Fragile Seguir história

kalinebogard Kaline Bogard

Naruto e Kiba em uma noite proibida. Remorso e culpa servindo como complementos para algo que deveria ser diferente. Um lado obscuro daquele que todos consideram um grande herói, mas que no fundo se deixa levar pelo pior das traições. Naruto sabe que nunca terá perdão. Mas ele não consegue se libertar. Ele não quer se libertar. --- * Feito para o desafio #vemprocrack do Inkspired Brasil * Trash fic, resultado de alguma Skol e viagem de acido. Leia sabendo que os personagens estão distorcidos pelo contexto. * Não foi betada, apenas revisada! Boa leitura


Fanfiction Anime/Mangá Para maiores de 21 anos apenas (adultos).

#yaoi #violencia #sexo #slash #lemon #naruto #fns #angst #homossexualidade #pwp #sofrimento #kiba #vemprocrack #linguagemimpropria #dor
Conto
15
7623 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Doentias Migalhas

E mais uma vez estavam presos naquele ciclo que parecia sem fim. Mais uma noite estavam entregues ao vicio secreto que condenava suas almas a um abismo de culpa e escuridão do qual já sabiam não poder escapar.

Naruto avançou pela cama, posicionando-se sobre o corpo de Kiba, sem desviar da mirada intensa em momento algum. Repetia a cena comum na casa em que moravam juntos, noite após noite, numa busca por afeto. Mas buscavam o amor onde sabiam, nunca iriam encontrar.

O desejo que via refletido naqueles olhos de iris selvagens só era menor do que o desejo que seus próprios olhos explicitavam.

Não falaram nada.

Então veio o beijo. Afoito. Bruto. Violento.

As presas afiadas de Kiba machucando os lábios de Naruto, o gosto de sangue se tornando um elemento familiar no ato de luxúria.

Beijo interrompido por alguns instantes, para que Naruto ajudasse Kiba a livrar-se das roupas, peça por peça, até que seu corpo se revelasse sem pudores. Era um corpo de constituição firme, agradável ao toque, não completamente desenvolvido pela adolescência, embora já apontasse o tipo físico quando se tornasse adulto.

— Sua vez… — Kiba provocou querendo que Naruto se despisse também. Mas o rapaz segurou-lhe os pulsos com cuidado e firmeza e os empurrou de volta para a cama, um em cada lado da cabeça.

— Quietinho… — pediu e ganhou um rolar de olhos em troca, apesar de ser obedecido.

Naruto e sua maldita consciência pesada.

— Então me faça calar.

O outro balançou a cabeça, aceitando o desafio.

Voltou a beijar os lábios que adorava. Ao mesmo tempo, passou as mãos por baixo dos joelhos de Kiba e o fez flexionar as pernas, para que pudesse se encaixar melhor sobre seu corpo.

Um gemido entrecortou o beijo quando o dedo de Naruto deslizou devagar pelo períneo, até alcançar-lhe o ânus. Por um segundo encantador, Kiba teve a sensação de que teriam preliminares e momentos de carinho antes do sexo, para variar.

Esperança que logo se desfez.

Naruto usou uma das mãos para desabotoar a calça e baixá-la um pouco, junto com a boxer, o suficiente apenas para expor o membro que saltou ereto, já gotejando o pré-gozo.

Enquanto Kiba, secretamente, desejava que a intimidade fosse além do ato em si, Naruto era o contrário. Para ele, o contato de peles era aterrador. O mínimo sinal de afeto, imperdoável. Ali, na sua casa, cometiam o pior crime. A maior das traições. Enquanto tudo fosse instintivo e quase irracional, poderia lidar com o dia seguinte. Se olhar no espelho sem que a culpa em seus ombros se tornasse insustentável.

Muitos consideravam Naruto um herói. Ele sabia que a verdade estava bem, bem longe disso.

— O lubrificante… — Kiba se conformou sem sequer pôr em palavras que desejava algo mais que apenas sexo. Não serviria para nada além de causar uma briga.

— Eu sei — a voz de Naruto quase falhou. Arrastando-se um pouco, alcançou a gaveta do criado-mudo, onde guardavam o tubo de lubrificante. O folego oscilava, em antecipação. Sentia pressa, urgência. Demorar na consumação era o mesmo que abrir uma brecha para o arrependimento. Não podia pensar, sequer um ínfimo instante.

Retomou o lugar sobre o corpo de Kiba, se encaixando com a experiência de quem já esteve ali muitas e muitas vezes.

Apertou o gel em abundância, lambuzando o próprio membro.

Foi a única providência que tomou no sentido de preparar o amante. Menos do que amor, mais do que castigo. O preço por estarem ali, consumando algo proibido.

Apressado, Naruto segurou o pênis e o guiou ao corpo de Kiba, pronto para começar a penetração. Encontrou uma resistência acima do normal.

— Você gosta assim, não? — Kiba debochou sem poder evitar, mordiscando de leve o pescoço do outro — Ter a impressão de que me fode pela primeira vez…?

Naruto trincou os dentes e não rebateu. Não podia recusar a verdade atirada em sua cara. Recebeu um soquinho irritado nas costas, do qual não reclamou, pois veio seguido de um arranhar de garras afiadas, que marcaria a pele por um tempo, apesar de fazê-lo gemer de prazer.

Nem todo o gel espalhado tornou mais fácil a passagem. Enquanto se forçava contra o corpo de Kiba, penetrando-o aos poucos, via a expressão de dor e os olhos fechando-se com força, para evitar as lágrimas que queriam escapar.

— Dói — Kiba sussurrou por fim, nem um pouco arrependido do que havia feito. A traição não era apenas por parte de Naruto. Ele estar ali, no fim das contas, era um crime tão grave quanto o de seu amante.

— Aguente — Naruto foi incisivo. Apesar de parar o movimento e dar tempo para que o outro se acostumasse um mínimo com o volume que o possuía.

Foi nesse instante, que se permitiu um dos maiores e mais expressivos gestos de carinho e preocupação. Enquanto, com certa dificuldade pela posição, segurava no rosto de Kiba com as duas mãos e deslizava os polegares com cuidado, para secar as lágrimas que escorriam, gêmeas idênticas, antes que alcançassem as marcas do Clã Inuzuka.

Aquelas marcas… aquelas marcas causavam um efeito abrasador em Naruto. Eram o sinal do espírito livre e indomado do garoto que conhecia desde a infância. O primeiro verdadeiro amigo que conquistou. Naquele dia longínquo, quando mataram aula pela primeira vez para roubar laranjas.

E então, a loucura e a cegueira que Naruto sentiu por Sasuke, que o afastou de tudo e de todos sobrepôs-se a qualquer tipo de ligação. Quando conseguiu compreender a verdade sobre os próprios sentimentos, já era tarde demais. Já tinha perdido o amigo para outro. E tudo o que restava eram aquelas noites secretas, que apenas os dois amantes tinham conhecimento, que usavam para saciar o desejo por algo que não podiam ter. Ao olhar para as marcas vermelhas no rosto trigueiro, reinava aquela vontade de dominar, abrandar o que era selvagem e intenso. Algo que Naruto jamais conseguiria.

— Tá esperando o quê? — a voz irônica de Kiba trouxe Naruto de volta a realidade — Quer um convite pra terminar de me comer?

Naruto trincou os dentes, dividido entre as sensações. O hálito quente de Kiba roçando a pele de seu pescoço causou um efeito imediato em seu baixo ventre, tornando a ereção quase dolorosa. Por outro lado, a provocação serviu como incentivo para que fosse até o fim. Forçou o corpo, mesmo que o lubrificante já tivesse se desgastado, enterrando-se por completo no canal quente e acolhedor. Só parou quando enfiou todo o pênis, fazendo a sensação agradável nublar sua mente. Sequer ouviu o grito de dor ou se deu conta de que os lençóis se mancharam de sangue.

O amante teve o que pediu.

Ambos respiraram fundo, suspirando por motivos diferentes.

— Desculpa — Naruto sussurrou por fim, verdadeiramente arrependido. A situação era terrível. Detonava seu psicológico, e ele se deixava manipular. Sabia que o outro buscava uma forma de… autopunição. Talvez um jeito distorcido de acabar com os sentimentos e esperanças que ainda possuía, responsáveis por fazê-lo ceder sempre que Naruto o procurava para fazerem sexo.

E Naruto caia na provocação. Um ciclo sem fim.

— Cala a boca e anda logo.

Não foi preciso mais nada.

Naruto moveu o quadril, gemendo sem pode evitar enquanto seu membro se libertava da prisão aquecida em que estivera até então. Apenas para voltar a enterrar-se com força, fazendo os corpos se encontrarem. O suor umedeceu as peles, tornou os movimentos mais fáceis, a medida que o pênis de Naruto ia para dentro e para fora do corpo de Kiba, moldando-o para que se acostumasse ao volume invasor.

— Amo você — Naruto se viu sussurrando entre os movimentos de quadril, segundo antes de morder a base do pescoço de seu amante. A declaração foi uma punhalada certeira no peito de Kiba. dessa vez as lágrimas vieram em abundância, sem que fizesse qualquer gesto no sentindo de conte-las ou escondê-las.

— Ama…? — Kiba gemeu e jogou a cabeça para trás, afundando-a contra o travesseiro. A dor ainda presente, grande demais para que sentisse qualquer prazer. Menor apenas do que a tristeza que as palavras do outro lhe trouxeram — Mas o Shino me come melhor.

Naruto paralisou-se. Os movimentos de vai-e-vem cessaram-se por completo. Por um segundo os dois garotos se encararam. Uma gama indescritível de sentimentos era visível naquela troca de olhares. Dor, rancor, arrependimento, tristeza.

Em silêncio, Naruto deslizou para o lado, finalizando o sexo. As palavras acusatórias dando voltas em sua cabeça, subitamente o lembrando da pior traição que estava a realizar.

— Oe — Kiba reclamou, amargurado por ser incapaz de ter se calado. Se não fosse tão idiota e maldoso, poderia ter chegado até o fim, conseguido um pouco de prazer, migalhas — Onde vai?! Volte aqui! Naruto!!

Ao ouvir o próprio nome, Naruto virou-se para a cama, observando seu companheiro, sem parar de ajeitar as roupas que não tirou. E então não era mais Inuzuka Kiba deitado ali, despido, com o rosto banhado em lágrimas. Era Sasuke, após ele encerrar o jutsu de transformação. A ilusão estava desfeita. Tudo o que restou foi um intenso vazio, que logo seria preenchido por remorso inexorável.

Naruto engoliu em seco, os olhos arderam. Mas nada naquela imagem conseguiu tocar-lhe o coração. Parecia imune ao sofrimento de Uchiha Sasuke.

Como os amigos agiriam se descobrissem o que fazia com Sasuke, secretamente? Como o verdadeiro Kiba reagiria, se soubesse que sua imagem era usada para satisfazer o desejo proibido de um falso herói?

Sufocando com a culpa, Naruto voltou a dar as costas e rumou para fora do quarto. Precisava sair daquela casa, do lar que dividia com Sasuke após o final da guerra.

— Não pode fugir! — Sasuke riu. Ou talvez tenha chorado — Você quis tanto isso, não foi? Me quis tanto!! E agora não pode tê-lo. Nunca poderá tê-lo! Eu sou tudo o que te restou.

Jogou as verdades no ar, na certeza que Naruto as escutou, pois a porta só bateu segundos depois que o silêncio imperou.

E Sasuke afundou-se no colchão, cobrindo os olhos com as mãos. Chorava, porque sua vida era um resumo de escolhas erradas e resultados desastrosos. O passado cheio de rancor o guiou por caminhos incertos, quando se deu conta do que sentia era tarde para ambos. Perdeu o amor de Naruto, que seguiu com a busca para trazer um amigo para casa, já sem alimentar intenções românticas em relação a Sasuke.

No fim, nenhum deles teria os sentimentos correspondidos.

Tudo o que lhes restou… eram as migalhas.

Doentias migalhas.

31 de Março de 2018 às 11:33 35 Denunciar Insira 14
Fim

Conheça o autor

Kaline Bogard Kaline Bogard. Escreve desde 1998, inicialmente postando em “Fanzines”, revistas redigidas em estúdios amadores. A partir dos anos 2000, com a popularização da Internet, passou a publicar em sites especializados, atualmente focando no Inkspired.

Comentar algo

Publique!
Ocarina Ocarina
Nossa moça, compreendo perfeitamente o porquê sua fic entrou no top 10 do desafio! Eu nunca li e nem assisti Naruto em toda a minha vida. Conheço o básico da história, como os personagens principais (pois é, não tenho ideia de quem é Kiba hahaha), mas isso não afetou em absolutamente nada a minha leitura! Eu achei fantástico o plot twist no fim do capítulo! Fiquei em choque! A melhor história é aquela que nos surpreende! E os sentimentos dos personagens foram tão marcantes, quase me senti na pele deles. Parabéns pelo trabalho! Beijos.
11 de Maio de 2018 às 07:16

  • Kaline Bogard Kaline Bogard
    Olá!! Muito obrigada por ler, mesmo não conhecendo o anime ou o manga tão bem assim. Não se preocupe, Kiba é um personagem de apoio que aparece pra dar volume na história xD Sou apaixonada por ele, mas o personagem é dropado. Acho que aqui facilitou, porque não é um enredo que retoma muito da saga. Eu escolhi trabalhar com medos, anseios, decepções... escolhas ruins, algo que a gente está acostumado a ver na vida real. Claro, tirando o lance do jutsu xD Que foi a grande sacada pra surpreender! Eu adoro fazer isso hohohohoho muito obrigada mesmo! 11 de Maio de 2018 às 07:48
Blue Martell Blue Martell
Ahhh, que delícia. Encontrei maid alguém que sabe partir corações como ninguém, e eu achando que não tinha mais um. Deus me defenderay, eu tô arrasada, não sei o que fazer, não sei como agir, você simplesmente comeu meu coração recheado com farofa de charque e açaí. Mas tirando o fato de que estou morrendo, a história é muito boa :D
9 de Maio de 2018 às 20:17

  • Kaline Bogard Kaline Bogard
    Hohohoho obrigada!! Drama e angst não são a minha praia. Tentei sair da zona de conforto com um plot que tentou "enganar" os leitores. Queria que pensassem "Ah, é caso de traição de parceiro", tipo Naruto traindo alguem e Kiba traindo alguem. No fim...era algo muito mais pesado! Obrigada por ler e comentar ♥ 10 de Maio de 2018 às 05:16
Sonne Sonne
Eu fiquei tão confusa no final e tive que voltar e ler umas três vezes pra entender o que tava realmente acontecendo. Mas o Sasuke ficou tão característico dizendo as coisas pra machucar o Naruto por esse sentimento por ele mesmo estar machucado. Mas porra, Naruto, usar o amigo desse jeito é mancada, pisou feio na bola. Mas parabéns, a história ficou muito boa mesmo. Mesmo machucando meu coração demais.
7 de Maio de 2018 às 21:57

  • Kaline Bogard Kaline Bogard
    Hohohohohohohoh eu imaginei que o twist ia surpreender, tipo, o leitor segue de guarda baixa, na certeza que a "traição" é Naruto traindo parceira(o) e Kiba traindo parceira(o). Mas é um contexto muito maior e pior do que isso. Não é? Sasuke é aquele cara que erra... e quando a gente acha que ele vai concertar, vem um erro pior. Pelo menos nessa fase que eu ambientei a história. A defesa dele é essa, porque ele também está machucado. Hohohoh pra quem usa o sexy no jutsu, usar o amigo assim não é um passo tão pior assim... Obrigada por ler e comentar ♥ 8 de Maio de 2018 às 05:24
E C E C
SOS EU TO MAL O que foi esse final, te juro que li 3 vezes desde meu like, na primeira vez nem conseguia comentar tamanho tapa na cara que levei. Meu coração se partiu em mil pedacinhos e to colando ele aos poucos. Tá muito tenso lidar com essa "realidade" porque meu ship morreu aqui. Adoro essas sensações de ir ao inferno e eu to entorpecida com esse fim.
7 de Maio de 2018 às 12:52

  • Kaline Bogard Kaline Bogard
    Olá!! Minha intenção foi conseguir essa reação! A palavra "traição" nas tags faz o leitor imaginar um contexto... e aqui acontece uma traição, mas é algo muito maior... tudo o que acontece nesse quarto é pesado para eles, mas o Naruto e o Sasuke se prenderam em uma armadilha da qual é muito dificil escapar. Eu quis trabalhar um lado mais sombrio deles, hohohohoh e deixar pontos que entrassem na mente dos leitores e ficassem mesmo depois que a leitura terminasse. Obrigada pelo review! ♥ 7 de Maio de 2018 às 13:06
Karol  Karambola Karol Karambola
Uau, nossa... Vamos lá. Eu não sei bem como eu estou me sentindo no momento. Um bolo na garganta, uma agonia inexplicável, bom, eu estou muito mal. Ler que o Naruto pediu para que Sasuke se transformasse no Kiba, a brutalidade que ele transou com o Sasuke, a indiferença, a crueldade, o egoísmo. Eu tô muito mal. Você quis chocar, quis mexer, e você conseguiu seu intento com êxito. A narrativa tá muito boa, a composição dos fatos... Mas olha... Nossa... Essa doeu no meu âmago. Parabéns
6 de Maio de 2018 às 19:01

  • Kaline Bogard Kaline Bogard
    Ohoho obrigada. Acho que angst e dark tem que causar esse tipo de impacto no leitor. Atingir e surpreender. Os temas que eu trouxe aqui são pesados e explora o lado obcecado do Naruto, aquele lado dele que abriu mão de tudo pelo Sasuke. E depois viu que o preço das escolhas foi muito alto. Tudo o que compôs a cena foi bem pensado. Da brutalidade à indiferença do Naruto, porque ele tem consciência de como é errado. Mas eu usei os viciados em cocaína. Em 2018 ninguem pode dizer que não sabe dos efeitos da cocaína. E tem gente que usa mesmo assim. Porque? Entender isso é complicado, é o ponto que levou o Naruto e o Sasuke a esse momento. Eles sabem que é errado, mas... OHOHOHOHOHO será que foi o Naruto que pediu isso? Eu não deixei claro como que começou esse lance entre eles. Talvez o Sasuke tenha intuído tudo e feito a proposta, quem sabe? Obrigada por ler e comentar ♥ 7 de Maio de 2018 às 05:23
Alice Alamo Alice Alamo
Ok, eu não sei como começar esse comentário e só fico mais tranquila por saber que já te falei um monte por áudio hahahaha. Vamos começar então por um parabéns por ter cumprido o desafio! Espero que você tenha gostado de participar <3 A fic é muito bem escrita, como eu já te disse, acho que a única coisa que eu apontaria é que tem uns trechos da fic rimando um pouco e uns acentos faltando aqui e ali. Agora, quanto ao plot, eu leio de tudo, então quando vi que era traição, como ainda por cima sabia que era você desenvolvendo, imaginei que fosse algo bem construído. No começo, eu fiquei meio desconfiada de que algo estivesse errado, a gente sempre fica atenta quando um personagem fala que o outro pode estar com peso na consciência. Nessa hora eu suspeitei que o Naruto estivesse traindo a Hinata, mas só isso. Inocente eu né? A parte em que você descreve que não havia carinho e que o Naruto preferia algo irracional me deixou muito desconfiada do que estava acontecendo. Porque, lembrando que eu pensava que ele estava traindo a Hinata, para mim, se ele fosse trai-la, seria então com alguém que amava e aí ele traria bem mesmo que houvesse culpa sobre os ombros. E então eu fiquei "mas que coisa, Naruto... que que ta acontecendo aqui?". Prosseguimos a leitura, teve uma parte de sexo mais violento e muito mai punitivo do que eu esperava e aí mesmo que eu parei de entender o que tava rolando. Na parte do "amo você", eu respirei fundo, porque, se o Naruto amava quem tava ali com ele, não teria feito tudo de errado até então, não teria aquela violência e descuido! Ah, e aí eu me iludi de novo, achei que o "Kiba" faria um mega discurso na parte do "Ama...?", que tudo então se revelaria e que eu enfim entenderia como os dois estavam ali! (pode rir de mim, tá? eu deixo). E, bem, aí o Sasuke, e eu li duas vezes o parágrafo depois se soltar um alto "mas o quê???". E daí pro final foi um pulo porque eu parei de reagir e só continuei lendo para tentar entender que merda tinha acontecido ali. E eu não entendi. Eu li e reli a fic porque eu só consegui ficar pasma e paralisada com o seu final. Que plot twist! Que facada no meu coração! Foi um tapa na cara daqueles que ficam ardendo por um longo e bom tempo, sabe? A fic tá incrível, mas que doeu, doeu viu? hahahaha. Parabéns por destroçar meu coração.
6 de Maio de 2018 às 18:12

  • Kaline Bogard Kaline Bogard
    Olá! Pois é. Ainda não me recuperei do impacto dos áudios ♥ Eu adorei fazer esse desafio. Até comentei com a Camy que eu quis fazer algo que justificasse a ideia de um “desafio”. E isso significa sair da zona de conforto, porque as minhas fics são sempre comédia e fluffy. Mesmo um ou outro drama, sempre tem momentos de humor para descontrair. Aqui eu decidi que não. Seria angst em essência, não teria nenhum OTP (pelo menos não diretamente) e teria lemon. E o crackship... então. Eu não queria pegar personagens aleatórios, enfiar em uma história e PA. Só pela zoeira. Não tenho nada contra, acho que saem ótimos ships e histórias inusitadas. Mas preferi trazer algo bem baseado e argumentado para justificar o casal. Hoje em dia crackship está além de ser apenas zoeira. NaruKiba pra mim é brotheragem total, meu headcanon é que eles são aqueles amigos da vida toda! E meu OTP é ShinoKiba. Mas essa linha da amizade é finíssima. Confundir sentimentos é muito fácil, nos dois sentidos: seja achar que a amizade é amor. Ou seja não ver o amor se desenvolver, porque ele vem nascendo da amizade. Aqui NaruKiba é canon na mente do Naruto. Pensa na cabeça desse menino, como tá bagunçada. E, de certa forma, é canon na mente do Sasuke também. Pensa no desespero da criança... Ai deu nisso. Eu sabia que as pessoas iam concluir que era um caso de Naruto trai parceira(o) e Kiba trai parceiro(a), porque foi meio proposital desenvolver por esse lado. Mas eu queria que o leitor pensasse mesmo que tem algo errado nessa traição, porque a culpa e o remorso estão ali no quarto com um peso grande na satisfação de “conseguir” algo que se quer muito. Justamente, como você disse: quando a traição é com a configuração clássica, há remorso e culpa, sim. Mas supõe-se que os amantes estejam apaixonados e que o amor seja totalmente diferente do que aconteceu na história. Ali tem punição pra tudo quanto é lado, porque o Naruto não conseguiria ser gentil e romântico com o “Kiba”. Ele se pune pelo que faz e pune o Sasuke por sua conivência. Minha base foi o vicio em cocaína. Todo mundo faz PROERD, com 10 anos já sabe que droga é ruim. E mesmo assim... tem aquele primeiro impulso de experimentar. Por quê? O Naruto e o Sasuke sabem que é errado, mas eles estão ali, uma vez que se faz aquela primeira vez é muito difícil fugir da próxima dose. Pra eles é doloroso estar ali. E não estar ali é tão doloroso quanto. Esses dois se enfiaram numa armadilha medonha. Eu cheguei a comentar no face, minha visão do Naruto não é de um personagem santo. Ele tá super maduro agora adulto, mas ele é o moleque que cresceu sem rédeas, que virava uma mulher nua para tirar vantagem dos outros, que tentava espiar o vestiário feminino, que venceu o Kiba soltando um gás no rosto dele (nunca vou superar isso ¬¬). Eu vejo o Naruto como o cara do “no amor e na guerra vale tudo” ou “os fins justificam os meios”. Isso não faz dele um monstro, só alguém que usa qualquer recurso para conseguir o que quer. Até os socialmente condenáveis ou os não tão ortodoxos. Ele é um personagem onde a dualidade humana foi maravilhosamente construída, que foge daquele padrão “protagonista shonen” que manga tenta vender. E por toda a história de vida dele e do Sasuke, eu me dei a liberdade de coloca-los nessa situação. xD E um jutsu de transformação... isso nas mãos erradas faz um estrago. Como que os autores por aí não enxergam as possibilidades? Socorro! Trair o parceiro de relação é uma coisa condenável. Mas o que os dois estão fazendo aqui é outro nível. Eu trouxe um pequeno recorte de algo muito maior: tem todo um contexto anterior, que os levou ao ali e ao agora. E tem todo um contexto para quando eles saírem do quarto. Sem contar tudo o que está confinado ali com eles... mas... aí fica pros leitores completarem as lacunas. Assim é divertido também :3 Com certeza eu amei participar desse desafio. Não foi fácil, precisei do ombro amigo da Skol pra escrever e para revisar. Por isso não me surpreende se aparecer uns “vosse” e uns “Sasque” aí no meio. E eu tenho anotado na agendinha pra revisar. Mas ainda falta umas coragens de reler. Onde compro? Obrigada pelo comentário. Principalmente: obrigada pelo desafio. No próximo eu volto para a minha zona de conforto. Socorro. Lá é muito mais quentinho! 7 de Maio de 2018 às 06:00
Anne Liberton Anne Liberton
Não sei se entendi a tensão, porque não sei quem é Kiba, mas pesado o Sasuke se transformando outro cara para consolar o Naruto e aproveitar o amor que ele sente por outro e não pode ter. Os dois tão ferrados na vida. Sasuke gosta de Naruto que gosta de Kiba que gosto de Shino aaaa O Shino pelo menos corresponde, né, então não fica a quadrilha. Tô surpresa que a senhora fez um limão, dona Karina. Achei que cê não escrevia putaria :O Tá de parabéns. Gostei muito, mesmo sem conhecer as pessoas. Acho que esse é o melhor texto seu que eu já li. Até mais!
6 de Maio de 2018 às 08:51

  • Kaline Bogard Kaline Bogard
    Kiba é o personagem mais aleatório de apoio que você pode imaginar. Huasuasha ele aparece muito pouco, mas é o meu bb. Kaline Bogard, a rainha dos personagens flopados. Huashuash esse foi o ponto da história. O Naruto e o Sasuke tão ferrado em todos os sentidos. É aquela: o Naruto achou que o Sasuke era seu mundo. Abriu mão de tudo por ele. Foi uma aposta arriscada. E o Sasuke é o rei dos erros. Quando tu acha que ele vai se acertar, não. Ele faz pior. Socorro. Eu pensei no Shino e no Kiba como um casal. Eles estão vivendo a vida deles e não fazem ideia da brincadeira entre o Naruto e o Sasuke. Dai você pensa: como que eles conseguem sair desse quarto e encarar a sociedade? Bom, não é a primeira traição que a humanidade viu, nem será a ultima. As pessoas entram nesses arranjos e a vida tem que continuar, é o jeito. Eu escrevo lemon sim, mas eu tenho consciencia de que fica muito ruim. Acho que falta alguma coisa nos lemons, então eu evito escrever xD Muito obrigada! ♥ não vou nem prometer ler sua história, porque eu não tenho tanta coragem i.i 6 de Maio de 2018 às 09:46
Camy <3 Camy <3
Você não merece um olá. Eu não sei o que dizer. Poxa, Kaline... POXA! Eu acho que eu fiquei tão chocada porque você tá usando o Naruto e o Sasuke e em todos os contextos existentes na minha cabeça, em todas as versões e em todas as maneiras de se interpretar a história pra mim, eles se amam. Eu super veria o Naruto se envolvendo com outra pessoa e pedindo pra ela se transformar em Sasuke, mas vê-lo pedindo para o Sasuke se transformar em outra pessoa foi muito pesado pra mim. Muito. Foi chocante (como você deve ter percebido pelo meu surto no facebok). A fanfic tá muito bem escrita. Você sente a tensão, percebe o quanto o Naruto se sente culpado e a dor do Sasuke se passando por Kiba e nossa. Eu tô nervosa aqui, ASKDPOASKDPOAS. Você passou os sentimentos de uma maneira muito intensa e eu não tô bem porque é meu OTP e isso nem deveria estar aqui porque o objetivo é focar em crack, mas o Naruto desta história é apaixonado pelo Kiba, então o crack tá aqui, mas tu mexeu com esse casal e eu tô no chão, Kaline. Eu tô enterrada, eu não tô bem, eu tô nervosa e meu Deus. Eu não sei o que dizer. Ah, sobre o Dica de escrita: revisão, porque tem um "r" faltando depois de um verbo e umas coisinhas pequenas assim (tipo rimas e tal, mas nada demais). Outra dica é você não destruir e matar seus leitores, isso ajuda a ter feedback no futuro. Nossa, não consigo nem rir das minhas piadas ruins, viu o que tu fez comigo? Nossa, sério, parabéns pela história, mas meu Deus, meu coração não nasceu pra isso.
6 de Maio de 2018 às 01:58

  • Kaline Bogard Kaline Bogard
    Olá! Tudo bem?! Vamos lá. Como esse foi o primeiro desafio do Inks, eu resolvi levar isso a outro nível. Resolvi sair da zona de conforto, porque meu estilo é comédia. Com angst e lemon eu sou um fracasso. Mas desafio é isso aí, é ultrapassar nossos próprios limites. Ou tentar pelo menos. Eu shippo muito NaruSasu hohohooh então entendo quando você fala sobre esse amor que eles sentem um pelo outro. A questão é que o Naruto dança pertinho assim da obsessão pelo Sasuke, e pelo controle também. A vida é do Sasuke, ele tem todo o direito de errar o que quiser errar, e tem o dever de enfrentar as consequências desses erros depois. E o Naruto não aceita isso, ele transformou seu mundo no Sasuke, mas quando ele fez isso, abriu mão de tudo o mais que existe. Na época eles eram jovens demais pra decisões assim, porque aí sobra a vida praticamente toda pra lidar com os frutos. Voltar para casa e... de repente... perceber que fez uma escolha errada. Não uma escolha banal, mas algo irrecuperável. Tudo o que eles perderam com essas escolhas, foi perdido. Dai que eu parti pra desenvolver isso. Peguei o Naruto do sexy no jutsu e fiz com que continuasse usando as técnicas em proveito próprio, sem escrúpulos. Mas com consciência de que é errado. Pra ele é difícil estar ali, naquele quarto. Mas é igualmente difícil não estar ali. É como os viciados em cocaína, eles sabem que é ruim, sabem que é um vicio e sempre voltam pra uma nova dose. O efeito é fantástico, ter que lidar com o vazio depois... não. Acho que nesse contexto o Sasuke até ama o Naruto. E tá fazendo o que pode pra ter um pouco desse afeto que ele não quis antes e se deu conta de que queria, mas motivos diversos o deixaram cego pro sentimento. Hohhohohoohohohohoho eu sei que ficou um pseudo crackship. Mas eu não queria pegar dois personagens aleatórios e jogar num plot. Nada contra, tem histórias que funcionam maravilhosamente bem aqui. Mas crackship já perdeu aquele entendimento banal de ser só um casal zoado. A gente já percebe que pode ir além, trazer uma base pra fundamentar a relação e jogar uns questionamentos aí no meio. Aqui é um recorte, uma cena que tem todo um “antes” e todo um “depois”, que eu não detalhei pra ficar martelando na cabeça do leitor mesmo hohoho. Eu gosto muito do Kiba e do Naruto sendo amigos. Nos meus headcanon eles são sempre amigos daqueles pra toda hora, porque eles tem traços parecidos, gostam de coisas parecidas e até comportamentos parecidos, eu penso neles como a dupla peste que toda sala tem, o terror dos professores. Confundir os sentimentos num contexto assim não é impossível, talvez nem seja amor. Mas acontece, foi o que eu usei como base pro Naruto. Não foi fácil não. Não era o Kiba ali, mas na cabeça do Naruto meio que era. Pensa num cara com a mente fudida. Pois é xD. E tai o resultado. Socorro. Obrigada pelas dicas de revisão. Nem preciso dizer que essa história saiu graças a umas latinhas de skol, né? Não sei se consigo reler tão já pra revisar, mas já marquei na agendinha pra não esquecer. Quando tiver forças. Obrigada pelo review ♥ 6 de Maio de 2018 às 07:53
  • Camy <3 Camy <3
    Eu super entendi o que você quer dizer com sair da zona de conforto e acho que "beira a obsessão" é eufemismo. O Naruto é completamente obcecado pelo Sasuke, que aceita e até de certa forma retribui esse sentimento (porque ele literalmente diz várias vezes que o Naruto é a única pessoa que importa pra ele - pessoa mais próxima e tals). Eu entendi a lógica (inclusive, KibaNaru é meu BroTP SEMPRE, em todas as fanfics) e gostei muito da historia e de tudo. Tua escrita tá ótima. Eu já tinha lido uns textos teus, mas a tua escrita aqui me surpreendeu, tava em outro nível. Sério, eu amei esta história, mas também a odiei um pouco. Eu estou bem impactada. 6 de Maio de 2018 às 18:30
  • Camy <3 Camy <3
    Eu super entendi o que você quer dizer com sair da zona de conforto e acho que "beira a obsessão" é eufemismo. O Naruto é completamente obcecado pelo Sasuke, que aceita e até de certa forma retribui esse sentimento (porque ele literalmente diz várias vezes que o Naruto é a única pessoa que importa pra ele - pessoa mais próxima e tals). Eu entendi a lógica (inclusive, KibaNaru é meu BroTP SEMPRE, em todas as fanfics) e gostei muito da historia e de tudo. Tua escrita tá ótima. Eu já tinha lido uns textos teus, mas a tua escrita aqui me surpreendeu, tava em outro nível. Sério, eu amei esta história, mas também a odiei um pouco. Eu estou bem impactada. 6 de Maio de 2018 às 18:30
  • Kaline Bogard Kaline Bogard
    Haha, obrigada! Eu não esperava todo esse impacto. Bem, angst e dark tem essa intenção mesmo. Mas so chega nesse resultado quando é bem construído. Então me sinto muito feliz com as reações! Eu adorei fazer esse desafio. Não foi fácil. Mas se for fácil não dá pra chamar de desafio. Acho que no próximo eu relaxo um pouco mais e volto pra zoa de conforto. Aqui é quentinho... sair dela é só aquela vez lendária a cada dez anos xD PS: aaaaa sim, com certeza o Naruto é totalmente obcecado pelo Sasuke! Pra mim isso é lindo. Mas é um pouco triste também, porque do jeito que ele escolheu para “salvar”o Sasuke, ele teve que abrir mão de um monte de coisas, que ele não vai recuperar. E foi uma parte do que eu usei nesse Naruto, um personagem que é maravilhosamente construido. Não porque ele é perfeito, aquela imagem clássica de protagonista shounen. Mas porque ele é plausível, que acerta, erra. Que tem que lidar com a dualidade humana, como todos sós. E nem sempre escolhe o melhor. Obrigada ♥ 7 de Maio de 2018 às 05:23
Mary Olosko Mary Olosko
Eu to bem impactadaaaaaaaa. Moça você quase me matou no angst aqui, scrr. Tadinhos cara, cada merda que passaram pra estar juntos. Enfim. Amei. Gosto de sofrer nessa porra kkkk. Vc escreve pra crl e disso eu já sabia, mas essa one foi primorosa. Da leitora tristosa kisses sabor migalhas
2 de Maio de 2018 às 00:55

  • Kaline Bogard Kaline Bogard
    Hausaushaus confesso que angst não é minha praia. Como eu sofro pra escrever xD Prefiro comedia e coisas mais fofas. Mas você pensa em detalhes que e ali... e percebe que há um lado dos personagens que não é muito explorado! E resolvi abordar aqui :D Obrigada por ler e comentar. E pelos elogios!! ♥ 2 de Maio de 2018 às 05:34
laia laia laia laia
foi a fic, mais pesada, da minha vida... simplesmente porque eu já passei por isso (transei pensando eu outra) e foi um dos meus maiores arrependimentos... esta muito pesado no meu coraçao e choro por isso
20 de Abril de 2018 às 00:57

  • Kaline Bogard Kaline Bogard
    Caraca, pesado mesmo. Acho que você sabe exatamente como o Naruto se sentiu antes, durante e depois. A diferentença é que o Naruto sente o peso, mas continua fazendo isso. Obrigada por ler! 20 de Abril de 2018 às 05:21
Isis Isis
Eu não sei nem o que dizer. Eu vi que era traição, uma coisa que não curto muito, mas aí já tava lendo e falei, bora. O que minha mente pensou foi: Naruto está traindo a Hinata. Kiba está traindo o Shino. Foi bem pesado de ler o fato de eles fazerem de um jeito que sabia que ia machucar pra não ter chance de pensar, pra se punir. Mas nem se compara ao tiro de bazuca que foi essa revelação no fim. Cara. Meu Sasuke. Meu Sasuke se prestando a isso... eu não sei nem o que sentir. Eu sempre quero proteger o Sasuke do mundo e de si mesmo. Nessa, quis proteger ele do Naruto. Que raiva desse Naruto. rs Realmente foi uma fic muito surpreendente.
18 de Abril de 2018 às 10:59

  • Kaline Bogard Kaline Bogard
    Olá!! Essa foi a minha intenção principal: passar a ideia de que o Naruto e o Kiba estão traindo seus respectivos pares e isso pesa na mente deles, a culpa corroe... MAS!!! Não é tão simples assim!! O Sasuke não é meu personagem preferido (eu amo o Kiba), porém ele tem potencial para ser desenvolvido. Acho que o Sasuke foi mestre em cometer erros. Perceber que estava errado. Errar de novo xD Algo assim. Dai estar aqui foi apenas um novo degrau nesse patamar. Obrigada por ler! 18 de Abril de 2018 às 12:09
 ❤ Tia Kuro Neko ❤ ❤ Tia Kuro Neko ❤
Ai Kaline, mas que tapa na cara. Eu não tava esperando por isso não, pqp. Comecei a ler e pensei "ok, Naru complexado por ser gay, vão conversar, perceber que se amam e tudo vai ficar bem". Ai li mais um pouco e pensei "Hmm...Naru traindo a Hinata? Não gosto de ler sobre traições, mas agora quero ver o que rola no final" E então "Ok, Kaline fazendo o Kiba trair o Shino? Mmm...ta doendo ler isso, melhor parar" Ai vc me deu um tiro com esse Sasuke, me deu um tiro com esse plot, e agora eu to morta aqui no chão. Então, na falta de algo melhor para dizer eu direi : Sua fic me causou dor física. Eu agora quero um fluffy , tome responsabilidade pelo que você causou. Obrigada, de nada.
9 de Abril de 2018 às 14:23

  • Kaline Bogard Kaline Bogard
    Olá! Não nego: eu queria dar essa impressão para os leitores, de que o Naruto estaria traindo o Sasuke e o Kiba traindo o Shino, com a consciencia pesada e talz. Mas leitores sempre vão alem, e conseguem ver pontas a mais. Esse lance do Naruto estar lidando com a descoberta da sexualidade não passou pela minha cabeça! E ai... a verdade por tras de tudo. Adoro o Naruto, mas não nego que ele tem traços de obsessão e ele usa alguns jutsus em vantagem própria (tipo o sexy no jutsu), por isso escrupulos não é a palavra mais importante do dicionario dele. Ai deu nisso xD Vamos ser, se eu sair com um tema fácil no desafio dos signos tento uma coisa mais fofa ♥ Obrigada por ler 10 de Abril de 2018 às 10:11
Ariane Munhoz Ariane Munhoz
Copiando meu comentário lá do Nyah! VOCÊ PARTIU MEU CORAÇÃO, MAS MEU AMOR NÃO PROBLEMA NÃO NÃO Caraaaca, eu fui pega em cheio por essa trap, não tive nem chance de escapar do efeito Kiba nessa! Me deu uma pena tão grande do Naruto, porque me lembrou daquela cena destruidora de Momentos onde a gente sabe sim que o Naruto ama o Kiba! E eu vou levar isso como um spinoff. Deveria? Adorei o ritmo frenético da história, a falta de cuidado e a culpa que consumia Naruto a cada momento que o ato se consumava. Foi doloroso, sobretudo quando Sasuke revelou quem era, e ver Naruto encolhido pela vergonha, decepção e arrependimento. Ainda assim, a história foi maravilhoso, o lemon destruidor com a cadência que aconteceu, e os sentimentos quebrados de Naruto uma perfeição pincelada. Amei a história, foi simplesmente incrível. Me fez pensar até mesmo que o mozão tinha morrido. Parabéns.
8 de Abril de 2018 às 13:47

  • Kaline Bogard Kaline Bogard
    ushuasashahsa se não fosse seu comentário eu nem tinha linkado as duas histórias, por que sou dessas. Mas acho que combina com o Naruto ser um embuste. Va, ele usava o sexy no jutsu em proveito proprio desde que farmacia se escrevia com PH. Escrupulo não é uma palavra em alta no dicionario dele, mas não é como se o naruto fosse um mau carater completo. Ele erra, se arrepende... mas já está preso demais nessa teia para deixar de fazer isso. Já está viciado na coisa! Olha o que a Skol faz com a gente ♥ 8 de Abril de 2018 às 15:49
Inko Sazana Inko Sazana
Vim correndo quando vi q era fanfic do único ship yaoi que shippo com o Kiba qq Menina eu to muito chocada, não esperava por isso, não estou sabendo lidar, to no chão, primeiro você me faz pensar que Naruto agia assim porque não se aceitava como gay, depois me fez perceber que era alguma traição, pra no fim ser um jutsu de transformação..... Muito bom, já recomendei pra varios amiguinhos, o mundo precisa conhecer essa maravilha
1 de Abril de 2018 às 20:31

  • Kaline Bogard Kaline Bogard
    Olá!! Então, meu ship com o Kiba é ShinoKiba. Mas a gente vê umas cenas no clássico em que o Kiba e o Naruto estão aprontando juntos, dai a gente começa a pensar os "e se" da vida e quando vê tá shippando xD Eu queria mesmo essa confusão sobre os motivos do Naruto e do Kiba, pra depois vir com a grande verdade hohohohohohoho Obrigada por ler ,comentar e recomendar! Fiquei feliz ♥ 2 de Abril de 2018 às 06:12
Mori Katsu Mori Katsu
Partiu meu coração...que coisa feia hein.
31 de Março de 2018 às 17:25

Larissa Mármore Larissa Mármore
Uau! Tão forte! Tão doído! 💔
31 de Março de 2018 às 12:13

  • Kaline Bogard Kaline Bogard
    Sim! Essa foi pra chocar o leitor! ♥ (culpa da Skol) 31 de Março de 2018 às 18:05
~