Furtrajante Mundo Novo - As Coiotes Seguir história

canis_latran Canis Latran

Uma história furry pós-apocalíptica sobre a vida e o mundo de 4 coiotes caçadoras de recompensas. Ficção científica. Ação. Crítica social. Opinião política. Recomendado para maiores de 16 anos (contém violência, temas de cunho sexual, linguagem forte, consumo de drogas). Periodicidade esporádica.


Pós-apocalíptico Para maiores de 18 apenas. © Todos os direitos reservados

#anthro #coiotes #militar #política #crítica-social #ficção-científica #ação #furry
2
4.7mil VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todos os Domingos
tempo de leitura
AA Compartilhar

Introdução

Em meados do século XXI DC a humanidade hominal entra em sua terceira guerra mundial. Uma guerra predominantemente biológica. É desenvolvido um vírus que, devidamente exposto à irradiação de certos componentes nucleares, se torna a mais letal das armas contra seres humanos. A nação criadora do vírus radioativo logo perde o controle de sua criação e a peste fatal se alastra rapidamente pelo globo. Em menos de 1 mês é o fim da humanidade.

Porém, o vírus adoecia e matava apenas os seres humanos. Com 7 bilhões de corpos sobre toda a Terra, animais carnívoros e onívoros de todos os tipos, selvagens ou domésticos, se alimentam de nossas carcaças. Há enfim o silêncio e a paz sobre a ruína da desolação… A natureza avança e invade nossas cidades, cobrindo de verde os sinistros escombros e apodrecendo sob a terra as nossas gloriosas conquistas.

Dos animais que se alimentaram de nossos cadáveres infectados e radioativos, sobre as aves e répteis não houve nenhum efeito colateral. Mas nossos irmãos mamíferos foram de alguma forma receptivos à irradiação dos vírus que carregavam replicações do DNA humano, repercutindo em seus próprios códigos genéticos. Assim, esses mamíferos carnívoros e onívoros passaram a carregar a transgenia humana em suas células e passá-las gerações a diante.

Milênios se passaram enquanto a humanidade hominal foi esquecida e esses animais de diversas espécies foram “evoluindo” até chegarem ao estágio de humanidade mais ou menos próximo do que era a hominal às vésperas de sua auto-destruição: Caótica, violenta, cheia de polarizações políticas extremistas maníacas, tecnologicamente selvagem, imprevisível e de recursos escassos.

Nesse mundo distópico temos nossas 4 protagonistas. Fêmeas coiotes com histórias de vida bem diversas, que se uniram ao acaso e se tornaram caçadoras de recompensas em sua luta para sobreviverem na sujeira da selva de pedra e metal do que sobrou do quadrante sudoeste do mundo após a dominação consumeirista do noroeste. Fang, Fluffy, Whiskers e Paws. É como preferem ser chamadas.

11 de Novembro de 2018 às 16:35 0 Denunciar Insira 1
Leia o próximo capítulo Fang

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 5 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!

Histórias relacionadas