Conto
0
3.7mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Sem amor de pai

Estou consumida de pensamentos que me destroem aos poucos, palavras ditas por seres humanos que acreditam que é fácil crescer sem um pai e que somos fracos quando mergulhamos em pensamos em relação o que nunca teremos, como abraçar o seu pai quando acordar e ter seu pai ao seu lado quando o monstro te deixa com medo e assim afogamos com as nossas lágrimas de dor, eu compreendo o que você sente, afinal nunca conheci meu pai.

Desde pequena eu cresci sem a presença de uma mãe e de pai, minha mãe sacrificou a presença dela em minha vida para dar uma vida boa para mim, ela é minha heroína, e meu pai eu nem sei minhas semelhanças a ele, apenas sei que ele é um monstro.

Lembro que vivia em uma mentira, quando pequena acreditava que meu padastro era meu pai biológico, mas um dia toda a verdade eu encontrei.

Eu estava olhando as coisas da minha mãe, pois isso fazia eu me sentir próxima a ela, então umas cartas me chamaram atenção, quando meus olhos passaram nas letras que nela tinha, lágrimas molharam a carta, minha voz não saia e a unica força que eu tive foi correr e me trancar no banheiro e cair em lágrimas no chão.

Naquele dia descobri que meu pai morava próximo a mim e que ele fez muito mal para minha mãe, nunca esqueci da frase que minha mãe escreveu dizendo que ele avia me chutado quando ainda estava na barriga.

Quando mais velhas minha família contou a verdade, mas afinal eu já sabia, passei a vida ouvindo piadas destrutivas por ter acreditado que meu pai era meu padastro e que eu sou igual ao meu pai biológico.

Desta forma eu isolei meus sentimentos e nunca mais chorei na frente de ninguém, estou cansada de me verem como uma pessoa fraca.

Apenas desejo que todas as pessoas que sentem essa mesma dor, sejam fortes, não somos pessoas fracas por chorar por causa de falta de afeto paterno, esse homem desprezivo nunca saberá que filho e filha incríveis que ele tem, jamais perdoe a ausência dele. Não somos um brinquedo que deixa guardado anos e depois quer brincar.

Eu sei que a dor que sentimos nos fazem sentir mortos e sozinhos, mas não se esqueça das pessoas que te amam, que sempre estiveram ao seu lado, pois alguém faz você saber o que é ter um pai, se ainda não sentiu isso, pode ter certeza que um dia sentira, eu prometo.

16 de Fevereiro de 2020 às 07:39 7 Denunciar Insira Seguir história
1
Fim

Conheça o autor

Yumi Tanaka Uma garota que esta lutando com a dor que corroí por dentro de seu coração.

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~