2
5.9mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Só pico e pena

Quando, eu e minha mãe,vinhamos vindo, do mercado, a gente passou, lá na casa da Dona Berenice e do Seu Tobias. Dona Berenice falou que, o Seu Tobias dançou tanto, ontem, na formatura da Gabrielle, que hoje, tá só bico e pena.

-Mãe?! O seu Tobias virou passarinho?

-Não, meu filho, isso é só um jeito de falar.

-Como assim? Ele é só bico e pena quando dança? Ele vira passarinho bailarino. Que estranho, nunca achei o seu Tobias parecido com passarinho, eu acho ele gordo. Não dá pra ser passarinho gordo daquele jeito, dá?

- Meu filho, a sua imaginação voa...

- Minha imaginação voa? Eu também vou virar passarinho, mãe? Eu não quero ser passarinho não, eu quero ser criança, tá ouvindo, eu quero ser criança. Nada de ficar voando por aí e comendo alpiste, eu não gosto de alpiste e nem de alface. Mãe, você sabe que eu não gosto de alface. Você sabe muito bem, que eu não gosto de salada. Não me deixa virar passarinho. Por favor, não me deixa virar passarinho, por favor, não deixa. Eu juro que vou me comportar. Nunca mais vou deixar os brinquedos espalhados na sala, nem vou enrolar pra tomar banho.

- Menino, que estória é essa? Quem disse que você vai virar passarinho, de onde tirou isso?

- Ué, mãe... você acabou de falar que o Seu Tobias está só bico e pena, não foi?... quem tem pico e pena senão passarinho? Galinha? O Seu Tobias virou uma galinha?

- Ai, Matheus. Eu disse, mas o que eu quis dizer, foi que ele estava tão cansado, como se só tivesse sobrado o pico e a pena.

-Quer dizer que ele não é passarinho?

- É claro que não. É como se fosse. Entendeu?

- Entendi, mãe. Mas, fiquei com muito medo de virar passarinho. Ah, mãe é como quando eu chego do futebol e estou muito cansado, quase morto.

- É isso que eu quero dizer, querido, como estivesse morto de cansado.

- Ai, que susto mãe. Mas, mãe, quando você chegar do trabalho e não aguenta nem brincar com a gente, eu posso falar que você está só pico e pena?

- Pode, Matheus, pode sim. Agora que você já entendeu, quero que entenda que quando eu estiver muito cansada, quero tomar banho e relaxar. Não quero que você e sua irmã fiquem fazendo barulho. Tem dia que eu estou só o crachá...

-Só o crachá??? Como assim?

- É, meu filho, quer dizer a mesma coisa: Só o crachá, pó da rabiola, só a capa do Batmam. Todas essas expressões querem dizer a mesma coisa. Que estamos morrendo de cansaço, como você quando chega do futebol.


Questões para o debate:

O que a mãe quis dizer quando disse que a imaginação do filho voava?

É certo deixar os brinquedos espalhados pelo chão e enrolar para tomar banho?

Como Matheus e sua irmã devem se comportar nos dias que a mãe chega muito cansada do trabalho? Por quê?

6 de Novembro de 2018 às 00:02 2 Denunciar Insira Seguir história
2
Leia o próximo capítulo Pagando sapo

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 15 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!

Histórias relacionadas