As flores do verão Seguir história

nentsu nia shonen

"Teu sorriso esplendoroso, era o sentido da minha vida, vizinho."


Conto Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#sad #romance #conto
Conto
0
4.8mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

As flores do teu jardim, o ar quente e os raios solares em ti

Todos os dias passava pela calçada, e pensava em como chegar ao meu trabalho antes mesmo de nem chegar no ponto de ônibus. Mas, sempre que te via, parecia que tudo ao meu redor sumia, e apenas conseguia ver as flores do teu jardim, o ar quente e os raios solares em ti. Era algo que sempre me prendia a vista, pois o teu sorriso era esplendoroso de ver-se em todos aqueles dias, porém, chegou um dia ao qual não tinhas as flores do teu jardim, o ar quente e muito menos os raios solares em ti. Não sabia o motivo, sempre estavas lá, todos os dias a cuidar do teu jardim como se fosse a tua vida, mas porque não estavas mais lá, quando o meu coração precisava daquele teu sorriso esplendoroso? Por que o meu coração doía? Por que os meus olhos estão molhados? E porque de sentir falta de ver-te todos os dias, meu vizinho?


Não aguentava suportar aquela dor, parecia que meu peito iria se explodir a qualquer momento ou movimento que fizesse diante de teu jardim, tuas flores não tinham vida, o céu não tinha aqueles raios solares a bater em teu rosto, e nem aquele ar quente de todos os dias. Entretanto, não deixaria que fosses tão fácil, precisava de ti para criar o que chamamos do sentido da vida, e sem você, não consigo achar sozinho por mim próprio. Corria, corria para encontrar-te, mesmo que no fundo soubesse que era impossível, queria pelo menos tentar; todavia, será que te encontrar, você estará do jeito que sempre te olhei?


Meu peito queimava, meu coração palpitava, meu pulmão pedia por mais ar, e meu corpo estava a cair-se no chão que aparentava estar gélido. Acredito que não conseguirei chegar a ti, talvez em algum dia, quem sabe? Por hora, descansarei, mas não desistirei de ti; nem que seja a última coisa que faça.


[...]


Andava novamente pela tua calçada, que agora era ocupada por outra pessoa. Mesmo que olhasse para esse pessoa, não seria a mesma coisa contigo, vizinho. Essa pessoa não cuidava das flores do teu jardim, ela as destruía, o ar quente não era o mesmo, era muito mais frio que o normal, e por último; os raios solares não existiam naquele rosto, apenas a frieza se estabelecia nesse momento. Não entendia aquilo, e acredito que nunca irei entender a tua partida, mas não irei sem te achar, pois...


você e a razão da minha vida.


Sem o teu sorriso em meio ao teu jardim, repleto de diversas flores, do ar quente de uma manhã de quinta-feira, dos raios solares a baterem no teu rosto extremamente pálido; meus dias nunca voltariam a ser assim sem ti, meu vizinho, ou devo dizer, o meu único amor em meios as flores de verão.

28 de Junho de 2018 às 17:45 0 Denunciar Insira 1
Fim

Conheça o autor

nia shonen NARUSASU SHIPPER HARD! TODORIYA HARD SHIPPER! yoongi!flex|jk!flex|jikook!flex|yoonkook!flex| A louca dos animes|a +narutostan do site| &UCK MY PRECIOUS SMILE| apaixonada por Kuroko no basket e Haikyuu!!| Boku no hero e minha religi�o. No.6| Spiritpact| Sigo de volta;3 S� me recomendem dos shipps acima, e fanfics yaois de animes!

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Histórias relacionadas