Simples Encanto Seguir história

ageha_sakura Ageha Sakura

Jeongguk, príncipe do reino humano, havia descoberto quando criança que estava destinado a TaeHyung, o príncipe do reino das fadas. Na visão desses povos destintos era um grande crime, mas eles não se importaram quando se reencontraram depois de longos anos. [TaeKook • Soulmates!au • Fairy!au]


Fanfiction Bandas/Cantores Para maiores de 18 apenas.

#taeguk #taegguk #jungkookprincipe #jungkookprince #taehyungfada #taehyungfairy #kookv #vkook #taekook
0
521 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Único; Meu Doce Encanto

Bom dia / Boa tarde / Boa noite


Sejam todos bem vindos a "Simples Encanto"!


Espero que gostem dessa OneShot taekook que fiz com muito amor.


Boa leitura 💕


__________________


Tenho uma adorável lembrança da minha infância, essa a qual guardo somente para mim durante todos esses longos anos.


Sempre que me recordo me perco na beleza encantadora e mágica daquele menino que avistei.


Ele parecia ser um pouco mais velho, mas sua beleza era somente o que mais me deixava fascinado.


Era algo surreal, como se ele fosse alguma criatura divina, feita sobre medida por algum deus.


Ele era como um sonho impossível e isso é o que mais me cativava a lembrar cada mínimo detalhe seu.


Era incrível como ele me encantou, como me enfeitiçou e continua me fazendo seu prisioneiro, mesmo que não saiba disso.


Retorno ao meu mundo quando ouço me chamarem na mesa de jantar.


— Jeon Jeongguk acorde!! – Meu pai exclamava exaltado.


— O que o senhor deseja? – Olho em sua direção.


— Faz vários minutos que estamos discutindo sobre seus futuros pretendentes e você não respondeu qual irá escolher!


Ouvi-lo dizer aquilo fez meu estômago embrulhar. Um sentimento ruim tomando de conta do meu ser, que se alastrava como uma doença.


Casamento... Essa era a palavra que mais me fazia ter medo, pois a única coisa que poderia me afastar de vez do meu doce amor era essa.


O único dono do meu coração seria aquele ser, cujo o nome não sabia, – com o tempo descobri por Tixy – mas que levarei sua imagem para sempre comigo.


Mesmo que eu morra, jamais esquecerei dele... Jamais ousarei esquecer o dono de toda a minha essência, meu verdadeiro amor.


— Senhor meu pai, mesmo que seja rei de um grande reino, que queira realizar alianças importantes para nos tornar fortes... Mesmo com quaisquer circunstâncias eu não irei me casar com nenhuma dessas pessoas. Essa é a minha decisão final.


O olhar penetrante e desgostoso do meu pai parecia me sufocar ainda mais. Eu sabia que havia o enfurecido, principalmente por expor meus sentimentos em aberto para todos os meus familiares presentes à mesa.


Mas eu não iria voltar atrás.


Ele não iria conseguir me obrigar e sabia muito bem disso, por isso apenas bufou e todos permaneceram em silêncio.


Apenas me levantei, me despedi de todos e saí sem dar satisfações para nenhum deles.


Caminhei para meu maior refúgio naquele castelo, a biblioteca.


Era lá onde encontrava todo abrigo e colo que precisava.


Adentrei o enorme lugar, admirando como sempre as prateleiras repletas de livros – esses os quais já havia lido e relido milhares de vezes – encantadores que agradavam ao paladar de qualquer bom leitor.


Andando vagamente a procura de um pequeno serzinho que era meu companheiro.


— Tixy! Onde você está garota?


Olhei ao redor buscando pela fadinha ate vê-la sentada sobre um dos meus livros favoritos.


—Guk! Não pensei que viria tão cedo. – Voo em minha direção deixando um selar em meu nariz.


— Aconteceu o mesmo de sempre, Tixy... – Suspiro me sentindo um pouco cansado e a mesma segura meu indicador e me leva para o nosso lugar.


A pequena porta foi aberta e lá adentramos o local secreto onde poderia vislumbrar o céu, o jardim e ate mesmo sentir a brisa fresca.


Era um ótimo lugar para relaxar e ler histórias à vontade. Como um verdadeiro paraíso.


— Sabe Tixy... Eu só queria vê ele de novo sabe? Quem sabe assim ele me levaria para bem longe onde pudéssemos viver em paz.


— Você esta falando do Príncipe das Fadas? – A pequenina perguntou ao mesmo templo que inclinou de leve sua cabecinha, a tornando ainda mais fofa.


— Ele mesmo. TaeHyung me faz falta... Me pergunto como ele esta agora.


—Guk você sabe que aquele encontro não deveria ter acontecido. Somente por que você o viu que o doce príncipe me enviou como sua guardiã.


— Eu sei... – Solto um suspiro fraco — Ele tem medo que o laço do nosso mundo se quebre por que o amo...


— Eu não deveria dizer isso, mas o príncipe também sente muito a sua falta. Ele lamenta que aquele encontro tenha sido o único depois de todos esses anos. Ele chora todas as noites que antecedem a primavera por sentir sua falta.


Meu coração disparou rapidamente. A ansiedade tomava conta de mim, deixando-me extasiado e a belíssima imagem do TaeHyung de quinze anos atrás se fez presente, mais uma das diversas vezes.


Era encantador a forma como o mesmo lhe direcionou um sorriso único, segurou sua mão e disse-lhe com as seguintes palavras:


Você é minha alma gêmea.


Era fascinante e poderia ser considerado um milagre, pois jamais haviam visto um caso de um príncipe humano ter seu destino ligado ao príncipe das fadas.


Ainda lembra do fio vermelho que os unia através do dedo mindinho. Aquele vermelho escarlate que havia deixado um simples encanto no coração de ambos.


Foi e ainda era uma paixão avassaladora. Única e que resistiria ate mesmo por toda a eternidade.


Não importa quantos desafios ambos fossem enfrentar no futuro, eles fariam de tudo para estarem juntos de novo.


Deixar claro as evidências de um destino malandro o suficiente para unir dois seres tão distintos e semelhantes.


E era assim que eu enxergava nossa situação e sempre seria.


—Guk... O que vou propor pode ser arriscado, mas eu não suporto vê seu sofrimento por tantos anos... – Voou de um lado para o outro — Aceita que eu te leve para se encontrar com o meu príncipe?


Meu peito apertou de uma forma dolorosa, deixando-me sem ar nos meus pulmões me fazendo ofegar constantemente.


Pensei que poderia ter ouvido errado ou que ela apenas fazia uma brincadeira comigo, mas ao julgar pelo seu olhar percebi que estava sendo bastante sincera.


Sem mais demora acenei várias vezes demostrando minha alegria pela proposta.


— Claro! É o que eu mais desejo durante todos esses anos que mais pareciam durar uma eternidade. Eu não suporto mais não poder vê-lo Tixy.


A fadinha olhou para um lado e depois para o outro, se aproximou e tocou sua minúscula mão em minha testa. A vi fechar seus olhinhos e sua boca pronunciar palavras, os quais eu nunca faria ideia do que queriam dizer em minha língua.


Uma enorme e incandescente luminosidade nos cercou, pude ver uma última vez a imagem do lugar secreto até tudo desaparecer num piscar de olhos.


Estávamos em alguma espécie de túnel repleto de luzes coloridas como o arco-íris. Sei que ela estava me levando para seu mundo e sabia que era arriscado, mas Tixy suportou todas as minhas lágrimas e as de TaeHyung. Ela era nossa maior testemunha para falar com clareza sobre nosso sofrimento mútuo.


No final do túnel estava uma belíssima floresta, repleta de pássaros de todas as espécies, um riacho de água azul cristalina. Um mundo totalmente novo e inabitado por humanos... Bom antes da minha chegada.


Saímos do aglomerado de luzes e entramos no seu reino. Era possível ver muitos animais que também existiam no mundo humano, mas com alguns detalhes diferenciados.


Fadas e elfos caminhavam, subiam em árvores e cuidavam de todo aquele ambiente. Cada um com sua determinada função, mas eu não havia vindo para conhecer o reino e sim rever meu amado.


Prosseguimos em segredo por todo aquele ambiente e parecia que nenhum deles havia visto nossa chegada. Resolvi permanecer calado durante todo o percurso, apenas seguindo Tixy sem ousar desviar meu olhar dela.


Agora sozinhos no meio de todas as árvores gigantescas, seguindo um caminho de terra firme e ultrapassando alguns arbustos.


Pude ver uma enorme cachoeira despencando do topo de uma montanha, formando um esplendoroso arco-íris que tornava tudo ainda mais mágico.


De repente meus olhos foram direcionados a um corpo amorenado sendo iluminado pelos raios solares, como se estivesse sendo abençoado pelos deuses.


Os cabelos rosados voavam sem direção, apenas tornando-o uma perfeita obra de arte.


Estava maravilhado, espantado e outros adjetivos a mais. Me sentia sem chão por estar sendo privilegiado com tamanha visão.


Flores e algumas folhas eram sopradas das árvores e caiam sobre seu corpo, aperfeiçoando ainda mais suas curvas e seu peito despido.


Seus olhos abriram lentamente e se fixaram em mim, penetrando cada pequeno ser que deveria existir em mim. Ele sabia quem eu era no momento em que seus olhos pousaram em mim.


Sua boca abriu demostrando sua surpresa misturada ao medo. Pude ver o mesmo caminhar devagar com medo de tudo ser apenas um miragem.


Abandonou as águas transparentes como um cristal e se aproximou em passos temerosos. Pude ver a manta úmida que cobria suas partes baixas, deixando-me um pouco atordoado e despertando sentimentos desconhecidos por mim.


— Príncipe Jeongguk do reino humano... Como? O que está fazendo aqui? Não é permitida a entrada de humanos! Vá embora antes que alguém apareça! – Ele parecia nervoso demais, mas sabia que o brilho no seu olhar mostrava seus verdadeiros sentimentos. Ele estava feliz e era isso que importava para mim.


Deixei que minhas mãos rodeassem sua cintura e o puxei para um abraço apertado. Eu precisava sentir seu corpo e percebi que ele relaxou bastante ao ponto de fazer o mesmo e chorar.

Ele derramou lágrimas e mais lágrimas e eu apenas fiz o mesmo por compartilhamos do mesmo sentimento de saudade.


— Eu senti tanto a sua falta... Eu não sabia mais como viver sem ver seu sorriso retangular, sua voz melodiosa e seus toques quentes. Eu precisava tanto de você e ainda preciso... TaeHyung eu não suporto mais ficar longe de você, amo-te demais!


Sua voz ecoava apenas grunhidos que serviam para me mostrar que também sentia o mesmo.


Beijei o topo da sua cabeça e o abracei ainda mais, tentando mostra-lo que estava ali, que não era um sonho e que não o largaria nunca mais.


— Também senti muito sua falta, Jeongguk... Eu contava os segundos para rever seu sorriso doce e sentir suas mãozinhas fazendo carícias me mim. Eu estava morrendo sem você meu amor... Não conseguiu terminar sem derramar mais lágrimas e soltar um grito agudo que pareceu ter ecoado por todo o reino.


Ao longe Tixy nos olhava com um sorriso carinhoso e outros seres místicos se aproximavam. Todos estavam vendo o seu amado príncipe abraçado a um humano, o que poderia ser considerado um imenso pecado.


Porém não queria saber das regras e continuei ali, juntinho do meu amado sem me importar com nenhum deles.


De repente uma magia foi recitada por algumas fadas e uma esfera de água e ar nos cercou. Uma bolha que não deixava o som de fora entrar, deixando-nos isolado de todos em nosso próprio mundo.


Me afasto minimamente para selar seus lábios vermelhos como cereja, deixando minhas mãos pousadas em suas bochechas.


Parecia que borboletas soltavam fogos de artifícios em minha barriga. Uma verdadeira festa para comemorar o retorno das almas gêmeas que foram separadas.


O reencontro de duas chamas que jamais deixaram esse amor ardente se apagar pelo tempo.


Éramos um. Pertencíamos apenas um para o outro e nada mais.


Eu o amava e ainda o amo intensamente.


Sabia que fomos feitos um para o outro, sobre medida e feitos para quebrar as regras que aquela sociedade havia criado.


— Nunca mais me deixe TaeHyung. Nunca mais, esta me ouvindo? – Digo após encerrar o beijo e deposito mais um selar em seus lábios.


— Digo o mesmo a você-


Antes de TaeHyung poder completar sua fala uma queimação tomou de conta dos nossos braços. Desenhos em formatos de uma havia nascido nos deixando maravilhados.


Essa era a marca de que estávamos ligados e os deuses abençoaram nosso doce amor.


— Pelos deuses! Jeongguk nós temos marcas! Marcas sagradas de chamas irmãs... Não acredito... Jeongguk os deuses nos abençoaram! Não consigo conter minha felicidade.


Abraçava-me mais apertado ainda até se afastar e desfazer a bolha com sua destra.


Entrelaçamos nossas mãos e juntos recebemos seu pai,Reidas fadas.


Mostramos-lhes nossas marcas e o mesmo desgostoso não gostou nada do que viu.


Tive que passar por diversas provações tanto no mundo de TaeHyung como no meu. Foram diversos desafios que quase nos fizeram fraquejar, mas juntos lutamos e mostramos que não era erro algum.


Anos se passaram e ainda estando lado a lado mudamos a lei e fizemos uma união com nossos reinos.


Casei-me com meu amado. Governamos todos os dois reinos e enfrentamos diversas batalhas.


Passamos por dificuldades, mas ainda estávamos aqui.


Mas a chegada do fim não poderia ser mudada, só que eu fiz um acordo e deixei o reino para nossos herdeiros.


Juntos, de mãos dadas caminhamos de volta ao mesmo lugar do nosso reencontro. Me banhei na águas que para eles eram bastante sagradas e ali vivi a eternidade ao seu lado.


E quando vimos depois de milhões de anos que o melhor era apenas partirmos juntos também.


Tomamos a bebida que nos tiraria a vida e juntos, naquelas mesmas águas nos entregamos aos deuses. Abraçados mostrando que éramos apenas um e nada mais.



Mesmo que a dificuldade fizesse presente jamais iriamos desistir, pois fazia parte de nós sermos unidos.


Você minha doce alma gêmea é e sempre será interligada a mim, por que fomos destinados por alguma divindade para estarmos aqui.


Eu o amo, pois meu simples encanto é você.



*Notas do Autor*

Quero agradecer primeiramente a @gucciedits_ (Twitter) por essa capa belíssima,tô realmente Apaixonada 😍


Espero que tenham gostado, pois oficialmente essa foi minha primeira oneshot taekook haha


Twitter: @stephy_lilian

CuriousCat:
https://curiouscat.me/stephy_lilian

Eu amo todos vocês e nos vemos nas minhas outras fics taekook 💕

15 de Setembro de 2019 às 00:45 0 Denunciar Insira 1
Fim

Conheça o autor

Ageha Sakura >> why do you still wishing to fly? >> taekook is a cute world sope ; bwoo ; kaisoo ; markson ; hyudawn twitter: @stephy_lilian [Ficwriter]

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~