vitoriatrindade Isabelly Trindade

Desde que comecei a gostar de você, venho praticando algo que li uma vez, Waldosia, ah não é intencional mas acontece, sempre que saio fico olhando para os lados para te encontrar, quando estou numa multidão olho para ela com esperança de te encontrar, ou até mesmo quando não faz sentido você estar lá, mesmo assim te procuro. Venho tendo cada vez menos força ou vontade de continuar com esse sentimento, ele está me cansando talvez se eu desistir finalmente, você possa ficar com o caminho livre para andar com ela. Mas enquanto isso não acontece, eu me permito e me conformo em apenas praticar Waldosia.


Histórias da vida Todo o público.

#No-fim-alguem-sempre-perde #não-correspondido #nãocorrespondido #vitoriatrindade #waldosia #unilateral #sofrimento #romance #originais #desistencia #Cansada
Conto
1
1.2mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Waldosia (16.10.2018)

Sabe quando você lê ou escuta algo que faz você perder todos os sentidos, isso pode transformar o seu dia deixando o melhor de todos ou o pior. Na minha situação infelizmente é a segunda opção.


A questão é que hoje foi o primeiro dia que falei aquela certeza que estava guardada em sigilo para mim, foi a primeira vez que disse em voz alta e sem gaguejar, sabe aquela certeza que... que você gosta de alguém e eu temia que não seria eu, bem estava certa, você gosta de alguém sim mas não sou eu. Hoje ainda não é o dia da descoberta final, que eu sei que existe, mas fecho os olhos quando a vejo, mas sempre a sussurro para não ser esquecida por mim, sussurro-a toda vez que ela bate forte em meu peito fazendo-me retroceder dois passos para trás depois de ter dado três para frente.


Eu nunca vou ser uma opção para você.


No fim me faço de muda, surda e cega a esta verdade, a mesma que é jogada em minha frente a dias, semanas para ser mais precisa. Eu estou escrevendo isso olhando-a, estou conversando com ela e todas as vezes que isso ocorre eu a admiro e me pergunto, oque ela tem que não posso suprir para você? Afinal é algo em como ela se porta? O sorriso dela é mais bonito? O cabelo maior? Ou talvez seja o jeito que ela tem liberdade para conversar com você, a mesma liberdade que não tenho com você. Eu invejo a relação que ela tem contigo.


Mês passado completou um ano que gosto de você, um ano de incertezas, quando parece que você tem consciência do que sinto por ti mas ao mesmo tempo tenho a impressão que você não tem ideia de nada, me desculpe ser assim, de todas as vezes que eu tentei não ser, e de todas as vezes que tentei desistir de você. Mas.... você não deixou, isso mesmo, você não me deixou por que simplesmente demostrou algo, mesmo que mínimo mas estava lá ou talvez eu que me iludi, pois me perdia em seu olhar toda vez que era ou é direcionado pra mim. Me desculpa se isso te sufoca, mas é complicado, complicado sentir ciúme de algo que não é meu, sentir vontade de sentar ao seu lado e conversar, conversar sobre tudo, tudo mesmo desde uma descoberta nova ou apenas sobre como o tempo está mudando rápido, eu conversaria até de futebol com você, mas me desculpe novamente pois apenas sei o básico do jogo, ela conversa sobre isso com você? Ou apenas a presença dela ao seu lado dispensa conversas banais?


Desde que comecei a gostar de você, venho praticando algo que li uma vez. Waldosia. Ah, não é intencional mas acontece, sempre que saio te procuro com o olhar pelas ruas para te encontrar, quando passo por uma multidão tenho esperança de bater de frente com você ou ter apenas um esbarrão, ou ate mesmo quando não á motivo para você estar em tal lugar te procuro, se tem algo que nunca perdoarei é isso. Posso te perdoar por não me corresponder, de me ignorar varias vezes ou bem, enfim... eu nunca irei te perdoar por me fazer ficar viciada em waldosia.


Te procuro em estranhos, em amigos ou ate nos filmes que assisto, imagino se fossemos nós nos lugares dos casais e poxa! A gente faria um belo casal vai por mim, mas sei que não sou eu que você quer ao seu lado, eu podia estar com alguém muito bom para mim, me amando, gostando desse meu jeitinho todo estranho de ser, mas toda vez que beijo alguém, seja esse alguém um estranho, um amigo, acabo me punindo pois esse alguém não é você e temo que nunca será, não claro se depender de mim, mas nessa divisão há dois números na chave e ela não terá um resultado final se você não multiplicar também, me entende? Apenas quero reciprocidade, mas se depender de você eu sei que a única coisa que receberei serão respostas monossílabas, desde aquele dia finalmente percebi que se tem alguém que terá o seu "gostar" será ela ou ate mesmo qualquer outra pessoa, me desculpe mas depois daquela revelação, a que ainda não descobri se seu amigo me contou aquilo apenas para acabar com qualquer resquício de esperança com você, revelação esta que citei no começo, venho tendo cada vez menos força ou vontade de persistir nesse sentimento, acredite mas ele está me cansando e ontem ate pensei se desistir não seria a melhor opção talvez eu esteja atrapalhando o seu caminho, então talvez se eu desistir finalmente você posso ter seu caminho livre, livre para andar ao lado dela, sem mim.


Mas enquanto eu não tomo minha decisão final me permito me agarrar em meu ultimo fio de esperança e finjo não velo desfiar diante do precipício em que estou, no fim me permito e me conformo em apenas praticar waldosia. Pois sei que se terei algo de você será apenas a mera ilusão de algum dia eu ter tido uma chance por menor que seja com você.


No fim persisto em me cegar e esconder minha razão e apenas enxergar através do meu coração fazendo meus sentimentos um lago profundo, onde me afogarei até que alguém me salve ou que retorne em minha consciência e volte a superfície.

17 de Março de 2020 às 20:13 0 Denunciar Insira 1
Fim

Conheça o autor

Isabelly Trindade Aviso/Warning! Se você esta vendo algumas das minhas historias fora dos três sites que escrevo, peco que não entre, pois não autorizei a postagem em nenhum outro site, você pode estar correndo o risco de vírus ou outras coisas. Escrevo apenas para o Inkspired, Spirit e Wattpad.

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~