Lolita Doll Seguir história

shinigamigrell Ane Caroline

"Quando estamos juntos, você vai me amar para sempre Você é minha posse, eu sou sua obsessão Não me diga que nunca, você me amará para sempre! Sempre fique perto de mim,não pense em sair E eu prometo que vou manter Nosso segredo!"


Conto Todo o público.

#Exorcismo #Yuki-Onna #Espírito #Fantasma #Boneca #Doll #Lolita #Tsumitsuki #Fatal Frame
Conto
2
7.0mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Capítulo Único

-Essa boneca…-disse Katrina sem entender-Porque ela está aqui mesmo?

-Tio Vladimir me falou que ela vai ser exorcizada hoje…-disse Reika tomando um gole de café enquanto encarava a boneca-Chamou dois conhecidos para fazer isso,são exorcistas,chamam-se Claude e Kaname.

-Não me diz que seu tio trouxe outra boneca demoníaca para a nossa casa?-perguntou Katrina-Ele é louco?

-Talvez sim…-disse Reika-Você sabe como é o meu tio.

A boneca tinha um estilo Lolita Gótica,cabelos lisos e pretos,olhos azuis,usava um vestido preto e estava com uma máscara de festa preta em mãos,ela era muito fofa,ao mesmo tempo que tinha um ar sombrio e macabro na sua volta.

Ouve-se a campainha tocar,Katrina vai até a porta logo abrindo-a,um homem vestindo um kimono azul de cabelos curtos e pretos adentra o local acompanhado de outro homem também com cabelos pretos e curtos usando roupa social.

-Chegamos o mais rápido que podemos…-disse o homem de kimono-Eu sou Kaname e este é meu amigo Claude.

-Prazer…-disse Reika-Eu sou Reika,sobrinha de Vladimir e essa é a minha colega de residência,Katrina.

-Espero que seu tio tenha lhe dito sobre essa boneca…-disse Kaname aproximando-se dela-Ela é uma boneca amaldiçoada,a alma de uma adolescente enraivecida está aqui dentro.

-Ele não me explicou em detalhes…-disse Reika encarando o homem-Apenas me falou para ficar de olho nela,tomar cuidado,se eu tirasse os olhos,ela poderia fazer um estrago na minha casa.

-Então quer dizer que esse urubu em cima da minha mesa de centro da sala tem um encosto?-perguntou Katrina-Que delícia!Reika,seu tio é realmente um maluco,ouviu?

-Sim,é uma adolescente que foi morta enquanto dormia pelos seus bullies durante um passeio escolar…-disse Kaname-Ela ficou com raiva e o espírito dela possuiu a boneca na qual ela dormia junto.

-Que medo…-disse Katrina.

-Se você não fez bullying,está livre de sofrer alguma coisa…-disse Claude.

-Estamos livres então,sempre nós sofremos bullying…-disse Katrina-Nós éramos o saco de risadas da turma.

-E hoje,todos imploram por um emprego na nossa empresa…-disse Reika-O mundo dá voltas,hoje você brinca,amanhã você é o brinquedo.

Kaname retira um pedaço de madeira de dentro de uma mala que estava sendo carregada por Claude,na ponta,ela tinha vários papéis em forma de raios suspensas por uma corda,ele fecha os olhos e passa várias vezes na frente da boneca que logo fica com seus olhos vermelhos e automaticamente começa a piscar as luzes da casa.

Com medo,Katrina esconde-se atrás do sofá,Reika revira os olhos ainda encarando a boneca,por alguns minutos a casa tremeu,Kaname gritava algumas palavras nas quais ela não entendia muito bem,parecia ser em outra língua,talvez hebraico?Claude encara a boneca seriamente,até que uma alma sai de dentro do objeto.

Era uma moça de cabelos negros e compridos,usava um kimono branco e suas mãos estavam ensanguentadas,seus pés eram cobertos por névoas,logo,ela joga Kaname contra a parede do outro lado da casa,aproxima-se de Reika,dando uma risada alta,fica cara a cara com a moça que parecia completamente desinteressada,Katrina se perguntava como a amiga não sentia medo.

-Reika Kozukata…-disse o espírito com uma voz demoníaca-Sobrinha de Vladimir Schin,enfim nos encontramos.

-Posso saber quem é você?-perguntou Reika largando a caneca de café na pia-Para ter toda essa intimidade ao ponto de saber nome e sobrenome,deve me conhecer de algum lugar,não?

-Eu vim te observando durante os anos…-disse a moça-Meu nome é Yuki Amakura,eu fui morta quando tinha 17 anos de idade em um passeio da escola enquanto dormia,meus bullies fizeram isso e eu sei que você sofreu muito nas mãos de bullies também.

-Sim,mas todos já estão pagando…-disse Reika-Se você está afim de me propor alguma coisa relacionada a isso,eu sugiro que você saia pela porta onde entrou.

-E eu sugiro que você feche a boca antes que eu corte a sua língua…-disse Yuki-Quero que lembre-se que seu tiozinho querido não está aqui para lhe defender.

-Não preciso do meu tio para me defender…-disse Reika retirando de dentro do kimono,um colar com uma pedra preta que estava pendurada em seu pescoço-Eu tenho a minha própria proteção.

-A pedra sagrada…-sussurrou Claude que acabou sendo ouvido por Katrina-Não creio.

-O que é isso?-perguntou Katrina.

-É uma pedra que apenas pessoas que foram capazes de escalar o Hikamiyama conseguiram pegar,não sabia que Vladimir havia feito isso…-disse Claude-Essa pedra é sagrada e serve para espantar qualquer mal que maus espíritos podem tentar fazer aos mortais.

Kaname arrasta-se no chão,até que consegue pegar o pedaço de madeira novamente,tenta levantar-se,precisava repelir aquele fantasma,senão traria problemas para Reika,mesmo que ela tivesse a pedra sagrada como proteção.

-Sabe nojo?É o que sinto de seres humanos bons como você…-disse Yuki-Você tem a oportunidade de fazer amizade comigo e conseguir obter a vingança que quiser,mas ao invés de fazer isso,está jogando tudo nas trevas como se fosse nada.

-Estou fazendo isso porque a vingança é nada mesmo…-disse Reika bufando-Eu não preciso de vingança,o mundo dá voltas constantes.

-E meu espírito também dará voltas em você!-disse Yuki com uma voz macabra,logo tentando arranhar o rosto de Reika.

A moça retira uma câmera de seu bolso,em seguida,tirando uma foto do fantasma,que com o flash,põe as mãos na frente do rosto e afasta-se de Reika,logo,Kaname fala mais algumas frases balançando o pedaço de madeira,em seguida,fazendo Yuki desfazer-se no ar como uma névoa e seu espírito ser completamente repelido.

-Com isso,ela nunca mais irá voltar…-disse Kaname levantando-se do chão-Parabéns,nunca vi alguém manter a calma diante desse tipo de problema como você.

-Desde pequena,meu tio me ensinou a defesa contra esse tipo de entidade…-disse Reika esboçando um meio sorriso-Não tenho medo de espíritos hostis desde que minha irmã faleceu.

Claude e Kaname pareciam confusos sobre aquilo,diferente de Katrina que arregalou os olhos,sabia o quanto a morte de Mayu doía em Reika,também sabia que a moça odiava falar sobre isso,mas agora,parecia que ela queria soltar aquilo para fora de uma vez por todas.

-Minha irmã mais velha,Mayu,foi morta pela minha mãe,ela teve um surto psicótico e matou-a juntamente com meu pai…-contou Reika-Ela tentou me matar,mas alguém chegou para me ajudar,como eu tinha 3 anos de idade na época,eu não me lembro quem me salvou,mas lembro da face aterrorizada de minha irmã e da expressão demoníaca que minha mãe tinha no rosto.

-Vladimir me contou essa história…-disse Kaname baixando a cabeça-Sua mãe foi presa e a partir daquele dia,você começou a morar com ele.

-Sim,meu tio ainda era aprendiz de Ren Asou,um folclorista que mexia com o espiritual,ele quem criou esta câmera…-disse Reika pegando a câmera de seu bolso e estendendo para Kaname-Ren não confiava tanto em meu tio para dar-lhe essa câmera e achou que era mais seguro se me entregasse,falou também que por causa dela,muitos espíritos hostis viriam até mim tentando me matar ou tentando tirá-la de mim.

-Os espíritos temem a câmera Shaeiki e os mais corajosos tentam tomá-la das mãos de seus donos…-disse Kaname-Hoje,tem apenas seis delas espalhadas pelo Japão sem contar com a sua.

Katrina não conseguia entender o que eles estavam falando,Claude olha para a moça percebendo a confusão,era óbvio,Reika não deve ter explicado muitas coisas para ela por questão de segurança.

-A câmera Shaeiki tem o poder de tirar fotos de espíritos e fenômenos sobrenaturais com o objetivo de exorcizá-los,é como uma arma que ao invés de precisar de balas,utiliza filmes especiais…-explicou Claude para Katrina-Ela é apenas um protótipo e nunca foi realmente testada por maiores especialistas,Ren acabou apenas distribuindo réplicas com designs diferentes para os seus amigos mais próximos,parece que ele acabou modificando uma lanterna,um rádio e um projetor também.

Katrina assentiu com a cabeça,agora tudo fazia sentido em sua mente,Claude riu da expressão de entendida que a moça fez.

-O que aconteceu depois?-perguntou Kaname-Algum espírito hostil foi atrás de você?

-Sim,o da minha irmã…-contou Reika causando espanto em todos,inclusive Katrina que não sabia disto-Ela queria me matar porque sentiu raiva de mim.

-Mas porque de você?Ela devia ter ido atrás da sua mãe na cadeia,seu tio me contou que a senhora Kozukata chegou a ser presa pela polícia por causa do assassinato…-disse Kaname-Ela devia ter se vingado dela e não de você.

-O ódio de eu não ter conseguido ser atingida foi maior do que o ódio pela minha mãe ter assassinado ela…-disse Reika-Hoje,a alma de Mayu está muito bem guardada e muito bem selada dentro desta câmera,entrei em uma dura batalha com ela,afinal,eu ainda não sabia manuseá-la direito.

-Você é uma ótima exorcista…-disse Kaname-Poderia muito bem entrar na nossa equipe,Claude e eu precisamos de alguém com esse tipo de personalidade para nos ajudar com as missões.

-Eu fico super agradecida com o convite,mas eu passo…-disse Reika esboçando um sorriso-Meu tio Vladimir já havia me convidado para fazer isso com ele,mas achei melhor não,eu prefiro continuar trabalhando na minha farmacêutica do que me envolver nisso.

-Tem certeza?-perguntou Claude-Você sabe que está negando uma grande oportunidade,não?

-Sei sim e não duvido que se eu estou sendo convidada pela segunda vez a entrar nisso,é porque o destino quer que eu siga esse caminho…-disse Reika-Mas para mim,ter contato com a Shaeiki já é muito perigoso,imagina neste trabalho,minha mãe trabalhava nisso e eu não duvido que ela tenha sido vítima de uma possessão.

-Nós sabemos que ela estava lutando contra os Tsumitsukis na época…-disse Kaname-Nós não duvidamos que o espírito da culpa tivesse se apossado de seu corpo desde o abandono do pai de vocês,mas você tem que entender que agora,os Tsumitsukis estão quase extintos e eles não serão mais um problema.

-Você falou QUASE extintos…-disse Reika virando-se e subindo as escadas-E sei que não apenas os Tsumitsukis que podem se apossar do corpo dos humanos,fantasmas como Yuki,também podem.

Reika sobe as escadas dando as costas para todos atrás de si,Claude e Katrina encaram Kaname esperando por alguma reação dele,porém,o homem continuava parado observando a moça subindo as escadas.

-Kaname,você tem que entender que Reika é uma mulher independente e que ela com certeza vai renegar este trabalho enquanto ela puder…-disse Katrina-Eu sinto muito,sei que Reika talvez fosse uma excelente exorcista,porém,o episódio com a mãe foi realmente um choque muito grande que vai impedi-la de seguir nisso.

-Ela tem todas as armas que um exorcista de verdade precisa,ela tem o colar com a pedra sagrada e a câmera Shaeiki…-disse Kaname-E se Ren confiou a câmera a ela e não a Vladimir que é o homem no qual leva mais a sério tudo sobre exorcismos e espíritos hostis,é porque Reika tem um grande potencial para isso e o destino dela é esse.

-Talvez o que nos resta seja esperar até que ela veja isso com seus próprios olhos e mude de ideia…-disse Claude-Deve ser difícil para ela pensar em ser uma exorcista tendo uma irmã como um espírito hostil e uma mãe possuída por um Tsumitsuki.

-Nunca mais deram notícias da mãe dela…-disse Katrina-E já se passaram muitos anos,acredito que ela tenha se suicidado ou quem sabe,deve ter sido morta na cadeia.

-Nem um e nem outro…-disse Kaname-Ela foi morta por algum caçador de Tsumitsukis que também desconhecemos e ele é o alvo da nossa missão...eu realmente rezo pela segurança de Reika,porque mesmo ela tendo todos os artefatos para se manter longe ou pelo menos se defender de espíritos hostis,ela é a mais propensa a ser possuída por algum deles,sem falar que ela é bem vulnerável a receber ataques dos mesmos.

-Deve ser por isso que Ren lhe entregou a câmera e por isso que Vladimir foi corajoso ao ponto de escalar o Hikamiyama para pegar a pedra sagrada e fazer um colar para ela…-disse Claude,em seguida,retirando outro pedaço de madeira de dentro da sua mala e entregando para Katrina,igual ao que Kaname havia usado para repelir Yuki-Entregue isso a ela como uma forma de proteção,ela com certeza precisará disto no futuro,não significa que ela vai ter que se tornar exorcista,é apenas uma proteção.

Katrina assentiu com a cabeça pegando o objeto,em seguida,encarando Kaname que baixou a cabeça e foi até a mesa,pegando a boneca Lolita em mãos e pondo-a debaixo de seus braços.

-Você vem comigo,encrenqueira…-disse Kaname,em seguida,voltando a olhar para o topo da escada-Reika,eu realmente espero que você fique bem,do fundo do meu coração.

26 de Fevereiro de 2018 às 22:47 0 Denunciar Insira 0
Fim

Conheça o autor

Ane Caroline Sou uma cosplayer que exorciza fantasmas e baba no Hayden Christensen ao som de Michael Jackson no Estado que chamam o pão de cacetinho,canta Shinzou Wo Sasageyo,escritora nas horas vagas.

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~