0
1.3mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

um bom começo

hum, ansioso??

bem eu não estou muito

contando que hoje sera meu primeiro dia numa nova escola, e eu sei que todas as historias ruins começam assim, bem faz tempo que não faço amizades novas, ou faz tempo que não tenho amigos, o motivo? bem eu tenho câncer, digo ao menos tinha, fiz um tratamento e já to melhor, mais nunca se sabe o amanha, minha mãe é super preocupada diante isso, bem porque qualquer momento eu posso ter uma parada e simplesmente morrer, mais eu não tenho medo, sabe de morrer na verdade eu quero morrer, sentir o alivio de estar livre finalmente, mais e a vida, um dia você ta feliz, e no outro você só quer fugir para o alaska

Bem cheguei num novo começo uma nova escola e só, bem não e grande coisa

logo já vem dois pé no saco, me atormentar

-bem ola novato me chamo naome, e esse outro e o Luiz, a gente ta encaminhado de te mostrar a escola, bem não é grande coisa, mas.. e uma escola boa! bem me siga.

Bem logo depois dele mostra a "grande" escola, a gente foi para sala. e que IRONIA a gente era da mesma sala, e diante de um mês, a gente já era um trio de amizade, mais sobre a minha "doença" eu não uns contei, com medo deles não aceitarem muito bem, como o resto das amizades que eu tive.

DIA 12 DE JUNHO ANIVERSARIO DO NAOME


bem eu e o Luiz fizemos uma surpresa para o Naome, não e lá grande coisa mais e de coração, um bolo e já era, curtimos, bebemos, e eu tive um ataque, eu fui ao hospital e fiquem em coma, boom choque de realidade a vida não são flores.

quando acordei do coma, estava la o garoto, me olhando e se perguntando porque eu não o contei sobre minha doença, eu lembro de cada palavra dita.

- Hum, acordou? eh cara, que susto que você me deu, ainda bem que você me avisou sobre o câncer, digo você não me avisou da porra do câncer, sabe o que poderia ter acontecido?

eu poderia ter cagado para você, sua mãe esta falando que e culpa minha, que eu quase o matei! bem em certo modo eu meio que fui o culpado sim, de não saber de absolutamente nada sobre meu amigo, sabe porque? pelo receio? solidão? não eu não entenderia, se você morre-se eu só acreditaria que a culpa foi minha, que eu o matei, de certo modo eu não ligo, voltarei quando você poder conversar, se explicar quando isso acontecer sera nossa ultima conversa.

bem depois dele sair eu tive uma parada cardíaca, e precisaria urgentemente de um coração, pois ali seria meu fim, foi quando um milagre aconteceu, entra no hospital um corpo fresco, direto de uma morte bem ali perto, atropelamento! minha mãe ficou alegre, mas?!

minha mãe-- ei medico espera, deixe me ver o rosto do garoto.

minha mãe fica de joelhos e começa a chorar

os médicos sabiam da situação.

Bem acordei do coma feliz, e pronto para falar com naome

- mãe o naome ta aqui no hospital, preciso falar com ele, foi quando eu ouvi. - --Naome esta dentro de você filho , eu entendi na hora e comecei a chorar soluçar , e perguntei como assim? so para ter certeza, ele morreu num acidente, logo antes da sua cirurgia, e ele tinha o coração que você precisava.

- Que merdaaaaaaa eu nao posso acreditar, eu sou o culpado, eu sou o culpado,

ME MATAAAAAAAAAAAAAAAAAA

foi quando eu senti o coração batendo, TUM, TUM parecia que ele estava vivo ali, me abraçando, dizendo calma no fim

EU TE SALVEI...


(desculpa ser curto mais, se tiver avaliaçoes boas
(faço ele completo ok)

(bjs NAOME escrevendo do futuro< essa historia e
(baseadas em fatos reais )


17 de Janeiro de 2020 às 15:44 0 Denunciar Insira 0
Fim

Conheça o autor

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~