA MIRADA

ESTE POEMA CUENTA, COMO LOS DESMANES DE UNA GUERRA,PUEDEN VERSE PLASMADOS A TRAVÉS DE LA MIRADA DE UN JOVEN. POEMA PARA EL CONCURSO #POESIADEFOTOGRAFIA OKUMAYA BAŞLA

UNA MIRADA

ESTE POEMA CUENTA, COMO LOS DESMANES DE UNA GUERRA,PUEDEN VERSE PLASMADOS A TRAVÉS DE LA MIRADA DE UN JOVEN. POEMA PARA EL CONCURSO #POESIADEFOTOGRAFIA OKUMAYA BAŞLA

Una ventana entre dos mundos

Siendo este el 3er libro de poemas que he escrito, el ver como las personas cambian con el paso del tiempo mostrando cosas buenas y malas de ellos, aunque no cambiara mucho el estilo de narrar esta... OKUMAYA BAŞLA

Una-Versos: Quando A Vida Te Bater

Eu não te conheço, então aqui, somos iguais: sem rosto, sem voz, apenas versos e vivências. Estes poemas, escritos, são as dores, dúvidas e conclusões, sobre a vida. Espero que este livro te faça r... OKUMAYA BAŞLA

Única

Na botânica da vida, não existe como ela. OKUMAYA BAŞLA

Un maldito mensaje viviente

Escrito bajo catarsis. 👉 Puedes aportar al arte aquí: https://www.patreon.com/tipthewriter OKUMAYA BAŞLA

Uno, dos, tres!

La mañana de un Jueves, un estruendo. y un juego que duro para siempre. OKUMAYA BAŞLA

Utopia dissonante

Nunca conheci ninguém que se parecesse comigo. Nunca recebi nenhuma música em dedicatória. Nunca morei em outra cidade. Nunca virei o ano na praia. Nunca recebi flores. Nunca gozei da popularidade.... OKUMAYA BAŞLA

Vazio

Mas, por que seres humanos temem tanto olhar para o seu vazio interior? Por que eles fogem de si mesmos? Nessa publicação, quero explorar, em versos brancos, todas as minhas percepções sobre esse ... OKUMAYA BAŞLA

Vazio.

O Vazio é algo que ocupa meu imaginário de forma, ironicamente, tangível. Aqui eu convido a todes que apreciem as diversas facetas dessa ausência que se faz presença. OKUMAYA BAŞLA

Vejam!

Quando a partilha do deslumbramento se impõe numa generosidade inesperada... Estamos perante o mundo e o mundo é de todos! Dos vivos e dos ausentes. OKUMAYA BAŞLA

Velho amigo

''Hoje eu escapei por alguns segundos E pude reencontrar um velho amigo, Que eu não via há muito tempo. Em seu olhar era evidente a mágoa, Ele ainda não havia superado Nossa última desavença.'' OKUMAYA BAŞLA

Verso reverso

Escritos da alma alada. OKUMAYA BAŞLA

Versos de Paixão.

A paixão são teus olhos De mar, Tua mão meu pesar. ----PLAGIO É CRIME---- OKUMAYA BAŞLA

Versos de uma menina

Vi toda sua espiritualidade no castanho dos seus olhos grandes Em que me apaixonei como Krishna por Radharani OKUMAYA BAŞLA

Versos de um Ninguém

Quanto um sentimento pode ser sentido? OKUMAYA BAŞLA

Versos en luna azul

« Impulsado por pecado o provecho, sea usted bienvenido a estas horas cortas. Sea espectador del romance que el sol tiene con la luna » . Versos en luna azul lleva el reto de imaginar escenarios in... OKUMAYA BAŞLA

Versos para Depois do Pôr do Sol

Era sobre mim, mas acabou se tornando para Ele. OKUMAYA BAŞLA

Versos Que Eu Fiz

POEMAS | LIVRE Caro leitor, se você chegou até esse e-book sinto foi por um bom motivo. Dentro desse e-book encontrará todos os poemas que trazem um pedaço de mim. Cada verso feito por mim traz um... OKUMAYA BAŞLA

Véus de Maya

Antologia poética que narra o processo de aceitação e tentativa de superação de problemas psicológicos, problemas com remédios e etc. "Retire os véus!" era o que ecoava em sua cabeça. ... OKUMAYA BAŞLA

Vivendo

Antes de viver, eu morri várias vezes. OKUMAYA BAŞLA

Você fala

Poema para aqueles que falam muito. OKUMAYA BAŞLA

Você foi embora

Existem motivos para você ir e não irei te segurar Caso não saiba o caminho para voltar Eu irei lembrar desse dia que não irá chegar OKUMAYA BAŞLA

Volta a ser meu

Um dia você se foi, mas não o bastante para eu esquecer .. OKUMAYA BAŞLA

Vulneráveis

Ventos sopram, sussurram para cá, influenciam para lá, as vezes nem lá e nem cá, mas com tanta incerteza é sempre bom lembrar, somos seres vulneráveis. OKUMAYA BAŞLA

Weasley.

Sim, Malfoy era carente, precisava de alguém que pudesse o tomar nos braços e mostrar que o mundo não era preto e branco, que ele poderia se liberar das amarras que o prendiam, podia ser o garoto q... OKUMAYA BAŞLA

అగ్ని (agni)

No idioma telugo, "agni" significa "fogo". OKUMAYA BAŞLA

Al final de la Guerra

Este es un poema acerca de las secuelas de la guerra OKUMAYA BAŞLA

A Luta!

Poema. escrevo o que sinto, meus pesamentos meus desejos. uma forma esquecer meus problemas. OKUMAYA BAŞLA

A morte lhe espera

O sino estava tocando, anunciando que a morte da bela dama estava próxima Fanfic também postada no Spirit OKUMAYA BAŞLA

A sua partida

Estes são poemas escrito por uma pessoa real, são histórias reais, sentimentos reais e espero poder compartilhar com vocês! OKUMAYA BAŞLA

Autobús en Hora Pico

El peor lugar para enamorarte de alguien no es la escuela ni tu oficina ni una reunión familiar es una autobús en hora pico. En este escrito se plasman los sentimientos de una chica que se ha enam... OKUMAYA BAŞLA

Como la Gallina

poesia perteneciente a mi libro De Amores y Reflexiones OKUMAYA BAŞLA

EL FLACO

un artista desconocido, es un artista al fin. OKUMAYA BAŞLA

ELLA

para recordarnos que somos la protagonista de nuestra historia. OKUMAYA BAŞLA

Escalão Dourado

Lamentando Pela Vida Não AutoDesenvolvida Pela Sede Da Subsistência, Divulgo-te Esse Meu Coração Esfaqueado Pelas Suas #FantasiasDeInfância, O Sangue Lagrimou-se Expressando-se Pelas Fontes Auditiv... OKUMAYA BAŞLA

Espelho da alma

Se a alma é um espelho,nossos pensamentos o reflexo...Então porque não criar um portal para viajar além da imaginação? OKUMAYA BAŞLA

Lo siento mucho

Poema a la fotografía de James Nachtwey OKUMAYA BAŞLA

Mientras la noche pasa

Un sueño sin fin, de una vida que se hizo parte de mi. Un cuento un relato de mi para ti, pequeñas poesías de aquellas verdades escondidas. OJALA LES GUSTE. OKUMAYA BAŞLA

Pequenos Contos

Atenção! Essa pequena nuvem contém: textos que falam por si só, escritos em momentos de inspiração.  OKUMAYA BAŞLA

Pequenos Contos

Atenção! Essa pequena nuvem contém: textos que falam por si só, escritos em momentos de inspiração.  OKUMAYA BAŞLA

Poemas e poesias.

Poemas e poesias de uma alma não muito ainda vivida. OKUMAYA BAŞLA

Poemas, Mulher; Corpo Estrelado.

O sentimento. O ouvido; A voz do piano. Teu corpo estrelado OKUMAYA BAŞLA

Poesia verdadeira

Poemas Meus Nomeados Como O Corvo os quais achei que seria bom serem apreciados por outros além de mim. OKUMAYA BAŞLA

POSDATA

Me ahogo en mis sentimientos , te fuiste sin que supieras todo lo que llevo dentro , algún día cuando nos volvamos a encontrar , quiero perderme nuevamente en tus labios y saber que mi lugar siempr... OKUMAYA BAŞLA

prefiero : agonizar

estoy hundido en el vacío que he plantado confuso pero sigo estimulando mis llantos, no sé porqué prefiero estar agonizando. Quinto Libro de Poesía. OKUMAYA BAŞLA

prenúncio.

e além, já estou ocupado demais com a corrida de ratos. mas hoje é feriado. então as lagrimas caem. OKUMAYA BAŞLA

Querida Lua

Às vezes gosto de me sentar na janela e te olhar, te contar como foi meu dia, então comecemos assim: Querida Lua... OKUMAYA BAŞLA

RUIDOS,LOCURA Y DESEOS

COMPARTO CON USTEDES MI NUEVO LIBRO DE POEMAS Y POESÍAS LLAMADO RUIDOS,LOCURA Y DESEOS, DONDE SUBIRÉ UN POEMA, POESÍA CADA DOMINGO HASTA COMPLETAR. OKUMAYA BAŞLA

Sinfonia de Batalha

Talvez Um Dia…Talvez Um Dia.. Eu Me Escute, Talvez Um Dia. Eu Te Escute, Abençoado Pelas Vozes Que Poucos Ouvem, Idosos Com A Minha Idade Esses #SãoPoucosJovens, Ainda Assim! A Alma Treme Enquanto ... OKUMAYA BAŞLA

Someday

-¿Cuándo dejo el amor de ser un juego entre dos personas, para convertirse en una batalla encontrar de los demás? Vante23_stuff OKUMAYA BAŞLA

Sonidos de Protesta

!Abajo Cadenas¡, !Muera la Opreción¡, !La fuerza es la unión¡ OKUMAYA BAŞLA

Un mundo frío

Es una poesía descriptiva en relación con la imagen del concurso con un lenguaje surrealista, espero la disfruten. OKUMAYA BAŞLA

Vendedor de Mentiras

No mundo que vivemos, mentir e bem natural, mas muitas pessoas só vende a vida perfeita, para que outras pessoas possam comprar. "Vendo mentiras… Vendo na tevê, internet e celular Vendo pra que... OKUMAYA BAŞLA

Yo ante el mundo

#poesiadefotografia Yo ante el mundo revolucionandome viendo quien soy reflejado en mi entorno. OKUMAYA BAŞLA

오지의 어머니 (시)

땅에 대한 가장 간단한 진술... 가장 순수한 느낌. 저자: Daiane Silva 검토 자 : 손대헌 (Kclass) ____________________________ Capa feita por Daiane Silva (eu) Copyright Daiane Silva, 2021 © All rights reserved OKUMAYA BAŞLA

오지의 어머니 (시)

땅에 대한 가장 간단한 진술... 가장 순수한 느낌. 저자: Daiane Silva 검토 자 : 손대헌 (Kclass) ____________________________ Capa feita por Daiane Silva (eu) Copyright Daiane Silva, 2021 © All rights reserved OKUMAYA BAŞLA

오지의 어머니 (시)

땅에 대한 가장 간단한 진술... 가장 순수한 느낌. 저자: Daiane Silva 검토 자 : 손대헌 (Kclass) ____________________________ Capa feita por Daiane Silva (eu) Copyright Daiane Silva, 2021 © All rights reserved OKUMAYA BAŞLA

3:15 A.M.

Un poema sobre el sentimiento de tener que aceptar que ya se es adulto. OKUMAYA BAŞLA

4 Poesías breves...

Poesías breves Görsel Hikaye OKUMAYA BAŞLA

6 Ecos Poeticos e Outros Poemas

Vivencia de construção no coletivo @ecoandopoesia #ecospoeticos no Instagram / WhatsApp - www.instagram.com/ecoandopoesia . Todos somos uns estranhos no metrô Todos as luzes apagadas nos túneis Ass... OKUMAYA BAŞLA

6 Horas

Son sólo 6 horas... OKUMAYA BAŞLA

ABERRACIÓN

Aberración, de mi poemario "Lágrimas en Verso" OKUMAYA BAŞLA

" Abril se desnuda sin tocarte"

el corazón no se pone en cuarentena y extraña de igual manera. OKUMAYA BAŞLA

A CUALQUIER PRECIO

De mi poemario "Lo que él le dijo a ella" OKUMAYA BAŞLA

ADAN

ESTA HISTORIA NARRA LAS AVENTURAS DE UN HOMBRE LLAMADO ADAN Y TODO POR LO QUE TUVO QUE PASAR PAR ENCONTRAR SU VERDADERA FE .SU VERDADERO DIOS . OKUMAYA BAŞLA

Adeus

O ser humano pode ser o pior de todos e essas pobres garotinhas sabem disso melhor do que ninguém... *Atenção!!! Possui gatilhos, se você for sensível NÃO leia* OKUMAYA BAŞLA

ADIÓS A UN SUEÑO

De mi poemario "Lo que él le dijo a ella" OKUMAYA BAŞLA

Aimer les hommes

Aimer les hommes, es una obra de poesía de Ariel Zuarez. Aqui profundamente relata (como su titulo lo dice) amor a los hombres. ¡Muy corto pero que rima bastante bien! OKUMAYA BAŞLA

Aires Marcianos

Historia que inicia por su final, en poemas un tanto futuristas, otro tanto espacial, cuyo escenario es Marte. OKUMAYA BAŞLA

Akai Ito - A Lenda do Fio Vermelho do Destino

Eu prometi que não ia mais falar de amor, porque é perda de tempo, mas pra que serve o tempo se não for pra ser gasto? OKUMAYA BAŞLA

Alas Escondidas

Alas Escondidas es una pequeña poesía que hacía tiempo quería escribir, hablar de algunos temas que actualmente no son considerados en las mujeres. Algunos conceptos que en una sociedad cambiante, ... OKUMAYA BAŞLA

ALAS ROTAS

De mi poemario "Lágrimas en verso" OKUMAYA BAŞLA

AL LIMITE

¿HASTA DONDE LLEGAREMOS COMO HUMANOS, CUAL ES NUESTRO LIMITE? OKUMAYA BAŞLA

Alma Verde

¿Sientes las almas que rozan en nuestra piel? Ellas siempre nos sonríen esperando regalarles un suspiro fugas de amor, esta sensación intentó traducirlo en pequeñas palabras para guiarte a un mund... OKUMAYA BAŞLA

Amar en tiempos modernos.

Vivimos en una sociedad de prejuicios, de personas desechables y quereres momentáneos. Ser sentimental en estos tiempos es una desventaja frente a los objetos de moda y posiciones económicas. Hoy s... OKUMAYA BAŞLA

a menina e o cavaquinho

um poema para usar sua imaginação... OKUMAYA BAŞLA

Amor

Poesias autorais Escrita por Fabiane da Silva OKUMAYA BAŞLA

A MORADA A BEIRA DA ESTRADA.

A história fala do viajante as pessoas estão sempre passando por nossa vida cada uma delas nos deixa algo marcado por isso ao encontrar com pessoas no seu caminho deixe suas pegadas. OKUMAYA BAŞLA

Amor e paixão

Poesias autorais feita por fabiane da silva. Autoral OKUMAYA BAŞLA

Amor e paixão

Poesias autorais feita por fabiane da silva. Autoral OKUMAYA BAŞLA

Amor te amo

Meu livro de poesias escrito por Fabiane da silva OKUMAYA BAŞLA

Angustia

Persiguiendo esperanzas con manos vacías de fe. OKUMAYA BAŞLA

Ansiedad y versos

Tengo otra historia con el mismo nombre pues dejó de ser un solo escrito, pasaos por ahí si os gusta lo que encontráis en esta narración de la creación de un poema. OKUMAYA BAŞLA

Ansiedad y versos (y otros escritos)

Escritos adornando momentos de desesperación, probablemente con muchos poemas de por medio o referencias a estos. No creo que sea algo ameno de leer ni es su objetivo, es más un cajón donde meter m... OKUMAYA BAŞLA

Antídoto para el corazón©

PROSA POÉTICA! 💜 _______________________________ ¿Te ha sucedido? ¿Que al hablar las palabras difícilmente salen de tu boca, pero al escribirlas, estás salen por sí solas? porque a mi sí... Hay vec... OKUMAYA BAŞLA

Antología de Amor y Desamor

Esta antología contiene una selección de mis obras mas recientes. OKUMAYA BAŞLA

A oferta dedicada ao Senhor

Esses capítulos se resumem na oferta agradável ao Senhor, a oferta oferecida a Deus com todo o coração, e que o protagonista principal é sempre Jesus, que foi e sempre vai ser a maior oferta de tod... OKUMAYA BAŞLA

Ao meu Azul

Te amo do mesmo tamanho da imensidão do céu, tal qual a imensidão do azul dos oceanos OKUMAYA BAŞLA

Apenas Emoções

Apenas Emoções, é um livro composto por textos e poemas, que uma adolescente de 17 anos, escreve o que sente sobre a vida e as pessoas que a rodeiam. OKUMAYA BAŞLA

Aquellos recuerdos

pequeños capítulos de textos conmovedores OKUMAYA BAŞLA

Arrebatado

La vida no te ha sido sencilla, evitas a toda costa caer de nuevo en la desesperación. Porque si te rindes una vez más a la ira, todo lo que has avanzado se volverá devastación. No habrá nadie a qu... OKUMAYA BAŞLA

Arte en soledad

Querido lector, leerás mi mayor caos, mi lucha, esta lucha constante contra la depresión. Habrá algún otro escrito optimista, si, de vez en cuando hay que tirarse algunas flores. En síntesis, leer... OKUMAYA BAŞLA

Ascendente em Romantismo - Sobre amor, muros e pontes.

Os astros nos mostram a direção e deles vem a minha inspiração, respiro borboletas no estomago e nervosismo. Tudo isso culpa do meu ascendente em romantismo. | Blog programado para ser atualizado ... OKUMAYA BAŞLA

Así el amor muere.

Un escrito para un desamor. OKUMAYA BAŞLA

ASÌ ME VEÌA

Momento reflexivo de la vida cotidiana. OKUMAYA BAŞLA

A Última Carta

Malditos sejam os homens que distorcem palavras, e as usam para justificar seu ódio e preconceito infundado. "Hoje me faz falta Me falta teu cheiro O macio de teus fios Teu olhar sincero Teu sorri... OKUMAYA BAŞLA

A un conocido que respeto

Un viejo amigo que nunca me conoció inspiro este poema, tu influencia me ayudo a escribir sin miedo, Descansa en paz NiK OKUMAYA BAŞLA

Automatic

Poema inspirado en la canción Automatic de la banda alemana Tokio Hotel. OKUMAYA BAŞLA

Autumn Leaves ♔ Melancolic World

❝Em melancólicas palavras deixo ao alvorecer o desalento de um sujeito fadado ao amor desvanecido❞ autoral;; Todos os direitos reservados! ©2018 agustdeadtown OKUMAYA BAŞLA

Aventuras Fantásticas & Poesia

Em um mundo de fantasia, havia um rei que governava acima de todos os reis, mas ele morreu e não deixou filhos. Então os 7 deuses desse mundo selecionam 7 futuros reis e fazem uns disputarem com os... OKUMAYA BAŞLA

A Voz do Espírito

Essa é uma história de experiência da minha vida Cristã, uma dedicação a Aquele que Veio ao mundo e deu a vida por nós, A Ele seja dada toda honra toda glória e louvor para todo sempre!! Amém!!! OKUMAYA BAŞLA

Azul

Historia creada para un reto, me tocó azul y por eso lo acompañé con un dibujo a tinta de ese mismo color (La portada) OKUMAYA BAŞLA

Beijo 😘

Tomara que estão bem 🙏🙌🙏 Não copiei de ninguém eu mesmo crio o meu poema OKUMAYA BAŞLA

Bello

Un poema mas, acompañame a leer solo contigo ¿te gusta lo que ves? OKUMAYA BAŞLA

Blanca y Dalí

"Escrito a ciegas, y ahí estaba, tan segura de sus sueños" OKUMAYA BAŞLA

Bocanada

La depresión causa efectos que, ni con la droga más fuerte, se pasan por alto. OKUMAYA BAŞLA

Bodas

Uma promessa feita há cinquenta anos, votos que se renovam a cada dez primaveras, o cultivo do amor verdadeiro que cresce a cada retorno dela. OKUMAYA BAŞLA

Bonhomía | KookV

Cansada de cientos de mentiras y escapadas de casa, la señora Kim decide poner fin al jueguito de Taehyung, enviándolo demasiado lejos de las malas influencias, de las drogas y de por supuesto su t... OKUMAYA BAŞLA

Brazas del Amor

Esta es una mas de las colecciones de mis poesías que nacen de observaciones hacia la sociedad, y hacia el interior de mi persona. OKUMAYA BAŞLA

Brook Edição

Biografia História de superação de uma menina órfã e com deficiência física com sonhos se tornar uma grande cantora. OKUMAYA BAŞLA

¿Cafe o Vino?

Mi ciudad que me evidencio su mas grande dolor Se manifestó ante la invasión de infinitos sigilos Bajo el dominio de un viejo caldero Y la mentira oculta de un pétalo mojado OKUMAYA BAŞLA

Calaveritas

Calaveritas literarias anuales OKUMAYA BAŞLA

Carta al cielo

Una pequeña carta que mandó al cielo OKUMAYA BAŞLA

CARTA DE UN PSICOPATA

Ten cuidado con la forma de amar de aquella persona que padece el trastorno psicópata, seguramente no te va a gustar. OKUMAYA BAŞLA

Cartas a Miroslava

Las palabras que un hombre que entrega su corazón le dedica a una mujer que ni siquiera nota su existencia. OKUMAYA BAŞLA

Céu Estrelado

Apenas um texto sobre estrelas, amores e a imensidão do céu. OKUMAYA BAŞLA

Cheiro bom de saudade

Café e solidão. Uma combinação tão doce pra a amarguez da vida. OKUMAYA BAŞLA

Chico de ojos cafés

(Para ti, chico de los ojos cafés y pestañas rizadas) OKUMAYA BAŞLA

Ciclos

A vida tem disso, num dia tu planos pra viver o resto da vida com alguém. No outro, tu se vê aterrorizado em ser o único ponto de entretenimento de uma vida vazia. Após decidir viver as consequênc... OKUMAYA BAŞLA

CIUDAD DEL CRIMEN

EN UNA CIUDAD DONDE NO SE TIENE PROTECCIÓN PARA EL CIUDADANO DE BIEN, PARA EL HABITANTE DE A PIE Y CLASE MEDIA REINA LA CORRUPCIÓN EN TODAS SUS DIFERENTES CLASES SOCIALES. OKUMAYA BAŞLA

Colilla

Un ser pequeño, pero lleno de maldad, envenena el cuerpo y el alma. OKUMAYA BAŞLA

¿Como sera el paraíso?

Es un poema que relata como pienso que seria el paraíso... OKUMAYA BAŞLA

COMUNICACIÓN

EN SU TOTALIDAD LOS MEDIOS DE COMUNICACIÓN NO SON VERACES YA QUE ESCONDEN, DISTORSIONAN Y OCULTAN LA INFORMACIÓN. OKUMAYA BAŞLA

Configurados

Não sou muito boa com palavras quando não as uso para expressar sentimentos. Aqui vou publicar alguns de meus rabiscos de prosa e poesia. Uns baseados em acontecimentos reais, outros pura imaginaç... OKUMAYA BAŞLA

Contos Aleatórios

"𝚄𝚖 𝚕𝚒𝚟𝚛𝚘 𝚍𝚎 𝚌𝚘𝚗𝚝𝚘𝚜 𝚙á𝚐𝚒𝚗𝚊𝚜 𝚚𝚞𝚎 𝚝𝚎 𝚎𝚗𝚌𝚊𝚗𝚝𝚊𝚖 𝚍𝚎𝚜𝚎𝚗𝚌𝚊𝚗𝚝𝚊𝚖 𝚎 𝚎𝚖 𝚙𝚛𝚊𝚗𝚝𝚘𝚜 𝚋𝚞𝚜𝚌𝚊𝚖 𝚙𝚎𝚕𝚘 𝚜𝚎𝚞 𝚊𝚕𝚎𝚗𝚝𝚘" - 𝚀𝚞𝚎𝚎𝚗 𝚝𝚑𝚎 𝚅𝚊𝚖𝚙𝚒𝚛𝚎 ━━━━━━━━━━━ Disclamier: Seleção de contos escritos por mim, a cada novo capítulo u... OKUMAYA BAŞLA

Coração vai com calma por favor

Então o amor é isso mesmo Essa dor que parece não ter fim Coração apertando no peito Ninguém disse que seria fácil Mais também ninguém disse que causava tanta dor. OKUMAYA BAŞLA

Corazón de papel

"Solamente una simple poesía que cuenta la historia de nuestra muchachita corazón de papel" OKUMAYA BAŞLA

COSAS LOCAS Y NO TANTO

PLASMO AQUÍ TAN SOLO COSAS LOCAS Y NO TAN LOCAS, PENSAMIENTOS, POEMAS Y PEQUEÑOS ANHELOS, ESPERO QUE DE LA MEZCLA SALGA ALGO BUENO. OKUMAYA BAŞLA

Cosas que surgen de la nada

Normalmente, justo cuando no tengo mi pluma y mi cuaderno; me vienen a la mente tantas cosas que pasan a lo largo del dia, que quiero expresar con voz... pero yo prefiero escribirlas, cosas tan bel... OKUMAYA BAŞLA

Creer y saber

El disparador fue jugar con la frase "Me aterra creer" y en ocasiones usar el verbo "saber". Aqui el resultado. OKUMAYA BAŞLA

Crepitar de palavras

Um diário reflexivo em prosa poética, onde registro minhas introspecções dos cenários a minha volta, em especial o Cerrado, ambiente onde me esculpi e que fala ao meu silêncio_ a mais eloquente da... OKUMAYA BAŞLA

Cristal roto

Colección de poemas que recorre las heridas familiares, crisis y la oscuridad que todos llevamos dentro. OKUMAYA BAŞLA

Cristal roto

Colección de poemas que recorre las heridas familiares, crisis y la oscuridad que todos llevamos dentro. OKUMAYA BAŞLA

CRUEL Y DESPIADADO

poema reflexivo sobre los cambios fìsicos y por ende sobre los emocionales. OKUMAYA BAŞLA

Cuando los años pasan

Nunca es tarde para amar. Cuando estamos adultos es cuando realmente concemos el verdedro amor. OKUMAYA BAŞLA

CUANDO SOPLA EL VIENTO

EN ALGÚN PUNTO TODOS SOMOS TAN FRÁGILES Y CON SOLO UNA SIMPLE BRISA DE VIENTO NOS PUEDE LLEGAR A ROMPER. OKUMAYA BAŞLA

Cuentame de una tal Luna

Poema dedicado a la mujer, tomando la luna como inspiración OKUMAYA BAŞLA

Dangerous Tide

Nem todo lugar é seguro para criar uma morada, se você não prestar atenção, pode vir uma maré que a derrube... OKUMAYA BAŞLA

Decadencia Imberbe

-La ansiedad que busca salida en esa improvisación llena de huidas en todas las direcciones, de interrogación, de manoteo desesperado- OKUMAYA BAŞLA

Décirs

Relato de Fantasía. Un mundo desconocido por el hombre. La fe le da vida a ese lugar donde florecen los milagros y la naturaleza día con día demuestra su bondad hacia el ser humano. OKUMAYA BAŞLA

Decisiones

Mi cielo, cerra los ojos y solo aléjate OKUMAYA BAŞLA

De cómo conocí a la poesía

Texto con intención poética para describir mi introducción al mundo de la poesía. OKUMAYA BAŞLA

𝔈 de Entopia - Piloto [ completo ]

" As vezes, nossa própria imagem pode ser nosso pior pesadelo, então agora.. Irie dormir para sempre, uma estrela adormecida, apenas assim.. Poderei garantir que meu mundo viverá em paz. " OKUMAYA BAŞLA

DÉJAME RESPIRAR

En memoria de George Floyd y a todos aquellos que han sido victimas de la discriminación racial. OKUMAYA BAŞLA

de la memoria y otros arrebatos

"La soledad es un laberinto de la memoria. Y el minotauro son los recuerdos" OKUMAYA BAŞLA

De las noches de ansiedad

Algunas cosas que escribí cuando la ansiedad aumentó OKUMAYA BAŞLA

Del Odio al Amor

Este es el tren de mis sentimientos así que no trates de entenderlo, solo trata de sentirlo, métete de lleno. Pon tu canción favorita y lee, déjate atormentar por mis pensamientos, que sean fuego e... OKUMAYA BAŞLA

Dependência

"E toda vez que olho pra você, pergunto pra mim e pra você qual é a razão de eu estar aqui já que você não me quer e eu também." OKUMAYA BAŞLA

Depurando

poesías de amor, dolor, felicidad y todo aquello que sientas al leerlas Görsel Hikaye OKUMAYA BAŞLA

Derrota

Volví a las calles tratando de despejar la mente, desgraciadamente no lo logre. OKUMAYA BAŞLA

Desabafo

Está é a ultima carta para tí, pois me desapeguei de tí OKUMAYA BAŞLA

Desabafo adolescente - pequenos textos expressivos

Pequenos textos que expressão o quão cansados estão os adolescentes, com uma espécie de "narrativa" diferente, neste livro você encontrará depressão, ansiedade e alguns tipos de vícios, coisas típi... OKUMAYA BAŞLA

Descanso

El valor del descanso... OKUMAYA BAŞLA

Deseo intenso

Poesía inspirada en una amiga OKUMAYA BAŞLA

Desierto y final

Relato en prosa poética que describe un final. OKUMAYA BAŞLA

Despertar da Alma

O amor não tem forma, idade ou cor... O amor simplesmente é... E ser, é tudo o que importa. Uma obra original de Yasmin de Carvalho. Todos os direitos Reservados. All rights Reserved. © lilmiew ... OKUMAYA BAŞLA

Despertar una ultima vez de tu mano

Y si tu persona ideal solo existiera en un sueño? OKUMAYA BAŞLA

Destierro de la niñez

Esta poesía resume como la guerra puede despojar violentamente a los niños de su inocencia y bloquear la posibilidad de una niñez en paz y en la tierra que los vio crecer .Poesia de fotografia OKUMAYA BAŞLA

Devaneios

" Existem vozes em minha mente , e nem todas elas são boas".- Ej santhos OKUMAYA BAŞLA

Diario de un ángel

Poemario original del libro "pasión de sombras" OKUMAYA BAŞLA

Doce Poesia

A poesia é uma das coisas mais importantes do mundo, trás consigo o mais doce aroma de entender o mundo através de versos simples. Trás a importante tarefa de irrigar nossa alma com palavras cheias... OKUMAYA BAŞLA

DOS NIÑOS JUEGAN AL AMOR

CUANDO LA INOCENCIA DEJA DE SERLO OKUMAYA BAŞLA

DULCE VENENO

ALGUNAS MUJERES SON DULCES PERO PELIGROSAS OKUMAYA BAŞLA

Eclipse

Um encontro entre dois velhos amores, e corpos opostos. OKUMAYA BAŞLA

Efímero

Tenía un objetivo concreto, tenía todo perfectamente planeado y entonces, sin pensarlo un día me encontré sosteniendo su mano. Sabía que no teníamos futuro, que nada perduraría y aun así, lo juro,... OKUMAYA BAŞLA

Ela é muito linda

Poesias autorais únicas Escrita:Fabiane da silva OKUMAYA BAŞLA

El Amor de Sol y Luna (su historia)

poemas libres de prejuicios. Bienvenide a mi universo OKUMAYA BAŞLA

El arte de la poesía

Te invito a sentir, a explorar el hermoso arte de los poemas. OKUMAYA BAŞLA

El Callejon del Desencanto

Cuento con tintes autobiograficos, relato fantastico mezclado con la realidad de las ciudades latinoamericanas. Girando sobre todo en la soledad y la depresion OKUMAYA BAŞLA

Elegir el no existir

Poema a la fotografía de James Nachtwey. "Algunas personas creen que viven mejor muertas. Eso es culpa de aquellas otras que juegan con sus vidas. La guerra no es la solución a ningún conflicto, es... OKUMAYA BAŞLA

El Gran Juego del Ego

Una pequeña parte de una canción que escribí en su día. OKUMAYA BAŞLA

El hada que sana

La idea de esta poesía surgió como un juego, escribiendo sustantivos y conjugaciones de verbos de solo 4 letras (2 vocales y 2 consonantes), las vocales solo pueden ser 'a' u 'o'. Por ejemplo 'casa... OKUMAYA BAŞLA

Elianit

SENTIMIENTOS EXPRESADOS OKUMAYA BAŞLA

El jarrón roto

Reflexiones y ensayos breves. Otro desinterés al que estar apegado. La tristeza mirada con los ojos correctos. OKUMAYA BAŞLA

El niño de la selva

de mis ojos ami mente para su persona. poesia asia la naturaleza a mi fauna OKUMAYA BAŞLA

el pensarte

es un capitulo dee lo que vivo y siento. OKUMAYA BAŞLA

El sentir

Este es un ejercicio de redacción creativa, a la vez un juego, se trata da darle imagen a cosas abstractas, elegí un sentimiento. Deja en los comentarios que sentimiento crees que es. OKUMAYA BAŞLA

El silencioso cáncer

Esta enfermedad disfrazada de silencio. OKUMAYA BAŞLA

El sol, ella luna

Poesía erótica pensada entre la luna y el sol OKUMAYA BAŞLA

El valiente

Mi niña, te he dejado ir por tonto. Envuélveme en el manto de tu piel y conviérteme en tu valiente héroe. OKUMAYA BAŞLA

Embriaguez

Entre los espacios del tiempo y la memoria OKUMAYA BAŞLA

Em Frente

uma breve resumo do caminho OKUMAYA BAŞLA

Emma

poems for my idol OKUMAYA BAŞLA

ENDULZANTE (versión Yin) (primera parte)

Tengo una mala idea la haré realidad, ¿y si ahora soy yo quien toma el control? quiero salir prefiero partir, alejar todo lo malo de mi quiero partir de todo lo que alguna vez me hizo tanto mal ad... OKUMAYA BAŞLA

¿Enigmas del Hombre?

"¿Enigmas del Hombre?" habla del desconocimiento que se tiene sobre nuestro ser y el como su simpleza (la del hombre) es lo que forma su complejidad OKUMAYA BAŞLA

Ensayos y Bosquejos

Esta es mi colección experimental de poesía de mi autoría. A ella pertenecen poemas que no tienen casa o algún libro en que reposar y embellecer mi poética, siendo su aposento para poder ser exhibi... OKUMAYA BAŞLA

Ensayos y Bosquejos

Esta es mi colección experimental de poesía de mi autoría. A ella pertenecen poemas que no tienen casa o algún libro en que reposar y embellecer mi poética, siendo su aposento para poder ser exhibi... OKUMAYA BAŞLA

Entre copas, humo y poesía.

Son de esos escritos que salen del cuerpo y se escriben en el alma. Cuando la madrugada es corta, y la poesía larga. OKUMAYA BAŞLA

Entre escritos & sentimientos

Tu mente procesa los versos mientras tu corazón presiente sus sentimientos. OKUMAYA BAŞLA

entre letras y sentimientos

De alguna forma encuentro relajante quitar emociones de mi corazón, no soy buena en esto aunque es mi intento de poder sacar aquello que he guardado por mucho tiempo. Cada que estoy sola hago esto,... OKUMAYA BAŞLA

Entre luz Oscuridad

Entre luz y oscuridad, un libro lleno de magia, magia que habla, cada uno de sus escritos es especial, y del misma modo que siempre hay alguna oscuridad bajo la luz, la luz la siempre vence. Lee es... OKUMAYA BAŞLA

Entre Noches de Poesía

Entre noches de poesía es un recopilatorio de poemas vanguardistas relacionado a los sentimientos que guardamos las personas con respecto al amor y su contraste, esperando alcanzar lo más bello de... OKUMAYA BAŞLA

Entre nós

Pelas vozes da minha cabeça, muito bem, obrigado. OKUMAYA BAŞLA

Entre o Tempo e a Vida

Esta é uma reflexão sobre a vida humana, nossos anseios e nossas buscas enquanto caminhamos na vida. OKUMAYA BAŞLA

EN UNA DIRECCIÓN

MUCHAS VECES APUNTAMOS NUESTRO CORAZÓN EN UN SOLO CAMINO EN UNA MISMA DIRECCIÓN OKUMAYA BAŞLA

Epistolares

Epistolares son cinco pensamientos venidos desde galaxias y recuerdos lejanos. OKUMAYA BAŞLA

Epistolares

Epistolares son cinco pensamientos venidos desde galaxias y recuerdos lejanos. OKUMAYA BAŞLA

Erase a una vez...

Si quieres saber más tendrás que leer. OKUMAYA BAŞLA

Era um pardalzinho de olhos brilhantes

Dessa vez, a morte veio na forma de um pequeno passarinho, de plumas macias e olhos pretos cintilantes. •~°*°~• Um curto conto sobre um pardal, a presença indetectável da morte e partidas sem ret... OKUMAYA BAŞLA

ERES UNA MANÍA

ALGUNAS PERSONAS SON TAN ESPECIALES QUE EN LO COTIDIANO SE VUELVAN UNA MANÍA. OKUMAYA BAŞLA

ERES UN PROBLEMA

ALGUNAS CHICAS SON TODO UN PROBLEMA Y ESO LAS HACE SER GENIALES OKUMAYA BAŞLA

Esca(m)pe

Duele saber que la piedra en mi camino, siempre he sido yo, pero, ¿qué se hace cuando se vive en un esca(m)pe continuo? OKUMAYA BAŞLA

Escenarios: Historias Poéticas

Le traigo emociones gratis a tu alma encantada... con breves historias en poesía narrada... que obtengas de esto inspiracion, un hechizo o nada... mi trabajo es brindarte locuras desenfrenadas... q... OKUMAYA BAŞLA

Escrevo

O resultado de uma alma vazia. A minha alma é preenchida pelas palavras que escrevo. OKUMAYA BAŞLA

Escritos con propósito sin sentido

Escritos para reflexionar sobre la vida. OKUMAYA BAŞLA

escritos de luz

escritos y poesias de amor y desamor... OKUMAYA BAŞLA

Escrituras nocturnas de un joven desvelado

Sé que has tenido noches cargadas de pensamientos y emociones que te gustaría escribir, y es precisamente eso lo que yo he comenzado a hacer. Compartir cada pensamiento nocturno que brote de mis se... OKUMAYA BAŞLA

Espejo

Unos breves versos acerca de el conocimiento del "yo" y de todo aquello que nuestra alma refleja. OKUMAYA BAŞLA

Espero

Sentimientos no dichos OKUMAYA BAŞLA

Estaciones

«Estaciones», una antología poética con fragmentos de verdad, que habla de una relación un tanto tóxica con la que la mayoría de la gente puede identificarse. Se llama Estaciones porque van a guiar... OKUMAYA BAŞLA

ESTA NOCHE

cuando retrocedemos de una relación debemos no procurar no mirar a tras y seguir avanzando. OKUMAYA BAŞLA

Estimada confusión (Parte I)

Theodora Anderson es una joven con una realidad complicada. Su intrincada forma de ver la vida y su instinto salvaje, hará de ella un ser sumamente único. De forma casual conoce a Anthony Lemacks, ... OKUMAYA BAŞLA

Estrella En El Horizonte

Una declaración de amor. Interna. Transparente. Real. OKUMAYA BAŞLA

Estremas©

★꧁ Cada estrella es un poema en el cielo y la luna es testigo de cada sentimiento plasmado. ꧂★ . P O E M A R I O OKUMAYA BAŞLA

Eternidad

Después de un tiempo pensado llegue a la conclusión que todo lo que sufro sera por toda la eternidad. OKUMAYA BAŞLA

Eterno Juicio

Una acción desesperada ante una injusticia tan descarada, la ira de quien ha sufrido tanto tiene que ser liberada. ¿Hasta que punto somos capaces de llegar por librar a nuestra alma de una pena tan... OKUMAYA BAŞLA

Eu Não Quero Morrer

Morrer é fácil, viver é mais difícil Por isso sou forte. Morrer me traria paz, mas não a quem amo Por isso sou boa. Morrer é um desejo, mas no final do dia eu sorrio quando lembro dos pequenos mome... OKUMAYA BAŞLA

Falar a ti

Poesia sobre criar cpm papel e caneta, falar de sonhos, pensamentos, desejos, sobre uma folha em branco OKUMAYA BAŞLA

Falling Star

+Eu gosto de quando você cai+ Conto inspirado na musica Falling Star da banda Madmans Esprit OKUMAYA BAŞLA

Femme

Poemas de reflejo dual, dos caras de un disco imaginario, un objeto y una idea, una persona que esta detrás. OKUMAYA BAŞLA

Final Alternativo

"El camino fácil, no siempre es el camino correcto". OKUMAYA BAŞLA

Flowers and Tales

O conto se origina num tempo em que nem sequer existia a escrita; as histórias eram narradas oralmente ao redor das fogueiras das habitações dos povos primitivos. Apenas em 4000 a.C., com os egípci... OKUMAYA BAŞLA

Flowers and Tales

O conto se origina num tempo em que nem sequer existia a escrita; as histórias eram narradas oralmente ao redor das fogueiras das habitações dos povos primitivos. Apenas em 4000 a.C., com os egípci... OKUMAYA BAŞLA

Fluye

Fluye! En tus pensamientos, en tus sentimientos, con tus acciones, con todas tus sensaciones... solo ¡FLUYE! OKUMAYA BAŞLA

Fotometria Perfeira

Um acanhado homem é convidado para participar da cerimônia de casamento de um amigo. Deslocado na festa, encontra uma fotógrafa que lhe tira o fôlego. Será que ela vai aceitar sua carona, já que nã... OKUMAYA BAŞLA

Fragmentos que anhelamos

Simpleza... Vaguedad... No tener orden, siguiendo un hilo de ideas y pensamientos que quieren salir de tu mente... ...sólo por que no logre expresarlo como quería... ni a quien quería tal vez tenga... OKUMAYA BAŞLA

Fuego alado

Amores eternos que solo duran un momento. OKUMAYA BAŞLA

Garotinha

❁"Até aonde você iria pra conquistar o seu sonho?‎". ❁"até o fim!". ❁"você olharia pra trás? ou segueria em frente?". ❁" não sei te responder". ♩ ♪ ♫♩ ♪ ♫♩ ♪ ♫♩ ♪ ♫♩ ♪ ♫♩ ♪ ♫♩ ♪ ♫♩ ♪ ♫♩ ♪ ♫♩ ♪ OKUMAYA BAŞLA

Grisáceo Buenos Aires

El silencio y su respuesta, en medio de una tranquila noche de Buenos Aires, agonizan en la decisión de ella. Marcharse no siempre es de cobardes. OKUMAYA BAŞLA

HASTA AHORA

Valeria tiene mucho que decir y por eso lo escribe todo en su blog de notas. Allí anota como se sintió cuando su novio de cuatro años le termino con la peor excusa de todas "mereces alguien mejor"... OKUMAYA BAŞLA

Hay días...

Hay días…
Pero prefiero sentirme viva, con todo lo que eso significa, 
a tener miedo por no haber vivido.
 Mucho gusto. © TODOS LOS DERECHOS RESERVADOS OKUMAYA BAŞLA

Haz la Paz, no la Guerra

Tendamos puentes y no muros. Abramos puertas y no las cerremos. Que el que bloquea, impide, y el que recapacita, crece. Poema inspirado por la fotografía de James Nachtwey. OKUMAYA BAŞLA

HECHA DE DOLOR

Es la historia de una mujer que no podía olvidar. OKUMAYA BAŞLA

Hermanos gemelos

Una oda entre hermanos corta, sangrante y trágica entre hermanos y una amada.. OKUMAYA BAŞLA

HISTORIA DE UN TRISTE PAÍS

DESDE EL AÑO 2018 AL 2020 EN UN PAÍS DEL SUR DE AMÉRICA, HAN DESAPARECIDO MAS DE 300 PERSONAS QUE TRABAJAN EN DIFERENTES COMUNIDADES VULNERABLES, CON EL ÚNICO FIN DE EDUCAR, AYUDAR Y PROTEGER A EST... OKUMAYA BAŞLA

Historias de un corazón asertivo

Cada letra de esta historia es hecha por la elocuencia de un corazón que no agrede, ni se deja dominar por la voluntad de los demás, sino que declara sus pensamientos. OKUMAYA BAŞLA

Humanidad

Haikú sobre el lado oscuro de las personas OKUMAYA BAŞLA

HUMANIDAD

LA HUMANIDAD ES UNA ESPECIE INTERESANTE, INQUIETA, INDOMABLE, QUE SE ADUEÑA DE TODO, CUBRE TODA LA SUPERFICIE DEL PLANETA TIERRA ALGO CASI PARECIDO A UNA PLAGA, SE CREE QUE TENER HUMANIDAD ES SEN... OKUMAYA BAŞLA

Humor aquoso

Quando ele bagunça meus cabelos parece ter 10 . Ele brinca com meus dedos enquanto estamos deitados , pode ser que tenha 15 . Uma vez ele me abraçou enquanto chorava , então ele tinha 5 anos . OKUMAYA BAŞLA

Iludido Corredor

O objetivo da vida virou a luz de encontrar o fim do escuro corredor Onde portas duplas opostas Optam-se como propostas No desejo daquele que gosta Na carência de quem sofre de amor OKUMAYA BAŞLA

Imágenes del fin del mundo

Imágenes de el fin del mundo, donde el cielo es increíble y grande y donde solo hay amor, donde los edificios caen. OKUMAYA BAŞLA

Império dos ratos

Um possível futuro que nos espera, sem se importar como agimos agora OKUMAYA BAŞLA

IMPOSIBLE

CUANDO EL AMOR LLEGA CAMBIA NUESTRA TODA NUESTRA PERSPECTIVA DE LA VIDA. OKUMAYA BAŞLA

Inspirado pelo destino dos meus pensamentos

Um pequeno demonstrativo de minha arte incomparavel OKUMAYA BAŞLA

Iridiscência

Iridiscência é pura beleza É pura essência OKUMAYA BAŞLA

Jasmin/Jazz-min (ou je t'aime mon coeur)

Uma noite repleta de estrelas, em um paraíso onírico. OKUMAYA BAŞLA

Juguete roto

Con el corazón roto, el alma vuela. OKUMAYA BAŞLA

Julia virou Jasmin

Primeiro dia depois da quarentena, Júlia virou Jasmin! OKUMAYA BAŞLA

Júpiter

Um amor maior que o planeta Júpiter OKUMAYA BAŞLA

Khangye Danxia (Deep Love)

Poema cósmico, sobre um amor impossível! OKUMAYA BAŞLA

*+:。.。La balada del rio 。.。:+*

Corto poema acerca de un lugar infestado de delincuencia y como estos contribuyeron a la creación de un rio de salado OKUMAYA BAŞLA

LA BELLEZA DE LAS LETRAS

El autor nos relatas sus poemas más profundos de : AMOR Y SU PENSAMIENTOS , a través de el arte de la palabra. Cada sección lleva unos 5 poemas cada uno OKUMAYA BAŞLA

Laborar

Inspirado en los sacrificios que se hacen para darle una mejor vida a las personas que amamos OKUMAYA BAŞLA

La bruja del pozo

Cuando un pozo de agua se seca, hay dos posibles soluciones: o dejarlo morir cerrándolo o cegándolo, es decir, cubriéndolo con escombros y arena; o recuperarlo para que vuelva a emanar el agua. Na... OKUMAYA BAŞLA

LA FELICIDAD TIENE UN COSTO

EN LA VIDA NADA ES GRATIS Y MENOS LA FELICIDAD QUE DURA POCO OKUMAYA BAŞLA

LA FURIA DE LAS OLAS TORMENTOSAS

El mar puede ser tan relajado como peligroso, tenebroso y hasta ser letal para los humanos. En ella, hay aguas tormentosas que destruyen barcos, se llevan la vida de los hombres y los conducen a un... OKUMAYA BAŞLA

LA FURIA DE LAS OLAS TORMENTOSAS

El mar puede ser tan relajado como peligroso, tenebroso y hasta ser letal para los humanos. En ella, hay aguas tormentosas que destruyen barcos, se llevan la vida de los hombres y los conducen a un... OKUMAYA BAŞLA

La gota ronca

Pocas palabras intentan generar una música que resuene agradable a la escucha y permita al mismo tiempo transmitir una idea y un sentimiento. OKUMAYA BAŞLA

Lágrimas de uma Princesa

''Uma Princesa que quer sonhar, Cansada de ser presa, Uma atitude está preste a tomar, A sua vida está preste a recomeçar '' [Conto em Poesia] Já conhece o Artista Macabro? Entre no meu perfil e l... OKUMAYA BAŞLA

Lágrimas de uma Princesa

''Uma Princesa que quer sonhar, Cansada de ser presa, Uma atitude está preste a tomar, A sua vida está preste a recomeçar '' [Conto em Poesia] Já conhece o Artista Macabro? Entre no meu perfil e l... OKUMAYA BAŞLA

La Luna

Poesía original de la Luna OKUMAYA BAŞLA

La máquina del tiempo.

De como conseguir con el tiempo ver si te olvido o solo es un espejismo ya que ayer te quise mucho pero hoy ya no estás y dudo que mañana vuelvas. OKUMAYA BAŞLA

la M entre mis labios

lee mi cuerpo en braille y ame por solo una noche OKUMAYA BAŞLA

La posibilidad de llorar

Escritos que intentan describir la tristeza, la desesperación, la melancolía y la perdida del amor por la vida. Si atraviesas por estos sentimientos, déjame acompañarte con mis letras. OKUMAYA BAŞLA

La Realidad Binaria de la VIDA

Decidí poner este libro "La Realidad Binaria del Hombre" por la razón que, aunque muchos de nosotros nos sentimos chiquito pero insignificante como un pequeño insecto hay muchas persona que tiene ... OKUMAYA BAŞLA

La unipersonalidad de la felicidad

Una breve mirada a la forma en que buscamos la felicidad, como nos encontramos todos los días buscando algo que simplemente está allí, con nosotros. OKUMAYA BAŞLA

La vida

Sentimientos de la vida OKUMAYA BAŞLA

Lazos de amargura

Pequeña poesía que nos recuerda aquello que nos mantiene atado, pero que no tiene nudo. OKUMAYA BAŞLA

Letras de un simple poeta

Una recopilación de poemas inspirados en las miradas cruzadas, besos robados, manos tocadas, llantos y abrazos añorados, todas las palabras que tiene un solo fin y un solo objetivo, contar la histo... OKUMAYA BAŞLA

LIBERARTE

Poemario personal y sentimental. Mi modo de expresarme y una forma de sacar de dentro todo lo que me arde, me inunda o me apaga. Escritora novata, con mucha creatividad pero todavía sin practica s... OKUMAYA BAŞLA

Libertad

Amantes momentáneos... OKUMAYA BAŞLA

Los anhelos del egoísmo

Primer acercamiento a mis escritos, tomando una hoja de papel arrancada que escribí en 5 minutos, pero qué importan 5 minutos cuando es el corazón quien escribió. Sobre las virtudes de cada ser hu... OKUMAYA BAŞLA

Los desdichados

Cuando todo lo que construimos empezó a desmoronarse, la locura colmó nuestras cabezas y la desesperación inundo nuestras moradas. La tímida e insignificante paz que teníamos, la hemos perdido para... OKUMAYA BAŞLA

Lo siento

Lo siento, ya nos volveremos a ver OKUMAYA BAŞLA

Los poemas de Jay

Una lista de poemas de un joven llamado Jay. OKUMAYA BAŞLA

Lua

Um amor que chegou a lua Um amor que brilhou mais que as estrelas OKUMAYA BAŞLA

Luar

Reflexão sobre a noite, numa madrugada iluminada pelo luar OKUMAYA BAŞLA

Luna

quien es tu luna? que es tu luna? OKUMAYA BAŞLA

MACEDÒNIA DE VERSOS

En aquest poemari, solament publicaré els poemes d'aquest que hagin estat premiats i/o que hagi publicat als blocs i xarxes socials, perquè també m'agradaria tenir poemes inèdits per a presentar a ... OKUMAYA BAŞLA

Madrugada

Un poema dedicado a una persona muy especial. OKUMAYA BAŞLA

Magnolio

Sobre conocer y no ser reconocido Sobre estar fracturado y ser sanado OKUMAYA BAŞLA

Mala maña

Poesía a un amor que extrañas. OKUMAYA BAŞLA

Marte

Um amor que surpreendeu o planeta Marte, e foi além do cosmos. OKUMAYA BAŞLA

Matando-te Com Minhas Palavras

Seja bem vindo (a), aqui escreverei devaneios que se passam na minha cabeça, meus sentimentos um tanto errados e sem sentido algum, e algumas experiências que ganhei conforme o tempo passou. "Esc... OKUMAYA BAŞLA

Me engasguei com suas flores preferidas,

agora sei a essência do sentimento que floresce dentro de mim. OKUMAYA BAŞLA

ME GUSTA

experiencia de vida, en mis escritos dejo mi ALMA NOCTURNA ayudame para que siga compartiendoles mis demás escritos de poesia narrativa. OKUMAYA BAŞLA

Me iré

Pero dejame jurarte algo... OKUMAYA BAŞLA

MEJOR HERIDO QUE DORMIDO

Experiencia propia de un joven de Chileno. OKUMAYA BAŞLA

MELANCOLIA - Coletânea de poemas e contos

Se estiver triste, escreva. Histórias curtas, pequenas rimas, apenas sentimentos não expressados. Bem vindos à minha melancolia. OKUMAYA BAŞLA

Melancolías

Para mis pensamientos y sentimientos belicosos de esos días grises o soleados, causantes de mi alegría o dolor. Para mi pasado y futuro, dueños de mi presente. Para ti lector que gusta de escudri... OKUMAYA BAŞLA

Mendoza

En 1885 se desenvuelve la historia que nos cuenta un joven extranjero dedicado al trabajo vitivinicola en la provincia de Mendoza, Argentina, este joven nos contara sus historias de amor, aventuras... OKUMAYA BAŞLA

Mercúrio

Um amor que chegou até mercúrio e fez parte dele OKUMAYA BAŞLA

Meu paraíso é seu inferno

"Meu paraíso é seu inferno" foi criado para as pessoas refletirem. Para tirarem suas próprias conclusões sobre cada texto. Um livro muitas vezes lido não perde o sabor, ele apenas muda, cada vez ma... OKUMAYA BAŞLA

Meus Delírios, Meus Sentimentos

Meus Delírios Meus Sentimentos um pouco de tudo aquilo que tenho em mim. OKUMAYA BAŞLA

MicroPoetry

Poesías y microficciones para noches de insomnio OKUMAYA BAŞLA

MIENTES

TODOS HEMOS CAÍDO EN ESTO. OKUMAYA BAŞLA

Mil décadas

Mil décadas Mil vidas más para encontrarte... Una chica vuelve a su imán al cual no puede despegarse OKUMAYA BAŞLA

Minha vida, Minha poesia.

Vivo a poesia em todo momento da minha vida OKUMAYA BAŞLA

Minha vida, Minha poesia.

Vivo a poesia em todo momento da minha vida OKUMAYA BAŞLA

Minha vida, Minha poesia.

Vivo a poesia em todo momento da minha vida OKUMAYA BAŞLA

Mi océano

un pensamiento repentino y fugaz. OKUMAYA BAŞLA

Miserable

Poema al ser supremo,a Dios, en momentos de zozobra,dolor,desesperación,abandono. OKUMAYA BAŞLA

Mis poesías

Recopilación de todos mis poemas, aquí OKUMAYA BAŞLA

Mis poesias varias

Este espacio sera utilizado para publicar distintas poesías que puedan fluir. En principio no deseo que los distintos capítulos tengan un hilo conductor, pero quien sabe quizás el final del camino ... OKUMAYA BAŞLA

MISTERIOSO Y MÁGICO

EN LAS CIUDADES LA MAYORÍA DE LAS NOCHES NO DESCANSAN Y NO PODEMOS ESTARNOS QUIETOS OKUMAYA BAŞLA

Mitología Griega

Un breve encuentro entre el Dios Dionisio y el Dios Apolo. OKUMAYA BAŞLA

MONSTROS E HERÓIS

Cada um de nós carrega um monstro. Ele nos transforma, à medida que crescemos e amadurecemos. OKUMAYA BAŞLA

Mudando de piel

Pies descalzos se pasean, divagando en la oscuridad... OKUMAYA BAŞLA

Mujeres idealizadas

Tres mujeres extraordinarias, idealizadas (y extraterrestres) descritas en cuatro poemas. OKUMAYA BAŞLA

Mundos por um acaso

Um texto que fala sobre momentos e histórias de pessoas diferentes em um único espaço físico e sólido OKUMAYA BAŞLA

My poetry is my legacy

Poesias que não vão te entediar, são sentimentos, reflexões e paixões... muitas paixões.. Sentimentos que doem ao ponto de serem escritos Também disponível no wattpad OKUMAYA BAŞLA

Nada a temer!

Não temas, estarei sempre contigo OKUMAYA BAŞLA

Neptuno

Um amor que chegou até neptuno e permaneceu lá OKUMAYA BAŞLA

NOAH

CARTA DEL JEFE SEATTLE AL PRESIDENTE DE ESTADOS UNIDOS FRANKLIN PIERCE - (1854) OKUMAYA BAŞLA

Noches de invierno

Noches de invierno es un poemario para los raros, los poetas, los inadaptados del mundo que sueñan despiertos con la fantasía. Espero que lo disfruten.   OKUMAYA BAŞLA

Noches estrelladas, sueños y poesías

¿Alguna vez has soñado algo totalmente increible y luego al siguiente dia al despertar simplemente lo has olvidado todo?Alisson...una chica del mundo de los ricos y el alto estandar que nunca ha po... OKUMAYA BAŞLA

NO ES NATURAL

EL MUNDO ES UN LUGAR CUBIERTO DE POLIETILENO Y TODO LO ORGÁNICO EMPIEZA A TRANSFORMARSE EN ESE MATERIAL OKUMAYA BAŞLA

Nombre de Perfume: Poesía para la historia

La amistad casi romance entre una chica llamada "Nombre de Perfume" y un chico llamado "Poeta Original" narrado a través de 27 poemas divididos en cuatro secciones. OKUMAYA BAŞLA

Nombre de Perfume: Poesía para la historia

La amistad casi romance entre una chica llamada "Nombre de Perfume" y un chico llamado "Poeta Original" narrado a través de 27 poemas divididos en cuatro secciones. OKUMAYA BAŞLA

Nombre de Perfume: Poesía para la historia

La amistad casi romance entre una chica llamada "Nombre de Perfume" y un chico llamado "Poeta Original" narrado a través de 27 poemas divididos en cuatro secciones. OKUMAYA BAŞLA

No puedo, quiero

La ruta que ese día tomaron mis pensamientos un 23 de septiembre. OKUMAYA BAŞLA

¿Nos pasa a todos?

No es una historia como tal, te ayuda a comprender, no, mas bien te ayudo a confundirte y pensar mas de lo necesario. OKUMAYA BAŞLA

Nossos Desencontros

Stormy Bass uma menina de 23 anos, encontra o seu amor em Nova York, Peter, mas será que vai durar mais que o verão? OKUMAYA BAŞLA

Nos vamos.

𝑵𝒐 𝒔𝒐𝒚 𝒖𝒏 𝒑𝒐𝒆𝒕𝒂, 𝒎𝒖𝒄𝒉𝒐 𝒎𝒆𝒏𝒐𝒔 𝒖𝒏 𝒃𝒖𝒆𝒏 𝒆𝒔𝒄𝒓𝒊𝒕𝒐𝒓, 𝒕𝒐𝒅𝒐 𝒍𝒐 𝒒𝒖𝒆 𝒆𝒔𝒄𝒓𝒊𝒃𝒐 𝒗𝒊𝒆𝒏𝒆 𝒅𝒆 𝑮𝒂𝒓𝒄𝒊𝒂 𝑴𝒂𝒓𝒒𝒖𝒆𝒛 𝒚 𝒔𝒖 𝒂𝒎𝒐𝒓. OKUMAYA BAŞLA

Nota a un amor poco usual

Hay amores que te recuerdan cómo se debe querer. OKUMAYA BAŞLA

No Te Veo

Una noche, en donde solo tenía lágrimas, nació este texto, que de forma indirecta, habla sobre nuestra sociedad actual, y como después de las injusticias, la gente sigue su vida como si nada. Tien... OKUMAYA BAŞLA

No tuve

Un poco de lo que hago OKUMAYA BAŞLA

nuestro primer encuentro

microcuento de un muchacho narrando su primer encuentro con su futuro amor OKUMAYA BAŞLA

Nuestros problemas

La protagonista cuenta su historia de amor, desde el final de la relación hasta que observa a su amante marcharse con otra mujer y a tener una historia con esta última. Narra cómo se siente sobre e... OKUMAYA BAŞLA

NUNCA DEJES DE SOÑAR

Así llegaras a triunfar y conocerás la felicidad. OKUMAYA BAŞLA

O Artista Macabro

"Um artista que sua marca quer deixar, No mundo inteiro seu nome ficará, Em todo lugar irão comentar, Que o Artista Macabro terminou de pintar" #MiniConto Em Formato de Poesia. OKUMAYA BAŞLA

O Artista Macabro

"Um artista que sua marca quer deixar, No mundo inteiro seu nome ficará, Em todo lugar irão comentar, Que o Artista Macabro terminou de pintar" #MiniConto Em Formato de Poesia. OKUMAYA BAŞLA