leonan-freitas1586137096 Leonan Freitas

Por muito tempo, a humanidade os louvou, clamou por eles e os adorou. Desenvolvidos nas mais diversas religiões, histórias e mitos, os anjos sempre foram símbolo do sagrado, do espírito. Mas quem eles realmente são? Onde vivem, o que fazem? Afinal, o nome "Anjos" estaria correto? Talvez as religiões tivessem acertado um pouco ao longo do tempo, ou estivessem completamente erradas, quem sabe? Este livro conta a história de dois irmãos, que através de dificuldades, provações e descobertas, irão descobrir a verdadeira origem dos anjos, enquanto aprendem mais sobre si mesmos.


Aventura Todo o público.

#ficção #adolescente #ação #fantasia #magia
0
4.0mil VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todos os Domingos
tempo de leitura
AA Compartilhar

Prólogo

Aquele seria mais um dia comum de verão para Elizabeth Sheridan, se não fosse pelo chá de bebê que ocorreria no castelo. Ela estava grávida de gêmeos, e a cada dia que se passava ficava mais difícil de manter sua rotina normal de guerreira e protetora, então agora se deu por vencida e decidiu tirar um descanso, e preparar uma pequena festa para suas crianças.
Arthur, seu marido, não estava por lá. Havia saído em missão, mas ela esperava que ele viesse para a comemoração da noite. Todos os Guardiões haviam sido convidados, mas é claro que alguns não participariam, devido aos afazeres importantes. Os amigos de Eli, como gostava de ser chamada, estavam ajudando com a decoração, já que ela não tinha condições de ajudar. Sua gestação era um pouco complicada, e devido aos seus esforços físicos, a causava muitas dores.
Conforme o dia foi se transformando em noite, as luzes naturais do céu começaram a refletir divinamente na parede do castelo, o dando um brilho prateado incrível, e a parte de dentro também não ficava para trás, a arrumação impecável demonstrava o compromisso de todos com os novos membros da família.
Então, aos poucos, o salão de festas foi ficando cheio. Poucos dali chegaram mesmo, como quase todos moram juntos naquela sede, a maioria só precisou descer uma escadaria e andar um pouco. Mas, alguns membros dos outros lugares da Ordem vieram também, já que eram poucos os que iriam perder uma festa dada por uma das mais famosas lutadoras do ramo. Todos estavam sendo recebidos por Elizabeth, que, depois de alguns momentos, deu início ao chá de bebê.
Então, bem atrasado, chegou o já velho e lendário Vidente/Guardião Willy. Não era esperada a sua chegada, pois não se ouvia algo dele há anos, desde quando ele sumiu na última grande batalha. Todos ficaram calados, olhando fixamente para aquele que entrara ali e que, sorrindo, dirigiu-se a Eli. Tocou em sua barriga e pronunciou, com uma voz cansada e seca, dois nomes.
-James, e Peter...
A mesa de presentes estava coberta das coisas mais variadas, como pequenas armas brancas, livros, e outras coisas que faziam parte da educação básica de um bebê. Porém, o velho deu o seu presente diretamente à mulher em sua frente. E, passada uma pausa de longo suspense, finalmente quebrou o silêncio.
-Você precisa guardar isso. Faça com que eles sempre estejam usando estes pingentes, sem poder tirar, e então estarão seguros. Agora, por que não continua a festa? As pessoas parecem estar com fome.
E então ele se virou, e foi embora. Sem olhar para trás, só deixou um silêncio anormal, que ninguém ousou quebrar, até Elizabeth falar para que a comida continuasse sendo servida. Ela olhou os pingentes, eram duas partes de um só, quebrado no meio. Tinham um símbolo esquisito dentro deles, mas que não tinha como ver qual era, já que o material dele estava muito enferrujado.

6 de Abril de 2020 às 01:52 3 Denunciar Insira Seguir história
2
Leia o próximo capítulo Respostas

Comentar algo

Publique!
Cris Torrez Cris Torrez
interesante,quiero saber que sucede mas adelante,sigue así!!
August 15, 2020, 02:00
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 6 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!