Aprender a Amar Seguir história

mary1523 Mariana Marques

Eric Yoshiba, aos 8 anos perde a mãe, Mary Iwasaki, e seu pai, Hiro Yoshida, simplesmente começa a desprezar o filho já que ele lembra-lhe a Mary. Eric conhece um rapaz, Yuri Chiba, que será seu melhor amigo depois da desconfiança e do desprezo que dá ao mesmo. Yuri tem uma paixão secreta pelo Eric e quase desiste dele quando finalmente o Eric se revela e descobre seu verdadeiro "eu" , ele ama o Yuri mais do que tudo, porque é o mesmo que lhe ensinará a amar.


Fanfiction Para maiores de 18 apenas.

#yaoi #original
0
6.7mil VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todos os Domingos
tempo de leitura
AA Compartilhar

Capítulo 1

Eric-On

A vida nunca é o que parece, viver é muito difícil.

Minha mãe morreu quando eu tinha 8 anos, acho uma injustiça ela ter morrido, pois meu pai nunca mais olhou nos meus olhos, sempre me evitava ao máximo possível, mas quando estamos juntos em público ele faz o papel de "pai perfeito" e ele me irrita muito, porque mesmo não sendo um pai me dá tudo o que eu quero sem mesmo se questionar o "porquê" ou sem me dizer "não". Eu queria que às vezes ele dissesse que não, simplesmente ficaria muito feliz uma vez que fosse, ele demonstraria que se importaria pelo menos um pouco comigo.

Durante os 7 anos que que se passaram, muitas meninas e meninos tentaram se aproximar, mas eu percebi que não queriam ser meus amigos de verdade, só estavam comigo pela riqueza do meu pai e, por ele ser tão conhecido, eles se aproximaram de mim para se aproveitarem disso através de mim. Desde então nunca mais confiei em ninguém.

Neste momento são 8 horas da manhã, meu primeiro dia no secundário será daqui a 1 hora, estou tão nervoso que nem sei se vou conseguir me apresentar direito e ainda nem estou lá.

Meia hora se passou e eu estou no carro a ir para escola, minha turma é a 1-B, não conheço ninguém, já é um grande alívio e eu escolhi uma escola pública desta vez.

Todos já estão na sala nos seus devidos lugares e o professor já está lá. Começaram a fazer as apresentações eu estava distraído por isso não ouvi os nomes mas estava a ouvir uma voz que começou a gritar:

-Eric! Presta a atenção já é a sua vez! - disse o professor um pouco chateado.
-Sim senhor! -respondi me levantando e me apresentando - Eu sou Eric Yoshiba e tenho 15 anos, muito obrigado por me receberem aqui!

Quando a aula terminou eu fui para ao bar já que estava faminto mas alguém interferiu antes de sair da sala dizendo:

-O-olá, eu sou Yuri Chiba! prazer em conhecê-lo! - falou com um leve sorriso.
-Olá.- disse-lhe com uma voz baixa e segui em frente para ir para ao bar.

Eu achei aquele miúdo muito novo para estar aqui, uma vez que ele ainda nem fez os seus 15 anos, mas o uniforme caia-lhe muito bem, ele tem olhos e cabelos pretos azulados e com um tom de pele levemente morena, contudo isso fiquei um pouco curioso queria conhecê-lo melhor mas tinha medo que ele não quisesse ser meu amigo então resolvi não chegar perto do rapaz, assim eu tenho a certeza que não irei me magoar.

Eric-Off

Yuri-On

Não percebi o porquê dele ter me respondido daquela forma mas ele é tão fofinho, acho que quero me tornar amigo dele, mas como? Talvez depois do intervalo ele fale comigo, se ele não vier ter comigo vou eu ter com ele.

Me tocaram e virei a cabeça, vi uma menina muito linda com cabelos longos castanhos e olhos verde-claro, ela é de pele clara e teu um sorriso muito fofo.

-Olá, eu sou Kim Tanaka, prazer em conhece-lo! - falou com um sorriso muito fofo.
-Olá, posso te chamar Kim? -perguntei com um alegre sorriso- Eu sou o Yuri.
-Claro, Yuri-kun! - respondeu feliz por estar falando comigo.
-Não quero que fales "kun" já que devo ser o mais novo da turma! - disse-lhe um pouco envergonhado.
-Ok, Yuri! - disse-me tranquilamente.

Eric já havia entrado na sala, sentou-se no seu lugar pois já estava quase a tocar a campainha da escola. O professor entrou para a aula de matemática, mas não sei porquê eu não consigo parar de olhar para ele, ele é muito bonitinho, mas não é motivo para isso.

-Haa...que desespero! - sussurrei para mim mesmo.

Estava quase terminando a aula de matemática quando decidi que vou segui-lo pra ver onde ele vai depois da aula. Tocando para sair ele sai da sala normalmente e eu vou atrás.

Estranho, estamos nas escadas da escola, a descê-las mas não há ninguém por aqui...

De repente, Eric cai das escadas e fica com machucados graves, eu aflito, corro para a enfermaria e chamo alguém, depois a senhora que estava lá chamou a ambulância, já que ele tinha batido com a cabeça e parece que partiu o braço esquerdo, insisti em ir com ele quando a ambulância chegou, por querem ser rápidos deixaram-me ir.

Yuri-Off

Eric-On

(continuação da parte anterior)

Quando cheguei no bar, tinha uma fila não muito cheia mas também não estava vazia, então não tive escolha a não ser esperar, mas acho que tive sorte da fila estar pequena. Quando chegou a minha vez pedi uma sandes mista e um sumo de laranja natural e fui para a sala,comendo pelo o caminho.

Então, chegando a sala, tinha acabado de comer, sentei-me no meu lugar e dei uma olhada pela sala discretamente e vejo o Yuri a falar com uma miúda muito bonita, fiquei com um pouco de ciúmes mas não sei o porquê. O professor entrou na sala para dar matemática, na minha opinião era para dormir ali mesmo mas não quero perder uma aula sequer para compreender a matéria.

Antes da aula terminar estava a pensar em ir no ginásio, já que tinha balneários, para eu tomar um banho porque estava a cheirar a suor por estar muito quente, uma vez que ainda estamos no verão.

Então assim que acabou a aula fui para o ginásio, mas no caminho escorreguei na escadas, acordei no hospital com Yuri ao meu lado, assustei-me, mas não conseguia ter nenhuma reação pois meu corpo estava todo dolorido então resolvi arranjar algumas forças para dizer:

-O-obrig-gado! - falei um pouco a gaguejar acordando o Yuri.
-Não tens que agradecer, fico feliz que estejas bem! - afirmou, um pouco aliviado, com um sorriso -Descansa Eric, irei estar aqui quando acordares.

Eu fiquei surpreso pelo o que ele disse, mas fiquei feliz e seguro, pela primeira vez desde que minha mãe ainda era viva.

Eric-off

26 de Fevereiro de 2018 às 00:45 0 Denunciar Insira 1
Leia o próximo capítulo Capítulo 2

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 3 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!