AA Поделиться

Cap 1

Eu nunca me senti que estivesse vivendo quem eu sou. Quem eu sou? Porque eu gosto do que gosto? Faço o que faço? Juro que não sei! Mas de uma coisa eu tenho certeza: Eu não gosto de quem eu sou.

É estranho porque eu sinto como se toda a minha vida estivesse errada, sabe? Eu vivo em um vazio profundo. Nada me agrada, nada me faz feliz, absolutamente nada. Como consigo continuar a viver assim ?

Acho que tentar achar o que me faz feliz é o que muita gente me diria pra fazer. Mas eis a questão, como eu sei que aquilo realmente me faz feliz? Como você tem certeza de que aquilo é você e não uma felicidade imposta pelos outros, que está tão enraizado dentro de você que isso se torna a sua verdade?

Eu só tenho questionamentos e incertezas e nenhuma certeza em minha vida, nem uma certeza. Não sei se já amei, não sei se já fui feliz, acho que não sei o que REALMENTE significa essas coisas. Eu só queria provar um pouco, só um pouco, pra saber como é, mesmo que eu não sentisse isso novamente, queria ter o prazer de conhecer uma única vez. Todas as experiências que me disseram ser amor, me parece tão distorcidas, tão dark.

Nada me traz prazer ou satisfação nessa vida, a menos, sexo, comida e compras. Parece extremamente fútil, eu sei. Mas eu estou tão desesperada por sentir alguma coisa, que quando algo me proporciona isso eu me jogo inteiramente nisso não importa o quão sujo, raso ou fútil isso seja.

O sexo me proporcionou muito prazer, mas também alguns traumas. Além de não gozar eu praticamente fui chamada de fake depois de uma tentativa com um cara que eu achava, sei la, que a gente teria um futuro. Acho que o meu desespero por sentir algo me faz ver coisa aonde não existe. Eu sou uma puta idiota kk. Quer dizer, eu queria aquilo, mas queria mais pra ele ficar comigo. Mas eu simplesmente não consegui! Minhas experiências foram extremamente traumatizantes, e continuam sendo. Não consigo nem pensar mais nisso que me da um medo paralisante. Provavelmente quando eu estiver em crise e louca por algo que me faça sentir viva eu procure algo novamente. Parece um pouco sadomasoquista? Eu também acho, mas não consigo evitar.

Com a comida, eu preciso realmente parar, embora eu ame meu peso atual (uma das poucas coisas que tenho certeza que amo nesse momento é o meu peso, apesar das gordurinhas e das celulites ) Mas definitivamente faz mal para minha saúde. Eu como e como até literalmente não aguentar mais, ate sentir vontade de colocar tudo pra fora e enjoar o gosto da comida. É desgastante e geralmente, minha crise aumenta logo depois, mas o processo, o mal estar me faz esquecer a minha angústia interna.

Comprar é quase orgástico pra mim. Sinto a sensação de poder, embora não tenha grana pra pagar metade de tudo que comprei. Me alivia a alma de uma forma indescritível. E como todos os pós, me pego sofrendo mais ainda. O alívio do momento compensa, sometimes

Viver tem sido uma tortura!



12 июня 2019 г. 6:49:58 0 Отчет Добавить 0
~