Conto
0
4.0mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Amarras

GATILHO: INSEGURANÇA PATOLÓGICA, TENDÊNCIA SUICIDA

As amarras que me colocaram foram consentidas

As amarras que estão dentro de mim não foram consentidas

As algemas que me colocaram foram consentidas

As algemas que estão dentro de mim não foram consentidas

As tornozeleiras que me colocaram foram consentidas

As tornozeleiras que estão dentro de mim não foram consentidas

A mordaça que me colocou foi consentida

A mordaça que está dentro de mim não foi consentida

A venda que me colocou foi consentida

A venda que está dentro de mim não foi consentida

Ele me prende na cama

Ela me prende consigo

Ele me morde e me excita

Ela me morde e me deixa mal

Ele me chupa no pescoço e me excita

Ela me chupa no pescoço e me deixa mal

Ele me dá tapas e me excita

Ela me dá tapas e me deixa mal

Ele me arranha e me excita

Ela me arranha e me deixa mal

Ele sabe o que me excita e me provoca

Ela sabe o que me machuca e usa mais pelo seu prazer

Ele me causa um orgasmo

Ela me mata por dentro

Ele me ama

Ela me odeia

Ele é meu namorado

Ela é a minha insegurança misturada com a minha tendência suicida

29 de Fevereiro de 2020 às 21:01 0 Denunciar Insira Seguir história
2
Fim

Conheça o autor

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~