sbika3 Joalison Silva

Antes das crônicas mais famosas, antes da Era tardia dos Deuses, viveram heróis e viveram assassinos... Os servos da Deusa Arco-íris, gloriosos em abarcar o mundo em suas crenças, avançaram embalados por cânticos de conquista. O continente da Deusa Azul fora escolhido e aos grandes senhores, seus campeões, suas espadas, cabia residência a fatal oposição. No entanto, não tardou para a guerra encontrar seu inevitável ponto de resolução e Erxes, o cavaleiro Negro, faria parte daquele destino que culminaria no conto de Lily.


#19 em Fantasia #7 em Épico Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#epico #341 #cavaleiro
31
25.5mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Preparação

E ali venceriam a guerra.

Na entrada do extenso Vale de Parnos, depois do passo, montado num corcel branco, Erxes apertou o punho de sua espada, a Pyheo la Parns*, e perscrutou o terreno como fizera tantas vezes nas últimas luas até parar na extensão as suas costas. De ambos lados, erguia-se uma montanha e, entre as duas, a ligação se elevava e descendia, como uma lombada, formando o Passo Zandiyah. Um local perigoso coberto de vegetação rasteira e pedras soltas onde a vantagem daria lugar a desvantagem no mínimo deslize dos combatentes.

Um dia seco se figurava naquela manhã e nenhuma nuvem ofertava a coloração soturna das intempéries no horizonte, e além dele, e na pesarosa avaliação do Cavaleiro Negro, o sol cairia em amargura contra os corpos dilacerados de seus companheiros. Falharia em aquecer sua armadura de obsidiana ornada de flores azuis no peitoral, nas braçadeiras, e ainda assim a negativa de uma subida lamacenta continuava lamentável à decisiva batalha que se avizinhava.

O silêncio consumia o interior do vale desde o nascer daquele sombrio dia ensolarado.

Erxes o acompanhava-o e suprimia a respiração. O olhar na curva da elevação, nas pequenas flores azuis balançadas no vento matutino, esperava um servo ou refugiado qualquer surgir, sorrir, acenar uma notícia. Uma boa notícia. No entanto, a demora que corroía o Cavaleiro Negro obrigou-o a puxar as rédeas do corcel e galopar de volta aos refugiados.

Depois da subida pedregosa, um caminho terrível que impediria uma carga de cavaleiros no futuro embate, o emaranhado de montanhas e colinas verdes pinceladas de flores iguais às do passo, as yrfs, estendia-se quilômetros adentro.

A entrada do vale alargava a poucos metros da decida, num amplo plano de igualdade para, e se, dois exércitos desiguais colidirem, dar uma vitória esmagadora a quem desfrutar da superioridade numérica. Os invasores não podiam alcançar aquele ponto. Erxes avistou o primeiro grupo de sentinelas sentado em meio as flores, lanças e espadas e escudos foram erguidas com sua chegada. Os quatorze homens olharam-no apreensivos, um dentre os mais baixos, tomou a frente.

— Inimigos, senhor?

— Não. — Erxes o acalmou. — Há notícias da Capital?

— Notícias? Não, senhor. Não esperamos nenhuma notícia.

— Para mim, homem. Notícias para mim.

O homem calvo e atarracado na armadura de couro azul, incólume pelas batalhas nunca travadas, enrubesceu, tossiu e desenvolveu interesse repentino em observar as patas do corcel.

— Não, senhor — disse —, mas desejo sorte. Correrá tudo como de costume e o senhor terá duas alegrias hoje. Prometo-lhe, senhor. E uma vitória fácil!

Erxes encarou os assentimentos dos treze combatentes. Rostos enfadonhos, corpos ociosos. Reprimiu o impulso de carregar contra eles e ensinar os desígnios de um combate injusto, a mortalidade, a tensão desesperadora de sobreviver os primeiros minutos, a covardia dos mais corajosos e, no entanto, acenou. Foi um gesto breve, acolhedor, encorajando-os a resistir à tentação da fuga quando se iniciasse a batalha porque os tempos atuais exigiam até o auxílio dos mais fracos.

4 de Abril de 2023 às 00:03 9 Denunciar Insira Seguir história
9
Leia o próximo capítulo Refugiados

Comente algo

Publique!
Bella Oliveira Bella Oliveira
Amei.
September 22, 2023, 19:42

Sabrina Andrade Sabrina Andrade
Olá, sou a consultora Sabrina. E trabalho para uma plataforma de livros digitais. Gostei bastante da sua história. Se estiver interessada em saber mais. Entre em contato comigo através do WhatsApp: 92984759876
July 17, 2023, 01:15
Darlan Fontoura Darlan Fontoura
Que coisa gostosa de se ler.
May 04, 2023, 17:02

  • Joalison Silva Joalison Silva
    Obrigado, Darlan, fico feliz que tenha gostado May 05, 2023, 12:34
Ana Reis Ana Reis
A escrita impecável, ambiente envolvente e as descrições perfeitas. Zero defeitos esse primeiro capítulo ❤️😭
April 13, 2023, 15:08

  • Joalison Silva Joalison Silva
    Obrigado, Ana. Espero que curta os próximos capítulos May 05, 2023, 12:35
Daniel Trindade Daniel Trindade
Saudações! Faço parte da Embaixada Brasileira do Inkspired. Estou aqui para lhe parabenizar pela Verificação de sua história. Espero que ela seja prestigiada por muitos leitores aqui em nossa comunidade. Sucesso e felicidade em sua arte! ♡
April 07, 2023, 16:26

~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 9 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!