Amante Подписаться

ya-young1554031536 Ya Young

Trair sua recém esposa na noite mais feliz da vida dela, é isso que Mark fara se deliciando com sua amante.


Фанфик Группы / Singers 18+.

#marktuan #mark #got7
Короткий рассказ
0
1.2k ПРОСМОТРОВ
Завершено
reading time
AA Поделиться

Casamento

"Eu vos declaro Marido e Mulher

Pode beijar a noiva..."

Mark povs

A noite não podia ser mais perfeita, minha esposa dançava lindamente com seu pai, fui tomado de minha conversa com meu pai, quando avistei o meu desejo mais tentador entrando acompanhada de um rapaz que não conheço. Ela veste o presente que dei para ela, um vestido azul de uma grife famosa, a peça destaca muito bem suas curvas e deixa sua pele ainda mais macia.

- Parabéns Tuanzinho, e os filhos quando vem? - ouso a voz de uma das minhas tias se aproximando, nisso ela me abraça forte e aperta minha bochecha.

- Logo tia.

- Vai dizer que sua linda esposa esta grávida?

- NÃO. - gritei assustando os que estavam a minha volta. - Não tia, desculpe o meu exagero. - ela saiu indo conversar com minha mãe, meu surto não era pela pergunta e sim por ver o corpo que me pertence ser tocado delicadamente por outra mão.

Pude ver a mão dedilhando lento seu corpo, puxando ela mais para si, que sorria com o ato do rapaz, ele a acariciava como se fosse uma porcelana, mas eu sei que de frágil ela não tem nada, adora ser selvagem.

- Vem amor vão tocando nossa musica. - minha esposa me puxa para a pista no meio do salão.

"Hey, little girl, is your daddy home

Did he go away and leave you all alone

I got a bad desire

Ooh, I'm on fire

Tell me now baby is he good to you

Can he do to you the things that I do

I can take you higher

Ooh, I'm on fire..."

I'm On Fire: Bruce Springsteen (tradução final do cap.)

Eu dançava colado ao corpo da minha esposa, mas a letra se encaixa melhor em minha amante, que desfila lindamente em meu presente, necessito saber se usa mais do que eu a dei.

Depois de duas danças dei um beijo carinhoso no dorso da mão da mulher a minha frente, me distancio dando espaço para ela ir conversar com sua mãe e a minha, aproveito e passo a mão na taça de champanhe e caminho até o pequeno terraço da luxuosa casa de festas.

- Mark vamos tirar umas fotos? - olho meus amigos que se divertem.

- Já vou só me deem um tempo. - digo mostrando a carteira de cigarros, não fumo é só uma desculpa para momentos chatos ou incômodos.

Fechei a porta atrás de mim, caminhando até a mureta e depositando meu copo ali, guardei a carteira de cigarros e olhei para o enorme jardim; A noite estava quente típica de um casamento no verão, estrelas estavam a acompanhar a enorme lua, ouvi alguns sons de passos, me virei olhando em direção ao jardim, a mulher que realiza todos os meus desejos caminha arrumando o vestido que a dei, atrás dela o rapaz que a acompanha esta noite.

- Eu quero mais quando chegarmos em sua casa. - ele a segura firme, ela olha em minha direção e se vira tomando os lábios dele em um beijo.

- Tuan o que faz aqui sozinho? - a voz de minha esposa se aproxima, ela olha para o casal e um sorriso enorme aparece em seu rosto.

- Meu deus eu não sabia que você vinha, por que não me disse nada, sobe aqui e vem me abraçar. - ela gritava chamando a atenção.

O casal vem rápido e abraça minha esposa, elas conversavam muito, sobre como cada uma estava radiante esta noite.

- Então você é o famoso Tuan amigo da minha noiva.

- Noiva? Quando isso aconteceu?

- Foi uma surpresa pra mim, ele voltou de viagem e nós decidimos firmar o que já tínhamos. - ela me encarava ao falar, a vejo soltar minha esposa e caminha até mim. - Parabéns Tuan, cuide muito bem da Rose.

Senti-la tão perto e não poder arrancar aquela roupa dela é a pior tortura, o acompanhante dela a segura pela cintura e a leva para dentro, olho minha esposa e pensando acalmar meu desejo a beijo, minhas mãos se seguram como podem naquele volume enorme de roupa.

- Calma Tuan, temos depois da festa para isso. - ela se solta voltando para dentro.

Tomei meu champanhe e fiz o mesmo voltando para a festa, todos estão animados, dançando ou bebendo, vejo mais a frente meu desejo em forma de mulher caminhar em direção aos banheiros, tomado por uma louca vontade faço o mesmo caminho.

Bati na porta do banheiro feminino e não ouvi nada, adentrei o ambiente tomando todo cuidado, pude ver ela se arrumando na frente do espelho, ela se inclinava dando perfeitamente mais sensualidade as suas curvas. Entrei travando a porta, ela nem desviou o olhar do espelho, ajeito o decote, sorriu ai sim se virou me olhando.

- O que faz aqui senhor Mark Tuan?

- Sabe muito bem, está me provocando no meu casamento e acha que vou ficar sem fazer nada?

- Provocando eu? Não se ache tanto, pensei que com esse casamento você fosse sumir da minha cama eu só vim dizer adeus. - ela passa por mim sorrindo, seguro sua mão prendendo forte seu corpo contra uma das portas do banheiro.

- Só eu sei como te deixar excitada, como acabar com esse animal que tem dentro de você, acha que vou te dar assim para qualquer cara que conhece na esquina. - aperto um pouco seu pescoço, ela sorri com aquilo.

- Eu não sou sua propriedade como sua esposa, acho melhor você voltar pra ela, e deixa que eu cuide disso quando ela não der conta. - diz segurando meu pênis por cima da roupa, levantei o vestido dela acariciando sua intimidade.

- Acha que sexo no banheiro é o meu fetiche?

- Não, é o meu. - viro seu corpo e mantenho ela colada a porta, levanto mais daquela peça que a cobre notando que usa a lingerie que dei para ela.

Rasguei aquela peça jogando em um canto qualquer do banheiro, a ouso resmungar sobre aquilo, minha mão acaricia mais sua intimidade, posso ouvir seu gemido baixo ao me afastar dela.

- Quero meu presente de casamento. - digo abrindo o cinto, e desabotoando minha calça.

Vejo ela se ajoelhando em minha frente, mordendo meu pênis com alguma força, seguro o grito mordendo o lábio inferior com brutalidade, minha boxer vai ao chão, ela lambe o sangue que escorre da mordida.

- Como vou explica isso pra ela agora?

- Fácil, faz sexo no escuro e usa um dos vibradores dela, eu disse que esse local é meu se você não vai dizer adeus. - meu membro é envolto por sua boca que me suga.

Ela crava suas unhas em minhas pernas, lembro das muitas vezes que menti para não mostrar as marcas que ela me faz para agora minha esposa, meu sémem escorre por sua boca, puxo se cabelo a fazendo se levantar.

- Vou apagar qualquer marca que aquele ser fez em você, só eu posso marcar sua pele.

Abro o zíper daquele vestido o deslizando sobre seu corpo, sua pele se arrepia, posse ver que em seus seios ainda tem marcas minhas, mordo seu ombro arrancando sangue também, ela geme com a dor, mesmo sentindo o latejar de dor e desejo em meu pênis me afundo na intimidade dela.

- Diz meu nome. - ela empina mais os quadris a procura de mais contato.

- Geme o meu também. - posso a ver sorrir pelo espelho. - Yas...YASMIN.

- Mar...Mar... Mark, fode mais fundo.

Aumento a profundidade das estocadas a fazendo gemer alto, meu pênis esta sendo apertado por ela, gozo preenchendo aquele espaço só meu, antes de poder raciocinar ouvimos batidas na porta.

Yasmin pega seu vestido o colocando olha pra mim e me beija ela desliza sua boca por meu pescoço mordendo minha pele na altura da clavícula, depois se soltando e sentando no balcão que há ali, eu por fim me visto e só ai percebo que não posso sair por onde entrei.

- Vai ter que pular a janela. - diz simples apontando para o local. - Vai se não vão começar a desconfiar.

- Te vejo daqui dois dias no seu apartamento, e é bom estar lá. - digo por fim sumindo pela janela.

Caminhei pelo jardim olhando a lua, voltei ao salão vendo por fim minha esposa se despedindo da minha amante, o rapaz que a acompanha segura ainda mais firme sua cintura, me despeço dos meus convidados e passo por eles puxando minha esposa, queria evitar me perder mais ainda no corpo da minha amante.

Tradução da musica:

Estou Em Chamas

Ei, garotinha, seu pai está em casa?

Ele foi embora e te deixou sozinha?

Eu tenho um desejo perverso...

Oh, estou em chamas

Diga-me agora baby, ele é bom pra você?

Ele pode fazer pra você as coisas que eu faço?

Eu posso te levar mais alto

Oh, estou em chamas ...

20 января 2020 г. 12:01:47 0 Отчет Добавить 0
Конец

Об авторе

Прокомментируйте

Отправить!
Нет комментариев. Будьте первым!
~