.mamãe Seguir história

bxbyoon Nat Moraes

acabei de matar um homem. Yoonseok | Baseada em Bohemian Rhapsody do Queen.


Fanfiction Bandas/Cantores Todo o público.

#yaoi #bts #suga #yoongi #hoseok #yoonseok #j-hope
Conto
1
4955 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

.just killed a man

Quando meus lábios tocaram os dele pela primeira vez, eu soube que Min Yoongi seria minha passagem de ida para o inferno. Não tinha volta. Já estava fascinado pelo garoto de cabelos cor menta. Olhos negros, tão negros quanto a noite. Lábios finos e macios. Pele leitosa. E um sorriso que fazia meu coração quase pular pra fora do peito. Ele era minha perdição.

Eu, Jung Hoseok, filho de pais extremamente religiosos e deveras severos. Estava completamente apaixonado, por um garoto.

Mama

Mamãe

Just killed a man

Acabei de matar um homem

Put a gun against his head

Coloquei uma arma contra a sua cabeça

Pulled my trigger, now he's dead

Puxei o gatilho, agora ele está morto

No momento que, coloquei meus olhos no baixinho. Sabia que o queria por perto, seja pela amizade ou pelo amor. E no começo foi amizade, mas em uma tarde, onde jogávamos conversa fora em seu quarto, senti a textura de seus lábios pela primeira vez. E por deus, a sensação que aquele simples selar propôs, não se compara com nada que já senti em meus dezoito anos de vida. Uma corrente elétrica percorreu por todo meu corpo. Meu coração batia tão forte e rápido que provavelmente, Yoongi o escutara. Por um minuto, que pareceu durar uma eternidade. Eu flutuei.

Me senti vivo. Tão vivo, como nunca.

Mama

Mamãe

Life had just begun

A vida tinha acabado de começar

But now I've gone and thrown it all away

Mas agora eu joguei tudo isso fora

Desde então, criamos nossa bolha de amor e já estávamos nela por oito meses. Ninguém além de suas mães sabiam sobre nós. Sim, o descolorido tinha duas mães, confesso que no começo achei estranho já que mamãe sempre destilou palavras de ódio. Alegando que duas pessoas de mesmo sexo não podiam ficar juntas, era pecado e que deus as abominavam.

Mama, ooh (any way the wind blows)

Mamãe, ooh (para qualquer caminho que o vento soprar)

I don't wanna die

Eu não quero morrer

I sometimes wish I'd never been born at all (Ooh, ooh)

Às vezes eu queria nunca ter nascido (Ooh, ooh)

Mas quando as vi, tudo que eu pude enxergar era o mais puro e verdadeiro amor. O fato de serem duas pessoas do mesmo sexo, se tornou irrelevante, comparado ao carinho que cada toque, cada sorriso e cada olhar trocado por ambas demonstrava. O brilho único que surgia quando os olhares se encontravam. Era lindo, era verdadeiro e era sincero. Com elas, eu aprendi que o pior pecado não era amar um homem, mas sim, não amar.

Com o tempo uma coragem fora crescendo dentro de mim. Não podia mais me esconder. Esconder quem eu amava. Queria poder sair com o baixinho na rua de mãos dadas, apresenta-lhe a meus amigos e família como meu namorado.

Sem medo.

My time has come

Meu tempo chegou

Sends shivers down my spine

Senti um arrepio em minha espinha

Em um almoço de domingo, apresentei Yoongi como meu namorado e como o esperado eles não aceitaram. Meu pai gritou aos quatro ventos, que éramos uma aberração e que o Min havia me corrompido, me levado pro caminho da perdição. E com isso veio um soco seguido de outros, enquanto eu suplicava para o baixinho que chorava encolhido no sofá, para que não se aproximasse.

Não era sua culpa.

Jamais seria.

Minha mãe chorava, atordoada, clamando o nome de deus perguntando o que ela tinha feito de errado pra merecer um castigo tão cruel.

Mama, ooh

Mamãe, ooh

Didn't mean to make you cry

Não foi minha intenção te fazer chorar

If I'm not back again this time tomorrow

Se eu não estiver de volta a essa hora amanhã

Carry on, carry on as if nothing really matters

Siga em frente, siga em frente como se nada realmente importasse

-A partir de hoje, você morreu para mim e sua mãe. -Proferiu raivoso. -Não apareça mais aqui!

E aquele foi seu último soco.

Sai daquela casa que me abrigara por anos, sem olhar para trás, carregado por meu namorado, que ainda chorava baixinho.

-Ei amor, não chora. -Abracei-lhe desajeitadamente. -Agora vai ficar tudo bem.

Body's aching all the time

Meu corpo dói o tempo todo

Goodbye, everybody

Adeus a todos

I've got to go

Eu tenho que ir

Gotta leave you all behind and face the truth

Tenho que deixar todos vocês para trás e encarar a verdade

16 de Julho de 2018 às 00:29 0 Denunciar Insira 1
Fim

Conheça o autor

Nat Moraes I do believe in your galaxy. tt: @bxbyoon

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Histórias relacionadas