lanita Lanita Naruhina

Hinata, uma simples empregada de uma fazenda, uma garota muito mal tratada pelos donos da fazenda que se aproveitam da situação da jovem para tratá-la como uma escrava. Naruto Uzumaki era um homem sofrido, mas que escondia tudo isso com um belo sorriso de garoto sapeca. Ele resolve passar um tempo na fazenda de seu irmão, tirar um tempo de tudo, simplesmente descansar, mas lá a única coisa que ele conseguiu naquela mansão foi encontrar uma linda morena de olhos exóticos que mexia com o seu psicológico. Aquilo começou como uma amizade, mas sem perceberem aquilo foi se tornando algo muito maior, mas eles não conseguiram evitar, não conseguiram controlar aquele novo sentimento que estava nascendo neles. Era um amor forte que estava nascendo neles, era um amor indomável.


Fanfiction Anime/Mangá Todo o público.

#amor #naruto #naruhina
14
6.3mil VISUALIZAÇÕES
Em progresso
tempo de leitura
AA Compartilhar

Prólogo

Estou fazendo essa fanfic inspirada na novela mexicana "Coração indomável" ou "Marimar" , não fará muita diferença já que Coração indomável é somente uma refilmagem de Marimar. Estou gostando muito dessas novelas e decidir fazer uma fanfic Naruhina, espero que gostem. Beijos!!!

★★★★★★★★★★★★

Amor indomável

Prólogo

Desde de muito nova com apenas seis anos eu lembro de eu perguntando ao meu pai como poderia ajudá-lo na vida, lembro do meu pai dizendo que eu já tinha um emprego, que eu já tinha uma patroa. Ele dizia que quando eu fizesse os meus dezoito anos eu finalmente poderia entrar na grande mansão da fazenda e começar a trabalhar, mas antes de completar essa idade eu deveria ficar longe de lá pois não tinha idade pra pisar naquela casa. Como fui tola em aguarda esse momento, o momento do meu inferno começar.

Quando meu pai trabalhava lá quem morava era dois irmãos gêmeos e uma linda mulher de longos cabelos ruivos muito amorosa que nós dava comida todo dia, mas ai tudo mudou. A senhora que morava lá morreu, a casa e aquelas terras passou para o nome de um de seus filhos chamado Menma Uzumaki Namikaze, um homem frio e sem coração enquanto o outro eu soube que ficou com a empresa do pai que avia morrido a muitos anos antes.

Menma era maldoso, como nossa casa estava nas terras dele disse que como piedade deixaria que continuássemos morando ali, mas eu receberia somente 40 reais por mês, tudo porque ele dizia que já está nós deixando morar ali e pagar a nossa conta de água e de luz já era um milagre e deveríamos agradecer. Três anos depois ele se casou com a Srta. Mei, uma mulher pior que ele. Ela aproveitava que eu era uma simples garota e que eu estava ali por pena do Menma e me dava tapas quando eu não fazia algo corretamente e me ameaçava de contar tudo pro Menma e eu ir morar na rua juntamente com a minha família.

Quando eu tinha 21 anos em um belo dia lá na mansão apareceu, apareceu Naruto Uzumaki Namikaze. Um homem gentil, engraçado, bobo e muito carinhoso comigo, tão diferente daquelas pessoas ali naquela casa. Ele me protegia deles, me dava comida, um homem maravilhoso, mas eu nunca esperaria que esse homem um dia vivaria meu namorado. Eu nunca pensei que um homem rico, um homem de grande poder como ele namoraria uma pobre coitada e desajeita que nem eu, eu ate hoje não consigo acreditar que eu realmente estava tendo a minha história de amor, que alguém estava amando uma pessoa como eu, me amando de um jeito especial e único.

Eu nunca acreditei muito em almas gêmeas, nunca acreditei muito em amor além de amor de família. Mais eu vivi uma linda história de amor, uma história que muitas pessoas tentaram destruir mais o nosso amor não podia ser domado ou acabar com idiotices, era mais forte que tudo. Era amor verdadeiro, um amor indomável.

1 de Abril de 2018 às 12:39 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Leia o próximo capítulo Naruto Uzumaki

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 3 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!