ageha_sakura Ageha Sakura

Sejam bem vindos ao Lonely Circus, onde os sonhos felizes se tornam pesadelos peçonhentos e a atração principal os aguarda para uma noite de terror e memórias infelizes. O Circo dos Solitários aguarda a sua presença.


Фанфик Группы / Singers 18+.

#matthewkim #jeonjiwoo #matthew #jiwoo #mattwoo #bmwoo #bwoo #kard
2
2.3k ПРОСМОТРОВ
Завершено
reading time
AA Поделиться

Único; o lugar onde sonhos se tornam pesadelos

Bom dia / Boa tarde / Boa noite


Seja todos bem vindos a "Lonely Circus"!


Essa é de fato a minha primeira tentativa com terror, não estou segura mas espero que gostem dessa bwoo inspirada na capa da @Ballon.


Boa leitura 💞


____________________


O Circo dos Solitários. É assim que chamamos o lugar onde as almas tenebrosas residem, perseguindo os sonhos felizes de cada criança até conseguirem transformá-los no pior dos pesadelos.


Existe uma lenda que narra a história dos protagonistas principais dessa horripilante atração circense, algo sombrio e que nos leva a viajar para o mundo onde agora eles são soberanos.


A muito tempo existia um casal de artistas muito famosos em um circo antigo e renomado, porém, um inesperado acidente aconteceu e levou a vida de um jovem malabarista e uma bela contorcionista.


Ninguém sabe ao certo dizer como e porquê eles se tornaram as atrações principais do Lonely Circus, mas aqui estão eles prestes a contracenar mais um de seus horripilantes espetáculos.


Sente-se jovem, sente-se criança indefesa, pois agora chegou o momento em que todos aguardavam ansiosamente. Por favor guardem os seus gritos de pavor e suas lágrimas de medo para a atração principal, pois agora tudo é apenas o começo.


A primeira atração é o nosso palhaço quase-sem-cabeça. Seu sorriso medonho de lábios rasgados em tom vermelho se aproxima cada vez mais da plateia, os suspiros de medo soltos por todo o espaço, até o momento em que ele fica cara a cara com uma pequena criança, alargando ainda mais o seu sorriso rasgado e mostrando os seus dentes afiados.


O primeiro grito vem a tona. Em poucos segundos mais um espectador desapareceu da plateia, acordando com um sorriso horrendo que o perseguirá por dias a fio, assombrando até mesmo os seus preciosos sonhos felizes.


O palhaço permanece com sua performance, em alguns momentos abrindo o rosto por completo e mostrando o verdadeiro motivo por trás de seu nome.


Sua boca havia sido rasgada por um homem bêbado em um espetáculo, usando uma garrafa de vidro. A morte havia sido instantânea, sua cabeça sempre pende para trás quando lembra do exato momento em que chegou ao circo. Seu sorriso maldito é o pesadelo de qualquer um, seja criança ou adulto, ele é uma maldição em pessoa.


O show encerra e a próxima atração vem em nossa direção, segurando um chicote em mãos com pontas afiadas e o lança em direção a plateia, quase atingindo qualquer um ali presente. Afinal, esse é o seu objetivo.


A domadora de almas está ali para recolher até a última gota daquelas crianças, talvez disposta a levar alguma delas ao mundo dos mortos e torná-la uma escrava dos solitários. É uma mulher misteriosa e de olhos tão vermelhos como sangue, capazes de hipnotizar e sugar a alma pelas janelas que lhe abrigam.


Seu chicote espinhento acerta o rosto de um adolescente franzino, esse que grita com agonia pela dor da pele rasgando, o que apenas causa risadas na mulher sádica a sua frente.


O primeiro choro vem a tona. Milhares de crianças começam a chorar assustadas com toda aquela situação, o pesadelo se tornando uma prisão para almas felizes e que muitas vezes pode mantê-las ali para sempre.


O seu público cai em prantos sendo que não demora muito para a atração principal chegar, trazendo consigo a dupla que criou aquele mundo peçonhento e aterrorizante, os responsáveis por cada lágrima e medo presente no circo de almas solitárias.


A jovem contorcionista surge voando por toda a tenda circense, deixando que suas vestes brancas banhadas em sangue dancem por todo o espaço, tocando e marcando o rosto daquelas inocentes crianças de olhos marejados.


Seu nome é Jiwoo, a mais bela contorcionista da história de qualquer circo, mas que no acidente o acabou perdendo suas pernas e morreu ensanguentada nos braços de seu amado, Matthew, o malabarista.


O jovem malabares teve uma estaca de madeira atravessada em seu tronco, os olhos derramaram lágrimas de sangue por perder sua amada em seus braços, mas agora ali estavam eles, contracenando mais uma peça horrenda nos pesadelos alheios, assombrando e devorando almas para que suas "vidas" permaneçam intactas no mundo em que criaram.


Matthew chega com pinos e começa a jogá-los para o alto, algo típico de sua profissão, mas que aos poucos vão mudando de forma e desaparecem no ar. Um sorriso maldito de lábios rasgados se forma em seu rosto. Seu olhar é medonho, um tanto maníaco, e aquilo era pior do que qualquer outra atração circense.


Em seus tempos de vida ele também chegou a praticar o lançamento de facas, e naquele momento não iria perder a chance de mostrar uma de suas habilidades como artista. Pegou as facas dispostas a mesa e com os olhos fechados ele as lançou em direção ao público, ouvindo o barulho de correria e gritos desesperados por fuga.


Eles queriam fugir, sumir da vista dos maníacos que perseguiam os seus preciosos sonhos e os transformavam em seus piores pesadelos.


Jiwoo sorria divertida com toda a situação, os olhos banhados em sangue observava todo o desenrolar, as mãos ossudas e com unhas pretas mexendo os fios para aprisionar aquelas crianças e transformá-las em suas prisioneiras.


Vamos brincar de marionete – sussurra a contorcionista que permanecia flutuando no céu, o pescoço se contorcendo de uma maneira medonha, o som dos ossos perseguindo e conquistando ainda mais gritos assustadores.


Deixe alguns deles para mim, querida. – disse o malabarista, ainda vendado e com o sorriso largo em seus lábios rasgados e pintados de vermelho.


Com todo prazer, querido.


As lágrimas e os gritos agonizantes tornaram-se música para os ouvidos dos demônios; quanto mais ansiavam por vida, mas ambos queriam roubá-las.


O pesadelo parecia não chegar ao fim, era uma tortura imensa e não conseguiam encontrar uma forma de escapar daquela prisão peçonhenta e solitária demais.


Crianças e adolescentes choram e pedem por seus pais, os corpos começam a suar e tudo parece sufocar, até mesmo as vozes parecem se perder em meio a escuridão.


E como se suas lamúrias tivessem sido escutadas, eles enfim acordaram de um terrível e nada passageiro pesadelo.



*Notas Finais:*


Primeiramente eu gostaria de agradecer a @hoojiny do projeto sunivers13 por essa belíssima capa, eu estou muito apaixonada e não tenho palavras para descrever o quanto amei. Vocês são incríveis 💞💖


Espero que tenham gostado, essa fanfic escrevi inspirada na capa do spirit da @ballon 💜 se estiver confusa eu sinto muito, tentei o meu máximo escrever algo diferente do que estou acostumada.


Twitter: @stephy_lilian

CuriousCat:
https://curiouscat.me/stephy_lilian


Nos vemos em uma próxima história 💕

10 сентября 2020 г. 12:54:57 0 Отчет Добавить Подписаться
2
Конец

Об авторе

Ageha Sakura >> why do you still wishing to fly? >> taekook is a cute world sope ; bwoo ; kaisoo ; markson ; hyudawn twitter: @stephy_lilian [Ficwriter]

Прокомментируйте

Отправить!
Нет комментариев. Будьте первым!
~