TRISTE EXISTÊNCIA Seguir história

jpsantsil Jp Santsil

A tristeza que martela em seu pensar É tão triste que a faz calar


Poesia Sátira Todo o público.

#solidão #desilusão #239 #triste
Conto
4
2.4mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

TRISTE EXISTÊNCIA

Sentada na beira da estrada
A menina tristemente começa a pensar
Pensa na vida que leva
Na cruz que carrega
Na monotonia daquele lugar



Com os pés descalços, sujos e maltratados
Ela acredita em um dia ser feliz



Apesar de ser tão nova, tão menina!
Em meio a tal preocupação sua infância começa a extinguir



Imóvel, calada e com o olhar fixo
A sua cabecinha procura uma resposta, uma solução!



Naquele silêncio que parece um tormento
Os seus pensamentos vão mutilando o coração



A tristeza que resplandece em seu olhar
É tão triste que a faz chorar
A tristeza que martela em seu pensar
É tão triste que a faz calar



A menina sentada na beira da estrada
Parece não ligar, nem se importar
Com as pessoas que passam...
Com os carros que arrastam...
A poeira em seu triste olhar

24 de Outubro de 2019 às 11:18 0 Denunciar Insira 6
Fim

Conheça o autor

Jp Santsil Nasceu em Salvador, capital do Estado da Bahia, tendo se dedicado mais da metade de sua vida a projetos de ativismo social, educacional, cultural e ecológico com crianças e jovens em estado de risco e extrema pobreza nas favelas e comunidades carentes do Brasil e Ecuador. Atualmente vive e é cidadão do Estado de Israel, oriente médio asiático, onde se dedica a projetos ecologicamente sustentáveis. ​

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~