Estranhos sentimentos Seguir história

ya-young1554031536 Ya Young

Seus toques foram a minha morte e eu quero mais...


Fanfiction Anime/Mangá Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#gakuenbabysitter #saikawa #usaida #usakawa
Conto
0
612 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Maldita noite

Tudo por culpa sua seu idiota do cabelo rosa...

Aquele maldito dia que eu me dei todo para você meu corpo arde em todos os lugares você tinha que me tocar, me morder, me fuder até não querer mais?

Nem a água fria apaga isso, meu corpo lateja precisando do seu toque, cheiro...

Deito na cama a procura de aliviar minha ereção mais com pouco que fiquei com você meu corpo já me estranha é um vicio confuso, necessitar tanto de você.

Procuro meu celular à única coisa que quero é ouvir sua voz, aquela desgraça de voz batendo em meu ouvido para poder me aliviar.

Usaida- Alo quem é?- Como pode ser tão tapado e não ter marcado meu nome.

Saikawa- ...

Usaida- Sei que está do outro lado da linha diga algo.

Saikawa- ...

Usaida- Sai é você? Estou ouvindo sua respiração precisa de ajuda?- Desligo o que eu estou sentindo por esse infeliz.

Minha ereção só aumentou maldita voz que me fez tremer todo sem poder responder.

O quarto gira para todos os lados não consigo mais me tocar preciso daquele infeliz. Nisso a porta do meu quarto é aberta e uma magnífica cabeleira rosa entra.

Usaida- Sai se esquentando pra mim?- Ele caminha lento cada passo parece uma eternidade o quero dentro de mim.

Saikawa- Vai me torturar mais?-

O quarto esquentara tanto que as poucas roupas pareciam sufocá-lo.

Usaida sorria ao ver o mais velho tão submisso necessitando dele era a melhor visão que já tivera e queria manter ele assim por mais tempo, mas já o torturou bastante.

Saikawa notou o suor que escorria pelo seu corpo parecia uma febre alta mais era apenas Desejo, Luxuria, Tesão... Queria acabar logo, mas Usaida parecia feliz com tudo aquilo.

Usaida puxou Saikawa com força para a ponta da cama retirando sua única peça deslizou sua mão gelada ate a cintura dele abocanhou a penis do mais velho como se comece uma banana.

O corpo de Saikawa parecia ficar leve a cada chupada era uma sensação tão boa de prazer.

Usaida- Tem noção do quanto eu te desejo?- Um arrepio subiu pelas costas do Saikawa.

Saikawa- Não o tanto que eu te desejo agora.

Era a vez de Saikawa se revelar já vinha observando Usaida há um tempo mais aquela maldita noite trouxe uma mistura de amor e ódio que nem ele podia explicar.

Usaida recebeu o liquido todo em sua boca lambendo os cantos da boca a brincadeira não pararia ali subiu da virilha até o pescoço o mordendo parecia marcar o território seu novo e único território.

Saikawa só se contorcia e gemia estava em transe com todo aquele estranho sentimento seu corpo já registrara que era do menor a sua frente que o penetrava com uma delicadeza de dar inveja a qualquer outro.

O menor ia cada vez mais fundo e mais rápido era ele agora que necessitava do corpo do outro o suor já estava em seu corpo o quarto estava pior que o inferno de tão quente era quase impossível segurar os gemidos e ele não deixaria de mostrar o quando o corpo do mais velho lhe fazia bem gemia o mais alto que podia e isso parecia musica, pois obtinha o mesmo do seu parceiro.

Os dois uniram as mãos os olhos se fixaram um no outro aquele momento era de pele com pele, suor com suor e amor com amor.

O mundo é deles e só deles o ápice do Usaida veio num jato quente preenchendo o mais velho, já não restava forças para um simples movimento de olhos Usaida se deixou dominar pelo cansaço dormindo abraçado ao mais velho que tampava a boca e ainda tinha o corpo quente.

Tudo por culpa sua meu idiota do cabelo rosa...

30 de Setembro de 2019 às 13:37 0 Denunciar Insira 0
Fim

Conheça o autor

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~