patricia-souza1578986217 Patricia Souza

Desventuras e aventuras da vida de uma sonhadora! =)


Conto Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#conto-reflexões-madrugada
1
6.3mil VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todas as Terças-feiras
tempo de leitura
AA Compartilhar

Perdida no Escuro

Escuro. Solidão. Tanto tempo ali, nem dava pra acreditar que havia qualquer outro lugar além daquele. Outro sentimento além do peso. Do quê? Ela não sabia, só sabia que aquele peso estava ali há tanto tempo que já fazia parte dela.

Será? Não queria se perguntar. Perguntar agitava uma inquietação por dentro, uma necessidade de respostas. Já estava ali, era só permanecer.
Mas a partir do momento que a pergunta nasceu, não havia o que se fazer. Ela também passou a estar ali, sempre. E crescer, como tudo que é vivo. O que fazia pensar, aquele peso não crescia, por quê? Talvez porque já fosse tão grande. Já havia morrido?

Ela não precisava tatear pra senti-lo, ele a tomava por completo, cada poro dela, ela não respirava, não se mexia. Se mexer? Será que algum dia isso foi possível? Parecia algo tão longe. Por que ela pensava tudo isso?

Era a pergunta. Crescendo, se multiplicando, gerando respostas que só geravam mais perguntas. Ela queria desligar. Doía e inquietava pensar tanto assim. Ela só queria ficar lá, imóvel. Era a única forma de o peso não doer tanto.

14 de Janeiro de 2020 às 07:35 0 Denunciar Insira Seguir história
1
Leia o próximo capítulo As Perguntas

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 16 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!

Histórias relacionadas

Mais histórias

Garoto suicida Garoto suicida
O ADVOGADO O ADVOGADO
Training Wheels Training Wheels