O mais triste dos poemas Seguir história

gabriel-regis-

Entre crises existenciais Me forço a continuar e acreditar que tudo ficará bem Dia após dia (...) Até que finalmente o alento se esvai Levando toda minha esperança


Poesia Todo o público.

#morte #suicídio #perdido #239 #poema
Conto
5
4.9mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

O mais triste dos poemas

Eu, junção de erros e acertos
Filho híbrido do realismo e do pessimismo
Transbordando arrogância e desprezo
Eu sou a personificação da dúvida e do medo
Eu sou meu próprio pesadelo
Eu sou o futuro do que eu mais temia no passado
Eu sou a sombra em um quarto iluminado
Eu sou a onda em um lago calmo
Eu sou a tempestade em um dia ensolarado
Eu sou o erro inviável
Eu sou a autodestruição

                                          

Questiono a importância de respirar
Questiono a importância do viver
Questiono a importância de acreditar em deus
Questiono a importância de acreditar em mim
Questiono se tudo isso realmente tem importância

                                                   

Entre crises existenciais
Me forço a continuar e acreditar que tudo ficará bem
Dia após dia (...)
Até que finalmente o alento se esvai
Levando toda minha esperança
Abrindo espaço para a infelicidade
                                   
A esperança foi a primeira a morrer
E logo ela que costumava ser a última
Portanto eu já não existo
O que vocês estão vendo é o corpo de um homem
Que vive pelos seus próprios vícios  

                                   

Sepultem-me
Repito...
Sepultem-me

               

E no meu túmulo joguem flores de jasmim 
20 de Junho de 2018 às 02:01 8 Denunciar Insira 11
Fim

Conheça o autor

Gabriel Regis https://www.recantodasletras.com.br/autor_textos.php?id=206184

Comentar algo

Publique!
Adrienne Camile Adrienne Camile
Na segunda palavra eu já estava chorando... Parabéns pelo trabalho! Bem profundo! Ameeeei ❤
1 de Novembro de 2018 às 23:54

Pamela Jayde Pamela Jayde
Profundo...Beeeemmm profundo. Amei!!
11 de Julho de 2018 às 16:20

Melyssa de Jesus Melyssa de Jesus
Mano, você escreve muito bem. Já te disse isso várias vezes, porém é sempre bom repetir. Espero que continue escrevendo mais e mais, independentemente dos comentários ruins ou desagradáveis que possa encontrar. Adoro suas histórias :')
19 de Junho de 2018 às 21:34

  • Gabriel Regis Gabriel Regis
    Valeu pelo apoio, mano. E valeu também pelas dicas e correções. Já está contratada como minha assistente. kk 19 de Junho de 2018 às 23:03
Maya Barbosa Maya Barbosa
Olha, sem palavras!! Muito emocionante e tocante. Continue assim..
19 de Junho de 2018 às 21:31

~