Refúgio Seguir história

asheviere Jupiter L

Desapontada com os humanos, a deusa Naeedja vive em um exílio voluntário, em seu refúgio contra essas criaturas. Mas quando um rapaz humanos aparece por lá sem a sua permissão, Naeedja percebe que nem deuses vencem o destino. E quando seu tempo acabar, ninguém viverá por seu amado refúgio. Também postado no Nyah! Fanfiction. Um capítulo por dia, contendo uma palavra específica (no texto estará em itálico).


Fantasia Todo o público.

#Original #Fantasia #Mitologia #Drabble #Deuses #Double drabble
0
6888 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Serendipidade

Durante toda a sua longa existência, a deusa Naeedja nunca entendeu realmente o significado de serendipidade. Também nunca se esforçou muito para entender expressões sobre os sentimentos humanos, raça essa que tanto desprezava.

Aquele era seu paraíso, livre de pragas assim, onde tinha sua morada sem se preocupar com nenhuma das criaturas de Vaal. As montanhas ainda estavam exatamente como as esculpiu, os mares molhavam exatamente como os instruiu a fazer.

Porém, quando um dia se deparou com um jovem intruso humano em seu paraíso livre, soube exatamente o significado da palavra. Serendipidade era com certeza o oposto daquela situação.

2 de Março de 2018 às 03:18 0 Denunciar Insira 1
Leia o próximo capítulo Destino

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 22 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!