Os motivos pelos quais odeio você Seguir história

joy Joy T.

Ninguém está livre de se machucar, não podemos colocar nosso coração em um pote para que ninguém o quebre, mas podemos escolher quem pode estilhaçar ele, e, bem, eu escolhi você. Meu pior e, infelizmente, meu melhor erro. Você sabe que sempre fui um viciado em fic, então nada melhor que unir um dos meus vícios e a minha bad em uma coisa só. Então, eis que surgiu os motivos pelos quais odeio você. Talvez você nunca chegue a ler isso, talvez você nunca saiba a existência disso. São vários talvez, e se eu os listasse acho que essa seria a sinopse mais longa desse site. Mas não estou fazendo isso aqui para você ler, bem, o motivo não é totalmente esse, mas estou fazendo isso aqui como uma forma de desabafo, e também para contar a minha história fracassada de primeiro amor a qualquer pessoa que queira gastar o precioso tempo da sua vida lendo isso. Aqui vou listar alguns dos milhões de motivos pelos quais odeio você, Jimin. Espero que vocês estejam preparados para ler todas as dores, as palavras não ditas, os segredos, as angustias camufladas, as mentiras contadas, as lágrimas disfarçadas, e toda essa merda que tem nos clichês românticos. Fiquem a vontade, porque agora vou contar os motivos pelos quais eu odeio Park Jimin.


Fanfiction Bandas/Cantores Para maiores de 18 apenas.

#jin #namjoon #bts #yoongi #hoseok #jungkook #jimin #taehyung #jikook
0
4371 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo A cada 30 dias
tempo de leitura
AA Compartilhar

Apresentação

Olá? Oi? Bom dia? Boa tarde? Ou seria boa noite? Não sei bem como fazer isso. Não sei nem porque estou fazendo isso. Desespero? É, talvez seja.

Você sempre me disse que quando estamos sufocados devemos gritar o mais alto possível, mas considerando que moro em um apartamento com meus pais e com meu irmão, fazer isso faria no mínimo ganhar uma reclamação do síndico e minha família achar que enlouqueci de vez (não que eu ache que eles me achem normal). Vendo todas as desvantagens de seguir seu primeiro conselho decidi seguir o segundo: escrever.

Você me disse uma vez que escrever o que nos sufoca é igual a assuar um nariz cheio de catarro, bota tudo de ruim para fora. Devo dizer que foi uma péssima comparação, a pior que já ouvi, mas que deve ter sido uma das coisas mais produtivas que você já disse.

Acho que quando você me disse isso se referia a escrever em um papel, em um diário, na parede do meu quarto, ou no teto do meu banheiro, não sei. Mas acho que nunca passou na sua cabeça a ideia de escrever uma fic com as coisas que mais me sufocam, ou melhor, assuar todo o catarro do meu nariz dessa forma.

Meu nome é Jeon Jungkook, o dele é Park Jimin. E aqui vou contar a minha história, não a nossa. Porque nunca existiu um nós. Sempre foi você e eu, nunca nós dois.

Ele é o típico galinha. O popular. Ele é o tipo de cara que pessoas com um cérebro nem se quer diriam “oi”, mas acho que tentar entender física acabou deixando meu cérebro desgastado, porque essa é a única explicação que encontro para ter me apaixonando por ele.

Bem, sente-se. Aceita um chá? Um café? Um suco?

Não? Certo.

Acomoda-se, porquê agora vou contar minha história (nem tão) fracassada de primeiro amor.

15 de Setembro de 2018 às 03:01 0 Denunciar Insira 0
Continua… Novo capítulo A cada 30 dias.

Conheça o autor

Joy T. Em algum lugar, talvez na esquina, em uma praça ou em alguma parte da bagunça do meu quarto, eu me perdi... - Joy Tenho conta no spirit também: JoyT

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~