Seria amor? Seguir história

a
anonima kawaii


Hora errada? no Lugar errado? Isabel nem sonha o que aquele misterioso homem têm reservado para ela.


Romance Paranormal Para maiores de 18 apenas.

#adult #vampire #romance #sobrenatural
0
3.4mil VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo A cada 10 dias
tempo de leitura
AA Compartilhar

Onde tudo começou...

Tudo começou numa cidade bem distante de todas as outras lá vem no alto da montanha, eramos uma grande família eu e os meus pais e meus 3 irmãos gêmeos, eramos a família real daquele reino. O reino Herviteu.


Estava tudo perfeito o meu país, os meus pais os pequenos irmãos, e o reino ia bem, os cidadãos eram felizes e trabalhavam muito. Para não falar que em breve me tornaria rainha.

Certo dia estava eu no palácio quando ouvi alguém gritar "AHHHHHH!!!!!" assustei-me, e corri para onde o som me levava mas não encontrava a fonte do som.  Estranhei o facto de não haver guardas nos locais habituais como era de esperar dum palácio real. Com o pressentimento de que algo não estava bem corri para a sala do trono, onde supostamente se encontra a família real aquela hora do dia.

Quando cheguei a primeira reparei foi que as portas já estavam abertas, o que era estranho pois meu pai D. Afonso III não gostava de receber visitas inesperadas de um momento para o outro, por conta disso ele fechava sempre a porta para que ao menos ele tivesse o tempo de se recompor antes de abrir a porta ao convidado ou até mesmo para ver quem ele deixaria entrar ou não.

Logo quando cheguei vi algo que me iria atormentar para o resto da vida, nem mais nem menos era a minha pobre família morta, ali estendida no chão como se nada fosse, membros arrancados, pescoços estrangulados e nem quis ver mais era uma dor muito grande que me crescia no peito. Corri em direção ao meu pai pois parecia que ainda se mexia:

- Pai?? Tá me a ouvir??? Pai?? PAIII??????

- Elisabete? -  Falou ele em voz baixa quase imperceptível 

- Pai que se passou? Por favor diga-me!

O meu pai só teve tempo de dizer:

- Desculp... - E foi a última coisa que eu ouvi do meu pai

Ouvindo isto do meu pai falecido os meus olhos encheram-se de lágrimas mas não chorei, não fui capaz, por mais que quisesse não conseguia.

Levantei-me e começei a andar pelo palácio há procura de explicações quando vejo uma sombra ao fundo do corredor e uns olhos brilhantes e reluzentes como faróis, comecei a correr na direção oposta quando de repente fui contra alguma e olhei para cima. Era um rapaz alto de olhos vermelhos e cabelo preto, e estava coberto de sangue. Fiquei aterrorizada e não consegui dizer uma palavra até que ele falou:

- Estáis perdida? Desculpe falarei de outra forma pois esta não me é muito favorável. Precisas de ajuda? - falou para mim com aquela doce voz e eu só consegui responder...

- Como estaria eu perdida no meu próprio palácio? - exclamei

- Não sei diga-me a senhorita, o seu nome? - pegou na minha mão e beijou-a docemente

- Isabel Watson e o senhor?

- Kaveh Perkson

- Como o herói da Pérsia?

- Sim esse mesmo - concordou, largando a minha mão

Parei um pouco e pensei, quem era ele? o que ele estava ali  a fazer? porque estava ele coberto de sangue? 

Recuei...

- Quem és tu? - perguntei furiosamente

Ele sorriu e disse:

- Sou a pessoa que de agora em diante vou mudar a tua vida para bem ou para pior isso já será contigo. Meu tesouro.

Assustada com o que ele disse, fugi em direção á saída da entrada e foi no momento em que eu ia abrir a porta que ele apareceu por trás de mim e me empurrou contra a parede, ficando eu e ele juntos por centrímetros.

- Onde é que tu pensas que vais?

- Como é que chegas-te tão rápido ao pé de mim? 

Os olhos dele já não estavam vermelhos e sim amarelos e foi aí que eu fiz a pergunta que dali em diante iria mudar a minha vida para sempre.

- O que és tu?





























29 de Janeiro de 2019 às 00:31 0 Denunciar Insira 119
Continua… Novo capítulo A cada 10 dias.

Conheça o autor

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~