School XOXO Seguir história

aikimsoo Ai KimSoo

12 garotos são a base. Uns podendo ser a base até mesmo do país e outros apenas da escola. Separados pelo Time Vermelho x Time Azul, cada um tem seu grupinho. Essa é a divisão em que se encontra os alunos da School XOXO. Mas as coisas vão além de Time Vermelho x Time Azul ou qualquer interesse em mostrar quem é o alfa que manda na escola. A ganância pelo poder, desentendimentos causado pelo poder e lutas para se firmar, em nome do poder. Em suma: Poder. Uma pequena palavra capaz de trazer a discórdia, inimizade e confrontro. Como se não fosse o suficiente estarem enfrentando os hormônios adolescentes e as descobertas de suas classes - alfa, beta e ômega -, a palavra Poder está regindo suas vidas. O que exatamente os 12 vão viver?


Fanfiction Bandas/Cantores Para maiores de 18 apenas.

#colegial #sexo #lemon #abo #yaoi #gay #taoris #xiuchen #sulay #hunhan #chanbaek #kaisoo #aikimsoo
3
468 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todos os Sábados
tempo de leitura
AA Compartilhar

Prólogo - Volta às aulas

Prólogo


-Do Kyungsoo On-


Estava chegando na volta às aulas com a maior cara emburrada que eu poderia ter. Motivo? Eu não queria dar fim às minhas férias, mas já que elas teriam um final, que pelo menos eu voltasse às aulas com algo que me animasse. Minha mãe me levou na ótica, fiz meu exame e mudei minha armação. Meu grau tinha aumentado e não podia estar mais feliz por poder largar a armação velha que não mais servia.

Estava feliz. Estava. Sehun tinha adorado minha armação nova - mesmo que ela ainda fosse redondinha - e disse que caía muito bem em mim. Eu tenho preguiça de me arrumar, mas não deixo de ser vaidoso, então estava contente com o elogio. Passei o final de semana tentando me adaptar à armação e até cheguei a ir na ótica para nivelar o óculos.

Não sei se considero o meu maior erro ou minha melhor escolha. Veja bem, se eu tivesse permanecido como estava, continuaria com dores de cabeça e me sentindo incomodado com o fato da armação estar torta, porém, justamente por culpa do meu pequeno TOC, tive que mandar meus óculos para o conserto.

O moço da ótica usou o aquecedor para deixar a armação maleável e isso causou um derretimento no anti- reflexo da lente esquerda. Pessoa mais sortuda que eu? Tô pra conhecer ainda.

Por este motivo, estava emburrado e voltando às aulas com um mau-humor além do meu típico. Minhas aulas eram em tempo integral e somente dia de quarta que eu saía antes de 13h. Passar o dia todo estudando e com o grau antigo não fazia bem para minha cabeça. Eu já estava antecipando toda a chateação do dia.

-Socorro hein? Você já foi mais feliz. - Sehun resmungou.

-Você sabe o quanto fiquei chateado com o lance do óculos, Sehun. - retruquei e ele apenas concordou, enquanto andávamos pelo pátio do Colégio.

-KYAAAA! KYUNGGIE E SEHUNNIE! - ouvimos nos gritar e eu nem precisávamos nos virar para ver quem era.Baekkie surgiu pulando em cima de mim e do mais novo. Ele estava com um cheiro doce vindo de si e aquilo me alertou. Eu não o tinha visto nas duas últimas semanas de férias, então só pude contar com o Sehun para jogarmos video-game. O Tao, eu sabia que tinha ido para China passar um tempo com o pai, mas não sabia de nada do Baekhyun.

-O que aconteceu? Por que sumiu? - perguntei enquanto nos afastávamos do abraço. - E por que você está com um cheiro docinho?

-Porque eu entrei no cio. - Baek contou animado. Sehun e eu logo nos espantamos. - Eu sou ômega, tô bem feliz por isso.

-E por que não nos contou? Um cio dura uma semana, você sumiu por duas. - Sehun protestou e eu tive que concordar.

-Eu não me sentia bem durante a semana antes do cio, por isso fiquei sumido e na semana do cio... Bem, não preciso falar nada né? - ele justificou e eu fiquei curioso. Estava prestes a perguntar mais sobre, porém, fui interrompido.

-Não precisa falar nada sobre o quê? - Tao perguntou curioso. Ele surgiu do além por trás de mim e do Sehun.

-Baekkie-hyung entrou no cio. Ele é ômega. - Sehun respondeu.

-SABIA! Acho que vamos ser o bonde dos ômegas. - Tao comentou, mas então fez careta. - Ou talvez não, porque acho que sou beta.

-Ainda nem fez aniversário pra se preocupar com isso. - o confortei. - Você e o Sehunnie são muito novos ainda, não precisam apressar as coisas.

-Temos 15 anos e isso é ser muito novo? Já vamos fazer 16 dentro de alguns meses. - Sehun resmungou e eu não pude deixar de rir.

-Eu tenho 16 e o Baekkie 17, então vamos querer parar de fogo? Se não nos tornarmos o bando ômega, será por culpa minha. Eu devo ser beta, já faz 1 mês que fiz aniversário e não entrei no cio. - ressaltei e vi a cara de surpresa deles. - Por que essas caras?

-Quando você disse que o possível motivo de não sermos o bonde dos ômegas era você, pensei que ia dizer que era porque seria alfa. - Sehun explicou e eu fiquei surpreso. - Na verdade, acho que foi isso que todos nós pensamos.

-Se for pra alguém ser alfa, esse alguém é você, Sehunnie. - comentei e vi meus amigos concordarem.

-Olha pelo lado positivo, vocês moram juntos e quando entrarem no cio, podem satisfazer um ao outro. - Baekhyun provocou e eu o fuzilei com o olhar, enquanto Sehun corou. - E os cios atrasam, o meu levou 1 ano. - ele ressaltou.

-Mas sua família tem uma linhagem forte, logo você seria classificado independente do atraso. - retruquei.

-Por falar em satisfações, quem tomou conta de você nesse cio hein? - Tao perguntou para o Baek, enlaçando os ombros do mais velho e me ignorando totalmente. - Pode contando tudinho.

-Err... O sinal bateu! - Baekhyun gritou e se soltou do braço de Tao. Ele simplesmente saiu correndo como se sua vida dependesse disso.

-Parece que ele não ficou sozinho e está nos escondendo alguma coisa. - Tao murmurou.

-Parece? Tenho certeza. - falei e comecei a andar.

Baekhyun era uma sala a mais. Sehun, Tao e eu éramos do primeiro ano e Baekhyun do segundo. Nos conhecíamos fazia bastante tempo. Eu conhecia Baekhyun desde que éramos pirralhos que usavam fralda, Sehun e Tao conheci fazia uns 5 anos, quando eles entraram no Colégio.

Nem lembro como comecei a falar com eles. Não sou o tipo de pessoa que seja anti-social, mas não costumo fazer amizade com facilidade. Falo com quem falar comigo, mas isso não significa que todos sejam meus amigos.

E por eu ser assim, muita gente acha que sou nerd, mas minhas notas são medianas e nada fora do comum. Eu sou uma pessoa mediana, sem nada grandioso para se orgulhar e nem se odiar. Até gosto de ser assim, meio que é um equilíbrio na vida e por conta disso, acredito que eu vá ser um beta.

Quanto ao Sehun, fico na dúvida entre alfa e ômega. Ele sabe se impor, mas costuma ser muito manhoso e fofo. Fazia uns 3 meses que vivíamos juntos e toda hora era "hyung, hyung, hyung". Eu já sabia que ele só me chamava assim quando queria comida ou então atenção. Era por essas e outras que eu acreditava que o Sehun pudesse ser mais ômega do que alfa, mesmo que seu porte seja de um alfa. Sehunnie era alto, porte-atlético e tinha presença.

Quanto a Tao... Eu achava que ele ia ser mais alfa do que ômega. Ele é muito estourado e por mais manhoso que seja, seus instintos me lembram muito um alfa. Sinceramente não seríamos o bando ômega, só faltávamos descobrir mesmo quem iria ser o que.

Entramos em nossa sala de aula e sentamos nas cadeiras do meio. Sehun e Tao sentaram juntos e eu sentei sozinho, já que as cadeiras eram em dupla. Não tinha problema eu sentar sozinho, porque a sala era grande e nossa turma não costumava ser muito cheia, então me deixariam ficar com a carteira só para mim.

-Vou beber água. - avisei aos mais novos e deixei minha mochila na mesa.

Saí da sala antes do professor entrar e me fazer pedir permissão. Os corredores estavam cheios de alunos correndo para seus devidos destinos e outros colocando a conversa em dia. Quando virei no corredor, que tinha o bebedouro, paralisei. Baekhyun estava beijando um garoto extremamente alto e popular.

Park Chanyeol.

Fiquei tão chocado, que dei as costas para a situação imediatamente. Trombei em alguém, que parecia ter minha altura, pedi desculpas e me afastei às pressas. Desde quando meu melhor amigo se envolvia com os escrotos populares? Por que ele estava escondendo isso de mim, se sempre contávamos tudo um para o outro? Será que era por eu estar morando debaixo do mesmo teto que o Sehun? Mas o Baekkie gostava tanto do mais novo, que eu não via razão para esse possível ciúme.

Entrei na minha sala de aula totalmente desorientado e quando caminhei para sentar em meu lugar, deparei-me com ele ocupado. Bem onde eu tinha deixado minha mochila, sentava-se Kim Jongin, ou mais conhecido como Kai, o mais novo classificado alfa dos populares escrotos. Ao seu lado? Wu Yifan, ou mais conhecido como Kris, o primeiro alfa classificado do bonde dos populares.

-Com licença, eu estava sentado aqui. - falei. Não me importava se eram populares, eu estava sentado ali. Kris nem era para ser daquela sala!

-Não vi seu nome anotado nesta carteira. - Kai respondeu de forma arrogante.

-Que resposta de neném hein? - resmunguei. - Cadê a mochila que estava ai?

-Sei lá. Cheguei e me cederam este lugar. Não é mesmo, gracinhas? - aquele besta perguntou e encarou meus amigos, que ficaram mais pálidos do que já estavam. - Agora se manda, que está atrapalhando meu olfato.

-Kyunggie, sua mochila está aqui. - Sehun falou e apontou para minha mochila na carteira ao lado da dele.

-Obrigado por me botar mais pra trás, seu besta. - agradeci de forma irônica e me sentei onde estava minha cadeira. Percebi que não estava sozinho e quando o dono do assento se sentou ao meu lado, vi que era Moonkyu, ou melhor, Timoteo.

-Olha a gracinha que divide carteira comigo! - aquele ômega besta zombou e eu apenas revirei os olhos.

Minha volta às aulas poderiam ficar melhores?

21 de Julho de 2019 às 01:58 0 Denunciar Insira 0
Leia o próximo capítulo Gênios fortes

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 40 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!