anjosetsuna Anjo Setsuna

Sentimentos declarados, ou stalkeados, você ama um NEET não faz diferença. Coletânea de contos com a temática do Dia dos Namorados com os sêxtuplos.


Фанфик Аниме/Манга Всех возростов.

#imagine #totoko #choroxnyah #osomatsu-san #dia-dos-namorados #dia-de-são-valentim #valentine's-day
0
1.0k ПРОСМОТРОВ
Завершено
reading time
AA Поделиться

Amore Amaro

Dentre os sêxtuplos Choromatsu sempre se considerava o menos lixo, afinal, ele era o grilo falante da família, a voz da razão, aquele que tentava sair da vida de NEET* procurando emprego. Claro que ele acabar em lojas de otakus durante suas tentativas era apenas um mero desvio de curso que não fazia mal a ninguém.

Não lembrava ao certo como conhecera a idol de orelhas de gatinho, só sabia que havia sido amor à primeira vista, ousava dizer que ela rivalizava em seu coração com a Totoko no quesito idol mais adorável.

— Nyah-chan! Nyah-chan!

Gritava a plenos pulmões em frente ao pequeno palco da apresentação. Luzes brilhantes cortavam o ar, ela reluzia aos olhos do homem de modo especial, ele tinha certeza que a cantora o encarava. O palco parecia escorregadio da apresentação anterior, haviam usado espuma como efeito, por vezes a garota quase caiu com alguns passos.

— Cuidado!

Choromatsu conseguiu gritar antes do próprio corpo amparar a queda da idol de cima do palco. Sentiu algo quente e macio em seus lábios, um beijo desastrado cortara sua boca, fazendo a garota se desculpar nervosamente antes de voltar para a apresentação. O calafrio que sentiu com os olhares dos outros fãs quase o fez correr, afinal ele havia beijado a querida musa de todos ali, mas logo alguns seguranças levavam-no para os fundos do estabelecimento para dar auxílio médico.

Estava estático, sentado num banquinho do pequeno camarim, segurando uma bolsa de gelo na cabeça. Permanecia atordoado, não sabia ao certo se era por causa do beijo, a dor do pequeno corte ou a pancada na cabeça ao cair no chão quando pegou a garota. Foi tirado do estupor quando ela entrou e seu perfume cítrico preencheu o ambiente.

— Nyah-chan... – conseguiu murmurar, ainda não acreditava que a via de tão perto.

— Olá, muito prazer! – a garota fez uma pequena reverência em cumprimento – Obrigada pela ajuda... – seu olhar perguntava o nome do homem.

— Ah, Choromatsu Matsuno. Muito prazer. Eu sou um grande fã seu!

— Ah sim, claro. Matsuno-san. Espero contar com seu apoio sempre.

O sêxtuplo em toda sua empolgação não percebeu o olhar aborrecido da idol, provavelmente ela devia estar cansada de ouvir aquilo. Um autógrafo foi dado e algumas fotos tiradas, logo o homem era enxotado dali pelos seguranças, não antes sem assinar um papel que assentia em não processar ninguém pelo acidente.

Só quando de fato chegou em casa Choromatsu vibrou feito um maluco, beijando a foto da idol e tocando os lábios de forma nostálgica. A ficha caíra, havia beijado sua estrela favorita, amparado seu corpo e ficado perto dela. Ria de forma doentia, até que Todomatsu, que havia chegado pouco tempo depois dele, gritou para que ele calasse a boca.

O terceiro filho começou a reunir seus trocados e vender algumas de suas figures só para ir nos shows da idol de gatinho. Ficava sempre até os últimos minutos, na tentativa de vê-la nos bastidores ou na saída, mas sempre era barrado como a maioria dos fãs. Sua obsessão aumentava, em uma das tentativas conseguiu ver a garota entrando em um carro e a seguiu. Queria entregar seu chocolate do Dia dos Namorados pessoalmente, não confiava no fã clube da cantora para tarefa tão importante.

Quando finalmente haviam deixado a garota só, se infiltrou no complexo de apartamentos velhos sem ser notado. Ainda conseguiu ver alguns fios rosas deixando o corredor e fechando uma porta atrás de si. Olhou a numeração, 402, deixaria na caixa de correio o pacote, já estava feliz de ter aquele pequeno segredo do endereço só para si. Mas seus pés pareciam mais sinceros que sua mente, assim como as mãos, logo estava girando a maçaneta, sorrindo pela porta estar destrancada.

— Nyah-chan...

Chamou baixinho, o pequeno corredor de entrada estava vazio e uma tiara de orelhinhas de gato estava jogada no chão, assim como algumas roupas. Deu mais alguns passos, viu uma peruca cor de rosa jogada no sofá e escutou um cantarolar baixo vindo da cozinha. Uma garota de cabelos escuros estava de costas, parecia cortar legumes.

— Nyah-chan! - Choromatsu chamou firme, fazendo a garota gritar.

— Quem é você!!! – apontava uma faca em direção ao homem.

— Nyah-chan, sou eu! Lembra, Matsuno-san. Eu... – parecia indeciso – Vim entregar seu chocolate do Dia dos Namorados. Você... Nossa você é assim sem a peruca, tão linda! – Deu mais alguns passos em direção a garota.

— Eu não sei como entrou aqui, mas fica longe de mim! Seu maluco! Como achou a minha casa???

— Calma Nyah-chan! Eu te salvei, não se lembra? No palco! – apontou a pequena caixa de chocolates em direção a garota – Viu, é só chocolate.

— Fica LONGE DE MIM! – ela gritou, a faca tremia em suas mãos – Seus otakus malucos! Não basta terem invadido o camarim no outro dia? Seus doentes! É a minha casa, minha casa!!!

— Me-me desculpe! Foi sem querer! Eu só ia deixar o pacote, eu juro, eu!!

A idol avançou insana contra Choromatsu, que por pouco não foi esfaqueado, saiu correndo para longe dali, sem seus sapatos que deixara na entrada. Quando parou a alguns quarteirões de distância, riu, ela era tão adorável quanto Totoko com aquele rostinho zangado.

FIM.

14 февраля 2020 г. 1:56:46 0 Отчет Добавить 0
Прочтите следующую главу Hexágono

Прокомментируйте

Отправить!
Нет комментариев. Будьте первым!
~

Вы наслаждаетесь чтением?

У вас все ещё остались 2 главы в этой истории.
Чтобы продолжить, пожалуйста, зарегистрируйтесь или войдите. Бесплатно!

Войти через Facebook Войти через Twitter

или используйте обычную регистрационную форму

Больше историй

Revive Revive
Ode to Meteora Ode to Meteora