Conto
0
2270 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Alegres girassóis

+ Ele o viu pela primeira vez anos antes, durante uma das várias confraternizações entre as escolas. Foi, de fato, surpreendente perceber que sua atenção fora presa por uma pessoa até então tão aleatória quanto aquele estudante mais velho.

Ele brilhava.

E ele o admirou, de longe, sempre que podia.

Admirava sua beleza e o modo como os olhos azuis brilhavam animados; admirava seu quirk e a força heroica que o movia.

Houve momentos em que pensou em se aproximar, falar sobre algo que não fosse relacionado aos poucos casos em que acidentalmente acabaram trabalhando juntos. As vezes, quando o via agora andando pelos corredores da agência, se via indo em sua direção, antes que a coragem o abandonasse e ele desse meia volta e fosse para direção contrária.

Então por que ele tinha essas malditas flores em suas mãos?

Por que ele passou quase uma hora dando voltas em meio a uma excessivamente colorida floricultura?

Os girassóis zombavam alegremente de si.

“Ei, Fujimi!”, a voz animada o assustou, fazendo-o jogar o pequeno buquê dentro da sacola. “Bom trabalho pegando aquele vilão!”

Mirio sorria abertamente, lhe dando pequenos tapas nas costas, enquanto lhe dizia o quanto estava impressionado com suas técnicas de luta,

Não foi até que Mirio finalmente o deixou que ele tirou novamente o pequeno buquê de sua sacola. Talvez não fosse tão ruim que ele o houvesse comprado. Então, movido por um pequeno momento de coragem, rabiscou uma nota e discretamente a deixou junto as flores sobre a mesa do pequeno escritório.

Quem sabe um dia ele tivesse coragem o bastante de fazer isso pessoalmente...

1 de Julho de 2019 às 03:01 0 Denunciar Insira 0
Fim

Conheça o autor

Inial Lekim 22 anos. Pisciana. Escritora. Sonhadora. Fotógrafa e Desenhista quando surge inspiração. Vocês já ouviram a palavra de KakaGai hoje?

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~