My Stupid Boss Seguir história

kpoperatroxa Sabrina, a troxa

Jeon Jungkook – chefe do setor de marketing da maior empresa de jogos de Seul, a qual seu pai é dono e presidente – tem um certo fraco por suas secretárias, pois é de extrema conveniência sair com alguém do trabalho. Mas Jungkook não se envolve emocionalmente com elas, que se aborrecem e acabam por se demitir ou transferir, chegando assim na oitava secretária demitida. Seu pai, já cansado desse seu comportamento, acaba por contratar um secretário – homem –, este é Park Jimin, um trabalhador competente que transforma a vida do seu chefe irritantemente lindo e preguiçoso em um inferno.


Fanfiction Bandas/Cantores Para maiores de 18 apenas.

#jimin-jungkook #jungkook #jimin #drama #comédia #chefe #boss #lemon #+18 #sexo #gay #bl #yaoi #jikook #bts
17
5206 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todos os Sábados
tempo de leitura
AA Compartilhar

Prólogo


Jeon Jungkook acordou e por alguns instantes pareceu confuso sobre onde estar, mas se lembrou assim que olhou para a mulher coberta apenas por um fino lençol que dormia profundamente ao seu lado. Estava no apartamento, mais especificamente, no quarto de sua secretária, Suni, já pela quarta ou quinta vez na semana.


Levantou-se em silêncio, procurando seu celular em meio às suas roupas espalhadas pelo chão do cômodo. Quando o encontrou, apertou o botão de bloqueio para que um enorme "7:13" brilhasse na tela. Xingou baixinho e colocou suas roupas numa velocidade assustadora. Ambos precisavam estar na empresa às oito em ponto, então não demoraria muito até que Suni...


– Kook? – a voz da garota pareceu irritada. O moreno virou para ela e tentou disfarçar o enorme "fodeu" em sua cara, pois era exatamente o que estava pensando.


– Ah, bom dia. – sorriu nervoso. Odiava a forma como ela era melosa de manhã e dava importância demais para ele estar ou não presente no apartamento depois do que, para Jungkook, havia sido apenas mais uma noite de sexo.


– Saindo de fininho? De novo?


– Eu... – tentou pensar numa desculpa, mas já tinha esgotado todas elas nas outras vezes dessa mesma semana. – Preciso estar mais cedo na empresa. – concluiu vago.


Já estava cansado de desculpas e de fingir que se importava com ela quando só queria sentir prazer, aliviar o estresse. Percebeu que estava além de tudo cansado do chilique que só agora percebera que a loira estava dando. Algo sobre se sentir usada e achar que havia algo a mais entre os dois. Jeon revirou os olhos.


– Quer saber, Jungkook?! Eu cansei! Recebi uma oferta de emprego bastante tentadora em outra empresa, sabia?! – foi a frase que finalmente alcançou sua atenção que não era lá muito boa pela manhã.


– Espera, o quê? – perguntou com um leve desespero, afinal, seria horrível ter encontrar outra secretária gostosa e burra o suficiente como as sete anteriores.


– Sim, então, eu me demito, Jeon!



***



Ah, estava tão ferrado que não sabia nem por onde começar. Já havia passado metade daquela manhã e o moreno se encontrava meio perdido sem saber onde raios Suni colocara os documentos que precisava, resolvendo mil coisas ao mesmo tempo, descontando nos outros funcionários e decidindo como iria contar ao seu pai, dono e presidente da empresa, que sua oitava secretária se demitira.


Entretanto não foi preciso fazê-lo, pois ao final do dia, o Sr. Jeon apareceu em pessoa na sua sala.


O mais novo paralisou na cadeira assim que seu pai passou pela porta de sua sala, suas mãos paradas no ar em um meio caminho até a sexta pilha de papel que deveria lidar naquele dia.


– Jungkook, me diga... – ele sentou lentamente na cadeira em frente à mesa de seu filho e suspirou. – Quando é que você vai crescer?


Ele não respondeu nada. Cruzou os braços, respirou fundo e se preparou para o que viria agora: uma série de comparações com seu irmão mais velho, Junghyun, depois algo sobre ter dado esse cargo para ele afim de que aprendesse a ser mais responsável e por fim sobre o novo secretário que ele mesmo escolheu a dedo e... "O quê?"


– Eu simplesmente tomei minhas providências antes que você tomasse as suas. – ele respondeu à pergunta que Jungkook pensou ter feito mentalmente. – Antes que você procurasse outra secretária utilizando como únicos critérios as curvas de seu corpo, eu mesmo contratei um secretário para você. Foi recomendado por um amigo seu, inclusive.


– Um secretário? Um homem?! – o Jeon mais novo indignou-se. Ah, seja lá quem fosse esse amigo que recomendou um homem para ser seu secretário, iria riscar da sua lista de amizades. Fala sério, só tinha tempo para festas nos finais de semana, não havia nada mais conveniente que pegar alguém do trabalho para uma boa foda no restante dos dias!


– Sim. Um homem muito competente que virá para te ajudar na administração deste setor da empresa, não um par de pernas para te satisfazer, céus, Jungkook! Reveja suas prioridades na minha empresa! – Kook apenas bufou em resposta. – Você não está levando nada disso a sério, não é mesmo? Jungkook, você é bom no que faz, em tudo o que faz, ao ponto de ser irritante! Você tem apenas 21 anos e te dei esse cargo porque sei que você é capaz!


Um silêncio se instalou na sala. Jungkook respirou fundo e perguntou:


– Quem é esse aí, então?


– Park Jimin, tem 23 anos e é formado em publicidade e propaganda.


– E quando ele começa?


– Quinta, ou seja, depois de amanhã. – Jungkook não tardou a pensar que bastaria fazê-lo se demitir ou coisa parecida, tentando não sorrir com o pensamento. – Mas... – seu pai começou enquanto se levantava e se dirigia até a porta. – Caso ele se demita ou seja demitido, considere-se na rua.


"Merda."

28 de Junho de 2018 às 16:19 0 Denunciar Insira 1
Leia o próximo capítulo Talvez não seja assim tão ruim

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 2 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!