kalinebogard Kaline Bogard

Segunda temporada de "Amor em Pigmentos". Shino e Kiba se descobrem Almas Gêmeas: esse fato trouxe cores à realidade de Kiba e luz para a de Shino. O mundo se transforma, então eles decidem investir na relação. Tudo segue muito bem, até que um descuido transforma a vida de ambos e põe por terra todos os planos que eles tinham para o futuro.


Фанфик Аниме/Манга 18+.

#yaoi #lgbt #Humor #drama #soulmates #Omega-Kiba #Alpha-Shino #omegaverse #abo #shinokiba #naruto #kiba #shino
2
4.5k ПРОСМОТРОВ
В процессе
reading time
AA Поделиться

A cor de uma missão

* Naruto é um anime e não me pertence. Feito de fã para fãs sem fins lucrativos.

* As imagens usadas nessa fanfic não me pertencem. Foram retiradas do Google e editadas para servir de capa. Deixo os créditos aos devidos artistas.

* Não foi betada, revisei com cuidado. Mas erros sempre escapam.

* Dedicada a todos os fãs do casal. Eu estava em dúvida entre seguir essa temática ou "Visco de Sangue". Mas a ideia de trabalha uma gestação durante a gravidez. Não descarto Visco, claro. Sou daquelas que nunca diz nunca. Huasuahsau. Tenho 25 capítulos até o momento! E correndo pra terminar logo.

* Boa leitura


---

— Naruto, preciso de ajuda! — Kiba falou ofegante, tão logo chegaram ao telhado do colégio, para onde tinha puxado o melhor amigo.

— Aconteceu alguma coisa? — não compreendeu a urgência do outro.

Kiba olhou de um lado para o outro. Faltava pouco para acabar a hora do almoço e começar o período do contra turno, o telhado estava vazio, exceto pelos dois. Mesmo assim, agarrou a manga do uniforme de Naruto e o levou para o cantinho.

— Quero que compre uma camisinha pra mim.

Naruto ficou em silêncio, ruminando as palavras daquela frase.

— Que caralho, Kiba!

— Não me zoa, maldito! É sério…

A fala ofendida foi interrompida quando Naruto passou o braço pelo pescoço de Kiba, num mata-leão de brincadeira cheio de empolgação e passou a bagunçar os cabelos castanhos.

— Tá pensando em fazer com o Shino, é?! — riu — Crianças crescem tão rápido!!

— Porra, cara! — Kiba tentou se soltar, porém mesmo sendo um gesto de brincadeira, não era algo do qual podia se livrar assim tão fácil.

Mas Naruto estava certo. Namorava com Shino há quase seis meses. Eram companheiros destinados, não apenas unidos pelo lado shifter de cada um, mas se apaixonando pouco a pouco pelo lado humano.

Kiba sentia que estava na hora de dar aquele importante passo na relação. Mais do que sentir, ele queria. E isso o deixava inquieto e impaciente nas últimas semanas.

— Não precisa ficar tímido — Naruto o libertou, ainda rindo — Tá com vergonha de entrar na farmácia? Se tiver uma mulher atendendo é meio constrangedor mesmo.

Tanto despojamento irritou Kiba. Tinha em Naruto um grande amigo e parceiro de travessuras, todavia, algumas vezes o jeito distraído o magoava profundamente. Sem querer, claro, o que não diminuía a tristeza.

Acabou por acertar um tabefe na nuca de fios loiros, descontando toda a frustração.

— Não tenho porra de vergonha nenhuma, seu cuzão. Se pudesse eu comprava sozinho!

— Kiba, então por que quer minha ajuda?

— Porque eu um Ômega, caralho! E menor de idade! Só posso comprar camisinha com autorização do responsável! Como é que eu vou pedir algo assim pra minha mãe ou pra Hana-nee?!! — hesitou — Tá, pra Hana eu até posso pedir, mas ela não sabe disfarçar! Vai ficar cheia de “nhommm” pra cima de mim e a mamãe vai descobrir!

O diálogo inflamado serviu para extravasar a raiva e decepção que Kiba sentia. Ele aprendeu na última traquinagem (justo a que o fez conhecer Shino), que havia regras diferenciadas para Alphas, Betas e Ômegas que eram importantes para a segurança e boa convivência.

Porém, apesar de toda a evolução social, algumas coisas irritantes permaneceram paralisadas no tempo. Entre elas, Kiba descobriu com tristeza, só podia comprar itens de teor sexual quando fosse maior de idade! Exceto se a pessoa responsável por ele desse uma procuração assinada ou estivesse presente.

— Não sabia, cara. Que foda — Naruto ficou chateado pelo outro. Era um Beta, tinha muita liberdade de ação — O Shino deve ter alguma na carteira, não?

— Nunca perguntei — Kiba deu de ombros — Queria ter algumas também, sei lá.

— Depois da aula a gente vai comprar — Naruto sorriu cheio de dentes.

— Você já comprou antes?

— Não, né? — ele fez um bico. Pra que compraria? Era o peste número um do colégio, nunca ninguém se aproximou dele com interesse, nem ele se sentiu atraído por alguém — Mas nem deve ser tão difícil. Ou será que só Betas maiores de idade podem comprar?

— Não. A regra é só pra Ômegas — Kiba descobriu fazendo pesquisas mais... maduras na internet.

— Suave, considere compradas!

Kiba sorriu, voltando a se animar.

— Perfeito! Nossa nova missão!

Os dois trocaram um soquinho de punhos, firmando a promessa. Depois disso a ansiedade fez as horas passarem muito mais lentas do que eles gostariam.

---

Pois bem. Após o término das atividades dos clubes, Naruto e Kiba se encontraram no portão da escola, prontos para a louca aventura de comprar uma camisinha. O tempo era curto, Naruto trabalhava em restaurante de lamen depois do colégio. Precisavam se apressar.

Mas tal aventura se mostrou mais complicada do que pensaram.

Na primeira farmácia, ambos entraram e foram dar voltas ao redor do mostruário onde estavam os pacotes com camisinha. Isso lhes valeu um olhar desconfiado de reprovação por parte do atendente que os fez fugir rapidinho do local.

— Acho melhor você ficar esperando do lado de fora — Naruto sugeriu enquanto caminhavam para outra loja. Sentiu na pele como algumas coisas podiam ser complicadas para um Ômega.

— Que porra — Kiba resmungou com as mãos no bolso, mal humorado. Não rebateu a oferta, devia ser a melhor opção mesmo.

Ao chegar na segunda farmácia, Naruto entrou e foi confiante até as camisinhas expostas no canto perto do balcão. Pegou cinco e caminhou até o caixa.

O funcionário, que não era bobo nem nada, cruzou os braços e analisou Naruto com ar de reprovação.

— São pra você? — perguntou.

— Sim! — Naruto respondeu rápido demais.

— Ah, porque se forem pro seu amigo ali vou precisar da autorização por escrito — acenou na direção da porta, onde Kiba espiava atentamente, meio escondido e cheio de curiosidade.

Naruto engoliu em seco, largou as embalagens no balcão e saiu pisando duro.

— Não deu certo? — Kiba perguntou quando o outro o alcançou. Isso lhe valeu um tabefe na nuca tão dolorido quanto os que Tsume lhe presenteava.

— Cara, que vacilo! Você ficou com esse carão na porta e o vendedor matou na hora!

O Ômega arregalou os olhos e sentiu-se um tanto culpado. Na próxima vez ia esperar na esquina para não correr riscos.

Infelizmente na próxima farmácia quem estava no balcão era uma jovem Ômega linda de parar o trânsito, a personificação da simpatia. Naruto entrou e deu incontáveis voltas entre as prateleiras, meio envergonhado de passar com as camisinhas pelo caixa.

Demorou tanto circulando lá dentro, que a menina resolveu interferir:

— Precisa de ajuda?

— Não! — Naruto respondeu depressa e saiu sem pegar nada.

Foi a vez dele de receber um tabefe. Kiba não acreditou na chance desperdiçada!! Que missão impossível era comprar uma simples camisinha!!

Depois de breve ponderação, resolveram tentar uma loja de conveniência. Pois a probabilidade de ter mais de um caixa funcionando era alta!

E deram sorte. Havia uma kombini por ali. Kiba esperou na esquina do quarteirão novamente. Apenas Naruto entrou na loja. Estudou o ambiente: dois caixas estavam funcionando, ambos os atendentes eram rapazes.

Pôde pegar os pacotinhos, passar pelo balcão e pagar com o dinheiro que Kiba havia lhe entregado anteriormente. Foi um sucesso total!

Quando reencontrou com o amigo, a expressão em seu rosto foi a certeza de que o plano funcionou daquela vez.

— Vamos lá pra casa! — Kiba resolveu, o coração ia aos saltos. Sentia-se até uma espécie de traficante negociando drogas ilícitas.

— Okay! — Naruto não perdeu a chance. Passava das cinco horas da tarde, mesmo se corresse não chegaria a tempo no arubaito. Se fosse à casa do amigo, provavelmente seria convidado para jantar! E a comida de Tsume-kasan era uma delícia, considerava uma troca equivalente pelo dia que seria descontado!!

---

Tsume soube que tinha algo errado no instante em que os meninos pisaram no genkan.

— Tadaima! — gritaram ao mesmo tempo antes de passar como dois pequenos furacões em direção às escadas e sumir das vistas.

— Okaeri — ela respondeu para o ar, estreitando os olhos.

Da última vez que eles se comportaram de tal forma, foi chamada pela polícia que apreendeu seu filho tentando invadir um banho público só para Alphas.

— Santo inferno — ela resmungou jogando as mãos para o alto — Esse moleque nunca vai ter juízo.

Entrementes, os garotos chegaram ao quarto de Kiba, fecharam a porta (e o dono do quarto colocou a mochila contra a porta. Tsume proibia que trancasse, isso ao menos serviria para avisar caso alguém tentasse entrar sem convite). Naruto se acomodou na cama, tirou a mochila das costas e resgatou as cinco embalagens quadradas de um dos bolsos.

— Toma.

— Caralho, Naruto! Obrigado — o sorriso de Kiba era tão grande que mais um pouco dividiria seu rosto em dois. Puxou a surrada carteira do bolso, os símbolos Hokage que a ilustravam iam desbotadas pelo uso. Abriu e guardou duas embalagens no compartimento de notas, vazio até então.

Fechou a carteira e mirou Naruto com os olhos brilhando. Se sentia tão adulto!

— Faça bom uso delas! — o Beta cruzou as mãos atrás da nuca, divertido.

A certo ponto da aventura Naruto desanimou e pensou que Shino era um Alpha e com certeza tinha suas próprias camisinhas. Mas não teve coragem de relembrar Kiba da possibilidade. O amigo já se sentia injustiçado por ser Ômega e ter que lidar com as barreiras do dia a dia. Jogar a liberdade de um Alpha na cara de Kiba, após os fracassos tentando comprar as desejadas camisinhas, era insensível até para alguém sem muita noção como Naruto.

— Vou usar muito bem! — o Ômega garantiu indo guardar as outras três na gaveta de cuecas, lá no cantinho do fundo, enroladas em uma boxer preta, só por garantia — Depois te conto tudo!

— Só não precisa dar muito detalhe — Naruto debochou, coçando a ponte do nariz.

Kiba fez uma careta e mostrou o dedo do meio. Claro que não ia contar detalhes da sua intimidade!

— Besta — Kiba resmungou.

— Não acredito que você vai transar primeiro! — debochou gargalhando.

A frase incomodou o outro garoto.

— Só porque eu sou um Ômega? — perguntou ofendido.

Naruto balançou a cabeça, veemente:

— Claro que não, besta! Porque você é um crianção lerdo, ué!

— Crianção lerdo é teu rabo! — ele irritou-se, no fundo um tanto aliviado, e foi pegar os controles do videogame. Não trocaram os uniformes, nem fizeram a lição. Ficaram jogando, rindo e se provocando até que Tsume os chamou para jantar.

Ambos levaram uma bronca fenomenal, com direito a puxão de orelha. Nada que já não estivessem acostumados. A atitude bem humorada e despojada da duplinha colocou até mesmo Hana em alerta. Aqueles dois planejam algo, ficou óbvio. Mãe e filha trocaram um olhar de entendimento. Sermões não adiantariam de nada, só os faria ficar na defensiva. Hana podia tentar escavar alguma informação depois com o irmão.

Mas pelo que conheciam de Kiba a única solução era aguardar a traquinagem. E torcer para que não fosse nada grave ou absurdo.

E que não trouxesse consequências pesadas.

7 июня 2019 г. 11:23:42 3 Отчет Добавить Подписаться
1
Прочтите следующую главу A cor de um equívoco

Прокомментируйте

Отправить!
Isís Marchetti Isís Marchetti
Olá, tudo bem? Faço parte do Sistema de Verificação e venho lhe parabenizar pela Verificação da sua história. Se tem alguma coisa que sempre me deixa confusa quando eu leio algumas histórias, essa é a hierarquia entre Alphas, Ômegas e Beta... Juro que eu não consigo entender nada! Eu não sei se é tipo um tema livre que qualquer um usa da maneira que quer ou se eu que sou muito leiga mesmo, porque a impressão que eu tenho é que as pessoas usam para os fins que querem e não tem uma regra realmente válida, quando eu tentei pesquisar sobre o assunto, juro que a minha situação de desentendimento só piorou haha. Enfim, eu achei bem legal você escrever sobre essa abortiva e ainda usar Shino e Kiba, confesso que é a primeira vez que leio algo sobre esse shippe e eu achei que combinou bem até. A coesão e a estrutura do seu texto estão ótimas, a sinopse está interessado e aguça a curiosidade. A narrativa está excelente e os diálogos bem construídos, juntando tudo isso, podemos ver uma obra prima. Quanto aos personagens, eu achei bem legal a relação que Kiba tem com o Naruto, é como se eles fossem muito mas muito mesmo amigos, aquele que pode contar sempre que precisar. Quanto ao Kiba eu nunca imaginei ele como um Ômega, ainda mais se compararmos ele com a personalidade do anime mesmo, ele seria o tipo de pessoa que é arrasadora, talvez o famoso Alpha, e eu achei isso bem legal, porque você vai reescrever alguns pontos da personalidade dele para poder se adaptar com o fato dele ser um Ômega. Já o Shino, ainda não tenho muito o que dizer sobre ele, mas visando o seu status, ele deve ser completamente diferente daquilo que estamos acostumados a ver. Quanto à gramática, você escreve muito bem, seu texto é um colírio para os olhos e eu não consegui achar nenhum erro que prejudicasse a leitura. Desejo a você sucesso e tudo de bom. Abraços.

  • Kaline Bogard Kaline Bogard
    Olá! Tudo bem? Olha, eu sou tipo muito fã de Omegaverse, então sou suspeita pra defender. Mas eu amo trabalhar a dualidade homem/animal e adaptar isso aos traços de personalidade. A premissa mais básica é aquela coisa de matilha: você tem o Alpha, que é o cara fisicamente mais forte, que tem traços de liderança, e é uma figura a ser seguida, geralmente ele tem um “algo” mais selvagem e agressivo, que a parte humana “mantem sob controle”, mas que pode se descontrolar em certas ocasiões. Tem outros detalhes como o “heat”, tipo uma vez a cada período de tempo o Alpha sofre um tipo de cio e é quando ele sai em busca de um Ômega para copular, aquele lance de continuar a espécie. Dai tem os Betas, que são pessoas “comuns”, um pouco mais fortes que os Omegas, mas mais fracos que os Alphas, eles não têm cio nem são influenciados por um. E por último os Omegas, eles são os mais fracos e o lado animal deles é mais... gentil, acolhedor, é o oposto dos Alphas. Omegas também tem cio: eles usam o cheiro pra atrair um parceiro compatível. Quando a gente passa isso pra sociedade, é tipo: 100 pessoas... teríamos mais ou menos 10 Alphas, 85 Betas e 05 Omegas. Uma sociedade não precisa de muitos líderes (Alphas) e o número de Omegas vem como equilíbrio. Essa proporção é só pra ajudar a ver como seria. Porque tudo o que eu falei é senso comum, os autores têm liberdade total de adaptar, melhorar, mudar tudo dentro do universo. Eu mesma já escrevi ABO sem cio, ABO com cio, ABO com Omegas quase extintos, ABO em que os Omegas tem um papel mais importante dentro do grupo do que só trazer harmonia. Por isso eu amo o estilo: você pega o tema... e pode criar cada coisa impressionante! Agora as personalidades. É o que mais me incomoda em ABO, o pessoal acha que um Ômega tem que parecer e agir como um Ômega, mas a questão da casta vai um pouco além disso. Quando a gente pensa em Inuzuka Kiba, ele é o menino que tá brincando de pique com o cachorro enquanto os outros estão treinando, crescendo e amadurecendo. Ele é impulsivo e mal humorado e se acha o mais forte do time. Mas o Kiba perdeu pro Naruto, perdeu na luta da invasão, quase morreu e foi salvo por um ex-inimigo... ou seja, fisicamente ele é no máximo mediano, isso é traço de Omega, não de Alpha. Ele é arrogante com as pessoas, mas trata o Akamaru com cuidado, por baixo da “casca grossa” tem alguém que é fofo e não sabe mostrar isso, o famoso tsundere. Quando conheceu a Tamaki e teve algum interesse sexual nela, o Kiba travou, ele não conseguiu nem falar “oi”. Ele arrota arrogância e é todo tímido e travado. Hauhsuashuahsua acho uma fofura. Então por mais que ele tente e queira ser Alpha, no fundo ele é muito Omega, um filhotão. Do outro lado temos o Shino, que é reconhecidamente muito forte (até o povo da Akatsuki admite que quase o raptou porque ele é mesmo forte), um homem que controla milhares de insetos, ou seja, ele é um líder dessas criaturinhas, e ele tem que gostar de ter controle, porque senão já tinha pirado. O Shino é observador, introspectivo e direto. Ele deixa o Kiba fantasiar por aí, mas tá sempre por perto pra manter ele com o pé no chão. O Shino é a referência que o Kiba segue, um Alpha. E isso é outra coisa que eu amo em ABO: a gente sair do obvio, ir além da aparência e juntar traços para compor a personalidade como um todo. Ai tem a amizade NaruKiba. Isso foi uma das grandes falhas de desenvolvimento, até entendo os motivos do Kishimoto, mas... toda sala de aula tem aquela dupla de pestes. E os dois sempre se juntam pro terror do professor. Em alguns episódios a gente ve o Naruto e o Kiba matando aula pra brincar, nadar, roubar frutas. Porque esses dois são os pestes da sala do Iruka. Criança nessa idade tem muito de se unir a quem é parecido. E os Inuzuka são cães, cães acolhem, cães são fieis e se dedicam. É muito difícil imaginar um cenário em que a Tsume não ia “adotar” esse menino solitário e desgarrado, o Kishimoto tinha um objetivo pro anime e eu entendo, mas gosto de “corrigir” isso nas fanfics. Enfim, eu amo omegaverse, acho que é um gênero injustiçado, alguns autores usaram mal, dai ABO ganhou má fama, mas é um gênero como outro qualquer: nas mãos de um bom autor pode render histórias maravilhosas! E se deixar eu fico aqui falando o resto da vida xD Obrigada pelos elogios e pela verificação! Fiquei feliz! Abraços!! July 30, 2020, 12:03
  • Isís Marchetti Isís Marchetti
    Aaah, eu amei demais a sua explicação, e realmente faz todo o sentido Kiba ser mais como Ômega do que Alpha agora que você explicou melhor como as coisas são. Eu amei ver como você se empolgou em sua explicação, isso só mostra que o que você está escrevendo não passa só de uma história qualquer e sim que você esta passando seu conhecimento para frente. Espero poder me encontrar com mais histórias desse gênero e tão boas quanto às suas. Beijos August 04, 2020, 16:14
~

Вы наслаждаетесь чтением?

У вас все ещё остались 22 главы в этой истории.
Чтобы продолжить, пожалуйста, зарегистрируйтесь или войдите. Бесплатно!

Войти через Facebook Войти через Twitter

или используйте обычную регистрационную форму