Eliana Russell Seguir história

l
larissa frois


Meu nome e Eliana Russell dede que nasci moro na cidade de Hilliswi .ate que no meu aniversario de dezoito anos minha mãe descidio visita minha vó paterna ,a quem eu nem conhecia na ilha de narratwa e essa ilha destruiu minha vida ,a ilha mim mando para algo inimaginável.


Fantasia Todo o público.

#romance #fantasia #elfo #lobisomen #bruxa #eliana #vanpiro
0
2524 VISUALIZAÇÕES
Em progresso
tempo de leitura
AA Compartilhar

meu nome e Eliana Russell

"querido diário ,Meu nome e Eliana Russell , moro na cidade de Hilliswi desde meu nascimento ,eu estudo na escola orgulho uma das mais respeitadas da cidade ,hoje e meu aniversario de dezoito anos ,a Hanna sempre fala que os dezoito e para sempre ,que tudo oque tiver de acontecer em sua vida com certeza aconteceria aos dezoito .este lugar maravilhoso que estou e meu quarto onde passei praticamente toda a minha vida

bom irei explicar um pouco sobre meu quarto.olhe para a parede a direita onde esta a parti leira de livros essa mesma repare que encima da longa parti leira a um livro de capa envelhecida feito de coro e se você conseguiu ver toque caseiro nele então acertou foi eu mesma quem fiz ,vamos o chama de diário ,eu sei oque pensa estou velha pra isso, mais para a sua surpresa nunca escrevi nada nele, eu estou trabalhando nisso ,agora preste atenção nesta cadeira de madeira perto da porta,essa porta esquisita coberta de veludo e o meu armário com certeza prestou a atenção também nos desenhos que estão presos a parede a cima da cama ,também fui eu quem fiz , eu gosto de desenha no meu tempo livre ,eu não tenho nada a dizer da escrivania ou do horrível tapete cor de rosa que meu pai mim deu em meu ultimo aniversario ,esta garota de cabelos cor de mel e olhos castanhos deitada na cama com uma camisola preta sou eu ,hoje vai ser um dia perfeito eu e minha melhor amiga Hanna vamos para o baile da escola ,eu vou com o jogador de futebol americano e o garoto mais popular da escola e isso mesmo o Brian e a Hanna vai com o melhor amigo dele o Simon. hoje tem tudo para ser um dia perfeito....

- ELIANA ELIANA... DESÇA AQUI!!- Eliana ouve o grito de uma voz feminina .

bom diário esta e minha mãe Clarissa ,não se em porte com os gritos ela anda meio estérica desde a morte do meu pai Adam.''

- JÁ VOU MÃE !! - responde a garota pondo o diário sobre a sua cama .

-meu deus oque deu nela? aff-reforça enquanto vai em direção aos gritos de sua mãe.

a garota desce as escadas do corredor indo em direção a cozinha ,de onde ela acredita vir os gritos de sua mãe .

- AQUI !!- grita a mãe da garota ajoelhada a frente do armário da cozinha segurando uma caixa enorme em mãos.

-oque vai fazer com essas velharias do papai? - pergunta a garota enquanto ajuda a sua mãe a se levanta com a caixa.e a colocar sobre a bancada da cozinha.

- Eu estou separando coisas para doação querida.-responde clarissa enquanto da um leve suspiro por se livra do peso da caixa.-Alem disso não vamos usar isso mais ,e eu quero diminui a bagagem.- a mulher limpa o suor do rosto e pega a caixa e põe junto com uma pilha de outras de tamanhos variados .

-BAGAGEM?...-diz a menina sem entender oque tinha acabado de ouvir - Do que a senhora esta falando? -reforça enquanto olha nitidamente para a pilha de caixas.

-Não lhe falei querida?-responde a mãe da garota- Vamos nos mudar -antes que a mulher terminasse de fala a garota desmaia sobre a cadeira da bancada só conseguindo fala uma palavra antes que terminasse de cair ao chão.

-MUDAR?...

-ELIANA ,QUERIDA ,QUERIDA-fala a mãe da garota dando leves tapas em seu rosto.

a garota viaja no seu subi consciente por minutos ate ouvir a sua mãe gritando desesperadamente seu nome.

- eu ..eu ,não ouvi isso- sussurra Eliana enquanto abre lentamente seus olhos pondo a mão direita sobre a testa.- eu estava tendo um pesadelo? ,diz que foi um pesadelo-reforça a garota abraçando sua mãe em esperança de ouvir oque queria.

-Mim desculpe querida ,mais e verdade -responde a mulher enquanto ajuda a filha a se levanta do chão.

-Para onde vamos mamãe? -pergunta a Eliana enquanto se apoia sobre a cadeira do balcão.

HORAS DEPOIS NO COLÉGIO ORGULHO

- ilha de narratwa.. diz Eliana a suas amiga sentadas na escadaria do ginásio da escola.

-ilha narratwa..-repete Hanna sem entender a situação.

-ela mim disse que minha avo Mari mora la -responde Eliana andando para cima e para baixo na escadaria.

- você não disse que não tinha vó?- pergunta Hanna dando uma forte sugada no milk shake em sua mão.

-minha mãe sempre disse que não, mais parece que ela e mãe do meu pai e tiveram desentendimentos familiares.

-que tipo de desentendimento ?- fala Hanna brincando com o canudinho no copo.

-não faço ideia ,ela não quis dizer.- responde Eliana enquanto respira apoiando as mãos nos joelhos apos subir mais de vinte vezes e descer a escada .

- E se ela for um serial Killer ?-pergunta Hanna com uma voz assustada .

- minha mãe disse que ela e de boa -responde Eliana enquanto limpa o suor do rosto com a blusa.

-como sua mãe pode saber ?- volta a pergunta Hanna levantando da escadaria.

-sei la.... meu deus para com isso- diz a garota olhando para seu arredor .

- que dia você vai?- diz Hanna tentando ver oque Eliana estava olhando.

-hoje atarde - responde Eliana dando um suspiro

- Mais já, e o baile ? - exclama Hanna soltando seu corpo sobre as escadas voltando a se sentar .

QUATRO HORAS DEPOIS

- MÃE..... EU NÃO VOU.-grita Eliana enquanto segura fortemente suas malas com sua mãe puxando as malas para por no porta malas do carro.


- QUERIDA.diz a mãe da garota soltando a menina e mala no chão -você já e bem grandinha para entender .- reforça a mulher pegando a mala e colocando no porta malas .

-POR FAVOR ... MÃE POR FAVOR..-fala a garota andando de joelhos atras da mãe .

A mulher poe todas as malas no porta mala e entra no carro- Mim desculpe querida ,mais sua vó esta doente e cansada e temos que ajudá-la- diz clarissa fechando a porta do carro .-Agora entre no carro -completa a mulher apontando o dedo pro lado do passageiro.

Eliana levanta do chão e entra no carro sem da se quer mais uma palavra com a sua mãe .-você um dia vai entender querida - diz a mãe da garota enquanto liga o carro e começa a seguir viagem.

-la e pelo menos um lugar legal?-pergunta Eliana olhando pela janela do carro os prédios passando.

- la e lindo uma ilha fantástica você vai se divertir muito .tem lindas paisagens,la tem muitas pessoas legais, agente vai de barco ate lá você vai adora andar de barco querida- a mãe da menina continua falando enquanto a menina põe os fones nos ouvidos e coloca o volume do celular no Maximo.

Algumas horas depois.

- Eliana ....Eliana ..acorde querida estamos chegando - fala a mãe da garota a balançando levemente...

-Onde ..Mãe - responde a garota enquanto esfrega os olhos.

-Na ilha querida você dormiu a viagem toda no barco -responde a mãe enquanto ajuda a filha a levanta da cama.

a garota levanta da cama e vai em direção a janela do alojamento do barco .

- pelo menos a ilha e bonita- responde Eliana em quanto adi mira a vista da janela.

-oh !!,não querida não e essa não e a ilha e aquela ali depois dessa aquela mais longe um pouco aqui esta o binoculo do seu pai ..- diz a mãe da garota enquanto a entrega o binoculo, dando uma leve risada.


A menina pega o binoculo e olha para a ilha ,a ilha narratwa o grande berço das primeiras civilizações era grande e acinzentada com uma grande nevoa cercando as águas próximas a ela, era quase invisível a olho nu e tinha grandes arvores com aspecto seco. quem olhasse de uma longa distancia ate diria que as arvores eram negras assim como o seu céu ,nada ali avia cor apenas sequidão e tristeza ,a ilha era barulhenta e assustadora ,não era o lugar que uma garota de dezoito anos com todo seu espirito de liberdade iria escolher para morar.uma nevoa cercava toda a ilha como se formasse uma grande redoma ao seu redor .

- oh M ...Y GO..D- sussurra a garota olhando nitidamente para a ilha ,sem querer acredita no que estava vendo,naquele momento em questão a sua vida parecia passar diante dos seus olhos como um filme de terror dos anos 50 onde tudo era em preto e branco.








-

23 de Abril de 2019 às 18:59 0 Denunciar Insira 1
Leia o próximo capítulo A ILHA DE NARRATWA

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 1 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!

Histórias relacionadas