Final de semana Подписаться

ohlalalaka Laís Rodrigues

[KAISOO] [+18] [A SINOPSE PARECE, MAS NÃO É HÉTERO] Onde Jongin adorava ir para a casa de sua namorada aos finais de semana.


Фанфик Группы / Singers 18+.

#pwp #kaisoo #exo #KyungsooTops #JonginBottom #sookai
0
3.2k ПРОСМОТРОВ
Завершено
reading time
AA Поделиться

Único

Todo fim de semana Jongin ia para a casa da namorada. Os pais dela fizeram uma viagem que duraria dois meses então era perfeito.

Isso se não fosse por um pequeno problema. Um gostoso probleminha.

Jongin admitia que nas primeiras vezes se empolgava para poder ir vê-la e foder juntos o fim de semana inteiro. Porém tudo mudou com a volta do irmão dela. Ao invés de pensar nas curvas delicadas da moça, só conseguia vir na sua cabeça o corpo masculino gostoso de seu cunhado. Conheceu Kyungsoo em um sábado que estava lá e logo de cara sentiu seu corpo esquentar com o olhar intenso que lhe foi lançado e o aperto de mão firme, mostrando como ele era forte.

Sempre que ia lá era o mais velho que lhe recebia na porta. Fingia que não percebia quando a mão alheia ia para sua cintura apertando de leve a curva apenas para lhe guiar até a sala. Ou então quando estavam jantando todos juntos e Kyungsoo deixou cair seu garfo, na hora de pegar acariciando disfarçadamente sua coxa, lhe fazendo suspirar.

O auge foi na madrugada de um domingo quando desceu para beber água. Seu cunhado estava na cozinha bebendo um chá e deu a justificativa que estava sem sono. Ao passar ao seu lado para sair do cômodo e voltar para o quarto, sentiu uma mão ir para sua cintura e puxá-lo. Mal teve tempo de reagir e sua boca foi tomada por lábios carnudos. Derreteu-se com a pegada firme do mais velho e levou a mão para a nuca do outro sentindo os fios curtos em sua palma. Não conseguia sentir culpa pelo seu relacionamento quando tinha um homem lhe beijando com tanta vontade e luxuria. Naquela madrugada amanheceu no quarto de Kyungsoo, com ele lhe fodendo bruto.

Passaram dois finais de semana encontrando-se escondidos. Logo que sua namorada dormia, andava para o quarto no final do corredor, onde Kyungsoo já se encontrava pronto para lhe fazer enlouquecer.

No penúltimo final de semana do segundo mês, sua namorada avisou que não estaria em casa nesse fim de semana pois iria passar com uma amiga. Ótimo, isso significava que poderia gemer o quanto quisesse e o quão alto conseguisse. E era isso que fazia agora.

O membro grosso entrava e saia repetidamente de seu interior causando um barulho molhado devido o lubrificante e pré-gozo do mais velho e isso somado ao som dos corpos se chocando apenas excitava ainda mais os dois homens. Jongin tinha os olhos fechados e a boca entreaberta deixando gemidos finos saírem, expondo todo o prazer que nunca sentiu com uma garota.

Kyungsoo aproveitava a visão espetacular que tinha do moreno embaixo de si. Levou a mão até o rosto alheio, acariciando a mandíbula marcada do mais novo. O Kim segurou a mão que lhe acarinhava e apertou em um carinho fofo que foi transformado em erótico ao guiar os dedos longos para sua boca, onde o menor enfiou dois dedos fazendo-o chupar com vontade. Chupava o dígitos como se fosse o pau delicioso que estocava dentro dele.

- Meu garoto é tão lindo - elogiou Kyungsoo tirando os dedos molhados de saliva da boca do outro e os guiou aos mamilos eriçados, acariciando a área e tendo como resultado um Jongin manhoso.

Desde que passou a se envolver com o Do, o moreno descobriu pontos sensíveis em seu corpo que pensava que não tinha e os mamilos era um deles.

- Que tal você ficar de quatro pro seu homem, hein? Quero te foder olhando esse rabo maravilhoso - sussurrou para o moreno que concordou todo molinho

O menor saiu de dentro do interior alheio, deixando um selinho na boca carnuda e o ajudou a se virar ficando na posição desejada. Kyungsoo apertou com vontade as bandas fartas e salivou com o buraquinho vermelho e maltratado que era exposto pra si, antes de guiar seu pau para a cavidade alheia. Soltou um gemido rouco ao sentir como o parceiro ainda estava apertadinho mesmo depois de tudo que fizeram. Voltou a se mexer, ficando hipnotizado com as nádegas alheias que balançavam com o movimento de seus quadris então não evitou em dar um tapa na banda esquerda, o que fez Jongin fraquejar no colchão ficando com a cara enfiada no travesseiro, apertando-o com tamanho prazer que sentia. Rebolou contra o pau alheio soluçando em como o preenchia tão bem.

- Soo... - gemeu abafado sentindo a cabecinha acertar seu ponto doce repetidamente

- Você tão gostoso, moreno. Tão perfeito pra mim. Só meu. - rosnou aumentando a velocidade de seus movimentos e pegando o membro alheio fazendo uma carícia leve, porém foi o suficiente para o Kim tremer.

O Do ouviu a porta de entrada se abrir e fechar, o que só poderia significar que sua irmãzinha tinha chegado mais cedo. Sorriu travesso com a ideia maldosa que teve.

Mais do que rápido, pegou Jongin no colo, sem sair do interior dele, e o fez sentar de costas para si e de frente para a porta do quarto. Ao escutar passos na escada, começou a estocar com força a próstata do moreno ao mesmo tempo que o punhetava. Jongin gritava com os estímulos que recebia, era demais para seu corpo aguentar. Já podia sentir os espasmos ficarem mais fortes a cada segundo e pontos pretos tomarem conta de sua visão, suas coxas tremiam e sua ereção latejava, sentia que teria o orgasmo mais intenso de sua vida. E foi o que aconteceu.

Sentiu-se um virgem que goza pela primeira vez com as sensações que alastraram seu corpo de tão fortes que foram. Antes de desmaiar, a última coisa que viu foi o rosto chocado de sua namorada quando abriu a porta do quarto.

4 октября 2019 г. 23:45:24 0 Отчет Добавить 0
Конец

Об авторе

Laís Rodrigues × Trouxa que sofre por asiáticos e shipps gays × Only Exo-l × Quem shippa hétero e seho, vaza daqui x Fugitiva do spirit

Прокомментируйте

Отправить!
Нет комментариев. Будьте первым!
~

Больше историй