O Capo – Hatake ( KakaSaku) Seguir história

jaqueline-peixtoo Jaqueline Peixtoo

Duas grandes famílias rivais da máfia italiana, onde seu único objetivo é ter mais “poder'', através de um tratado de paz entre ambas partes, o casamento de seus filhos. Sakura Haruno é uma garota doce, muito inteligente e determinada será obrigada a se casar com Kakashi Hatake homem frio, calculista e misterioso passou a ser Capo depois da morte seu pai. * Capo(líder ou chefe) Mafia Italiana


Fanfiction Anime/Mangá Todo o público.

#amor #odio #violencia #kakasaku #Mafiaitalina
0
533 VISUALIZAÇÕES
Em progresso
tempo de leitura
AA Compartilhar

Casamento com o Inimigo...

Sakura Narrando

Hoje um dia comum como qualquer outro estou sentada numa cadeira de balanço olhando céu azul poucas nuvens uma brisa leve fazia meus cabelos balança, gostava de passar minhas tardes lendo no jardim, sempre que pode minha melhor minha amiga Ino me faz companhia, nos conhecemos desde de criança, já seu pai homem de confiança do meu pai, claro não prestava qualquer serviço, papai fazia parte da máfia, com o tempo você acostuma com ela, você querendo ou não, afinal não temos escolha já nasci no meio dos mafiosos.

Sou Sakura Haruno herdeira da Máfia Italiana, assim como eu, Ino também não gosta da ideia de ser filha de mafioso, estou aqui perdida em meus pensamentos, quando minha mãe aparece me chamado.

- Mebuki: Sakura, seu pai está lhe chamado em seu escritório... *Andiamo ragazza...

*Anda menina

- Sakura: *Mamma calma lo vado...

* Calma mamãe estou indo

Ela me esperava na porta com cara de brava, levanto caminho do balanço e sigo para escritório do meu pai, bato na porta não demorou escuta voz rouca autorizado para entra, assim entrei encontro meu pai e consigliere (conselheiro) de papai, estranhei claro mais prefere não falar nada.

- Sakura: Com licença... Mandou me chama *Papá...

*Papai

- Kizashi: Assim *mia figlia precisamos conversar...

* Minha filha

Só para lembrar meu pai se chama Kizashi Haruno Capo ou Chefe da Máfia Italiana e seu conselheiro e braço direito Inoshi Yamanaka, lembrando que pai de minha melhor amiga Ino Yamanaka.

- Kizashi: Bom Sakura, antes de falar qualquer coisa quero que saiba te amo muito e tudo que estou fazendo é para o seu próprio bem... *Mia piccola...

* Minha pequena

- Sakura: Papá o que está acontecendo?

- Kizashi: Filha, antes da morte Sakumo Hatake nos encontramos e fizemos um acordo...

- Sakura: Até agora não entendi... Onde senhor quer chegar!

- Inoshi: Calma Sakura... Deixa seu pai terminar de falar...

- Kizashi: Vou ser direito Sakura, você irá se casar com Kakashi Hatake, filho de Sakumo...

Não estou acreditando no que meu pai acabou de falar, minha cabeça fica martelando tudo, “eu não quero me casar” “ainda sou muito jovem” “amo Sasuke, não quero me casar com Hatake”.

- Sakura: Você não pode fazer *QUESTO COM ME PAPÁ, pelo que sei vocês são inimigos... O senhor vai entrega na mão dos seus inimigos?

*Isso comigo papai

- Kizashi: Fiz este tratado de paz a muitos anos e foi a única que encontramos... Não tenho mais nada a dizer, já está decido que irá se casar como Hatake... Não tem mais volta...

- Sakura:* Dici che mi ami, e piccola vuole sposami come il tuo peggior nemico...

* Você diz que me ama e quer meu bem e quer me casar como seu pior inimigo

- Kizashi: *ZITTO... PRIMA DI PERDERE LA PAZIENZA COME TE... ORA VATTENE... VAI ALLA TUA CAMERA...

*Cala boca...Antes que perca a paciência como você... Agora sai... Vai para o seu quarto...

Saí do escrito do meu pai, subo as escadas corro direção do meu quarto e me jogo na cama. No momento tudo que posso fazer é chorar sem parar. De certo modo já sabia que esse momento chegaria, não achei fosse tão rápido assim, afinal todas as mulheres do nosso mundo se casam com seus futuros maridos escolhidos pela família.

Serei obrigada a me casar com um dos inimigos da minha família para ter acordo de paz, por mais que queira me expressar a minha opinião não vale de nada, pois dentro da máfia mulheres não tem voz ou sua vontade.

Fiquei ali chorando por horas “só tenho 20 anos não posso me casar, não agora”, pode se dizer quase a tarde toda até de cansaço acabei dormindo, só acordo quando sinto alguém tocar meu rosto quando abro os olhos vejo Maria, como olhar preocupado e aflito.

Maria cuidou de mim desde pequena é como uma segunda mamãe para mim, levantei lentamente olho em seus olhos.

- Sakura: Maria! Por que ele fez isso comigo? Por quê?

- Maria: Oh minha menina... Sinto muito... Mas ele é seu pai meu amor...

- Sakura: Eu não quero me casar com um estranho...

- Maria: Fica calma... Minha menina precisa de alimentar...

- Sakura: Não quero...

- Maria: Por favor! Menina Sakura...

- Sakura: Tudo bem...

Aceitei comer um pouco, mas não estou como muita vontade. Comi para não deixa Maria preocupada, assim que terminei deitei na cama ela fica fazendo carinho em mim até que eu voltei a dormir.

17 de Agosto de 2019 às 12:01 0 Denunciar Insira 0
Leia o próximo capítulo Hatake...

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 24 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!