O soldado ferido Seguir história

dcsales Danieli Sales

Um homem ferido em combate acorda sem memória. Uma jovem mãe que aguarda em um lugar escondido que seu marido retorne da guerra. O mundo dos dois estranhos se colide quando o garoto traz o homem ferido para que a mãe o ajude. Enquanto se recupera dos ferimentos e tenta descobrir quem é, o menino se afeiçoa ao soldado como se ele fosse o pai que nunca conheceu. Desejo e culpa se misturam pela mulher que o salvou, e ao passo que as lembranças do passado do soldado vem a tona, ele descobre um terrível segredo capaz de separá-los para sempre da família que aprendeu a amar. Continuação da história: O astronauta e a borboleta.


Romance Romance adulto jovem Todo o público.

#romance #drama #guerra #amor #família #passado #recomeço #lembrança
0
2428 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

O despertar

O  horizonte girava em torno dos seus olhos quando ele despertou em meio ao campo de batalha, suas roupas haviam desaparecido e o ar que respirava era denso e seu gosto amargo. Ele não tinha certeza se era o mocinho ou o bandido

Se é que na guerra isso possa existir.

Não sabia se estava em território aliado ou inimigo. Não sabia em quem confiar ou mesmo se poderia confiar em alguém. Sem suas roupas ele nada mais era do que o inimigo dos dois lados da guerra. Tudo o que sabia era que o sangue ainda escorria, e ele desejava encontrar a salvação bem mais do que suas feridas.

Rastejava, pois, era incapaz de caminhar.  Ao encontrar um rio, tomou de sua água e passou o restante do dia  observando o sol nascer e se por, tentando se lembrar de tudo o que era real.

O silêncio às vezes fala quando se está sozinho, e mostrou a ele uma lembrança ou mesmo um sonho. Uma garota com os cabelos negros e borboletas vivas pousando e adornando seu cabelo, a garota tocava seu rosto sem olhar em seus olhos e dizia: 

— Prometa que irá voltar para mim.

Em um suspiro de exaustão ele fechou seus olhos e adormeceu sem poder ver o reflexo na água de dois pequenos pés se aproximaram e os olhos do pequeno claramente apreensivos pareciam decidir se finalmente dariam uma saída ao homem ferido.

16 de Julho de 2019 às 19:37 0 Denunciar Insira 0
Leia o próximo capítulo Lembranças

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 14 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!