Conto
3
2.8mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Lua de sangue

Há quem diga que a lua cheia é a lua onde tudo acontece, onde as pessoas são possuídas ou até mesmo levadas a fazerem as maiores loucuras mas será mesmo?


Estou em casa olhando a TV, como sempre aquele filme "gritos", não é apenas no Halloween que ele dá e às vezes isso até me irrita, porque dá demasiadas vezes, quando realmente vai para a parte final que é a mais interessante onde se descobre que o namorado dela é o assassino, algo acontece, que engraçado as luzes se apagaram.


Não tenho medo obviamente, já não sou uma garota, mas o mais estranho é o que vejo lá fora...


O tom vermelho, vermelho sangue, tal como se o sol estivesse a se pôr, mas não é possível. Também não pode ser o candeeiro que está lá fora, primeiro porque a luz que ele emite é amarela e não vermelha carmim.


Me movo, mas o meu corpo parece ter medo de algo, não sei do quê, ao ir até à janela, eu a vejo, não é possível a mesma estar tão perto, sim é a lua, ela parece demasiado perto quase a pousar no mar.


Mas o mar? Como? Da janela eu não o vejo, apenas o campo de papoilas que existe, mas ao olhar à volta não é mais um campo e sim o mar.


O reflexo da lua na água, aquela cor sangue. Mas no mesmo instante já não estou em casa naquele sofá, esperando a luz voltar, mas sim sou parte daquela loucura, da lua cheia agora com aquele tom como se ela tivesse matado alguém e o vermelho a percorresse.


Eu sou aquela lua, será que eu matei alguém? Eu tenho segredos e muitos, não me orgulho deles, mas ninguém sabe realmente quem eu sou…


19 de Fevereiro de 2024 às 21:16 0 Denunciar Insira Seguir história
1
Fim

Conheça o autor

Carolina Pires Ao lerem o que escrevo podem conhecer um pouco de mim...mas não tudo. Uma pequena escritora com gostos peculiares e extravagantes. Amante de terror e hot. Escrevo de tudo um pouco, mas a minha especialidade são as minhas poesias e hot🔞🔥. Viciada em supernatural, Harry Potter e ressaca.

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~