Parabéns, aniki Seguir história

null Null α

Não sabia onde estava, só se lembrava de estar voltando do treino quando sentira a presença de alguém, alguém conhecido, mas, antes que descobrisse onde esse alguém estava, sentira um forte golpe em sua nuca que o fez ficar desacordado.


Fanfiction Para maiores de 18 apenas.

#Lemon #OneShot #Itaasu #Naruto #Yaoi
Conto
9
7.0mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Capítulo único

Sasuke abrira os olhos assim que acordara, porém não conseguia ver nada, talvez fosse pela venda que cobria seus olhos ônix o impossibilitando de ver algo.

Não sabia onde estava, só se lembrava de estar voltando do treino quando sentira a presença de alguém, alguém conhecido, mas, antes que descobrisse onde esse alguém estava, sentira um forte golpe em sua nuca que o fez ficar desacordado.

E agora, ali estava ele, sentia que estava pendurado ao teto por correntes, estas que prendiam suas mãos e pés impossibilitando qualquer movimento dele, seus lábios estavam secos, o que mostrava que estava ali a algum tempo, respirou fundo.

- Onde?

Sua voz fraca ecoara pelo local fechado, o que o fez tremer de medo por saber que além de "algemado" se encontrava preso em algum lugar, o desespero começou a tomar conta do Uchiha ao imaginar que não sairia dali, se sentia fraco por conta do treino intensivo que fizera.

Se passaram cerca de cinco minutos e o barulho de uma porta pode ser ouvido fazendo o moreno ficar alerta, ouviu passos se aproximando de si.

A pessoa parou entre suas pernas abertas o fazendo estremecer ao sentir o calor que a mesma emanava de seu corpo.

Tremeu ao sentir a mão da pessoa tocar a pele nua de sua perna, pelo tamanho da mão ele podia dizer que era um homem, grunhiu ao sentir sua bermuda ser arrancada pela pessoa e corou ao sentir o olhar penetrante que se encontrava pregado ao seu sexo ainda coberto pela cueca.

- Quem... É? - sua voz era trêmula e receosa.

Ele tinha de admitir que estava com medo, muitas das pessoas daquele mundo não eram boas, havia muitos ladrões, assassinos, estupradores, entre outros, tinha medo de ser violentado e logo ser morto sem puder fazer nada para o impedir.

O homem apenas respondera com um aperto na coxa alva do Uchiha, este que tentara se mexer para afastar do toque do homem, o que obviamente havia sido uma tentativa falha já que suas pernas estavam bastante doloridas pela posição que se encontrava para conseguir realizar qualquer movimento.

- P... Pare! - pediu aterrorizado ao sentir a mão do homem adentrar sua cueca para logo puxar a mesma com brutalidade, o Uchiha sentiu o tecido de rasgar e bater contra sua pele, com certeza a deixando vermelha, deu um gritinho de dor e medo - Pare! Quem é você? - ele gritara o homem grunhiu como se não tivesse gostado dos gritos dele, que naquela altura quase chorava de pânico.

Sasuke conseguiu sentir o homem se baixar ainda no mesmo local e logo um toque em seu membro de fez presente o fazendo gritar pedindo que ele para-se e tentando se afastar do mesmo, tentativa que novamente fora falha.

Por trás da venda o Uchiha arregalou os olhos ao mesmo tempo em que tentava se afastar ao sentir a boca do homem envolver seu membro, ao perceber que o menor queria se afastar o homem colocou as mãos uma de cada lado da cintura dele o impossibilitando de fazer o que quer que fosse.

A língua do homem passou por toda a extensão de seu pênis, que começava a ganhar vida com os toques, mesmo que o Uchiha não quisesse o seu corpo estava aquecendo com as provocações que recebia do outro.

Sentiu a boca dele se afastar de seu membro já duro e após uns segundos sentiu voltar a abocanhá-lo, não passou nem cinco segundos e o Uchiha sentiu um dedo ser colocado em seu ânus, o que o fez soltar um gemido de dor e pedir para o homem parar com aquilo, o mesmo somente o ignorou continuando com o que estava fazendo, a língua dele passou por sua cabeça levemente inchada e votou a abocanha-lo fazendo o moreno dar um pequeno gemido de prazer.

O seu corpo o estava traindo, estava estremecendo e tendo alguns espasmos de prazer, mordeu o lábio inferior com força não queria dar o gosto de gemer para aquele homem asqueroso, mesmo assim ele não conseguia impedir a sensação que se expandia desde seu baixo ventre até o resto de seu corpo, antes que ele nota-se o homem colocou um segundo dedo em sua cavidade continuando com os movimentos de vai vem.

O Uchiha estava perto de seu orgasmo, porém, antes que isso acontece-se, o homem se afastou retirou o membro do menor da boca e os dedos da cavidade dele.

- Por... Que? Quem? - uma pequena risada foi ouvida pelo Uchiha, era um pouco rouca mas tinha o seu 'que' de sensual o que fez o moço tremer entre o medo e o desejo.

O homem se afastou dele e se colocou a frente do mesmo, este que, com medo que ele tentasse algo pela frente, cerrou os dentes com força, não iria sucumbir tão facilmente aquele homem.

Logo sentiu duas mãos na sua nuca e a venda começar a cair, fechou os olhos pela pouca luz que iluminava o local, piscou algumas vezes para se acostumar com a pouca iluminação e, assim que conseguiu se acostumar, olhou para cima vendo o teto que mantinha suas correntes suspensas, olhou para os lados e franziu o cenho ao ver que não encontrava o homem em lugar algum, mas logo se arrepiou ao sentir algo duro contra sua entrada.

- N... Não - o Uchiha falou com medo.

- Você vai ser meu... Otouto.

Sasuke arregalou os olhos ao reconhecer aquela voz, tentou olhar para trás, porém o homem segurou seu rosto com uma das mãos o impedindo de o olhar.

- Sabe que dia é hoje? - sua voz era somente um sussurrou próximo ao ouvido do menor, Sasuke negou com a cabeça - Hoje é nove de junho, não lembra, pois não? - seu tom de voz era triste, Sasuke forçou a memória até conseguir lembrar - Hoje eu faço anos... Quer me dar um presente? - mordeu o pescoço do menor sem muita força, o fazendo se arrepiar.

- N... Não - falou movendo sua cabeça par afastar do toque alheio.

- Não é o que parece - levou a mão a frente do corpo do menor e tocou o membro rígido do mesmo.

Sasuke gemeu ao sentir a mão envolver seu pênis ereto e começar a masturbá-lo, Itachi começou a beijar o pescoço do mais novo, a quanto tempo esperava aquilo? A quanto tempo esperava para ter seu irmão mais novo? Desde que saíra da aldeia que o Uchiha mais velho queria seu irmão, sempre tivera aquele sentimento escondido, porém nunca o pode mostrar.

Afastou a mão do membro do garoto e colocou dois de seus dedos na boca do mesmo, o fazendo chupar os mesmos, teria de preparar bem o menor para não machucá-lo, não queria que ele pensa-se que queria seu mal, após umedecer bem os dedos os levou até a entrada do garoto novamente e os colocou dentro do mesmo de uma vez, Sasuke gemeu arqueando as costas e sentiu o irmão começar com movimentos não muito rápidos.

O Uchiha mais velho levou a outra mão para a frente do corpo do menor e começou a acariciar o mamilo rosado do mesmo, ele estava sem blusa, não fora Itachi a retirar a mesma, ele já estava saindo do treino assim, o que foi bom para os olhos de Itachi, aliás, muito bom mesmo, o mais velho começou a beijar o pescoço do menor, este que gemeu baixo e contido, não queria estar gostando, mas era impossível negar que sempre sentia algo a mais pelo irmão e que o que o mesmo estava lhe fazendo era uma delícia.

- Vai dar meu presente? - perguntou sugando o lóbulo da orelha do menor e afastando as mãos do mesmo - Você não lembrava do aniversário de seu aniki?

- Lembrava - o menor respondeu de rosto baixo, Itachi foi para a frente dele.

- Não iria me dar um presente o-tou-to - a forma como que chamou fez Sasuke se arrepiar.

Sasuke não sabia se devia responder algo, por isso somente se manteve quieto, Itachi pegou uma chave do bolso e soltou as pernas do menor, para logo em seguida soltar os pulsos do mesmo, segurou a cintura dele com força, para o mesmo não cair, e o deitou no chão frio, Itachi olhou o rosto do menor, deu um sorriso e uniu os lábios aos do mais novo, enfiou a língua na boca do mesmo, Sasuke tentou se afastar, porém logo correspondeu ao beijo do maior.

- Quer dar meu presente? - perguntou se afastando dos lábios do menor, deixando um fio de saliva a unir as duas bocas, não iria fazer nada sem a permissão do irmão, poderia ter matado seu clã inteiro, mas nunca se permitiria fazer mal ao seu pequeno irmão.

- Q... Quero - falou desistindo de lutar, desde pequeno que tinha sentimentos por seu irmão.

Itachi sorriu, era somente disso que precisava, voltou a beijar, sugar e morder o pescoço do garoto, este que puxou seu cabelo em resposta, segurou novamente o pênis dele, coberto pelo pré-gozo, e voltou a punhetar o mesmo lentamente, brincou com a língua nos mamilos do amado, era extremamente bom ouvir os gemidos baixos e contidos do menor.

- I... Ta... Chi - falou arqueando as costas enquanto sentia o maior apertar seu membro sem muita força.

Itachi sorriu, estava adorando ver as reações que causava no pequeno corpo, soltou o pênis dele e se afastou, retirou a calça e voltou para cima do irmão, roçou os dois membros ouvindo um gemido do menor e sentindo o mesmo arranhar suas costas com as pequenas unhas, que, provavelmente, ainda mordia, como quando era pequeno, Itachi acariciou o rosto do menor e o beijou, logo sendo correspondido, se alinhou na entrada do irmão e o entrou de uma vez, Sasuke gemeu alto tendo o som do quase grito amenizado pelo beijo.

- Shh, já passa, relaxa - falou acariciando o rosto do mais novo e limpando as lágrimas que se acumulavam no canto dos olhos dele.

Itachi ficou quieto esperando o moreno acostumar com o volume dentro de si, dava beijos e chupadas no menor para que o mesmo esquece-se a dor, o que estava resultando, aos poucos Sasuke se foi acostumando com o membro do irmão em seu interior e se moveu contra o mesmo indicando que ele podia começar os movimentos, Itachi sorriu, segurou as pernas dele as afastando um pouco mais e começou com os movimentos lentos e cuidadosos, não demorando para aumentar a velocidade e força dos mesmo.

Sasuke gemia de prazer pedindo por mais, Itachi o obedecia, aumentando a velocidade e a força dentro do irmão, ambos queriam aquilo a muito tempo, mesmo Sasuke querendo vingança do irmão ele o amava e não ligava se não ter ia sua vingança, pelo menos, por enquanto não ligava para isso, sentiu o maior acertar sua próstata e gritou de puro prazer, Itachi sorriu contra seu pescoço e continuou acertando o local de prazer do garoto, ambos estavam suados, ambos estavam arfantes e ambos estavam amando aquilo, Itachi continuou investindo no menor e após longos minutos o mesmo chegou no seu ápice, o Uchiha maior continuou estocando o mais novo até que, depois de umas cinco estocadas, ele finalmente alcançou seu orgasmo, esperou um pouco e se retirou lentamente de dentro do menor.

- Sasu - chamou se deitando ao lado do menor, este que se manteve quieto olhando o teto - Doeu?

Sasuke apenas negou com a cabeça e olhou o maior, seus olhos mostravam cansaço e satisfação.

- Gostou do presente a-ni-ki? - sorriu de forma divertida e voltou a olhar o teto.

- Amei - deitou do lado do garoto e o puxou para si o abraçando forte.

Sasuke fechou os olhos sentindo o calor do corpo do irmão, este que o aninhou mais em seus braços, fechou também seus olhos, aquele fora o melhor aniversário de toda a sua vida e realmente não se importava se continuasse recebendo o mesmo presente todos os anos.

- Parabéns, aniki - foi tudo o que falou antes de cair no sono.



-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-

Notas finais:

Esta one foi escrita para o aniversário de Itachi como, provavelmente, vocês notaram, originalmente foi postada no spirit fanfics, um dia depois do niver do nosso "fritador de ovos", e espero que voce tenham gostado (sei q n, but anyway)

26 de Fevereiro de 2018 às 20:01 2 Denunciar Insira 3
Fim

Conheça o autor

Comentar algo

Publique!
Alice Alamo Alice Alamo
Olá! Notei que sua história é uma fanfic e, portanto, está na categoria errada do site. Fanfics devem ser postadas na categoria Fanfiction e os gêneros como romance, poesia, lgbt, etc, devem ser postados nas tags ;) Para alterar, basta ir em Editar configurações da história, ok?
1 de Março de 2018 às 18:47

  • Null α Null α
    Desculpe o engano, já arrumei e coloquei na categoria certa, obrigada por avisar :) 1 de Março de 2018 às 22:57
~

Histórias relacionadas