Amor em tempos de estágio Seguir história

sweet-mary Mary

Após vários telefonemas que nunca aconteceram, Mariana conseguiu um estágio remunerado num escritório. Tímida e insegura, espera passar despercebida. Luís, por sua vez, é um rapaz comunicativo, alegre, o famoso "amigo de todos". Alto, magro e desengonçado, não faz sucesso com as mulheres, por mais que seja um cara interessante. A nova estagiária desperta a atenção dele, como não poderia deixar de ser, e em razão de um desencontro bobo, Mariana acredita que é detestada pelo colega que vem a notando desde o primeiro dia. "Era errado olhar a caixa de e-mails dela por mais que alguns segundos, entretanto havia várias janelas abertas indicando o escopo, apenas um tolo seria indiferente, mas se não o tivesse feito, mais do que ter um final infeliz, essa história nem sequer teria começado."


Romance Contemporâneo Todo o público.

#heterossexualidade #romance #troca-de-mensagens #internet #timidez #amor #setembro-amarelo #drabbles #depressão #estagiária
3
2.2mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

D i s c l a i m e r s

Olá, amigos e amigas! Tudo bem? Espero que sim! *-*

Gostaria de pedir a atenção de vocês por alguns minutos, pois este e a nota de agradecimentos serão os capítulos mais longos dessa história que será narrada em capítulos bem curtinhos, de no máximo 200 palavras.

Sim, é sério.

É um desafio para mim.

Desafios são divertidos e essa ideia brotou no meu coração. Tenho muitas, muitas mesmo, minha cabeça não para.

Nunca escrevi uma história cujos capítulos fossem tão curtos, por isso não prometo nada revolucionário, que vá mudar o mundo ou coisa do tipo, apenas uma leitura breve a qual espero que agregue, lhes faça companhia, como autora já me sinto feliz quando alguém diz que minhas histórias tocam a alma.

Geralmente minhas longfics têm capítulos que podem chegar a duas mil palavras ou mais, porém estou sob o efeito de um bloqueio criativo e resgatando minha dignidade literária que uma pessoa daqui me roubou (você ainda vai sentir tudo que senti quando você destruiu meu sonho e um trabalho de anos, ria agora, a vida vai te cobrar depois, senhorita K), portanto peço encarecidamente para que se você não gostar da narrativa e nem do meu jeito de escrever, procure outra história, não venha aqui apenas procurar erros no meu texto para me diminuir e deixar comentários que possam desestimular leitores em potencial de prosseguirem ou darem uma chance ao meu trabalho, como se nada de bom eu pudesse oferecer.

A história é um clichê romântico, mas ainda que eu esteja na vibe de clichês, sempre coloco um pouco de mim neles e nos meus romances acaba tendo um pouco de drama, comédia e até poesia. Já sei como será o final e também é um jeito de falar sobre o Setembro Amarelo. Desde 2016 penso em escrever algo a respeito, mas que não fosse trágico e servisse de gatilho para alguém.

Com essa história eu gostaria de dizer que por mais difíceis que estejam as coisas em nossas vidas, não devemos perder a esperança. Combinado? =)

Boa leitura.


Com amor,

Mary ♥

23 de Setembro de 2019 às 03:07 0 Denunciar Insira 1
Leia o próximo capítulo 1

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 23 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!