Blue Converse Seguir história

fromkais honey .

Estar no quarto de Hanbin era sempre muito interessante, o local era completamente a personalidade do mais novo, desde os quadrinhos empilhadas na escrivaninha até os diversos instrumentos jogados pelos cantos. Jinhwan até achava fofo que as prateleiras tinham os presentes que ele guardava e pequenos souvenires de viagens que os pais faziam para outros países, tipo a alpaca de pelúcia mais fofa que ele já havia visto na vida dele.


Fanfiction Bandas/Cantores Todo o público.

#hanbin #Jinhwan #Binhwan #ikon
0
519 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

you make me feel special; Capítulo Único

Estar no quarto de Hanbin era sempre muito interessante, o local era completamente a personalidade do mais velho, desde os quadrinhos empilhadas na escrivaninha até os diversos instrumentos jogados pelos cantos. A decoração não era nada muito chamativo também, os tons de azul era muito bem espalhados e contrastavam muito bem com as fotos do casal no mural preto e as lembranças que colecionavam dos diversos aniversários de namoro, leia-se até uns ingressos de estreias de filmes que foram juntos.

Jinhwan até achava fofo que as prateleiras tinham os presentes que ele guardava e pequenos souvenires de viagens que os pais faziam para outros países, tipo a alpaca de pelúcia mais fofa que ele já havia visto na vida dele e que com toda a certeza do mundo merecia ser comprada porque ela lembrava Hanbin.

Fora que no começo do ano os dois decidiram colar no teto algumas estrelas, daquelas que brilham no escuro, os créditos iriam para o filme que tinham visto em uma das noites do pijama que faziam. Jinhwan além de tudo gostava de falar que antes o teto do mais novo era muito sem graça, faltava muitas coisas ali para se olhar e simplesmente perder tempo imaginando coisas durante a noite.

A melhor ideia que o loiro teve para a decoração alheia, mesmo que achasse o que tinha feito na casa de Chanwoo muito fofo também com as lâmpadas de fada, nada ia se comparar com aquelas estrelas espalhadas quase no teto inteiro. Jinhwan estava olhando para elas deitado na cama de casal enquanto o rapaz de cabelos pretos estava fazendo algo no computador.

Provável que estivesse terminando alguma de suas composições.

Os olhos acastanhados de Jinhwan se desvencilhou das estrelas e foram para o mural de fotos, o quadro era muito minimalista para o gosto do mais velho, era apenas aquelas armações de metal vazadas, o bom era que o namorado deixava ele escolher os pregadores para as fotos, então a moldura preta sem graça não era tão sem graça assim. Os pregadores tinham as mais diversas coisas os decorando, desde fitas coloridas até pequenos personagens que o loiro fazia durante a aula.

Um dos orgulhos do mais novo era ter feito um Yoda e um Stich que realmente pareciam com eles, logicamente esses dois pregadores ficavam com a foto de quando eles fizeram a primeira viagem juntos. Um final de semana com a família do menor no chalé da família, a foto nada mais era do que os dois sentados em um daqueles bancos de madeira rústico abraçados olhando para a câmera.

Jinhwan não tinha a ideia de quem tinha tirado, provável que tivesse sido a irmã mais velha, mas tinha ficado muito bonita. Iria perguntar para o outro depois se poderia pegar uma cópia, ou quem sabe amanhã de manhã.

A foto em questão não era somente essa, eles estavam juntos a quase três anos, e uma coisa que eles realmente tinham eram fotos, algumas em momentos com amigos, nos eventos de música que os dois participaram ou apenas fotos que foram impressas de uma das redes sociais deles.

E uma delas era das últimas competições que Hanbin havia ganho, e foi uma daquelas que quando anunciaram o nome dele ninguém acreditou. O grupo de amigos era o mais barulhento enquanto Hanbin estava subindo para o palco, Jinhwan até teve que controlar Junhoe que parecia quase querer subir nas cadeiras do teatro de tanto que estava feliz pelo outro.

Lembrando dos acontecimentos ele gargalhou baixo.

"O que foi Jinan?" A voz do mais novo o fez voltar sua atenção para ele, Hanbin estava o encarando sorrindo de leve.

"Nada, estou lembrando do dia que você ganhou o concurso de composição. Donghyuk quase teve um ataque de nervos durante a leitura de notas, foi terrivelmente engraçado."

"Realmente. Horrível." Hanbin fez uma encenação dramática de um arrepio e foi se sentar ao lado do menor, seu computador e equipamentos estavam com a luz azul comum de quanto estavam em modo de espera. "Mas você estava lá também e por isso eu consegui, senão nem tinha participado das seletivas... e bem Donghyuk está vivo graças a você também..."

Jinhwan sorriu e passou a mão nos cabelos escuros do outro, costume que tinha quando o outro começava o elogiar e ele ficava sem graça, mesmo depois de três anos algumas coisas nunca mudariam, ainda mais quando o outro falava tais coisas com aquele olhar de apaixonado e os olhinhos brilhantes. “Eu sempre fui seu amuleto da sorte no fim das contas.”

Hanbin abriu os olhos se levantando do colo do outro, parecia que havia se lembrado de algo. "Eu tenho algo para você, não sai daí."

O rapaz sentado viu o namorado entrar no pequeno closet e sair com uma caixa, sem qualquer tipo de embrulho ou cartão de comemorativo, uma simples caixa de sapato. A boca do menor abriu e fechou várias vezes enquanto ele se levantava para pegar a caixa que lhe era oferecida.

"Não acredito? Quando eu falei que eu queria que você comprasse aqueles sapatos, eu disse brincando? Kim Hanbin!" Jinhwan disse abrindo a caixa e vendo um par de converses azuis iguais aos seus que foram destruídos na guerra de comida da semana anterior, uma pegadinha oferecida pelos veteranos. "Binnie... Você não existe. Meu deus."

O loiro deixou a caixa de lado e o abraçou, jogando o corpo contra o dele, fazendo os dois caírem na cama rindo. O maior segurava a cintura dele de um modo gentil, fazendo os dois ficarem de frente um para o outro ainda deitados.

"Gostou?"

"Não precisava comprar, mas eu adorei, lógico que eu iria adorar."

"Isso é minha redenção por ter estragado seu tênis e ainda além disso, o seu par favorito, e agora, eu estou oficialmente perdoado pelas atitudes da minha turma em querer se vingar dos veteranos?"

"Lógico." Jinhwan riu batendo de leve no braço do outro. "Eu já tinha te perdoado muito antes, seu idiota. E outra é só um tênis, não iria ficar bravo com você por causa disso."

O sorriso que ele recebeu foi o suficiente para que se levantasse e ficasse o encarando de cima, Hanbin era simplesmente apaixonado do jeito que as luzes azuis de seu quarto deixavam toda a aparência de Jinhwan surreal, a pintinhas de baixo do olho, os cílios longos, o cabelo loiro bagunçado, céus, ele era lindo. Hanbin sem qualquer dúvida faria tudo pelo pequeno, iria trabalhar quantas horas fossem necessárias no estúdio para juntar o dinheiro que fosse, desde ele visse que no fim do dia todo seu trabalho seria recompensado com o sorriso mais doce e lindo do mundo todo.

"Obrigada por tudo. Você é tudo que eu sempre precisei, e muito mais."

"Binnie, quem deveria agradecer era eu, não você. Pode ir parando, não posso chorar, passei aquela máscara cara que o Yun me emprestou..."

O maior sorriu se abaixando para que pudesse depositar um selar sutil nos lábios cheinhos do namorado. Os dois estavam juntos a tanto tempo e mesmo agora, com Jinhwan indo para a faculdade nada parecia ter mudado entre eles. Jinhwan o afastou de leve e murmurou alguma coisa sobre ter que ir ao banheiro, mas ele pode ver a vermelhidão que tomou conta das bochechas do menor.

Realmente algumas coisas não iriam mudar tão cedo.

Hanbin aproveitou que o outro havia saído do quarto para poder voltar sua atenção aos arquivos abertos em seu computador, fazendo com que a luz azul reconfortante se transformasse na típica branca e com pastas espalhadas pela tela.

Não demorou para que o loiro voltasse ainda com as bochechas rosadas, porém com o rosto mais brilhante do que antes. "Que música é essa?" Jinhwan fez questão de se fazer confortável no colo do outro, Hanbin pode sentir o cheiro do produto que ele provavelmente tinha passado, aquele cheirinho de melancia era incrível. Ele com certeza tinha que agradecer a Yunhyeong por ter dado essas dicas para o menor.

"Uma especial."

"Hm" Jinhwan disse se virando da forma que conseguia porém com a sobrancelha já levemente arqueada, "É para alguém?"

"É sim. A pessoa mais linda que eu conheci na minha vida, e a única que eu posso afirmar que quero ficar até que virar um compositor velho cheio de correntes de ouro."

Os dois riram.

"Ah eu acho que ainda vou achar você o compositor vovôzinho mais lindo de todo o mundo, mesmo que você nem consiga mais compor nada."

Hanbin aconchegou o outro melhor em seu colo e continuou trabalhando em sua música, enquanto Jinhwan fazia um carinho nos cabelos compridos do pescoço alheio. Os dois poderiam ficar ali para sempre, apenas na segurança do quarto com músicas e juras de amor eternas, nem qualquer preocupação, sem qualquer medo do futuro simplesmente aproveitando um ou outro.

Hanbin nem queria pensar quando seu namorado fosse embora a faculdade, ano que vem seria tudo diferente. Mas por hora estavam bem vivendo no agora. E não era de todo ruim, Jinhwan iria ficar apenas mais ou menos uma meia hora de distância dele, o que poderia ser usado como desculpa quando quisesse dormir fora de casa.

"Eu te amo." Jinhwan disse baixinho.

"Eu também, babe. Eu te amo muito."

29 de Fevereiro de 2020 às 01:12 0 Denunciar Insira 0
Fim

Conheça o autor

honey . 🚀 𝖿𝗅𝗒 𝗆𝖾 𝗍𝗈 𝗍𝗁𝖾 𝗆𝗈𝗈𝗇 ✩ decidi criar isso aqui para deixar todas minhas histórias em um lugar só, talvez. ✩ ss. kinobam ✩ ss. mooochi

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~