Cigarrete Seguir história

harleyfan Helena Fonte

Já se passava da meia noite , sentado na borda da cama de casal Hiroto tragava sua segunda carteira de cigarro observando o descer e subir do peito daquele com quem dividia a cama naquela noite . infelizmente seus planos foram por água abaixo mais cedo após sua briga com o atual amante


Fanfiction Anime/Mangá Para maiores de 18 apenas.

#Super-Onze #Inazuma-Eleven #Tatsuya-Kiyama #Hiroto-Kira #Suzuno-Fuusuke #Nagumo-Haruya #Midorikawa-Ryuuji #Kariya-Masaki
0
384 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Quem não quer sou eu

Baseada na musica quem não quer sou eu do seu jorge

*

Já se passava da meia noite , sentado na borda da cama de casal Hiroto tragava sua segunda carteira de cigarro observando o descer e subir do peito daquele com quem dividia a cama naquela noite . infelizmente seus planos foram por água abaixo mais cedo após sua briga com o atual amante , Tatsuya não entendia que deveria escolher

- tsc , maldito ........ – apagou o cigarro no cinzeiro e levantou-se com cuidado

Sorrateiramente seu nariz e lábios raparam sobre o pescoço alvo e maculado de pontos vermelhos , riu baixo ao ver o albino se ajeitar manhosamente sobre os lenções de linho . conseguia ver Nagumo , seu colega de trabalho , pela manha querendo-lhe agredir a socos . não era segredo para todos da empresa que o ruivo nutria sentimentos fortes e conflitante por Suzuno , porem seu jeito hiperativo assustou o de olhos azuis , o que deu a kira uma brecha para aproximação

- descanse mais um pouco meu anjo – beijou-lhe a fonte antes de sair pela porta do quarto

Acendeu mais um cigarro durante seu trajeto da suíte a varanda onde se colocou em uma espreguiçadeira , não era a primeira vez que recorria a Fuusuke para saciar seus desejos depois de uma briga com o de olhos verdes . ocorria-lhe que Kiyama tinha medo de largar tudo por ele , entendia-o , como ninguém jamais poderia . Tat era como qualquer homem de negócios em Tóquio , casou-se com um alguém jovem chamado Midorikawa era pouco atraente , mas era quem lhe daria futuramente uma vida pacata , com amor incondicional e filhos . dessa relação ele teve kariya , um garotinho adorável e cheio de energia

Mas midorikawa nunca foi para o ruivo o suficiente , tanto que hiroto e ele estavam a 6 anos juntos , enganado a todos . kira viu tudo acontecer , o namoro inocente , o noivado proposto pelo pai do ruivo dois anos depois , o casamento cheio de pompas na maior igreja da cidade , o esverdeado durante a gravidez , a ascensão de Tatsuya na empresa da família , o nascimento e crescimento de kariya . tudo isso sendo como um amigo e padrinho para o casal , claro que ele não sabia de onde surgiu tanta cara de pau , mas era impossível . tat era viciante e difícil de se afastar , quando se deu conta . hiroto queria tudo , tudo em todos os sentido , queria tatsuya e eles em uma grande casa com cachorro e mais filhos . tudo o que já era de outro alguém

- acho que estou louco – pensou consigo enquanto soprava a fumaça pelos ares

Parecendo advinha seus pensamentos , o celular ameaçou vibrar em uma chamada que logo foi rejeitada , era ele com toda certeza . buscando lhe , com sua voz calma e aconchegante ., fazendo promessas de que ficaria com ele e com mais ninguém . podia sentir como ele chegaria , com aquele terno caro cinza feito sobre medida , ele deixaria os óculos em cima da mesinha . pois não precisava deles para lhe analisar e capturar sua alma . puxaria-o com firmeza para si aspirando seus perfumes se misturando antes de beijar seus lábios com calma de que nunca mais iria embora , se enroscariam em qualquer canto daquela casa imersos em um mundo deles . mas como tudo que é bom acaba , ele se levantaria assim que achasse hora e partiria sem explicações ou uma data para retornar a seus lenções

- não vai atender ?- perguntou o albino atrás de si tirando-o de sua bolha

- não , não quero ter que lhe deixar – esticou uma das mãos como um convite para que o outro se aproximasse

- pode ser importante – retrucou sentando-se sobre o colo do mais velho

- não se preocupe meu querido – beijou a face alheia – nada no mundo me importa a não ser voce aqui comigo

- bobo – teve seus lábios tomados pelo albino

Deixou-o guiar toda a ação , apenas se limitando a retribuir da mesma forma enquanto mandava para o espaço toda sua preocupação

- estive pensando – recitou assim que o ar lhes faltou

- no que ? – perguntou o de olhos azuis tomado de curiosidade

- quero casar com voce , construir uma família – observou-o arregalar os olhos em espanto – ter uma casa com quintal e um cachorro muito bagunceiro que nos acordasse pela manha junto aos nossos filhos

- voce ..... tem certeza ? – lagrimas de alegria já corriam pelas bochechas de suzuno

- sim , eu te amo mais do que tudo meu anjo – puxou a caixa escondida em seu roupão junto ao seu celular – quero torna-lo meu e mostrar a todos o quão lindo é meu amor por voce

- e-eu não tenho palavras – disse suzuno com um sorriso adorável

- apenas diga sim para mim , sim para o futuro ao meu lado

Fuusuke apenas assentiu freneticamente me abraçando fortemente e rindo de alegria , retribui o abraço deixando que sua alegria enchesse o ambiente entre nos . pensei em Nagumo sabendo daquilo , me senti mal por uns instantes em idealizar a tristeza que causaria a Haruya . o quanto estava atrapalhando suzuno de ficar ao lado de que realmente o amaria . apertei mais o abraço

- voce não pode fazer isso – exclamou Tatsuya enquanto eu me arrumava em frente ao espelho– desiste desse casamento enquanto é hora

- não vou ceder porque seu amigo esta sofrendo – retruquei finalizando a gravata

- Nagumo ama muito suzuno , não é justo voce estragar a vida de duas pessoas que seriam felizes juntas por um capricho seu – rebateu irritado

- quem é voce para me dizer isso , eu esperei anos para ser amado – gritei com todas minhas forças – volte para midorikawa e me esqueça , viva a sua vida

- voce me ama e isso nuca vai mudar – declarou o ruivo com frieza – vai deitar com suzuno a noite pensando em mim , terá uma família e filhos ainda comigo em mente

- então me diz , me diz que vai largar tudo – propus – que vamos ficar juntos como voce me prometeu a seis anos atrás , e eu paro . deixo o caminho para Nagumo livre e ele será feliz com suzy

- não posso , voce sabe – Tatsuya se afastou – o que temos é bom , mas não tem futuro

- então me deixe casar , e suma da minha vida – empurrei-o – leve tudo o que vivemos , pois para mim voce nunca existiu

- voce não vai conseguir – decretou vendo-me atravessar a porta

- eu cansei Tat , agora quem não quer sou eu

19 de Novembro de 2019 às 12:51 0 Denunciar Insira 0
Fim

Conheça o autor

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Histórias relacionadas