The Last 2 Seguir história

Asuka Misaki Ana Leticia

A estória se passa quase três anos após a quarta guerra ninja, com o mundo pacifico e feliz. Narrada em terceira pessoa conta como Sasuke voltou para vila para ficar com Sakura. Pois ate então nós só temos a versão"The Last" do Naruto e da Hinata, essa seria a versão "The last" do Sasuke com a Sakura. [SasuxSaku] (Postada também no Spirit e no Nyah!, com o mesmo nome autoral)


Fanfiction Romance adulto jovem Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#Afterwar #sasuke #sakura #narutoseries #thelast2 #romance #sasusaku
Conto
2
5.2mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

One chapter

Já se passava da meia noite em Konoha, as ruas já se encontravam desertas, e a maioria dos cidadãos já estavam na segurança do seu lar dormindo... a exceção de alguns ninjas médicos que faziam plantão, naquela noite, no hospital de Konoha, e um deles em particular estava bastante atarefado...

Haruno Sakura, se encontrava em sua sala cheia de papéis... Como sua mentora Tsunade havia se retirado de Konoha para um "descanso merecido" (segundo ela mesma), Sakura havia assumido seu papel como diretora do Hospital de Konoha e como se isso não bastasse ainda era mentora de novos ninjas médicos que se voluntariavam.

Ela estava notoriamente cansada.

"Tsunade devia voltar logo.... se bem que do jeito que ela é não deve voltar... "

Sakura pensou consigo mesma suspirando em cima da pilha de papéis... Ela olhou para o relógio em cima da mesa e ele marcava 00:43.

"Com certeza essa noite vai ser longa..."

Ela pensou tomando um gole da xícara de café, que estava ao lado da montanha de documentos.

---

"Senhor!?!... Senhor!...."

Um dos três guardas ninjas das fronteiras de Konoha gritou para um homem alto com vestes negras que andava por ali tranquilamente.

"Precisamos que o senhor se identifique..."

O guarda falou correndo em direção ao visitante, que ao ouvir seus gritos havia parado.

"Tudo bem. "

O Homem nas vestes negras apenas se limitou a dizer.

"Mas... espera ai...!"

O ninja de fronteira se espantou ao chegar perto suficiente.

"O senhor não seria... Uchiha Sasuke?!"

Sasuke apenas suspirou... Sabia que a reação que causaria ao voltar a Konoha depois de tanto tempo... Mas finalmente sua viagem de redenção havia terminado...(Ou ele apenas gostaria de dar uma pausa). No momento ele só queria falar com uma certa pessoa...

" Sou. Uchiha Sasuke."

Falando isso ele se virou ao ninja de fronteira, que pode contemplar os lendários olhos que aquele homem misterioso possuía: Um Sharigan e um Rinnegan e ainda incerto sobre o que fazia o guarda permitiu a entrada dele em Konoha... Mas assim que ele viu o homem se afastar e adentrar os terrenos de Konoha decidiu mandar uma mensagem para o Hokage. Ele precisava saber o que havia acabado de acontecer.

---

Sakura suspirou mais uma vez ao olhar o quanto ainda faltava para terminar. Era bem provável que não acabaria aquilo essa noite.

"E nem nunca... "

Ela pensou bufando... Talvez precisasse chamar sua amiga, Yamanaka Ino para lhe ajudar...

"... ah..."

Sakura suspirou se lembrando

" Ela saiu em missão..."

Ela respirou fundo olhando para os papéis e tomou mais um gole de seu café, e olhou para a xícara.

"Vou precisar de mais..."

Ela afastou os papéis que ainda faltavam ser verificados e separou dos que já havia documentado, levantou da cadeira se espreguiçando, e com sua xícara de café em mãos deixou a sala...

"Boa noite Sakura-san"

Ela ouviu algumas vezes em seu caminho até a copa, o que ela retribuiu com um aceno de cabeça e um:

"Boa noite"

Sonolento.

Sakura sabia que graças ao período pacifico que estavam passando, quase não recebiam pacientes no turno da madrugada, depois da quarta guerra ninja, á quase três anos atrás (e graças aos seus companheiros de equipe e a ela mesma que haviam derrotado Kaguya) o mundo shinobi estava mais unido e pacifico, não haviam mais guerras e nem conflitos... Todas as nações Shinobis estavam em paz e como consequência, benéfica, não possuíam tantos pacientes quanto antes.

Ao terminar de encher sua xícara, colocou dois cubinhos de açúcar e decidiu tomar o caminho mais longo até sua sala... Em parte se decidiu pelo caminho mais longo pois assim poderia ter um belo vislumbre do céu de Konoha à noite (que era muito bonito) e em parte porque não gostaria de encontrar mais pessoas pelo seu caminho... Ela estava cansada demais para pelo menos tentar conversar.

E sua decisão se mostrou sábia, realmente não encontrou ninguém e a lua de hoje estava linda.

"Será que o Sasuke-kun também está vendo ela?"

Ela perguntou a si mesma sorrindo lembrando do seu antigo companheiro de equipe e também seu verdadeiro e único amor... Ela abriu a porta de sua sala e a fechou atrás de si e se encaminhou bocejando até sua mesa, apoiando sua xícara perto dos papéis...

"Boa noite."

Ao ouvi uma voz atrás de si Sakura gritou de susto e se virou rapidamente com as mãos em punho prestes a atacar mas ao olhar para o dono da voz ela gelou...

"Sa-Sas-Sasuke-kun?"

Ela murmurou encarando o homem de vestes negras a olhando logo atrás da porta...

"Sakura."

Ele disse a encarando também, e não conseguindo deixar de reparar como ela estava diferente... Seus cabelos ainda curtos estavam maiores do que ele se lembrava, seus olhos verdes estavam brilhando talvez pelo susto ou talvez pela surpresa... E também ele nunca havia visto ela usando um jaleco, que na frente possuía escrito "HARUNO SAKURA" " HOSPITAL CENTRAL DE KONOHA" com letras vermelhas e garrafais.

"Como...Quando...O que? "

Ela encarava Sasuke de forma assustada e surpresa, não conseguia acreditar no que via... Ele parecia tão mais velho, e muito mais enigmático com aquelas roupas escuras e parte do cabelo em cima de um dos seus olhos...

"Isso simplesmente não pode ser real!"

Ela pensou consigo mesma e recuando alguns passos até esbarrar na mesa derrubando sua xicara de café...

"Sakura-san?! Está tudo bem?!"

A porta da sala de Sakura foi aberta bruscamente e uma jovem ninja médica com aproximadamente 16 anos olhava assustada para Sakura...

"Eu... "

Sakura murmurou e encarou Sasuke por uns segundos que ainda estava atrás da porta, fora do campo de visão da jovem médica. Percebendo que ele estava provavelmente camuflando seu chakra e sua presença suspirou e respondeu:

"Eu me assustei quando derrubei a xícara... Está tudo bem Mari-chan... Pode ir"

"Tudo bem..."

A jovem saiu fechando a porta e Sakura respirou fundo desviando o olhar da porta que havia sido fechada para Sasuke...

Sasuke havia melhorado seus atributos de camuflagem de chakra só alguém realmente concentrado e preparado perceberia. Sakura o olhava como se estivesse em dúvida e de repente ela se virou e se abaixou para aparentemente pegar o que restou da xícara no chão.

Sakura fez isso por falta de opção, estava tão confusa que no momento só queria poder desviar a atenção dele só um pouco... Tentar raciocinar. Ou tentar entender.

"Eu... "

Sasuke falou depois de uns segundos fazendo Sakura se arrepiar... E se levantar bruscamente e andar ate o outro lado da sala para jogar os cacos da xícara no lixo.

"Eu voltei... pois... precisava falar com você."

Ao terminar de dizer isso Sasuke deu alguns passos em direção a Sakura a deixando mais nervosa ainda... Ela se virou e ainda muito nervosa perguntou.

"Falar... comigo?"

Ela perguntou não conseguindo o olhar nos olhos...

"Sim, eu... precisava saber..."

Ele parou de falar como se estivesse com dificuldades de se expressar.

"O que? "

Sakura falou rapidamente ainda não o encarando.

"O que... você sente em relação a mim..."

Essa perguntou veio como uma kunai enfiada no estômago da Sakura... Ela realmente não entendia onde ele queria chegar com isso... ele sabia muito bem o que ela sentia.

"Meus..."

Sakura começou a falar mas sua garganta ficou embargada, ela estava fazendo o máximo esforço para não derramar lágrimas, tudo o que ela não queria era que ele a chamasse de "irritante" de novo.

"Meus sentimentos não mudaram... "

Ela respondeu de uma vez ainda incapaz de o encarar e apertando firmemente suas mãos em punhos fechados.

Sasuke a olhava, ele não conseguia descrever o como se sentia naquele momento... Desde o início de sua viagem de redenção, ele lembrava daquele momento antes dele sair da vila... o qual ela havia se oferecido para ir com ele... Sakura estava disposta a abandonar todos para acompanha-lo em algo incerto... Ele às vezes se pegava pensando que deveria tê-la levado, mas logo mudava de ideia, ela não tinha nada a ver com seus pecados e nem com nada do que ele fez... quando finalmente se convenceu disso ele decidiu que quando fosse o fim de sua viagem... ele retornaria... para ela. Como ele prometeu no início da sua viagem:

"Até logo."

Com o símbolo de amor que Itachi o havia ensinado.

"Então... "

Sasuke falou dando alguns passos em direção à ela depois de alguns segundos.

"Queria saber... se você ainda gostaria de me acompanhar..."

Ela não acreditou direito no que ouviu, ela respirou fundo e dessa vez o olhando (e se assustando pois ele estava mais perto que antes!!) perguntou:

"Acompanhar?"

Sasuke olhando-a com a mesa intensidade e tentando entender o que se passava em sua mente obsevando seus olhos verdes esmeralda respondeu:

"Sim... Você gostaria de ser minha companheira?"

Os olhos de Sakura que antes encaravam os de Sasuke com determinação migraram para assustados...

"Companheira?"

Ela falou mais uma vez não entendendo nada do que ele queria com aquilo...

"Sim... Companheira... como... "

Sasuke suspirou fundo uma vez e se aproximando mais ainda de Sakura colocou sua mão no rosto dela, o que a fez se arrepiar com o toque repentino das mãos frias que ele possuía, e ainda a encarando ele respondeu:

" Companheira... como...minha esposa."

Sakura podia jurar que nesse momento seu coração quase quis parar de bater. Ela desviou os olhos dele e momentaneamente parou de raciocinar e só conseguia ouvir a última palavra dita por Sasuke:

"Esposa...Esposa...Esposa...Esposa"

Ela repetiu em sua mente umas mil vezes... até que finalmente se recuperando do choque, encarou Sasuke novamente, que parecia a observar atentamente com seu olho cor de ônix e seu Rinnegan imponente, e suspirando levou uma de suas mãos até o rosto dele também, e ao sentir a pele macia e fria que ele possuía contra sua mão, respirou fundo e perguntou fechando os olhos:

"O que você sente por mim... Sasuke-kun?"

Ele se surpreendeu com a pergunta... que sinceramente nesse momento não possuía uma resposta exata... Ele a encarou novamente e a estudou, e se lembrou de como em quase todos os momentos de sua viagem de redenção ele lembrou da Sakura... De como algumas vezes se pegava pensando em quando voltaria a vê-la ou que talvez quando ele voltasse ela já poderia estar com alguém... A mão dele que estava no rosto dela, abaixou fazendo a curva do queixo e se aproximou dos lábios finos e rosados que ela possuía...

"Eu... não tenho certeza."

Ele falou sendo sincero, e arrancando um suspiro da Sakura que delicadamente desceu a mão para os ombros do Uchiha e abrindo os olhos calmamente o encarava...

"Mas..."

Ele continuou e fez Sakura que estava a meio caminho, de tirar a mão do ombro dele, pausar seus movimentos

"Mas... posso lhe dizer que... se houver uma possibilidade de construir uma família com alguém... reconstituir meu clã... eu só aceitaria se fosse você."

Quando ele terminou de falar ela ainda o encarava calma, tirando sua mão do ombro dele e colocando sua mão junto a dele que ainda estava em seu rosto respondeu:

"Se você me falasse isso a algum tempo atrás eu realmente estaria pulando de felicidade... "

Sakura começou a falar dessa vez o olhando firmemente

"Mas... Sasuke-kun... Eu sinto muito... Não quero aceitar... Não posso ser só alguém ideal para você construir seu clã de volta..."

Sakura dessa vez derramou algumas lágrimas e apertou forte a mão de Sasuke que ainda estava no seu rosto

"É totalmente... totalmente... "

Ela olhou para baixo e respirou fundo tentando controlar as lágrimas.

" Totalmente injusto você aparecer agora... na verdade, aparecer quando lhe convém, e me pedir em casamento..."

Ela falou tirando a mão de Sasuke do seu rosto e com a mão esquerda enxugou algumas lágrimas.

" Eu o amo. Muito"

Sakura falou soltando a mão dele que ainda segurava com a mão direta

"O amo tanto que dói..."

Ela disse apoiando a mão direita sobre seu peito.

"Você não tem ideia do que eu passei todos esses anos esperando a sua volta..."

Sakura com a voz embargada parou de falar chorando muito.

Sasuke a observou sem reação, ele viu as lágrimas descerem pelo rosto dela e seu rosto antes calmo mudar para triste... ele realmente entendia que havia a feito sofrer... sabia... não havia sequer um dia que não lembrasse que a tentou matar um dia... mas...

Sakura sentiu quando Sasuke colocou seu braço ao redor dela e puxou para um abraço... De todas as coisas que poderiam acontecer agora, essa foi a mais inesperada...

Sasuke conseguia sentir o ritmo descompassado da respiração de Sakura, seu coração estava acelerado e seu rosto úmido se apoiava em seu peito... Ele sentiu quando as mãos quentes de Sakura deram a volta em sua cintura lhe abraçando também... ele respirou fundo...

"Sakura... "

Ela ouviu ele falar perto do seu ouvido e se arrepiou...

"Eu não sei se realmente posso retribuir tudo o que você sente por mim... sei que já fiz muito mal a você... e ao Naruto... e a todos. Mas nesse tempo que estive longe..."

Ela ouviu o coração de Sasuke se acelerar e sua respiração antes tranquila passou a ficar mais acelerada...

"Consegui pensar em... algumas coisas... Colocar a cabeça em ordem..."

Sasuke respirou fundo.

"Mas... a única coisa... pessoa... que não saiu da minha mente todos esse anos... foi você"

O coração de Sakura parecia querer parar novamente. Ela sabia que Sasuke sendo como ele é deveria ter se esforçado bastante para dizer essas palavras...

"Sakura... eu pensei em você quase todos os dias e foi isso que me fez querer voltar... queria te ver. Precisava te ver..."

Ele falou a tirando do abraço cuidadosamente e a olhando nos olhos

"Eu... "

Ela o encarava, ela estava tão assustada com tudo aquilo que não sabia o que fazer, ele simplesmente havia falado mais do que ela achava que já tinha ouvido ele falar. E inesperadamente, ele passou a mão sobre o rosto dela e ela sorriu com o toque repentino e com suas duas mãos segurou o rosto dele, imitando o gesto que ele havia feito anteriormente.

"Eu entendi Sasuke-kun..."

Ele a olhou e seus olhos verdes estavam brilhantes... Ele desceu a mão novamente para a curva do queixo de Sakura e por fim colocou-a no pescoço dela e sem saber direito o que fazia a puxou para si.

Sakura que por um momento estava feliz, pulou para radiante. Ele sem esperar respostas dela a puxou para um beijo, e ela se sentiu completa. Um beijo calmo e quente, os lábios de Sasuke eram extremamente macios... a mão de Sasuke que antes estava em sua nuca passou para sua costas a fazendo arrepiar.

Sasuke sentiu quando Sakura o apertou mais contra si e gostou. Os lábios de Sakura eram quentes e com certo gosto de café que o faziam sentir coisas que nunca havia sentido antes...

A língua dele pediu passagem e ainda muito confusa e sem saber o que fazia, Sakura a permitiu entrar em sua boca, e como se instintivamente ela sabia exatamente o que fazer.

Sasuke não conseguia pensar direito, e simplesmente encostou Sakura na parede a empurrando mais contra si e seu corpo parecia implorar por mais daquilo.

Desde o dia que ele havia ido embora ela sonhava com algo assim... E nesse momento ela pode ter certeza que tudo que Sasuke disse era verdade.

Depois de alguns minutos se beijando calorosamente eles se separaram por falta de ar... Nenhum dos dois queria se separar mas nesse momento tinham certeza que mais beijos viriam.

---

Sakura acordou com a claridade vindo da janela, abriu os olhos e se virou para o outro lado da sua cama, quando surpreendentemente seus olhos focalizaram o homem de cabelos negros que ali estava dormindo sem blusa, e por um momento as lembranças da noite passada passaram por sua mente... ela sorriu e sentiu sua bochechas corarem... Suspirando ela apoiou sua mão direita em cima da mão de Sasuke que estava a vista e ficou o observando... Ela havia sonhado com aquilo tantas vezes que era difícil acreditar que era real... como se para ter certeza ela levou sua mão que estava sobre a mão de Sasuke para os cabelos dele que cobriam parte do seu rosto... foi quando inesperadamente Sasuke abriu os olhos e Sakura tirou sua mão rapidamente...

Sasuke não estava dormindo... havia acordado horas antes... em parte por perder o costume de dormir mais que quatro horas diárias e em parte pois gostou de ficar observando Sakura dormir, ela parecia tão tranquila e serena... Quando ele percebeu que ela acordou fingiu que dormia, não sabendo o porque de fazer aquilo... Quando sentiu o toque da mão dela sobre a sua se arrepiou um pouco... não estava acostumado com aquele tipo de toque quente que ela possuía... e quando ela levou a mão à seus cabelos ele não conseguiu mais fingir dormir e abriu os olhos se arrependendo logo em seguida ao ver que ela tirou a mão dele...

"Sasuke-kun...Ohayo"

Ela disse simples o encarando com seus olhos verdes, que ele tanto gostava e um sorriso tímido nos lábios.

"Ohayo."

Ele respondeu de volta levando sua mão até o rosto macio que ela possuía e percebeu que ela fechou os olhos quando a tocou...

---

Sakura havia deixado um bilhete na madrugada anterior na sua porta, avisando que passaria o dia de hoje em casa, que iria descansar um pouco... Pediu para Mari-chan, que cuidasse de sua sala e avisasse aos outros. Por isso ela conseguiu passar quase a manhã toda deitada com Sasuke... E ela não desejava se levantar, mas infelizmente a campainha de sua casa tocou, e ela se viu obrigada a levantar e atender.

"Kakashi-sensei?"

Sakura falou se espantando e encarando seu antigo professor e atual Hokage parado na frente da sua porta.

"Oi Sakura... Desculpa incomodar"

Ele falou sorrindo descontraído para sua antiga aluna.

"Mas, fiquei sabendo hoje de manhã que Sasuke havia retornado... Imaginei se ele não estaria..."

E antes que ele terminasse de falar Sasuke surgiu atrás de Sakura

"Oi"

Ele disse simplesmente, ja vestido com sua blusa mas sem seu sobretudo preto.

"Ah..."

Kakashi disse sorrindo um pouco

"Eu estava certo...hmm"

E ao falar isso ele observou sua antiga aluna ficar um pouco vermelha.

"Preciso falar com você"

Kakashi disse sem rodeios observando seu antigo aluno

"Tudo bem"

Sasuke respondeu simples querendo diminuir o tempo de tudo aquilo... E se dirigindo a Sakura falou:

"Já volto"

Sakura apenas assentiu e viu seu antigo sensei e Sasuke saírem do seu campo de visão descendo as escadas do apartamento de Sakura.

---

E inevitavelmente Sasuke demorou.

Sakura conseguiu tomar um banho, trocar de roupa, fazer comida, ler uns livros, fazer seus exercícios diários e nada de Sasuke voltar.

Ela imaginava:

"É claro... ele tem muitas coisas para resolver com Kakashi-sensei... afinal ele passou muito tempo longe!"

"Será que Naruto sabe que ele voltou?"

"Será que os outros sabem?"

"Será que kakashi-sensei contou que ele estava aqui, na minha casa?"

"Naruto provavelmente vai querer matar Sasuke-kun que não veio para seu casamento..."

"Por que ele está demorando tanto...?"

Ela estava tão ansiosa e nervosa que quase estava indo atrás dele, mas mudou de ideia ao pensar que Kakashi so chamou a ele para tratar de negócios não ela...

"Mas... eu poderia fingir que esta a indo a outro lugar..."

Ela pensou consigo mesma desistindo logo depois.

"Paciência Sakura..."

Ela repetiu para si mesma... Quando ela já estava cansada de esperar, e ja estava quase desistindo e indo atrás dele... bateram em sua porta.

Ela quase derrubou a xícara de chá que bebia tentando se acalmar e foi quase que correndo abrir a porta e sorriu ao ver ele de volta.

Sasuke havia demorado pois Kakashi havia avisado ao Naruto que foi quase que imediatamente vê-lo la no escritório do Hokage. Após Kakashi terminar de informar a Sasuke o que havia acontecido nesse meio tempo que ele esteve longe, Naruto insistiu que ele contasse o que aconteceu e o que o levou a voltar. E também contou alguns detalhes do que havia acontecido em sua própria vida...

"Eu me casei Sasuke!"

Ele contou animado para Sasuke que apenas ouvia calado... Prometendo que voltaria mais tarde para falar com Naruto, Sasuke voltou para casa de Sakura, encontrando no caminho alguns de seus antigos companheiros que lhe cumprimentavam...

Ao chegar no apartamento de Sakura e tocar a campainha, se surpreendeu com o belo sorriso que ela tinha que aquecia seu coração... e ele realmente depois de muito tempo se sentiu em... casa.

"Tadaima... Sakura."

Ele falou e ela sorriu mais ainda para ele, pois ele havia acabado de falar as palavras que ela sempre quisera ouvir...

"Okaeri... Sasuke-kun."

19 de Abril de 2018 às 23:43 0 Denunciar Insira 0
Fim

Conheça o autor

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Histórias relacionadas