In My Dreams - It Had To Be You (imagine BTS Suga Agust-d) Seguir história

lary01 Larissa B.S

O Céu estava sem nem uma estrela naquela noite, e a fria e gélida chuva caia como agulhas sobre minha pele. “É um bom modo de se morre quando se morre por alguém que você ama” eu pensei com lagrimas em meus olhos e a respiração entrecortada “Ele esta seguro agora, eu mudei o destino dele eu morrerei no lugar dele, eu queria que pode-se ser diferente.” ‘’Que tudo pudesse ser diferente ”.


Fanfiction Bandas/Cantores Para maiores de 18 apenas.

#romance #drama #hot #bts #suga #vixx #exo #got7 #baekhyun #min-yoongi #mark-tuan #btsjungkook #Bts-jimin #Bts-J-hope #Bts-Jin #Bts-Rm #Bts-Suga-Hot #Bts-V #Btshot #Exo-Baekhyun #Exo-Chanyeol #Exo-Chen #Exo-Kai #Exo-Kris #Exo-Lay #Exo-Luhan #Exo-Sehun #Exo-Tao #Exo-Xiumin
13
5342 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo A cada 15 dias
tempo de leitura
AA Compartilhar

Capítulo 1 - Capitulo 1 - Begin

Prólogo

 

O Céu estava sem nem uma estrela naquela noite, e a fria e gélida chuva caia como agulhas sobre minha pele.

“É um bom modo de se morre quando se morre por alguém que você ama” eu pensei com lagrimas em meus olhos e a respiração entrecortada  “Ele esta seguro agora, eu mudei o destino dele eu morrerei no lugar dele, eu queria que pode-se ser diferente.” ‘’Que tudo pudesse ser diferente ”.

 

                          Capítulo I

 

22 de Outubro de 2017 Dois meses antes.

 

- S/n – disse um voz masculina grave e melódica, eu me virei rapidamente para olhar para o dono da voz, eu prendi a respiração e logo senti meus olhos encherem de lagrimas , era ele, que estava com um terno preto sujo de sangue o que fazia sua pele que já tinha uma tonalidade muito branca ficar mais pálida ainda,seus olhos castanhos que uma mecha de seu cabelo preto que estava com um lindo corte de cabelo franja frontal, carregava um expressão aliviada assim como as feições em seu rosto que estava machucado. Ele estendeu os braços me covidando e eu corri em encontro a eles sem pensar duas vezes. E ao sentir o caloroso e acolhedor abraço desabei em lagrimas.

- E..e ...e...eu fiquei com tanto medo- Eu disse entre soluços – Eu..eu pensei...pensei que tinha te perdido.

- Esta tudo bem agora, eu estou aqui– Ele disse afagando meu cabelo em seguida beijando o topo da minha cabeça, e depois se afastou um pouco e continuou – E eu nunca mais vou sair.

- Você promete – Eu disse em tom que demonstrava toda minha fragilidade.

- Eu prometo – Ele disse olhando em meus olhos intensamente então ele beijou minha testa e repetiu em um sussurro – Eu prometo.

 Em seguida ele beijo minha bochecha e repetiu novamente.

- Eu prometo – então ele beijou outro lado da minha bochecha e repetiu novamente ainda sussurrando – Eu prometo.

- Eu prometo – ele disse em um sussurro soproso, e desceu os olhos para meus lábios, em seguida nós começamos a aproximar os nossos rosto lentamente então.

Eu acordei irritada com o barulho chato do despertador, em seguida eu rosnei e disse ao bater bruscamente no despertador para desliga-lo.

- Sempre na melhor parte seu chato – Em seguida me espreguicei e me sentei na cama, e me pus a pegar o meu diário para escrever sobre o meu sonho, coisa que eu recentemente comecei a fazer, desde que eu comecei a ter esse sonho estranho com esse garoto, não sei explicar o porque disso, mais é que toda as noites ou quando consigo dormir eu tenho esse mesmo sonho.

 

22 de outubro de 2017

Querido Diário

Eu tive o mesmo sonho de novo, mas desta vez ele foi diferente, porque desta vez eu conseguir vê o  seu rosto, seu lindo rosto.Que me fez sentir mil e um coisa.

 Por quê você faz isso comigo ? 

Quem será você, será que um dia eu saberei ?.

Quem é você ?.

- Quem é você ? – Eu disse sussurrando para mim mesma perdida em meus pensamentos e fechando o diário, em seguida me espreguicei novamente então olhei para o relógio, assim que o fiz eu arregalei os olhos pois era cinco e meia.  

- Merda, merda eu estou quase atrasada – Em seguida eu me levantei me batendo em tudo, corri para o banheiro para fazer minhas higiene pessoais, mais claro que o mais rápido o possível, pois eu não poderia me atrasar para o plantão no hospital,afinal eu sou uma neurocirurgiã novata no hospital.Assim que eu terminei visto minha blusa chiffon social branca de manga longa, e uma calça flare preta, e corri para cozinha para colocar a comida da minha gatinha li lan , que é da raça himalaio, que é  muito doce “mas só com migo” porque com os outro ela é muito arisca o que é estranho para gatos da sua espécie,  o que também foi estranho foi ela não ter me acordado hoje antes do despertador.

“Deve esta fazendo arte, essa sapeca” eu pensei sorrindo ao chegar na conzinha, eu logo vou ao armário, e assim que eu abro eu vejo que eu tava certa, porque li lan estava dentro do armário dormido em cima do saquinho de sache rasgado.

- li lan sua sapeca como você chegou até ai? , Sua danada!, olha o que você fez  - eu disse em um tom brincalhão, acordando ela e a tirando de dentro do armário e em seguida tirando algumas sujeirinhas do armário e resquício de sache que havia em seu pelo rosado então continuei – como você conseguiu entra nesse armário sem deixar a porta dele aberta moçinha, ou melhor sem deixar vestígios de como fez isso uh .

Eu a coloco no chão e logo pego o resto que sobrou do sache, e claro pego outro fechado que estava na prateleira de cima. Então coloco sua comida depois acaricio sua cabeçinha assim que ela começa a comer.

- Até mais tarde danada – Digo me levantado, em seguida pego minha chave e minha bolsa gucci soho Shoulder Preta que estava em cima da bancada, pois eu há vira esquecido ela naquele lugar desde a noite passada,que por sorte li lan não tinha mexido, depois saio porta a fora, mas assim que cheguei  na porta do elevador eu escuto uma pessoa me chamar.

- S/n, s/n – Eu logo me viro e me deparo com meu vizinho Mark Tuan Yi En, que corria em minha direção. Que estava particularmente lindo hoje pois ele usava uma camisa social preta slim fit que , e calça também social slim , seu cabelo castanho liso, caia um pouco sobre seu olhos que carregava um óculos de grau redondo preto.  

- Oppa Mark você não deveria estar no hospital ?– Eu disse quando ele parou na minha frente, estreitando os olhos estranhando ele não estar no hospital, Mark  também é um residente no hospital,mais diferente de mim ele não é residente em neurologia mais sim em pediatria, Mark  é um dos únicos que se tornou meu amigo nesses nove messes como residente ele a doce Lim Yoon-a que  é pediatra também e a louca Kim Kim Hyun-ah que por incrível que pareça também é pediatra, para falar a verdade eles se tornaram meus melhores amigos, nós quatros no hospital somos como aqueles grupinhos de escola de filme,pois Kim Hyun-ah  é a sexy que sempre se destaca no grupo, pois ela tem cabelo castanho longo solto, lábios rosado que ela sempre usa neles um batom vermelho, o que realça sua pele branca, e um corpo escultural, e a Yoon-a é a fofa e muito doce do grupo e sua aparência já demonstra isso  olhos castanhos, lábios  pequenos rosados, cabelo  também castanho com franja que sempre esta prezo com uma franja de lado, Mark é o nerd gato, que sinceramente  se não  fosse meu melhor amigo eu estaria na vila das mulheres no hospital que suspiram por ele, e tem eu que acredito ser a esquisitona do grupo, que sempre tropeça nos próprios pés ou nos outros.   

- Eu sei é que eu acordei atrasado – Ele disse.

- Ah entendi, eu estou indo agora você quer uma carona.- Eu disse apertando o botão para chamar o elevador.

- Eu quero sim, pois o meu carro quebrou, e se eu for de ônibus vou me atrasar, porque os ônibus demoram muito – Ele disse enquanto entravamos no elevador.

- Verdade, mais porque você acordou atrasado você nunca se atrasa – Eu perguntei curiosa apertando o botão do andar do estacionamento porque ele nunca se atrasa, porque Mark é muito responsável,então quando eu percebi que ele ficou vermelho com a pergunta eu ri.

- Ou melhor por quem garanhão – eu disse brincando ainda rindo saindo do elevador e caminhando em direção do meu carro um sedan i40, e com o que eu disse ele ficou mais vermelho o que me fez gargalhar.

- S/n – Ele disse com um tom envergonhado.

- Então eu estou certa, foi por uma garota – eu disse enquanto entrava no carro ainda rindo.

- S/n, você é muito curiosa, e sim você esta certa – Ele disse agora com um tom brincalhão, enquanto eu manobrava o carro para fora da garagem.

- Vai me dizer ou não ? – Eu disse em um tom também brincalhão – melhor não deixa eu adivinhar.

E com isso que eu disse ele riu.

- Hum já sei foi ha gata da recepcionista Chrystal soo Jung, não foi nossa sunbae a doutora Seo Joohyun – Então ele começou a ri eu comecei a ri junto.

- Ah serio não foi nem uma delas– eu disse brincando - então vai fala.

- Não, não e eu não vou dizer – Ele disse

- Por quê não? chato – eu disse fazendo biquinho.

- Porque foi algo sem importância – Ele disse de repente mudando o humor e também o tom de voz para serio do nada assim que parei o carro já no estacionamento do hospital e continuou falando mais agora praticamente em um sussurro quase inaudível – Porque ela não era,ela era!.

  E antes que eu pudesse dizer algo ou terminar a frase ele há via saído do carro bruscamente.

- Aish,que estranho – Eu disse para mim mesma franzindo o cenho,porque normalmente Mark sempre era doce e gentil pelo menos no começo ele era assim , porque agora ele tem andado frequentemente estranho comigo, pois agora do nada tem mudanças de humor,como da cena presenciada agora.

“Vai entender esse garoto!” Eu penso distraída dando de ombro, e saindo do carro, mais quando eu cheguei na porta do hospital, antes que eu entrasse,eu quase cai porque um rapaz que não dava para ver o rosto, pois ele estava com o capuz da sua blusa de frio oversized swag long line vc stilo passou correndo como um loco se esbarrou em mim.

- Não olha por onde anda seu maluco – Eu disse gritando irritada para o rapaz que nem sequer  há vira se abalado com o ocorrido e pedido desculpa.

 

-Aish – Eu disse abrindo a porta do hall do hospital bruscamente ainda irritada, e logo fui caminhando em direção do corredor do vestuário.

- BOM DIA SUCO DE UVA – disse alguém com a voz muito animada e me abraçando por trás,que eu logo reconheci Kim Hyun-ah.

- Bom dia maluca – Eu disse olhando para ela que agora estava do meu lado, Kim Hyun-ah como eu já disse é uma das minhas melhores amiga, Kim Hyun-ah e eu nós tornamos amiga por causa do meu ótimo censo motor, e que também me fez me tornar amiga da Yoon-a, e também me fez tropeçar nós meus próprios pés e me esbarrar nela assim que eu entrei no hospital no meu primeiro dia de trabalho,  e derrubar todo o suco de uva que ela tinha acabado de comprar todo na minha blusa branca, e invés de ela ficar com raiava ela simplesmente riu e me ajudou, me mostrado onde ficava o vestuário do hospital onde naquele dia se encontrava Yoon-a, que gentilmente me emprestou seu suéter de lã de frio ao ouvir o que tinha acontecido,desde então nós três somos amigas e a Kim Hyun-ah me deu o apelido de suco de uva pelo ocorrido.

- Posso saber porque a senhorita esta irritada logo pela manhã ? – disse Kim Hyun-ah ainda com um sorriso no rosto.

- Nada que vale apena falar – Eu disse gesticulando balançando um das mãos no ar .

- Mais me conta porque você esta tão animada assim – Eu disse entrando no vestuário.

- Então você não vai acreditar mas.... – disse Kim Hyun-ah mais se interrompeu ao ver Yoon-a que carregava um sorriso doce no rosto como sempre e Kim Hyun-ah continuou – ótimo que você esta aqui Yoony assim eu conto para duas.

- Contar o que ? – Disse franzindo o cenho em seguida olhou para mim sorriu e continuou – Ah e bom dia S/P.

- Bom dia Yoony – eu disse retribuindo o sorriso e a abraçando.

- Então meninas vocês não vão acreditar – disse Kim Hyun-ah ainda animada, enquanto eu colocava minhas coisas no meu armário e pegando meu uniforme.

- Mais ontem eu sair em um encontro com o gato do doutor Kim Jaejoong e – continuou Kim Hyun-ah – e é claro que eu fiz o encontro acabar no apartamento dele.

- Que novidade Kim Hyun-ah, logo você a santa Kim Hyun-ah.– Eu disse com um tom  brincalhão rindo assim como Yoon-a que também ria do que eu disse , mas agora já vestida com meu uniforme e jaleco.

- Rah,rah,rah que engraçado – Disse Kim Hyun-ah revirando os olhos.

- Ah eu sei que foi eu sou hilária – eu disse olhando para Kim Hyun-ah ainda brincado e caminhado com as duas para fora do vestuário – mas não deixa de se uma verdade Kim Hyun-ah você só sai com os caras para coisas depravadamente prazerosas vamos assim dizer Kim Hyun-ah, ou vai negar ?.

- Claro que vou isso não é verdade, eu não faço isso ! – Disse Kim Hyun-ah com um tom um pouco irritado. 

- Eu concordo completamente com a S/P Kim Hyun-ah, não é novidade nem uma que quando você sai com uma cara não é procurando um relacionamento serio e sim para você sabe o que a S/P disse coisas depravadamente prazerosas. – disse Yoon-a enquanto nós caminhávamos pelo coredor do hospital.

- Então é assim as duas hoje as duas vão fazer complô contra mim ! – disse Kim Hyun-ah fazendo beicinho o que fez Yoon-a e eu gargalhar.

- Agente não esta fazendo complô contra você Kim Hyun-ah só estamos falando uma verdade, por isso nós concordamos uma com a outra. – eu disse para Kim Hyun-ah sorrido.

- Eu concordo novamente com a S/A/P Kim Hyun-ah nós não estamos de complô contra você nós só estamos falando a verdade – Disse Yoon-a também sorrido o que vez Kim Hyun-ah bufar e revirar os olhos.

- Quer saber de uma coisa eu vou trabalhar que eu ganho mais – Disse Kim Hyun-ah se virando e indo em direção do coredor que ela ia fazer plantão hoje.

- E eu vou fazer o mesmo porque eu tenho muita coisa para fazer hoje – disse Yoon-a ainda sorrindo – Então até mais tarde ou até agente se esbarrar por ai. Disse Yoon-a e foi para o mesmo corredor que Kim Hyun-ah há virá ido minutos atrás e eu para o elevador já que hoje eu ia ficar na emergência.

- Srta.S/S/N segure  o elevador para nós por favor – Disse um voz melódica e uniforme quando eu já estava no elevador, que era nada mais nada menos do que o doutor Park Jung-su  que estava acompanhado dos doutores Jung Yunho  e Lee Jong-suk ou seja os três médicos  mais cobiçados do hospital que roubam suspiro por todo o hospital por sua beleza , os três são chamados de o trio dos médicos do delírio mas só de olhar para eles já se entendia pois, Park Jung-su  estava como sempre com seu cabelo liso com um corte franja frontal tingido de laranja devidamente penteado, sua blusa uniforme branca por baixo do jaleco  marcando seu músculo definidos, e Jesus que sorriso era aquele, que demonstrava sua fama de gentil e responsável, Jung Yunho  que coversava com Lee Jong-suk não ficava atrás porque seu cabelo castanho que estava com assim como Park Jung-su  com um corte frontal mais só que raspado de um lado caindo sobre seu olhos também castanho que sempre esta com um olhar rígido e serio  assim como sua expressão, que sinceramente me intimidava assim como todos do hospital, e sua blusa do uniforme que também marcava os seus músculos por baixo do jaleco, e Lee Jong-suk estava com o cabelo preto liso ondulado também com o corte franja frontal estava divido no meio, sua blusa do uniforme por baixo do jaleco também assim  como os outros marcava seus músculos , e seus olhos castanhos que normalmente carregava um olhar safado quando via uma mulher.

- S-sim claro – eu disse gaguejando por causa que eles iam dividir o elevador comigo.

- Obrigado – Disse sorrindo gentilmente Park Jung-su  ao entrar já os outros nem sequer olharam para mim.

 - D-d-de n-n-nada - eu disse quase inaudível e ainda gaguejando, eu nunca há vira falado alguma palavra, com algum deles mesmo eles trabalhado na mesma área que eu como neurocirurgiões e também no mesmo andar que eu todos os dias, eu sei que parece estranho, mas também quando eles chegam perto de mim eu fico toda vermelha como pimenta e nervosa como nesse exato  momento pois minhas bochechas estavam em chamas.                           

- Qual é o andar que você vai ? – disse Park Jung-su  ainda com um sorriso.

- Hum – Eu disse despertando do meu despertando do meu devaneio e ficando ainda mais vermelha pois, eu não há via percebido mas eu estava o encarando.

- O andar que você vai ? – disse Park Jung-su  sem tirar o sorriso.

- Ah-ah-ah-ah-ah ééé décimo eu vou para o décimo – eu disse com a cabeça baixa me sentido uma idiota.

- Então é o mesmo que o nosso como todos os dias– disse Park Jung-su  o que me fez levantar minha cabeça surpresa pois eu nunca pensei que ele me notasse, para mim eu era invisível para ele, e ele pareceu se reprender ou apertar o botão do elevador e ao perceber minha expressão. E então eu fiquei mais vermelha ainda ao perceber que agora Lee Jong-suk e Jung Yunho  haviam parado de conversar e estavam me encarando assim como Park Jung-su  mais diferente dos outros tentava disfarçar e ao meu ver um pouco tímido.

Eu coloquei meu cabelo nervosamente atrás da minha orelha ao sentir o sorriso safado do Lee Jong-suk direcionado para mim serio para mim.

- Bom trabalho – Disse Park Jung-su  gentilmente e educadamente.

- Bom trabalho – disse também Lee Jong-suk só que diferente do Park Jung-su  o tom dele não era gentil e educado mais sim malicioso,mas Jung Yunho  não falou.

- Para vocês também – eu disse e logo andando para onde eu teria que ajudar.         

 

Quebra do Tempo

 

- Sortuda – Disse Kim Hyun-ah fazendo beicinho invejando eu esta saindo mais cedo do plantão por ordem do meu chefe a final eu tinha feito 96 horas seguidas de plantão.

- Como eu queria esta indo para casa em seguida ligar para aquele gato – continuou Kim Hyun-ah mordendo os lábios.

- Só você mesmo Kim Hyun-ah sua louquinha eu disse rindo ao terminar de me vestir e pegar minha bolsa.

- Mais é verdade – disse Kim Hyun-ah caminhado em direção a porta do hospital.

- Eu sei que – eu disse agora em frente a porta – Então até amanhã louquinha.

- Até amanha suco de uva – disse Kim Hyun-ah me abraçando.

- Até amanhã, ah e diz que eu disse tchau para Yoony quando você ver ela – eu disse passando pela porta.

- VOU DIZER – disse Kim Hyun-ah gritando.

Quando eu já estava fora do hospital eu comecei a andar rápido para logo chegar  no meu carro porque eu estava ansiosa para tomar um banho quente e me jogar na minha cama, e assim que eu cheguei no estacionamento eu apertei o botão da minha chave para destravar o carro. E quando eu coloquei a mão na maçaneta para abrir a porta do carro eu comecei a ouvir um gemido de dor vindo de trás do meu carro, eu franzi o cenho estranhando aquilo, e fui para trás do meu carro para ver o que era.

- Ai meu Deus – Eu disse assustada ao ver que aquele gemido vinha do rapaz que há vira se esbarrado em mim que esta ensanguentado devido um corte em sua barriga, mas também  por ver quem era o rapaz que há via se esbarrado em mim mas cedo, pele pálida,olhos castanhos que estavam umidos devido a lagrimas que insistia em se alojar ali, corte franja frontal mas diferente de como eu o via ele estava loiro, era ele com certeza era ele o rapaz do meu sonho.       

- M-m-me ajuda – Disse com um tom dolorido e com a mão também  ensanguentada em cima de sua barriga que estava ferida.        

11 de Novembro de 2018 às 20:12 0 Denunciar Insira 2
Leia o próximo capítulo Capitulo 2 - Save me

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 2 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!