Minha primeira e verdadeira experiência sexual PARTE I Seguir história

robertacsa Roberta csa

Minha primeira e verdadeira experiência sexual PARTE I (quero lembrar que trata-se de uma experiência verdadeira que aconteceu comigo, e eu só resolvi escrever essa estória a pedido da minha psicóloga que me ajudou muito)


Não-ficção Para maiores de 18 apenas.
Conto
1
559 VISUALIZAÇÕES
Em progresso
tempo de leitura
AA Compartilhar

Minha primeira e verdadeira experiência sexual PARTE I

Minha primeira e verdadeira experiência sexual PARTE I

(quero lembrar que trata-se de uma experiência verdadeira que aconteceu comigo, e eu só resolvi escrever essa estória a pedido da minha psicóloga que me ajudou muito)

Tenho 33 anos hoje, em maio de 2019, casada a 9 anos e separada a 8 meses, não tivemos filhos e eu voltei a morar com meus pais.

Trabalho em uma rede de joalherias de luxo, numa loja em um chopim de São Paulo, como vendedora, e lá, é exigido que estejamos sempre muito femininas e muito bem maquiadas, o que sempre chama atenção.

Sou morena e me cuido muito, curto academia e não gosto de me envolver com as pessoas, tipo saidinhas baladas barzinhos, sempre fui bem reservada, e morando com meus pais, mais ainda, o velho é sempre muito vigilante apensar da minha idade.

A minha separação me abalou muito, fiz de tudo que podia para não separar e tentar salvar o casamento, meu ex com dois anos mais velho, porém sempre muito aventureiro de todas as formas, sempre queria coisas novas, mas não fazia nada para conquistar.

Ficamos em crise, passamos a sair com amigos, e isso tudo eu fazia por ele, mas ele foi meu primeiro homem, me casei virgem só conheci ele, e acredito que isso foi um grande passo para esfriar nosso relacionamento.

Nessa fase ele passou a beber mais, e as rodinhas de amigos não tinha novidades, era só conversa furada e bebidas que não levava a nada.

Resolvi parar de sair, ele ficou bravo, queria me violentar e ele foi sempre muito bruto, só pensar nele nunca se preocupou se algum dia eu gozei ou não. Ai um dia ele trouxe para casa um filme pornô e me chamou para assistir, chegando a um momento que um casal recebeu outro casal para transarem juntos, e ai ele comentou me perguntando, você toparia fazer isso um dia? E ai ele veio todo dengoso, e quando ele vem assim é porque realmente estava afim, e isso me gelou, não respondi, disse que ia pensar, e ele já me chingou. Comentei com uma amiga da loja, também casada, e ai ela me disse, porque não ? Já que o casamento esta assim, ai não vai pintar traição e o convite partiu dele, e eu não tinha pensado assim.

Passou uns dois dias, ele me cobrou uma resposta, e eu perguntei, como ele pretendia achar um casal?

-Haaa vamos numa boate de casais e vamos ver o que rola..., bom então você não vai me colocar numa situação de ter que sair com quem vc quiser, porque eu quero decidir se vou ou não, e ele concordou, disse que iriamos só para conhecer.

E assim foi no primeiro sábado que apareceu, uma boate localizada no bairro de Moema, entramos e estava escrito na nossa testa que éramos iniciantes, inexperientes.

Pedimos uma bebida e ficamos só observando as pessoas, e sentia muitos olhares na gente, até que fui ao toalete, lá fui abordada por uma loira muito linda e uma diplomacia impecável que não me colocou em situação de constrangimento. Ao sair do toalete com ela, ela me convidou para irmos a mesa deles e eu topei, e chamamos meu marido.

Nos bates patos, eles disseram, vocês nunca vieram aqui não é? Conhecemos a maioria dos frequentadores e curtimos troca de casais a mais de 10 anos. Não sei a idade deles mas eram mais velhos que nós, lógico, e muito bem apresentados, tive a impressão que ela era muita areia para caminhãozinho do meu marido, kkkk e ele ficou deslumbrado com ela.

Não forçaram nada nessa noite, porque perceberam que estávamos ali para conhecer e sair na primeira vez não rola intimidade segundo eles. Trocamos os telefones, e a regra desses casais é que não existe contatos sem que os quatro fiquem sabendo. Na semana seguinte, eles no ligaram convidando para um encontro num lugar publico para nossa surpresa. Topamos de imediato, faltando um dia para o encontro ELA me passou uma mensagem e me fazendo um pedido, para que eu fosse de vestido, bem a vontade e sem calcinha. Nossa gelei, e pensei porque será? Meu ex. ficou todo ligadão no fato, nem dormiu aquela noite, nem encostou em mim, não queria nada comigo só com nosso encontro que ia acontecer.

Fomos nos encontrar, dois casais sociais numa praça de alimentação de um chopim, nada suspeito onde qualquer pessoa poderia nos ver, fui super tranquila e a vontade.

Quando nos encontramos, ao trocar cumprimentos, o marido dela me pegou firme pelos braços e me beijou um pouco demorado no rosto, já achei que ali tinha coisa, mas afinal estávamos procurando. Pedimos umas bebidas e a nossa anfitriã me chamou para acompanha-la no toalete, fomos, quando estávamos entrando ela me passou a mão na bunda procurando saber se eu estava como ela me pediu, e eu estava. E ai perguntei meio que gelada, não esperava a situação, porque ela me pediu isso, e ela com um sorriso me respondeu, haaaa se você veio assim é que estão afim de sair hoje kkk , nossa como sou uma idiota kkk.

Voltamos a mesa e ao chegar, ele me disse três nomes, para eu escolher um deles, não sabia o porque, mas era nome de três motel que tinham quartos que interagiam um com outros, uma piscina no meio onde todos se viam se quisessem e podiam curtir a piscina coletivamente. E eu escolhi um e já saímos de imediato, todos estavam compressa, kkkk

Chegamos nos quartos, e já foram abrindo um vinho que ajuda muito, meu ex. não tirava os olhos dela, e o marido olhava para ela com um sorriso maroto. Fomos conversando e ele sentou ao meu lado e ela ao lado do meu ex, e saíram andando em volta da piscina e eu fiquei com o marido dela conversando numa boa, muito cavalheiro, coisa que é bem distante do meu ex, não estava acostumada com tratamento assim. Num momento sem eu esperar ao virar meu rosto ele me beijou carinhosamente e começarmos a nos beijar como namorados sem nenhuma pressa de colocar as mãos para correr o corpo.

O meu ex foi com muita pressa, e ela foi muito gente fina, experiente e muito carinhosa foi dominando a fera, e ela percebeu que ele não tirava o olho da onde eu estava e o que estava rolando lá. Ai ela percebeu que não ia rolar, trouxe ele para perto de nós e num olhar para o marido levantando as sombra selhas ele percebeu que o clima já não estava mais legal, eu estava de calcinha sem sutiã, e ele estava já nu, e eu acariciando ele, excitada e confesso, fiquei muito puta com meu ex. juro.

Meu ex pegou uma bebida e eles o acalmaram dizendo que a primeira vez é assim mesmo e bla bla bla,

Meu ex tinha deixado bem claro, que a gente tinha conversado muito sobre o assunto, e que isso não ocorreria, mas, aconteceu.

Chegamos em casa briguei feio com ele, e ai porque eu estava brigando eu era a puta dos quarto, e isso foi a gota d'água, separamos.

Uma semana depois, ela me ligou e perguntou se tudo já tinha resolvido, e eu contei a ela que serviu para tomar uma decisão de separar, e foi o que aconteceu disse a ela, e ficaram preocupados comigo dizendo que se sentiam culpados se eles não foram a causa dessa separação, e eu disse que tudo já tinha acabado só era uma questão de tempo.

Ai ela foi muito direta comigo, esta afim de sair com a gente, nós três? Topei de cara, mas imaginava que sair os três era um jantar um bate papo um lugar qualquer.

Mas não era esse o plano deles, eu seria degustada literalmente, pelos dois, não sabia que ela era bi, nem imaginei e topei sair com eles. Fomos para um motel, e ela tomou a iniciativa e ele ficou na piscina, nem chegou perto, tomamos muito vinho isso me esquentou e ela veio curtindo cada centímetro do meu corpo, me chupou inteirinha e falou no meu ouvido, "só vou parar quando sentir vc gozar na minha boca" ela adora chupar uma mulher, nossa, nunca tinha sentido essa sensação, desmaiei, literalmente.

Dei uma apagada, e quando levantei a cabeça e olhei para a piscina ele estava comendo ela numa boa, e eu fiquei assistindo, até que eles me chamaram para entrar na água, não hesitei, fui na hora.

Passeia a ser a "convidada", a principal dos dois, nossa, voltaram a me chupar, mas desta vez os dois, correndo pelo corpo todo, uma loucura, de levar a doidisse, perder o controle de tudo, inesquecível.

Ela saiu da água esticou os braços e me puxou para irmos a cama, e eu fui, e ele veio atrás de mim com a mão na minha bunda. Eu devia estar meia bêbada estava quente de mais fervendo o sangue. Ela me jogou na cama, e já foi pra cima de mim, e ele veio e já foi colocando na minha boca bem devagar, eu comandava a situação, como eu queria, nossa isso me conquistou.

Ai ela me colocou de pernas abertas, deitada e disse a ela, "ela esta pronta, é sua" e veio tipo papai e mamãe, bom beijo na boca e ela me chupava os peitos e eu gozei com ele dentro de mim, e ele de camisinha, também gozou, o cara na hora chega a urrar, nossa que coisa louca.

Todos ficaram esfacelados na cama, moídos, ai todos passaram a conversar sobre a vida, numa boa, e ele pediu para eu me virar de bundinha pra cima, e eu virei e estava ao lado dela, e ele veio me lambendo, até que abriu minha bunda e enfiou a língua, nossa que delicia e ai ele levantou o rosto e perguntou , você é virgem né? E riu , e ela também, e disse " nossa é verdade ?" e eu balancei a cabeça dizendo que sim, ai ele veio ao meu lado e fiquei no meio dos dois, e disseram, nossa não acredito nisso, ai contei um pouco de mim e disse que eu nunca tinha feito nada disso tudo era novidade para mim, por isso gozei tanto, vi que ele piscou para ela e sorriu.

Já de madrugada, pedimos salgadinhos e mais vinho, e começamos a beber novamente, até que eu e ela começamos a beijar novamente, com malícia, com tesão, em baita beijo na boca e ele veio abrindo minhas pernas e me chupando ao mesmo tempo, nossa que delicia.

Tudo começou a esquentar novamente, ele me pegou no colo e me levou para cama e ela pegou as taças de vinhos, e continuamos lá na cama. Ai ela me disse " posso te fazer um pedido?" e eu disse lógico, ele me perguntou vc já fez um 69? Haa claro que já com meu ex, ai ela disse, não, estou perguntando com uma mulher, e eu disse a ela, nunca tive com uma mulher e nunca pensei nisso você e vocês são os primeiros em tudo comigo, nunca vou esquece-los. Ai ela deitou na cama e me chamou por cima dela, e ficamos num 69 bem carinhoso, mulher sabe como a outra gosta de ser beijada e chupada, aprendi isso com ela.

Logicamente eu estava de 4 encima dela beijava seu sexo como estivesse beijando na boca dela, senti que ela gozou e se arrepiou, ai ela me chupava e eu estando de 4, ele veio me chupando também, porém, desdá nuca, nossa que delicia que arrepio, e foi correndo todo meu corpo, até que chegou onde ele queria, no meio da minha bunda, e enfiou a sua língua bem fundo, meu tesão foi lá encima e ela também alisava com as mãos as minhas nadegas e ele me chupando, ela ia me abrindo para ele, isso que acontecia. Nossa eu fui gemendo de tesão, agarrava a coberta da cama parecendo que eu ia arrancar tudo ali, estava me entregando de verdade, senti que ele posicionou a cabeça do pau bem no meu cuzinho virgem, e ele ficou paradinho, ela me pegou pela bunda e foi empurrando de encontro com o pau dele, até que senti que foi entrando, ela me falava, não se preocupe você quem mexe, vc quem senti esse tesão tão especial que é para poucos, pensou que ia sair na minha boca, ele me enchia totalmente, até que senti que entrou tudinho, ela pegou na minha mão e passou no pau dele para eu sentir que já estava tudo lá dentro, demorou, ficamos parados um bom tempo para eu acostumar com aquilo tudo dentro de mim e ele bem lubrificado, isso foi fundamental.

Mas quando ele começou a mexer, a bombar senti ele gozar como louco senti uma pulsação uma inundação na minha bunda, e senti que ele estava sem camisinha. Quando tirou escorreu tudo e ela já estava com uma toalha esperando para me socorrer, e dizendo "queria ta tudo bem não se preocupe, é assim mesmo quando se é virgem".

Relaxamos, e passamos a conversar, e ela me contou um fato que eu não imaginava, no dia em que saímos nos 4 e não rolou, é que meu ex ficou olhando o pau do marido dela que era bem maior que o dele, e isso o bloqueou, porque acontece o machismo na cabeça dele, e por isso ficou constrangido. São experientes e me convidaram para ir no apartamento deles na praia para um final de semana onde vão receber um casal amigos que também curtem troca de casais e eu estarei de convidada, mas isso é uma outra estória que quem sabe eu escrevo.

11 de Junho de 2019 às 20:39 0 Denunciar Insira 1
Continua…

Conheça o autor

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~