A culpa é do Whatsapp Seguir história

karambola Karol Karambola

Uma mensagem errada pode trazer inúmeros problemas. Mas quando Naruto manda nudes para o seu melhor amigo por engano, a surpresa pode ser a mais deliciosa possível.


Fanfiction Para maiores de 18 apenas.

#Naruto #Naruto/Sasuke
Conto
33
7442 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Mensagem errada

     Era sábado a noite e eu tinha planos maravilhosos para este momento. De manhã fiz depilação, fui na manicure, pedicure, hidratei meus lindos cabelos dourados, fiz meia hora de chuca e fiquei preparado, feito uma pantera pronto para a caça. Mas meus planos desceram por água abaixo, quando eu recebi uma mensagem do Neji avisando que não poderíamos nos encontrar, porque o bonito estava em uma festa de família, algo assim. Acabou todas as minhas esperanças de uma noite ardente de sexo. O problema de você não ter um namorado fixo e só ter uns contatinhos para ligar em momentos de solidão é esse. Me preparei todo e pelo visto vou ficar na mão.

Pior que hoje eu nem tenho lugar nenhum para ir, todo meu dia de princesa foi jogado no lixo. Me recusei a passar o sábado assistindo Zorra Total e liguei pra Sakura, mas ela estava saindo com o Gaara. Os meninos que dividem o apartamento comigo, estão todos ocupados também. Shika saiu com a Temari, Kiba saiu com a Ino e o Sasuke tá trancado com aquele livro de cálculos. O homem é casado com a engenharia, Deus me defenderay. Mas em resumo, todo mundo tinha companhia e só eu mesmo que estou sozinho. O que adianta eu ser um loiro delicioso desse e não ter um boy para passar um sábado a noite?

Resolvi ir até o quarto do Sasuke e ver se de repente eu consigo lembrar ao meu melhor amigo, que ele só tem vinte anos e que existe vida além da matemática. E é claro, arrumar alguma coisa pra gente fazer. Até se for pra dar uma volta no Shopping e tomar uma casquinha de sorvete no Mc Donalds eu já estou aceitando.

Bati na porta e entrei no quarto. Sasuke estava lá sentado na cama, aqueles livros em volta dele, com aquela cara de concentração, gostoso igual só aquele demônio conseguia ser. Olha, ser gay e dividir um apartamento com três amigos gostosos já é um calvário. Agora, se você tem uma queda por um deles e o dito cujo tem uma cara emburrada, uma boca gostosa e é lindo igual aquelas portas de casa de rico, manas, é muita covardia para um Narutinho só.

Entrei no quarto e Sasuke me indagou com os olhos o que eu estava fazendo ali.

- Sas, tô entediado. Vamos fazer alguma coisa?

- Nem dá Dobe, tenho prova na segunda feira. Preciso tirar uma boa nota nessa matéria.

Rolei meus lindos olhos azuis celestes com tédio e segurei minha vontade de apertar o pescocinho do Uchiha.

- Você fala isso sempre. Só hoje Sas, Neji fez a Gaga e desmarcou comigo em cima da hora, os meninos saíram e não tem nada pra eu fazer.

Sasuke riu nasalado, colocou o livro na cama e me olhou com um olhar divertido.

- Se diverte sozinho ué. Arruma alguma coisa pra fazer.

- Qual foi Sas, por favor. Vamos no cinema, sei lá. Tá exibindo o filme da liga da justiça. O que você acha?

- Não dá Dobe, é sério. Se eu me ferrar nessa prova vou ter que enfrentar o mal humor do meu pai e não tô afim disso não. Liga pro Sai, você não saía com ele?

- Deus me dibre de sair com aquele embuste de novo. Não quero mais ver aquele cara nem pintado de ouro.

- Então não posso te ajudar. Quando eu terminar aqui, te chamo e a gente assiste um filme, sei lá.

- Você não tem coração Uchiha.

Sai de lá e voltei para o meu quarto. Tentei jogar video game, mas eu não me produzi todo pra passar a noite jogando Resident Evil, então desliguei o console e me deitei na cama. Resolvi mandar uma mensagem para o Neji e contar como a minha noite estava sendo horrível. Como ele demorou a me responder, mandei uma mensagem para o Sasuke tentando convencê-lo a sair comigo para algum lugar. Foi Neji que respondeu primeiro.

Neji : Eu queria estar aí com você também. A festa tá um saco. Meu sábado seria muito mekhor aproveitado do seu lado.

Neji: Melhor*

You: Eu poderia te mostrar mil e uma maneiras de como sua noite teria sido muito melhor na minha cama.

Neji: Ah é? Imagina que eu estou ai com você no seu quarto, estou deitado na sua cama e te peço pra você me levar a loucura hoje a noite. O que você faria pra mim?

Só o pensamento daquele sapão do Neji pelado na minha cama já me deixou molhada. Fui deslizando minha mão pelo meu corpo, imaginando o Hyuuga aqui comigo, meus pensamentos foram lembrando das nossas loucuras na cama e o Naruto junior já estava todo animado dentro da minha cueca. Senti o celular vibrar e já sorri animado com as indecências que o Neji estaria falando. Mas quando desbloqueei a tela, vi que era o Sasuke. Aff.

Sasque: Para de me perturbar. Estou estudando. Quando eu acabar aqui eu te aviso.

Sasque: Usuratonkachi

You: O mundo é uma bola, uma hora tu vai precisar de mim e eu vou te ignorar.

Sasque: Você ainda está enviando mensagens e eu já mandei parar.

Imbecil. Larguei meu celular na cama, ignorei o Uchiha e voltei para minha tarefa de fazer o Neji chorar lágrimas de sangue por ter me deixado sozinho em pleno sábado a noite. Como eu tinha me produzido todo e não queria desperdiçar tudo isso, tirei minha roupa e comecei a me tocar pensando no Neji e em tudo o que eu queria fazer com ele. Quando eu fiquei bem duro, peguei meu celular e posicionei em cima da mesa do meu computador. Liguei o temporizador e sentei na cama, apoiado na cabeceira, com as pernas abertas, dando uma visão total do meu pênis rígido e da minha entradinha. Fiz uma cara de vadia e olhei bem safado para a câmera quando o flash acendeu. Peguei o celular e conferi se eu estava sexy o suficiente. E sim, eu estava um arraso. Enviei o nude para o whats do Neji, com a legenda: Não preciso de muito para te levar a loucura, é melhor se lembrar disso.

Vesti meu shorts, coloquei uma música da Demi para tocar no youtube e fiquei esperando as mensagens indecentes que aquela delícia iria me mandar.

- Para de me perturbar com mensagens Naruto. Que cara chato. - Sasuke gritou do quarto dele que era ao lado do meu.

- Não tô te mandando mensagem nenhuma, peste. Nem respondi a última que você me mandou.

Heuem, Sasuke tá querendo assunto.

- Para de ser mentiroso. Que notificação é essa aqui então?

Minha Santíssima Rihanna, que eu não tenha feito aquilo que eu acho que eu fiz. Fechei os olhos com força e tateei a cama atrás do celular. Meu coração batia tão forte que meu peito doía. Abri só um olho, para ver só a metade da minha burrada e abri o whatsapp. Cliquei na conversa do Sasuke e lá estava eu - Peladinho da silva e todo trabalhado na sedução.

Eu tava muito fodido.

- Sasuke não abre o Whatsapp por tudo que é mais sagrado. - Gritei enquanto corria desesperadamente para o quarto do lado.

Passei pela porta e me deparei com o Uchiha com o celular na mão. O olhar prepotente que ele me lançou e o pseudo sorriso que ele trazia nos lábios, não deixava dúvidas que ele havia visto a foto.

- Acha que é assim que você vai me convencer a te dar atenção hoje a noite, dobe?

- Foi um acidente. Eu queria fazer o Neji se arrepender de ter me dado um bolo. A foto de vocês dois são em preto e branco e eu cliquei na sua por engano. Foi mal mesmo. Finge que isso nunca aconteceu. - Supliquei desesperado e rezei para que Santa Rihanna me socorresse.

- Foi um acidente, é?

Sasuke mordeu a boca e eu me surpreendi com aquela atitude. Fiquei olhando pra ele e esperando alguma reação que denunciasse suas intenções, mas não é muito fácil saber o que aquele homem está pensando.

Ele voltou a analisar a foto e eu estava tão nervoso que meu corpo todo tremia e meu estômago estava embrulhado. Senti a morte chegando perto. Hoje morreria o homem mais lindo que já existiu, também conhecido como eu, devido a um ataque cardíaco.

- Olha Sas, foi mal mesmo. Eu vou tomar mais cuidado com as fotos que eu mando. - Sorri sem graça. - Ainda bem que foi pra você, imagina se fosse pra algum estranho não é? Eu poderia estar rodando os whatsapps pelo Brasil a fora.

- Concordo. Ainda bem que a foto veio pra mim. Sempre te achei gostosinho Naruto, só não fazia idéia que era tanto.

Opa, calma ai. Isso foi uma cantada? Ou eu estou ouvindo coisas ou as minhas orações para Santa Gaga pedindo que meu crush supremo me notasse, foram atendidas. Ajeitei minha postura e sorri bem safada para o pedaço de pecado na minha frente.

- Me acha gostoso Sas?

- Por foto você é. Mas eu só acredito nas coisas que eu vejo ao vivo.

Sorri com malícia e Sasuke sorriu de volta. Que tesão de homem, fiquei úmida só com esse sorriso.

- Pelo visto mandar a foto por acidente não foi um problema, não é?

- E quem disse que você não me causou um problema?

Sasuke passou a mão no volume que se formava debaixo da sua calça e meu coração quase parou de bater, quando percebi que ele estava excitado graças a esse corpinho gostoso aqui. Segunda-feira eu vou dar uma abraço de agradecimento bem apertado no Gai, meu professor de pilates.

Fiz a cara mais sacana que eu sabia fazer e disse com a voz uns dois tons mais baixa.

- Então porque você não me deixa resolver esse problema pra você?

Sasuke umedeceu os lábios e deu o sorriso mais safado que eu já vi na vida. Se levantou da cama e veio andando bem devagar até onde eu estava. Senti sua mão forte segurar minha nuca enquanto a outra mão agarrou minha cintura e juntou meu corpo no dele. Sorriu pra mim com o canto da boca e tomou meus lábios em um beijo lascivo. A boca dele era macia e o beijo era sem sombras de dúvidas o melhor que eu já provei na vida. Passei minhas mãos por suas costas por baixo da camisa e arranhei de levinho a sua pele pálida. Sasuke separou o beijo puxando meu lábio inferior em uma mordida.

- Você é uma delícia Naruto. Tu não faz idéia de todas as vezes que eu imaginei agarrar você assim.

Senti minha bunda ser apertada com força, Sasuke me empurrou para o canto do quarto e me prensou contra a parede. Sua boca macia beijava o meu pescoço enquanto ele esfregava a ereção dele na minha. Eu queria dizer o quanto aquilo estava gostoso, mas eu só conseguia gemer baixinho no ouvido dele. Minhas mãos estavam ocupadas tentando arrancar sua camisa, mas como eu não consegui, Sasuke quem fez a tarefa de tirá-la. Agora eu podia deslumbrar aquele peitoral nu e o abdômen magro e definido daquele boy magia. Ele sorriu ladino quando percebeu meu olhar lascivo sobre o corpo dele e se afastou para buscar os preservativos.

Meu santo Jashin, É hoje que o Sasuke esmaga a minha rata.

Ele se sentou na cama e me chamou com o dedo indicador. Fui caminhando até ele feito a diva que sou e me ajoelhei na sua frente. Umedeci os lábios com a língua e vi seus olhos negros acompanharem o meu movimento. Passei as mãos pelas suas coxas e subi pelo abdômen. Ouvi ele murmurar impaciente e sorri olhando em seus olhos escuros. Agarrei o cós da calça de moletom que ele vestia e ele levantou levemente o quadril para me ajudar na tarefa de tirar a peça de roupa. Quase tive um troço quando vi o pênis enorme daquela homem. O que é isso produção?

- Só vai ficar olhando Dobe?

Não me fiz de santa e abocanhei o máximo que minha boca permitia. O sabor daquele deus oriental na minha boca estava me tirando o juízo, Sasuke era completamente delicioso. Senti uma de suas mãos segurando meus cabelos dourados e aumentei o movimento de vai e vem, engolindo o máximo que eu podia daquela neca maravilhosa. O som baixinho dos gemidos dele estavam me deixando mais excitado ainda. Passava minha língua desde a base do pênis dele até a ponta, chupei e deslizei a língua ao redor da cabeça do pau, saboreando cada gota do pré gozo e ele puxou o ar entre os dentes, fazendo um chiado pelo prazer que sentiu. Engoli o pênis inteiro novamente e senti meus cabelos sendo puxados.

- Calma aí Naru, não quero que nossa festa termine tão cedo.

Ele ergueu minha cabeça puxando meus cabelos e beijou minha boca enquanto chupava minha língua. Quando eu fiquei de pé, ele desceu meu short e meu corpo se arrepiou quando senti sua respiração quente em contado com o meu pênis rijo. Sasuke distribuiu beijos pela minha virilha e minhas coxas, enquanto me olhava nos olhos com aquela cara depravada.

Soltei um gemido audível quando sua boca quente envolveu o meu pênis. Eu gemia e rebolava na boca pecaminosa daquele homem e abri meus olhos, que eu nem sequer lembrava que havia fechado, quando ele enfiou dois dedos na minha boca. Chupei e lambi os dedos dele, do mesmo jeito que eu fizera com o seu pau a minutos atrás. Sasuke retirou os dedos da minha boca e levou as mãos para minha bunda. Gemi e arqueie as costas quando senti seu indicador circundar a minha entradinha.

Mordi os lábios para controlar o gemido, mas meu auto controle foi para as cucuias quando o segundo dedo me invadiu. Sasuke engolia meu pênis no mesmo momento que me fodia com os dois dedos. Eu estava bem próximo de gozar e pelo sorriso sacana que ele deu, ainda com o meu pênis na boca, ele sabia muito bem disso.

Agarrei seus cabelos negros para afastar sua boca do meu membro, mas o capeta continuou na mesma posição. Gemi alto pela garganta e me derramei inteiro na boca do meu carrasco. Sorri quando ele lambeu as gotas que escorreram pela sua boca e me olhou com mais desejo do que antes.

- Até que o sabor não é ruim.

- Pode provar sempre que quiser, eu não me incomodo.

Sorri e ele mordeu os lábios. Seus olhos negros pareciam rubros de tanto desejo.

- Fica de quatro pra mim, Naru.

Mais rápido que o flash, afastei os livros que ainda estavam sobre a cama, fiquei de quatro e encostei o rosto no colchão. Sorri com o rosnado excitado que o Sas deu ao me ver assim tão exposto. Eu iria provocá-lo por estar babando pela minha bunda linda, mas minhas palavras morreram na minha boca ao sentir sua língua úmida contornar minha entrada rosada.

Sua boca macia beijava meu ânus enquanto sua língua me penetrava. Os tapas estalados que vieram na minha bunda, me fizeram rebolar igual a vadia que eu sou.

- Me come logo Sas, não tô aguentando tanta tortura. - Supliquei em um fio de voz.

- Como quiser, vossa majestade.

Olhei para trás e o vi piscar pra mim com um sorriso brincalhão, enquanto ele vestia a camisinha. Senti um frio na espinha, no momento que o lubrificante gelado entrou em contado com a minha pele. Sasuke sorriu nasalado quando meu buraquinho engoliu seus dois dedos de uma vez. Minhas pernas tremeram quando a cabeça do seu falo pediu passagem e foi entrando devagar. Coloquei o braço em frente a boca e mordi,esperando que a dor passasse. Mesmo estando preparado, o pênis avantajado do Sas me machucava.

Sasuke rosnou e fincou as unhas na minha cintura, assim que seu pau se enterrou completamente. Demorei uns dois minutos até autorizar que ele se movesse. As estocadas começaram devagar e ritmadas, rebolei no seu pau, em um pedido mudo que ele fosse mais rápido. Sasuke entendeu o recado, se retirou completamente e quando eu iria reclamar por ele ter se afastado, o maldito se enterrou de uma vez só. Acertando em cheio meu botãozinho do prazer.

Gemi como uma puta e rebolei gostoso naquela neca maravilhosa. Sasuke falava um monte de frases sujas e eu me sentia cada vez mais excitado. O suor da sua testa pingava nas minhas costas, que ardiam pelos arranhões que ele me dava. Eu já estava chegando ao meu limite novamente, mas eu queria gozar olhando naqueles olhos negros como penas de corvo.

- Sas… quero sentar... em você. - Pedi entrecortado, em meio aos gemidos.

Sasuke se retirou de mim e sentou na cama. Passei uma perna de cada lado e seu olhar de expectativa, parecia ser o suficiente para me levar ao segundo orgasmo naquela noite. Posicionei seu falo na entrada do meu cuzinho e fui sentando devagar.

Sasuke gemeu e jogou a cabeça para trás, assim que minha bunda engoliu seu pau por inteiro.

- Puta que pariu, Naru. Você é gostoso pra caralho.

Sorri safado e comecei a rebolar. Senti as mãos dele puxarem minha nuca e juntar nossos lábios em um novo beijo. Suas mãos desceram para apertar a minha bunda e eu segurava seu rosto entre as mãos, no mesmo momento que beijava aquela boca rosada. Sasuke soltou meus lábios para descer o beijos para o meu pescoço gracioso e me pintar de marcas arroxeadas, que me lembrariam amanhã como Deusa Gaga tinha sido benevolente em me dar uma noite de luxúria com o homem mais gostoso de São Paulo.

Sasuke começou a punhetar de forma firme e ritmada meu pênis negligenciado, senti minhas pernas perderem as forças e minha visão ficar turva. Meu segundo orgasmo se aproximava. Quiquei mais algumas vezes naquele mastro rígido e me desfiz sujando nossos abdomens.

Assim que meu ânus se contrariu pelo orgasmo, Sasuke mordeu meu ombro e me puxou pra baixo, se enterrando todo enquanto enchia meu cuzinho com seu esperma.

Ficamos ali abraçados e em silêncio só curtindo o relaxamento dos nossos corpos após o orgasmo. Olhei para o seu rosto corado, seus cabelos suados grudados na testa e sua boca vermelha graças aos nossos beijos nadas gentis.

Eu era a bicha mais sortuda do planeta. Que homão da porra.

- Nem nos meus sonhos eu imaginaria uma noite de sábado tão gostosa. - Sorri e ele retribuiu o sorriso.

- Nem eu. Amanhã vou agradecer ao Neji por ter te dado um bolo.

Nós sorrimos juntos e eu aproveitei para beijar aquela delícia de boca mais uma vez.

- E foi tudo graças ao Whatsapp.

- Bendito seja o Whatsapp.

Como aquele homem era lindo sorrindo. Minha larissinha piscava só de ver aquele sorriso perfeito.

- Se você tinha vontade de ficar comigo antes, porque nunca falou nada? - Perguntei confuso.

- Sei lá, machismo bobo eu acho.

- Se arrependeu? - Meu coração apertou com medo da resposta.

- Jamais. Meu arrependimento é não ter feito antes.

Sorrimos juntos e nos beijamos de novo. Sasuke alisou meu rosto e falou com carinho:

- Agora vamos tomar um banho, porque daqui a pouco os caras chegam e não quero que nos peguem no flag…

- Ai Sasuke, tu viu o Naruto? Tô ligando pra aquele pu…

Olhei pra trás e sorri amarelo quando vi Kiba e Shikamaru parados na porta com uma cara assustada. Sasuke ficou mais vermelho que o batom Ruby Woo da Mac.

- O que vocês estão fazendo? - Kiba balbuciou confuso.

Levantei, vesti meu shorts, ajeitei meu cabelo hidratado que estava levemente rebelde. Fiz a egípcia, e desfilei até a porta.

- Adultos transam meu bem, se acostume com isso.

Saí linda e entrei no meu quarto. Talvez meu sábado tenha terminado mil vezes melhor que o previsto.

25 de Fevereiro de 2018 às 01:05 2 Denunciar Insira 12
Fim

Conheça o autor

Karol Karambola Apaixonada livros, filmes, séries e animes - Principalmente Naruto. A louca do yaoi. Pregadora da palavra dos deuses SasuNaruSasu / Shiita

Comentar algo

Publique!
Cecilia Jarske Cecilia Jarske
AUHAUAHAUHAUAHUAHUAHUAHUA Garota, eu amei essa oneshot aqui! Parecia um amigo meu narrando uma noite de sexo com o boy magia, foi hilário isso aqui. E esse final?! HAHAHAHAH Naruto saiu bem plena da situação, e ainda ganhou um sexo delicioso com o Sasukinho. *q*
27 de Novembro de 2018 às 07:57
Jessie Teixeira Jessie Teixeira
melhor final EVER
26 de Novembro de 2018 às 00:12
~