Essa casa é minha Seguir história

aru Mateus Álvaro

Existem crianças que simplesmente não gostam de receber longas visitas fora de hora, preferem brincar sozinhas no quintal em frente de casa ou com seus bonecos e seus amigos imaginários.


Conto Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#Tristeza #Muerte #mystery #horror #short storys #thriller
Conto
1
6853 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Deviam ter ficado fora

   É triste ter que deixar um lugar quando criamos apego, depois da briga da mamãe com o papai, eu pensei que a tia Jesse apenas tinha vindo passar alguns dias aqui até as coisas se acalmarem, mas parece que ela não vai mais embora. Meu pai nunca teve pena dos velhos hospedes, se ele ainda estivesse aqui conosco, jamais iria tolerar que ficassem com nossa casa.
   Elize, minha prima, ela brilha demais... eu mal consigo chegar perto, aquele sorriso espontâneo de felicidade quando toca suas músicas idiotas no piano e a luz que fica a envolvendo, essas coisas sempre me afastam. 
   Ah e ainda tem Elias, o esposo sentimental da minha tia, eu receio que ele esteja tramando me expulsar daqui, uma semana atrás veio com uns colegas carregando livros gigantes e pingentes de prata pura, também ficou horas fuçando na terra do quintal onde mamãe tinha uma pequena horta, mas agora já é solo morto, estéril e eu quero que continue assim.
   Foi nessa casa onde nasci, onde passei a vida, onde morri, não vou deixar ninguém chegar e achar que é dono do lugar. Eu tenho raiva de quem entra aqui, ódio de quem come aqui, nojo de quem dorme aqui.
3 de Março de 2018 às 19:20 0 Denunciar Insira 2
Fim

Conheça o autor

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Histórias relacionadas