I Love You Seguir história

sophiagrayson Sophia Grayson

Tarou Kabakura não imaginava que sua namorada, Hanako Koyanagi, se importasse com aquele tipo de coisa.


Fanfiction Anime/Mangá Todo o público.

#shoujo #fluffy #romance #Hanako-Koyanagi #Tarou-Kabakura #O-Amor-é-Dificil-Para-Otakus #Wotakoi
Conto
1
3.6mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Capítulo Único - Amor Maduro

Tarou Kabakura não imaginava que se encontraria em tal delicada situação e em um contato tão íntimo em público. E ainda em uma noite de encontro com os amigos. Estava abraçando sua namorada Hanako Koyanagi, que chorava e resmungava sobre ele não a tratar de forma mais amorosa e suas inseguranças de que o ruivo não gostasse dela. As abobrinhas que a cabeça da esverdeada fazia quando bêbada deixava ele um pouco chateado. Mas sabia que tinha um fundo de verdade, que estava guardado no fundo da mente dela. Que agora estava vindo à tona com a bebida.

Kabakura não acreditava que ela tinha dúvidas de seus sentimentos. Ele continuava a amando mesmo com o passar dos anos. Certo que eles sempre discutiam – mesmo que isso fosse mais em público, já que a sós viviam em harmonia – desde a época do colegial. Eram um tipo casal tsundere como a Momose tinha afirmado momentos antes. Logo não via problema algum e não percebia que isso a estava afetando daquela forma. A mesma nunca deu a entender ou demostrou isso.

- Maldito – escutou ela xingar entre os soluços, enquanto apertava ainda mais sua blusa social já um tanto molhada.

Suspirou fechando os olhos castanhos claros. Passou as mãos nas madeixas esverdeadas sentindo o perfume do xampu de cerejeiras exalar. Como gostava daquele cheiro.

- Cada coisa para se preocupar e escolhe logo isso? – disse com uma expressão calma, bem rara de se ver em público. Koyanagi levantou o rosto para encara-lo, vendo os orbes castanho claros encararem ternamente – Pensei que estivesse bem claro a muito tempo e com tudo que faço para você, nem chegando a reclamar de suas manias quando as mesmas são alvo. Mas não tinha por mim que devo reafirmar as vezes. Não sou muito bom no quesito sentimentos, como já sabe, mas eu amo você, mesmo não dizendo em palavras. Então deixe disso de pensar essas coisas. Além de tudo isso não combina contigo! – parou de falar ao ver o rosto surpreso da libriana. Logo deu-se conta que falara algo que raramente dizia “eu te amo". Quis cavar um buraco e se enterrar. Hanako não esqueceria disso tão cedo e talvez mais a frente fosse muito provável que se use como provocação.

- Que lindinho, deveria ter filmado – disse a esverdeada com a voz embargada, um pequeno sorriso se formou em seus lábios, que o acalmou mais – Obrigada – apertou mais o abraço, sentindo o firme peitoral do mais velho. Tão quentinho – Também te amo, Tarou. Mas realmente estava preocupada com isso – mais algumas lágrimas caíram, logo sendo limpas pelo ruivo com uma mão e a outra deslizando nas costas da mais nova afagando-a.

Estava sendo uma noite com muitas emoções e surpresas. Especialmente com as declarações de ambos. Kabakura estava impressionado.

- Pronto, pronto. Está tudo bem – sentia Koyanagi parar aos poucos de chorar. Não gostava de vê-la dessa forma, doía em seu coração – Quando estiver bem vamos voltar para a mesa. Creio que Nifuji e Momose estão preocupados. Sentiu ela confirmando com a cabeça. Ficaram mais um tempo ali até a esverdeada se acalmar e se recompor.

2 de Junho de 2019 às 11:32 0 Denunciar Insira 2
Fim

Conheça o autor

Sophia Grayson Só uma garota que gosta de escrever.

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~