Não Te Deixarei Seguir história

estherliz96 Esther Liz

Naruto já não aguentava mais, fora abandonado por todos que considerava amigos e até seu noivo. Numa noite, decidiu por fim a tudo Mas será que a luz da esperança irá se fazer presente mais uma vez?


Fanfiction Anime/Mangá Para maiores de 18 apenas. © Todos Os Direitos Reservados

#suicidio #depressao #lemon #yaoi #boyslove #itachi-uchiha #naruto-uzumaki #naruita #itanaru
6
4.9mil VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todas as Segundas-feiras
tempo de leitura
AA Compartilhar

Você É Meu!

Naruto já não aguentava mais. Estava sozinho, abandonado. Seu trabalho que gostava tanto, já não o distraia da dor.

Chegou em casa cedo aquela noite, não porque alguém o esperava em casa, não teria ninguém lá, mas porque não aguentava mais sorrir, não aguentava mais forçar um sorriso para escapar dos questionamentos.

Colocou as chaves no balcão, pegou seu gato Kurama, que não o havia abandonado igual aos outros e foi para o sofá.

Kurama começou a miar, a contragosto, Naruto levantou-se e colocou comida e água para seu bichano, foi para seu quarto, tirou os sapatos e sua blusa. Olhou as marcas no seu braço e uma voz tão conhecida por ele, tentava convence-lo a desistir novamente e sinceramente, não via motivos para contestar, para se impedir de dar fim a sua dor.

Seu noivo, Sasuke, o abandonou, seus amigos quando viram que seu brilho desapareceu, se afastaram, sua família não existia, afinal estava sozinho desde os dez anos por conta de um acidente que levou sua família em uma noite chuvosa.

Respirou fundo e seguiu para o banheiro. Já estava com uma navalha nas mãos e a mesma já começava a tingir seu braço em vermelho, quando batidas insistentes chamaram sua atenção.

A dor e a insistência do visitante indesejado o acordou de seu transe.

O corte não o mataria, longe disso, pois era bem superficial. Naruto respirou fundo e estava decidido a ignorar as batidas, esperou dez minutos e nada delas pararem. Deu-se por vencido e se arrastou até a porta.

-Itachi?! O que faz aqui?

Itachi estava ofegante, parecia ter corrido uma maratona até a casa do loiro. O moreno ia começar a falar quando viu o sangue escorrendo pelo braço de Naruto

-Naru! Que merda estava fazendo?! Vem!

O moreno pegou Naruto pelo braço e o arrastou para o banheiro, procurando a caixa de primeiros socorros

-Itachi! Está me machucando!

O loiro foi sentado na cama, foi o único momento que o moreno o soltou, já abrindo a pequena caixa e procurando tudo o que iria precisar para limpar aquele ferimento

-O que está fazendo aqui? - Questionou Naruto

Itachi não o respondia, parecia um robô enquanto limpava o ferimento, mas seus olhos negros demonstrava o quanto estava preocupado com o menor.

Nenhuma palavra foi trocada enquanto o curativo era feito, quando Itachi terminou, um suspiro escapou de seus lábios e encarou o loiro.

Realmente, ele já não era aquele loiro que conheceu, se tentasse descrever, diria que a vida estava abandonado Naruto aos poucos, e isso feria seu coração.

Sua única reação foi ajoelhar no chão e abraçar o loiro que há uns tempos atrás, era considerado o próprio sol.

-Não faça mais isso Naru, por favor, não aguentaria te perder - ﹰSuplicou Itachi

Esse pedido, pegou o loiro de surpresa, pois nunca ele havia imaginado que o moreno se importava tanto assim consigo. Afastou o moreno de si, o chamando para ir até a sala. Pegou seu cigarro, ascendeu, sentindo a nicotina entrando em seus pulmões e abaixando sua pressão. Soltou a fumaça e decidiu encarar o moreno na sua frente

-Que faz aqui Itachi? Achei que estava na Alemanha. - ﹰIndagou Naruto

Itachi fitava aqueles olhos azuis sem seu habitual brilho e se arrependeu de ter ido para o exterior amargamente.

-Estava, mas fiquei sabendo que ele te abandonou e decidi voltar, me contaram como você estava e isso me quebrou por dentro - Admitiu o moreno

Naruto riu amargo, puxou a fumaça para dentro de si novamente antes de falar

-Então estamos no mesmo barco, afinal, quebrado eu já estou.

Se levantou e foi até a porta

-Mas agradeço a visita Itachi. Já viu que estou vivo, agora pode ir

Itachi estava petrificado no lugar, um gosto amargo veio em sua boca, afinal, o que a vida fez com seu loiro. Estava sendo egoísta em chama-lo de seu, afinal quando descobriu que seu irmão estava apaixonado pelo loiro, decidiu não brigar por ele e deixou o caminho livre para seu otouto.

Se levantou, foi até Naruto e o abraçou por trás, colocou a cabeça no seu pescoço. Respirou fundo o cheiro único do loiro, criando coragem para falar.

-Não vou te abandonar novamente, me arrependo amargamente de ter feito isso, você é meu Naru. Nunca mais sairei do seu lado

O loiro olhava atônito para o moreno, nunca imaginou que ele se sentisse assim por si. Na verdade não pensava que alguém o amasse, afinal ninguém queria sua companhia. Seus olhos marejaram, não conseguiu impedir de lágrimas descerem pelos seus olhos.

Itachi abraçou o loiro, a cena que presenciava só quebrava mais o seu coração. Virou o menor para si e o abraçou mais forte, como se seu mundo não estivesse completo sem ele. E realmente não estava. Sussurava que tudo ficaria bem, que ele não iria embora.

Fechou a porta e ainda abraçados, foi com o loiro até o sofá e o deitou em seu colo.

Naruto se sentia amado novamente, não lembrava o quão bom era isso, as lágrimas não paravam de descer. Olhou para o moreno e em seus olhos viu amor, carinho, preocupação. Sua mente já não funcionava mais, ou melhor, a voz em sua cabeça tinha se calado, dando lugar a tantos outros sentimentos que ele não lembrava que sentia

-Promete que não vai me abandonar Tachi - Pedia entre soluços

Aquele pedido veio acompanhado da pior dor que Itachi poderia sentir. Há quanto tempo ele estava assim, sem ninguém? Há quanto tempo precisava de ajuda e ninguém aparecia? Há quanto tempo não ouvia seu apelido saindo de seus lábios?

-Nunca. Eu nunca mais vou te abandonar - Respondeu enquanto uma lágrima solitária descia de seus olhos

Num ato desesperado, tomou os lábios do loiro para si e seu coração se aqueceu quando foi correspondido

Se beijaram, e neste ato, sentiram que seus mundos estavam completos novamente, nada mais importava, ninguém mais existia, os corações foram se concertando e naquela noite, se amaram como nunca amaram e foram amados

28 de Agosto de 2018 às 04:28 0 Denunciar Insira 4
Leia o próximo capítulo Para Todo O Sempre

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 1 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!