A Liberdade que Limita Seguir história

stefanippaludo Stéfani Paludo

"A sociedade não está pronta para aceitar toda forma de liberdade" Em um mundo dividido em duas classes, as mulheres são seres superiores e os homens inferiores. Cada um habita uma sociedade, que funciona de maneiras distintas, eles trabalhando e sobrevivendo como podem e elas usufruindo de toda a produção e lucro gerado por eles. Afinal, o sexo feminino tem capacidades mentais mais elevadas e a lei da evolução as tornou mais adaptadas para as necessidades do mundo. É isso que as torna superiores e permite que usufruam de toda a liberdade, fazendo o que desejam, sem compromissos e buscando a felicidade acima de tudo, sem rótulos e sem preconceitos. Mas até onde essa liberdade é real? Luzia se sente entediada com tanto tempo livre. Já fez tudo que podia e precisa de mais emoções e mais experiências. É querendo saciar esse desejo que se arrisca a desvendar a sociedade dos seres inferiores conhecidos como homens, e descobre que eles não são seres tão horripilantes e diferentes como ouviu dizer e que ela mesmo não é tão livre quanto pensava. Descobrindo mais sobre si mesma, se identificando como assexual e conhecendo os outros gêneros e a pluralidade de pessoas que existem, ela decide lutar por um mundo igualitário e livre de verdade. Onde cada um pode ser quem quiser e ser feliz como quiser.


Ficção científica Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#aventura #futuro #revolução-pacífica #heterossexuais #héteros #bissexuais #gays #ficção-científica #femismo #feminismo #machismo #revolução #lgbtq+ #lgbt #distopia #assexual
3
1.1mil VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todas as Segundas-feiras
tempo de leitura
AA Compartilhar

Nota

Vale ressaltar, antes de mais nada, que a obra é um pouco polêmica, mas não reflete a minha opinião e é apenas ficção. Qualquer aspecto abordado na história não deve ser levado como verdade ou usado como argumento para questões sobre igualdade de gênero, relações homoafetivas ou direito à liberdade. Tudo não passa de uma crítica social em forma de uma distopia. Certo?




A história já está toda escrita e foi postada inicialmente no Wattpad onde já está completa. Aqui no Inkspired postarei 3 capítulos por semana, toda segunda, quarta-feira e sábado. E, sinta-se à vontade para comentar e inclusive criticar. Responderei o mais rápido possível e amo interagir com os leitores. Só não aceitarei ofensas e xingamentos. Beleza?

Boa leitura!

"Um mundo de igualdade não é feito de pessoas iguais, mas de pessoas com direitos iguais para serem diferentes. "

(Rosana Hermann)

15 de Fevereiro de 2020 às 23:25 0 Denunciar Insira 2
Leia o próximo capítulo Capítulo 1

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 21 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!