Короткий рассказ
0
4.6k ПРОСМОТРОВ
Завершено
reading time
AA Поделиться

Enquanto ele estava dormindo

Bakugou permaneceu deitado, observando a face alheia serena e adormecida. A primeira coisa que pensou foi que ele é tão doce dormindo quanto é quando está acordado, isso o fez corar sentindo vontade de lhe morder as bochechas, mas se conteve e ficou a observá-las. Acabou por se distrair prestando atenção nas sardas pretas que se espalhavam por ela, se lembrando que diversas vezes a comparou com um céu noturno, por se parecerem um punhado de estrelas. Não conseguiu resistir, e as tocou com cuidado para não acordar o rapaz adormecido ao seu lado, e sem perceber começou a ligar as pintinhas com o dedo fazendo linhas imaginárias em seu rosto. Só parou quando o outro se mexeu, fazendo com que o loiro recolhesse a mão, depositando um beijo na bochecha do garoto, onde ele agora a pouco havia formado a constelação imaginária com suas sardas. Afastou a mão e não, mas o tocou com medo de acordá-lo, mas não se importava com isso, por que só de tê-lo ali ao seu lado já bastava. 

10 сентября 2018 г. 20:28:41 2 Отчет Добавить 0
Конец

Об авторе

Прокомментируйте

Отправить!
Way Borges Way Borges
A história é curtinha, mas tão fofa ❤ Amei ❤
11 сентября 2018 г. 7:24:47

~

Похожие истории